Arquivo da tag: Cultural

Reunião define datas para o Caminhos do Frio – Rota Cultural 2019  

Aconteceu nesta quarta-feira (13) na cidade de Serraria – PB, a 1ª assembleia geral do ano de 2019 do Fórum de Turismo Sustentável do Brejo Paraibano, onde foi definido as datas do Caminhos do Frio edição 2019, nos 09 municípios que compõe o roteiro turístico-cultural. Na oportunidade também foi definido as datas do outro roteiro, Raízes do Brejo, com outros 09 municípios do brejo que integram o fórum.

Na oportunidade a representante da Secretaria de Estado de Turismo, Alessandra Lontra, falou sobre a inserção dos municípios no Mapa Turístico Nacional, bem como suas diretrizes, para integração nos projetos federais.

O Caminhos do Frio 2019 tem início no dia 01 de julho na cidade de Areia e se estende até o dia 01 de setembro na cidade de Alagoa Grande. Em Solânea o evento acontecerá de 22 a 28 de julho, a cidade será a quarta a realizar a rota cultural.

O prefeito Kayser Rocha esteve presente na reunião e reafirmou que a data em que o evento ocorre em Solânea é ideal em detrimento o clima na cidade neste período. Além do gestor, estiveram presentes o diretor de cultura, Tiago Salvador e a presidente e vice-presidente da ATUS – Associação Turística de Solânea, Silvâna Fernandes e Dione Costa, respectivamente.

Veja as cidades e datas para o caminhos do frio 2019:

01 a 07 de Julho – Areia

08 a 14 de Julho – Pilões

15 a 21 de Julho – Matinhas

22 a 28 de Julho – Solânea

29 de Julho a 04 de Agosto – Serraria

05 a 11 de Agosto – Bananeiras

12 a 18 de Agosto – Remígio

19 a 25 de Agosto – Alagoa Nova

26 a 01 de Setembro – Alagoa Grande

 

Da Ascom por Coordenação de Cultura

 

 

Calendário da rota cultural ‘Raízes do Brejo’ 2018 na Paraíba é divulgada

As prefeituras de nove cidades do Brejo da Paraíba se juntaram para realizar a 2ª edição do projeto “Raízes do Brejo – Rota Cultural”, que foi apresentado nesta quarta-feira (29) pela Empresa Paraibana de Turismo (PBTur). O Raízes do Brejo acontece nos finais de semanas, incluindo a sexta-feira. O evento começa no dia 14 de setembro, na cidade de Belém, e o encerramento é no dia 25 de novembro na cidade de Pilõezinhos.

O “Raízes do Brejo” aposta no roteiro gastronômico, etílico, histórico e musical das cidades do interior da Paraíba. O evento oferece também oficinas gastronômicas e de artesanato, além de trilhas ecológicas pela região.

O evento passará pelas cidades de Belém, Alagoinha, Duas Estradas, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Borborema, Dona Inês e Pilõezinhos. Além dos locais que já faziam parte do Roteiro, a cidade de Pirpirituba também integra a edição 2018.

Confira o calendário:

Setembro

  • 14 a 16/09 – Belém
  • 21 a 23/09 – Alagoinha
  • 28 a 30/09 – Duas Estradas

Outubro

  • 12 a 14/10 – Pirpirituba
  • 19 a 21/10 – Lagoa de Dentro

Novembro

  • 02 a 04/11 – Serra da Raiz
  • 09 a 11/11 – Borborema
  • 16 a 18/11 – Dona Inês
  • 23 a 25/11 – Pilõezinhos

G1

Raízes do Brejo-Rota Cultural acontece no próximo fim de semana em Dona Inês

Com o tema; Beleza, Cultura e Paixão, o Município de Dona Inês, distante 165km de João Pessoa, recebe no próximo fim de semana, de 17 a 19 de novembro, o Raízes do Brejo-Rota Cultural.  O evento conta com mostra de comidas típicas, feira de artesanato, desfile de Bandas Marciais e fanfarras, caminhada, rapel, evento literário, apresentações culturais, oficinas, shows musicais e muito mais.

