Arquivo da tag: Cuiabá

Fortaleza perde para Cuiabá e Botafogo-PB assume liderança

Foto: João Vieira/Agazeta
Foto: João Vieira/Agazeta

A vitória do Cuiabá sobre o Fortaleza por 2 a 0, na noite deste domingo (14), na Arena Pantanal, confirmou o Botafogo-PB na liderança do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória diante do Remo, nesse sábado (13), também pelo placar de 2 a 0, o Belo chegou a 22 pontos e saldo de seis, contra a mesma pontuação do Fortaleza mas com saldo de cinco.

Tiago Amaral, de pênalti, duas vezes, fez os dois da peleja válida pela 13ª rodada da competição nacional.

Remo e ASA, ambos com 20 pontos, fecham o G-4 do grupo A.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Belo é derrotado por 2 a 0 pelo Cuiabá e perde chance de ser líder na Série C

(Foto: Assessoria/Cuiabá Esporte Clube)
(Foto: Assessoria/Cuiabá Esporte Clube)

Na tarde deste domingo (31), na Arena Pantanal, o Botafogo-PB foi derrotado por 2 a 0 pelo Cuiabá e segue sem vencer fora de casa. O resultado negativo também impediu o Belo de retomar a liderança do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. O Dourado, que não vencia há sete rodadas, segue na lanterna da tabela.

O Cuiabá pressionava o Botafogo-PB no início de jogo e a equipe paraibana não conseguia chegar ao ataque, mas, a partir dos 10 minutos, o Belo começou a equilibrar as jogadas a partir de um bom chute de Danielzinho, da entrada da área, mandando a bola perto do gol.

O Belo seguiu trabalhando a bola no meio de campo e elaborava melhores ataques que o adversário, dando trabalho ao goleiro Henal, do Dourado. No entanto, aos 24 minutos, o time da casa saiu na frente. Geovani recebeu cruzamento, matou a bola no peito e bateu de esquerda para fazer um belo gol.

Com a vantagem, o Cuiabá se animou e quase marcou o segundo em duas oportunidades, aos 36 e aos 40 minutos, quando, respectivamente, Léo Salino mandou a bola raspando a trave de Michel Alves, do Belo, e quando Thiago Amaral chegou para cabecear, mandando a bola para fora.

No segundo tempo, o Cuiabá continuou com o mesmo estilo ofensivo da primeira etapa. O Bota-PB, correndo contra o tempo, tentou esboçar reações, trabalhando bem a bola no ataque, mas sem conseguir finalizar, enfrentando cortes da zaga adversária.

O Belo chegou com tudo nos minutos finais e acabou abrindo espaços. Dessa maneira, ao 44 minutos, Uederson fez o segundo do Dourado em belo chute de fora da área, fechando o placar.

Voz da Torcida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Botafogo-PB visita Cuiabá para se manter na ponta

Créditos: FIFAfechar
Créditos: FIFAfechar

Vice-líder do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro e com a mesma pontuação do líder Fortaleza (18 pontos), o Botafogo-PB está no Mato Grosso, onde neste domingo (31), enfrenta o Cuiabá pela 11ª rodada da competição. A partida está agendada para as 16h (horário de Brasília) – às 15h (horário de Cuiabá) – na Arena Pantanal.

O time mato-grossense vem de três derrotas consecutivas. Nas últimas sete rodadas, empatou duas vezes e perdeu cinco. A única vitória foi há quase dois meses, quando bateu o Confiança, por 3 a 0, em casa. A sequência mantém o clube na lanterna do Grupo A, com apenas seis pontos.

Já o Belo venceu o Salgueiro no último jogo, por 2 a 0, além de ter garantido vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Que fase!

Não bastasse a péssima fase, o técnico Roberto Fonseca ainda convive com os desfalques. O mais novo lesionado é o meia Alex Willian, que se machucou logo na estreia na rodada passada. Sem contar com o novo contratado, o treinador deve manter Geovani, que já o substituíra, no meio. O restante do time será mantido.

“Temos muitos atletas machucados e realmente é um momento conturbado que o Cuiabá passa. Agora, é trabalhar, pois estamos numa situação de emergência dentro da competição precisamos pontuar urgentemente”, destacou o treinador.