Na sexta-feira, 17 de novembro, a programação começa pela manhã, a partir das 06h00 com alvorada e Hasteamento das bandeiras. Às 08hoo, no Espaço da Memória, serão realizadas as oficinas de sabão ecológico e de reciclagem com garrafas pets. A programação segue à tarde com uma oficina de Pífano e visitação na Comunidade Pimenta, a partir das 14h00. Na Cidade, no CEMCAP, será realizada oficina de Teatro de Rua. A partir das 15h00 será realizado, no Espaço da Juventude, um encontro de bandas marciais e fanfarras.  À noite acontece a solenidade de abertura, a partir das 19h00, em frente a Igreja Mãe, seguida de apresentações culturais e show com o Trio Paraibano. O Público participante vai poder prestigiar a mostra de comidas típicas e feira de artesanato.

No sábado (18) a programação conta com City Tour por pontos turísticos do Município, pela manhã. Já à tarde escritores locais e convidados se reunirão no Espaço da Memória em um café literário. Na Comunidade Quilombola, Cruz da Menina, serão realizadas as oficinas de Dança Maculelê e Arte na Argila. Às 16h00 haverá uma visita à Capela da Cruz da Menina, onde será apresentada a Peça Teatral; “a Menina Dulce”. À noite segue a mostra de comidas típicas e feira de artesanato. O Cantor Neco Lobão, Forró de Cabo a Rabo e Curió e Forró Caboclo se apresentam no palco do evento a partir das 21h00.

A programação se encerra no domingo (19) com a Caminhada pela Trilha das Pedras, Rapel na Pedra Lavrada e almoço com Forró Pé de Serra na Mata do Seró.

O Raízes do Brejo-Rota Cultural é uma realização do Fórum do Turismo Sustentável do Brejo, com o apoio do Governo do Estado por meio da Empresa Paraibana de Turismo (PBTUR), do SEBRAE e das prefeituras dos municípios que fazem parte do evento entre outras instituições.

A programação e as informações do evento estão disponíveis no www.raizesdobrejo.com e no www.pmdonaines.pb.gov.br.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Serra da Raiz recebe o Raízes do Brejo-Rota Cultural no próximo fim de semana

Já tido como um dos principais produtos turísticos do Estado da Paraíba, o Raízes do Brejo-Rota Cultural, segue passando pelos Municípios da Região Turística do Brejo. Depois de passar por Belém, no início de outubro e seguir por Alagoinha, Duas Estradas e Lagoa de Dentro, o evento chega no próximo fim de semana no Município de Serra da Raiz, distante cerca de 130km de João Pessoa, numa região de serras e de clima ameno.

O evento vai acontecer de 03 a 05 de outubro, com Feiras de Gastronomia e de artesanato, desfile de Bandas Marciais e fanfarras, passeio ecológico, passeio ciclístico, apresentações culturais, shows musicais e muito mais.

A Programação começa na sexta (03) com alvorada, logo às 04h00, seguida de hasteamento dos pavilhões às 08hh00. A solenidade de abertura acontece às 19h00 no Ginásio da Escola Padre Emídio Fernandes, com a Orquestra Joaquim Menezes, Marcelo Lima e Antônia Pereira, apresentação teatral com o Grupo “Arte e Cultura” e Dança Cultural do Grupo do SCFV/CRAS. Os artistas locais irão se apresentar no palco do evento.

No Sábado (04) a programação conta com Exposição: Museu do Homem Serrano na Avenida Kennedy a partir das 09h00, desfile e apresentações das Bandas Marciais e Fanfarras das Escolas do Município, Feira Gastronômica e Feira de Artesanato a partir das 13h00, na Praça de Eventos, seguido de uma apresentação do Grupo de Artes Marciais do SCFV de Muay Thai Tradicional, apresentação dos Índios Potiguaras (Baia da Traição), ciranda de Roda – Grupo de Idosos “Pra Sempre Feliz” do SCFV e apresentação: Coral de Flautas e Música do SCFV. Às 17h00 será realizado um encontro Motociclístico. Às 19h00 se apresentam; o pastoril Adalto Ribeiro, Boi de Reis Mestre Ivanildo e o Grupo Folclórico Sanfony-Fest.

A partir das 22h00 tem shows com os Barbosas e Joãozinho Dantas e Banda Sete.

A programação se encerra no domingo (05) com a Santa Missa, às 08h00 na Igreja Matriz Senhor do Bom Fim. Às 09h30 tem o passeio Ecológico, passando pela “Loca da Nega” e Passeio Ciclístico com sorteio de 01 bicicleta. A programação ainda conta com a exposição do Museu do Homem Serrano às 10h00, na Av. Presidente Kennedy, s/n.

O encerramento acontece com uma atividade esportiva. Às 11h00 haverá um Torneio de Futsal, na quadra da EEEF Padre Emídio Fernandes.

O Raízes do Brejo é uma realização do Fórum do Turismo Sustentável do Brejo, com o apoio do Governo do Estado por meio da Empresa Paraibana de Turismo (PBTUR), do SEBRAE e das prefeituras dos municípios que fazem parte da ação entre outras instituições.

Outras informações você encontra no www.raizesdobrejo.com.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Rota Cultural Caminhos do Frio tem práticas de educação ambiental em Bananeiras

Atividades preparadas pela Coordenadoria de Educação Ambiental (Ceda) da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), como leituras e dinâmicas com desenhos, distribuição de sementes e oficina com reutilização de embalagens pet, integram a programação desta sexta-feira (11), na cidade de Bananeiras, dentro da Rota Cultural Caminhos do Frio.

O tema do evento na região serrana é “Aventura e arte na serra” e a participação da Sudema começa a partir das 9h, na Praça Castro Pinto, onde acontece a Feira Livre da cidade. A organização também prevê a distribuição de mudas, com a participação de outros órgãos do Governo.

A coordenadora da Ceda, Taciana Wanderly, informou que a intenção da oficina é provocar a comunidade em identificar os problemas ambientais no município e buscar soluções para resolver de forma sustentável.

“A oficina de educação ambiental promovendo a reutilização de materiais tem como objetivo principal promover a conscientização dos diversos públicos para o reaproveitamento de materiais descartados pela população. Esta oficina tem um caráter socioambiental pelo fato de contextualizar historicamente os problemas, considerando o ser humano como um ser social concreto, que interage com a natureza, mediatizado pelas suas relações histórico-culturais, analisando as causas e efeitos de sua ação no mundo e determinando as reais questões ambientais, entendendo criticamente as diferentes formas de acesso aos recursos dos diversos grupos sociais”, disse.

O Caminhos do Frio, em Bananeiras, começou na última segunda-feira (7) e vai até o próximo domingo (13). Nesta sexta-feira, a população ainda terá uma programação noturna com apresentações culturais, feiras de artesanato e gastronômica; grupo de danças; bandas locais; sarau; trio pé-de-serra; voz e violão; bandas afro-scfv, tambores do tempo e primeira estrada; e fechando a noite com o grupo Tuaregs.

Ascom-PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeito Kaiser participa da abertura da Rota Cultural Caminhos do Frio em Areia

A Rota Cultural Caminhos do Frio 2017 teve início na noite desta segunda-feira, 3, no município de Areia. O roteiro vai passar por nove cidades do Brejo paraibano até 3 de setembro, já o prefeito Kaiser participou da abertura da Rota Cultural ao lado do vice-prefeito Edvanildo Júnior, e do diretor de Cultura, Tiago Salvador.

A solenidade de abertura aconteceu no tradicional e histórico Colégio Santa Rita e o espaço ficou pequeno para tanta gente. Ao som do grupo musical AMUSIPAR (Associação dos Músicos Profissionais e Amadores do Município de Areia), vários moradores, visitantes e autoridades apreciaram o início do festival.