Baixas no Belo

O técnico Itamar Schülle não poderá contar com o zagueiro Plínio e o meia Marcinho, suspensos, no Botafogo. Expulso contra o Remo, o defensor é um dos pilares da defesa botafoguense. Nildo e André Paulino brigam pela vaga.

A saída de Marcinho no meio de campo deixa em aberto outras possibilidades para o treinador do Belo. A substituição mais provável é a entrada de Assis para manter a qualidade do setor criativo. Mas o treinador também pode optar pela entrada de um volante e adotar um esquema mais sólido defensivamente.

Além das baixas para este final de semana, o treinador também se preocupa com a situação do zagueiro Marcelo Xavier, do volante Djavan e do atacante Danielzinho. Todos estão pendurados com dois cartões amarelos e correm o risco de ficar de fora da partida contra o ABC.

MaisPB com Futebol Interior

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bota-PB fecha treino antes de viagem para Cuiabá

Ascom/Botafogo
Ascom/Botafogo

Com portões fechados para a imprensa, o Botafogo-PB fez na tarde desta quinta-feira (28),  no Almeidão, o último treino antes de seguir viagem para o Centro-Oeste brasileiro, onde enfrenta o Cuiabá.

Para o jogo contra o Dourado, o técnico Itamar Schülle não conta com o zagueiro Plínio e o meia Marcinho, que irão cumprir suspensão automática.

A delegação embarca nesta sexta-feira, às 15h30, para o Mato Grosso. A partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C está marcada para domingo, às 16h (horário de Brasília), e às 15 no horário local de Cuiabá, na Arena Pantanal.

Com 18 pontos, o Belo divide a vice-liderança do grupo A da Série C com o Fortaleza, enquanto o Cuiabá está na zona de rebaixamento, ocupando a última colocação, com seis pontos.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Treze bate Cuiabá e se afasta da zona de rebaixamento

trezeCom um gol do atacante Rafael Oliveira, de pênalti, o Treze interrompeu série negativa de três resultados negativos e venceu o Cuiabá por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Presidente Vargas. Com o resultado, o Galo passou a somar 13 pontos e fica 5 pontos à frente de Crac e Águia, que estão na zona de rebaixamento.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Já o Dourado, mesmo com o revés se manteve na zona de classificação, com 18 pontos. Vindo de derrotas, o Galo conseguiu o efeito suspensivo da pena de dois jogos de suspensão, sofrida por Rafael Oliveira pela expulsão no clássico com o Botafogo-PB. Mas para o jogo com o Águia, domingo, no PV, o atacante deve cumprir o outro jogo da suspensão – havia cumprido a automática.

 

paraibaonline

Bebê recém-nascido é encontrado em caixa de papelão em Cuiabá

Bebê recém-nascido tinha marcas de picadas de inseto pelo corpo. (Foto: Reprodução/ TVCA)
Bebê recém-nascido tinha marcas de picadas de inseto
pelo corpo. (Foto: Reprodução/ TVCA)

Um bebê recém-nascido foi encontrado dentro de uma caixa de papelão, no final da noite desta quarta-feira (20), no Bairro São Sebastião, em Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Militar, a criança, do sexo feminino, ainda estava com parte do cordão umbilical e apresentava marcas pelo corpo, que teriam sido provocadas por picadas de insetos.

O caso foi registrado por volta de 20h [horário de Mato Grosso] em um campo de futebol do bairro, que fica na região sul da capital mato-grossense. Segundo a PM, crianças que jogavam bola no local encontraram o bebê na caixa e chamaram outras pessoas. O recém-nascido estava enrolado em lençóis de um hospital público de Cuiabá, ainda com marcas de sangue no tecido.

“A criança ainda tinha parte do cordão umbilical. Verificamos que a criança chorava muito e estava com o corpo avermelhado. Aparentemente tinha sido picada por formigas” disse o policial militar Alessandro Amorim. Depois de resgatado, o bebê foi levado para a policlínica do Bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá.

A criança foi avaliada por um médico e liberada, sendo entregue ao Conselho Tutelar. “Conforme o médico de plantão da policlínica, ela teria nascido no período da tarde e abandonada logo em seguida”, disse uma conselheira. Até o período da noite a mãe da criança ou familiares não tinham sido localizados ou tentado procurar pelo bebê.