A cerimônia se iniciou com Rejane Ribeiro tocando violão e cantando o Hino Nacional. Logo em seguida, os alunos do Colégio Santa Rita cantaram em coral o Hino de Areia. Depois foi a vez da Orquestra Rural Vó Maria encantar os presentes com músicas da cultura nordestina, do Sexteto Potiguar tocando grandes clássicos de compositores nordestinos e do Show do músico Gustavo Ribeiro.

Ao final da cerimônia, foram feitas homenagens às cidades da Rota Cultural Caminhos do Frio. Os representantes de cada município ganharam a Comenda Pedro Américo, do artista Tito Lobo, que foi inspirada na obra “O Galo”, de Pedro Américo. A noite fria de 17º terminou ao som da orquestra areense Voo Livre no Palco Central, no centro da cidade de Areia.

Acidade de Solânea terá início da Rota nos dias 24/07 a 30/07 com TEMA: “Memorial de Fé, Arte e Cultura”. Para o diretor de Cultura Tiago Salvador, o evento Caminhos do Frio já está consolidado no calendário de eventos da região e a cada dia atrai mais os olhares para a região do Brejo paraibano fortalecendo os municípios, o turismo e a cultura local.

Fonte: Clemilson Fotografia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Rota Cultural Caminhos do Frio tem seu lançamento oficial nesta terça em João Pessoa

Será lançada nesta terça-feira (20), no Auditório da PBTUR em João Pessoa, a programação oficial da Rota Cultural Caminhos do Frio2017 Composto por 9 (nove) municípios, Bananeiras, Pilões, Solânea, Areia, Alagoa Grande, Remigio, Matinhas, Serraria e Alagoa Nova o evento une cultura e arte para a população oferecendo oficinas, shows e apresentações culturais.

O projeto que teve início em 2005 na cidade de Bananeiras é promovido pelo Fórum de Turismo do Brejo Paraibano e a cada ano consolida-se com a inserção de novos municípios fortalecendo a Rota Cultural. Neste ano, com o tema “Celebrando a Cultura Nordestina” tem inicio dia 03 de Julho e vai até o dia 03 de setembro.

Para o Presidente do Fórum de Turismo, Sergerson Silvestre o evento tem sua importância na congregação da riqueza cultural que o projeto traz para os municípios participantes, “um evento rico em oficinas e atividades culturais que protagonizam uma semana cheia de atividades no município”.

O Evento movimenta o cenário cultural das cidades envolvidas com atrações populares, festival gastronômico, turismo de aventura e cultural. Além de ser um forte ponto para o turismo e a geração de emprego e renda fortalecendo a economia.

Ascom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Divulgado calendário da Rota Cultural Caminhos do Frio 2017

Em Assembléia realizada pelo Fórum de Turismo do Brejo na tarde de quarta-feira (03), na cidade de Areia, foi divulgado o calendário para a realização da Rota Cultural Caminhos do Frio que tem inicio dia 03 de Julho a 03 de Setembro.

Composto por 9 municípios, Bananeiras, Pilões, Solânea, Areia, Alagoa Grande, Remigio, Matinhas, Serraria e Alagoa Nova o evento une cultura e arte para a população oferecendo oficinas, shows e apresentações culturais.

Para o Secretário de Cultura e Turismo de Bananeiras Eduardo Guimarães, o evento Caminhos do Frio já está consolidado no calendário de eventos da região e a cada dia atrai mais os olhares para a região do Brejo paraibano fortalecendo os municípios, o turismo e a cultura local.

O projeto que teve início em 2005 na cidade de Bananeiras vem se consolidando a cada ano com a inserção de novos municípios fortalecendo a Rota Cultural.

Bananeiras recebe a  semana da Rota Cultural Caminhos do Frio entre os dias 07 a 13 de agosto com atrações populares, festival gastronômico, turismo de aventura e cultural.