O hospital, que tinha o lençol da instituição enrolado no bebê, informou que não houve registro de fuga de pacientes. A unidade de saúde disse que três bebês nasceram no hospital nesta quarta-feira, no entanto, as mães continuavam internadas no local.

 

Do G1 

Cuiabá quebra a invencibilidade do Botafogo-PB e entra no G-4 da Série C

O Cuiabá não marcava um gol sequer há três partidas. O Botafogo-PB, por sua vez, vinha invicto na Série C e com um retrospecto amplamente favorável jogando na Paraíba, onde só perdeu duas vezes em 2014. Tudo isso, no entanto, não foi capaz de parar o Dourado. Uma uma atuação impecável, especialmente de Eder Sciola, o time mato-grossense goleou o campeão da Série D por 4 a 1 e, de quebra, entrou para o G-4 do Grupo A.

Cuiabá goleia Botafogo-PB no Almeidão (Foto: Kleide Teixeira/Jornal da Paraíba)Cuiabá fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo e só administrou a vantagem na segunda etapa, em jogo realizado na tarde deste domingo em João Pessoa (Foto: Kleide Teixeira/Jornal da Paraíba)

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A derrota só não trouxe maiores consequências para o Botafogo porque os resultados da rodada ajudaram e o time segue na zona de classificação. Mas acendeu o sinal de alerta na Maravilha do Contorno para as finais do Campeonato Paraibano e também para a retomada da Série C, após a Copa do Mundo.

Cuiabá encontra o mapa da mina

Pressionado pelas quatro partidas sem vitória na Série C, o Cuiabá começou a partida disposto a surpreender o Botafogo-PB. E logo encontrou o mapa da mina: a ala esquerda. Aproveitando o fato da falta de ritmo do lateral direito Toninho, que fora confirmado minutos antes da partida no lugar do titular Ferreira, o Cuiabá marcou logo dois gols no primeiro tempo.

Aos 19, Gilsinho lançou Ruan, que cruzou na medida para Eder Sciola só tocar para as redes de Genivaldo. E, aos 27, com os mesmos personagens em ação: de Ruan para Eder, e novamente o Cuiabá chegava ao gol, que praticamente definiu a partida.

Na tentativa de reorganizar o time botafoguense, o técnico Marcelo Vilar tirou Toninho e colocou o volante Izaías. Até que deu certo. O time paraibano melhorou e até teve chance de marcar. Primeiro aos 35, com Lenílson, que soltou a bomba para grande defesa de William Alves. Depois, aos 42, André Lima teve a chance de diminuir após falta cobrada por Pio.

Eder Sciola marcou três gols na goleada do Cuiabá sobre o Botafogo-PB (Foto: Kleide Teixeira/Jornal da Paraíba)Eder Sciola marcou três gols na goleada do Cuiabá sobre o Botafogo-PB (Foto: Kleide Teixeira/Jornal da Paraíba)

Goleada com um a menos

A reação do Botafogo-PB nos últimos 15 minutos do primeiro tempo deu a falsa impressão de que o time paraibano poderia ameaçar a vitória do Dourado. Engano. E os mato-grossenses trataram logo de esfriar o ânimo do adversário com um gol logo aos 2 minutos. E de novo com ele, Eder Sciola, o nome da partida.. Dessa vez, ele aproveitou uma falta cobrada por Gilsinho e fez de cabeça.

O lance que poderia mudar a história do jogo veio cinco minutos depois. Bosco, que já tinha o cartão amarelo, fez falta dura e acabou expulso. Na cobrança, Pio soltou a bomba e no rebote do goleiro Willian Alves, saiu o gol botafoguense, marcado por Izaías.

A torcida que já estava deixando o Almeidão voltou a acreditar na reação. Frontini, de fora de área, quase marca aos 11. Ao invés disso, quem voltou a balançar as redes foi o Cuiabá. E com um golaço de Gilsinho. Ele soltou a bomba no ângulo de Genivaldo e marcou o quarto gol aos 15 minutos.

A partir daí, o Botafogo seguiu pressionando – mais por uma obrigação protocolar do que propriamente com o pensamento de reagir. Já o Cuiabá, explorando os contra-ataques, também deve chances de marcar. Na melhor delas, aos 26, Genivaldo salvou um chute de Moisés à queima-roupa.

No mais, a vitória do Cuiabá foi justa e mostrou que nada está definido no Grupo A.

 

 

Globoesporte.com

Treze continua sem ganhar na Série C do Brasileirão e fica em 0 a 0 contra o Cuiabá

treze e cuiabaCuiabá (MT) e Treze (PB) jogaram pela terceira rodada da Série C do Brasileirão, no começo da noite deste domingo (11), e ficaram em 0 a 0 no Estádio Municipal Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, cidade que fica a 350 km de Cuiabá. Essa foi a quinta vez que o Galo jogou contra o Dourado na história da Série C do Brasileirão.

Depois dessa partida, o Treze tem apenas dois pontos e ainda não venceu jogos na competição; o Cuiabá já tem quatro pontos.

O próximo compromisso do Galo na Série C é dia 18 de maio, contra o Águia do Pará, em Marabá (PA), no gramado do Zinho Oliveira, às 16h. No mesmo dia, às 19h, o Cuiabá vai pegar o ASA de Alagoas, no estádio Coaracy Fonseca em Arapiraca (AL).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
O jogo

O time paraibano reclamou do calor, com os termômetros marcando cerca de 30ºC no momento da partida.

Aos oito minutos, a defesa do Cuiabá vacilou e abriu espaço para Jailson, que ficou na cara do gol, mas William Alves não deixou.

Um minuto depois foi a vez da defesa galista fazer bonito, segurando uma bomba mandada por Gilsinho.

O time matogrossense continuou pressionando e o Treze jogando com mais pausas.

Aos 24 minutos, o Dourado quase abriu o placar. Bogé mandou para Gilsinho e deixou a defesa trezeana pedindo impedimento. Enquanto isso, o camisa 1 do Galo teve que se esforçar para não deixar o time adversário marcar.

Apesar da partida estar boa, perto do fim do primeiro tempo, os dois times pareciam cansados em campo. O 0 a 0 seguiu até os 46 minutos.

No segundo tempo, o Treze abriu com mais ofensividade sobre o Cuiabá e jogando melhor, mas não foi suficiente para mudar a situação nos marcadores.

Aos 13 minutos, o Galo fez um super ataque com uma jogada de Belussoi, mas Mirita evitou o gol.

Aos 17 minutos, foi a vez do Dourado reagir com Washington, que estava livre na área, mas mandou pra fora, de cabeça.

O Galo continuou insistindo pelo primeiro gol e por pouco não abriu o placar aos 33 minutos, depois de dois escanteios seguidos.

Aos 41 minutos, Esquerdinha acabou expulso depois de fazer falta por trás de Aldair. Outros dois cartões amarelos ainda foram aplicados para as equipes, nos minutos finais.

A etapa final do jogo seguiu até os 50 minutos e terminou em 0 a 0.

 

Portal Correio

Operário morre na Arena Pantanal, sede da Copa do Mundo em Cuiabá

arena-pantanalMorreu nesta quinta-feira (8) um operário que trabalhava na Arena Pantanal, estádio que sediará jogos da Copa do Mundo de 2014 em Cuiabá. Mohamed Ali Maciel Afonso, 32, foi vítima de uma descarga elétrica, recebeu atendimento no local e não resistiu. Uma equipe de perícia técnica está avaliando o local do acidente no momento, e a construção foi interrompida apenas na área.

A 35 dias do início da Copa do Mundo, a Arena Pantanal tem 98% de conclusão. Mohamed Ali Maciel Afonso era funcionário da Etel, empresa que faz parte do consórcio responsável por telecomunicações no estádio, e trabalhava com acabamento na parte elétrica do aparato. Ele sofreu a descarga quando instalava uma luminária no corredor de acesso aos camarotes do setor leste.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O acidente aconteceu por volta de 11h desta quinta-feira. O Samu e o Corpo de Bombeiros foram acionados, chegaram em poucos minutos e tentaram reanimar o operário. Mohamed Ali Maciel Afonso chegou a voltar a ter batimentos, mas não ficou estável. O óbito foi decretado às 11h40.

A repercussão que a morte ainda dependem do resultado da perícia. Faltam 3 mil cadeiras e uma série de ajustes de pequeno porte para a conclusão do estádio – a parte elétrica, por exemplo.

Também na tarde desta quinta, a Etel fará um pronunciamento oficial sobre a morte do operário.