Ascom- PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Semana Santa Cultural é realizada em Solânea com Fé, Arte e Cultura

semana santaA cidade esteve turisticamente movimentada e o pertencimento brejeiro gritou com a integração de grupos culturais de cidades vizinhas (Bananeiras e Serraria) em nossa semana. Com uma programação essencialmente cultural, o evento afiou o discurso da laicidade do estado, dando espaço para diversas religiões adentrarem a programação (houve um bate-papo ecumênico de olhares entre 05 lideranças religiosas acerca do período pascoal).

Além do incentivo as brincadeiras populares com apresentação de Babau. O evento aconteceu em dois espaços: Praça Principal e Cine Teatro da cidade e teve a presença maciça do público em sua maioria Solanenses, assim também como muitos turistas que visitavam a região do Brejo nesse feriado.

A Semana contou também com lideranças políticas e religiosas, como o Rev. Beto Tomé, capelão do Exercito Britânico e reverendo na Igreja Anglicana na Inglaterra. Um dos maiores eventos turístico-cultural do período da Semana Santa no Brejo Paraibano, com realização total do Governo Municipal.

A Semana Santa Cultural: Fé, Arte e Cultura, foi realizada pelo Departamento Municipal de Cultura da Prefeitura Municipal de Solânea e teve o seu encerramento na noite de sábado (15) com o Cine Teatro lotado para ver a encenação da Paixão de Cristo da cidade de Serraria, aplaudida de pé. Frisamos e a parceria com a Secretaria de Turismo de Serraria.

Dicult

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Lei que torna vaquejada manifestação e patrimônio cultural é sancionada por Michel Temer

vaquejadaO presidente Michel Temer sancionou sem vetos a lei que eleva rodeios, vaquejadas e outras expressões artístico-culturais à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

Em julgamento feito em 6 de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional uma lei cearense que regulamentava eventos desse tipo. Desde então, a proposta que visava à sua legalização ganhou força no Congresso Nacional e foi aprovada no mesmo dia (1º de novembro) tanto na Comissão de Educação, Cultura e Esporte quanto no plenário do Senado. A decisão do STF resultou também em uma manifestação contrária a ela, feita por vaqueiros no dia 11 de outubro na Esplanada dos Ministérios.

A vaquejada é uma atividade competitiva bastante praticada no Nordeste brasileiro, na qual os vaqueiros têm como objetivo derrubar o boi, puxando-o pelo rabo. As pessoas contrárias à atividade argumentam ser comum o tratamento cruel de animais. Com a sanção presidencial publicada no Diário Oficial da União de hoje (30), a prática passa a ter respaldo legal.

Na defesa que fez de seu relatório aprovado em novembro, o senador Roberto Muniz (PP/BA) argumentou existir ações de aperfeiçoamento da atividade para proteção do animal. Segundo ele, é preciso discutir formas de cuidar bem dos animais sem que seja necessário negar a prática de manifestações culturais, e que a proibição da vaquejada representa “desprezo do que é a cultura nordestina”, em especial a cultura do interior do país.

Com a sanção da lei, além da vaquejada passam também a ser considerados patrimônio cultural imaterial do Brasil o rodeio e as expressões culturais decorrentes dela – caso de montarias, provas de laço, apartação, bulldog, paleteadas, Team Penning e Work Penning, e provas como as de rédeas, dos Três Tambores e Queima do Alho. Também se enquadram como patrimônio cultural imaterial os concursos de berrante, apresentações folclóricas e de músicas de raiz.

Wildemberg Sales foi um dos organizadores do Movimento Vaquejada Legal no Distrito Federal (DF), evento feito em outubro contrário à decisão do STF. Segundo ele, cerca de 700 mil famílias vivem de forma direta ou indireta da vaquejada em todo o país. Ele também alega não haver agressão aos animais durante os espetáculos e que essas suspeitas decorrem, em parte, do fato de a vaquejada ser confundida com outras atividades, como é o caso da farra do boi.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br