“Como aconteceu agora, estamos priorizando os procedimentos de atendimento à família. As atividades estão paralisadas, mas ainda não temos informações ou prazos”, disse um funcionário da Secopa-MT.

Até 14h30, o corpo do operário ainda estava no estádio. A família já foi avisada, e a Secopa disse que ele usava todo o equipamento de proteção necessário.

O operário de Cuiabá é o nono a morrer em obras de estádios para a Copa do Mundo de 2014.

Em 11 de junho de 2012, o ajudante de carpinteiro José Afonso de Oliveira Rodrigues, 21 anos, caiu de uma laje no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Em 27 de novembro de 2013, dois trabalhadores morreram após a queda do guindaste que levantava uma peça da cobertura do estádio corintiano: o operador Fábio Luiz Pereira, de 42 anos, e o montador Ronaldo Oliveira dos Santos, de 44.

O primeiro óbito em Manaus aconteceu em 28 de março de 2013, quando o corpo do pedreiro Raimundo Nonato Lima Costa, de 49 anos, foi encontrado por trabalhadores do turno noturno da obra. Segundo testemunhas, Costa caiu enquanto caminhava sobre uma viga a 4 metros de altura.

Outros dois acidentes aconteceram no Amazonas em 14 de dezembro. Marcleudo de Melo Ferreira, 22 anos, que trabalhava na instalação dos refletores do estádio no turno da madrugada também sofreu uma queda e morreu. Horas depois, o operário José Antônio da Silva Nascimento, de 49 anos, que trabalhava no serviço de limpeza e terraplanagem, teve um infarto enquanto trabalhava.

A lista de mortes em obras da Copa ainda tem Antônio José Pita Martins, que trabalhava na desmontagem de um guindaste em terreno vizinho à Arena da Amazônia, e Fabio Hamilton Cruz, que caiu enquanto montava plataformas na estrutura móvel do Itaquerão.

 

Guilherme Costa e Vinicius Segalla

Treze encara Cuiabá pela permanência na zona de classificação

Na estreia do Galo em casa, no primeiro turno, empate em 0x0 ante o Cuiabá. Foto: Paraibaonline

Para os donos da casa vale a saída da “degola”, aos visitantes o G-4. Nesse contexto se enfrentam hoje Cuiabá e Treze, pela 13ª rodada do Grupo A da Série C. O duelo entre mato-grossenses e paraibanos está marcado para as 16h (horário de Brasília), no Estádio Presidente Dutra – “Dutrinha”.

Com 12 pontos e em penúltimo lugar na chave, o Cuiabá tenta reagir na competição enquanto há tempo. Restando seis rodadas para o final do campeonato, o Dourado pode chegar até a se classificar, mas para isso precisa se reencontrar com as vitórias. A equipe mato-grossense vem de uma derrota para o líder Luverdense por 1 a 0, mas tem mostrado evolução.

Já o Galo tem 16 pontos e figura em quarto lugar. Apesar da boa posição na tabela, em caso de tropeço, o alvinegro pode ser ultrapassado pelo Águia e Marabá, que encara o lanterna Guarany, em Sobral-CE. Levando esse confronto em consideração, o time paraibano precisa da vitória para continuar no G4.

O Dourado apresentou seu novo treinador durante a semana. Luciano Dias chegou para ajudar a equipe a subir na tabela e elogiou muito a estrutura do clube. Nos seus primeiros dias, o novo técnico promoveu treinos no estádio Dutrinha para que os jogadores fiquem cada vez mais acostumados às condições do gramado que tem sido alvo de reclamações constantes. O campo é duro e irregular, mas Luciano quer fazer do Dutrinha um aliado e não um inimigo do Cuiabá.

Para voltar a vencer, o elenco pediu a ajuda da torcida para a partida contra o Treze. O volante Bogé convocou os torcedores e espera apoio total: “Compareça para nos ajudar, nessas horas todo incentivo é válido”, disse o jogador que já atua no Dourado há dois anos.

Por sua vez, o técnico Marcelo Vilar tem alguns problemas para armar sua equipe para o jogo desse domingo. O volante Éverton César está vetado pelo departamento médico e, para seu lugar, o treinador deve escalar Vagner Rosa.

Além disso, o zagueiro Márcio Garcia se machucou no último domingo. O defensor vai ser substituído por Alexandre Carvalho.

*Com Futebolinterior.