Arquivo da tag: Criança

Homem é condenado por apalpar partes íntimas de criança de oito anos

A juíza Juliana Dantas de Almeida, da Comarca de Remígio, julgou procedente a denúncia do Ministério Público estadual e condenou a oito anos e seis meses de reclusão, a ser cumprida em regime inicialmente fechado, o réu Marcelino Barbosa Fernandes pela prática de estupro de vulnerável. Ele foi acusado após apalpar as partes íntimas de uma criança de apenas oito anos, em 2017.

De acordo com a denúncia, os fatos vieram à tona durante uma palestra sobre educação sexual na escola da vítima. Em contato com a professora responsável pela palestra, a criança contou que quando ia brincar com a prima, o pai desta, de nome Marcelino, ficava tentando passar a mão em suas partes íntimas. Ao saber do ocorrido, a professora repassou a informação para a diretora da escola, que, por sua vez, acionou a avó da menina, tendo ambas se encaminhado ao CRAS e, em seguida, para a delegacia.

A vítima foi ouvida pela equipe de escuta da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça da Paraíba e, na ocasião, corroborou todos os depoimentos que havia prestado, anteriormente, à professora, à diretora da escola, à avó e à delegada.

Na ocasião, a criança deixou claro que sabia o que era mentir e o que era dizer a verdade, e explicou que não estava mentindo ou relatando o ocorrido a pedido de alguém, ao contar que Marcelino havia acariciado suas partes íntimas. Ela explicou que os fatos ocorriam quando estava assistindo televisão com a filha de Marcelino, na casa dele, e disse que, sentada na cama, o acusado lhe acariciava.

Homem negou o crime

O réu negou o crime, no entanto, a juíza Juliana Dantas explicou que os atos libidinosos, na maioria das vezes, não deixam vestígios. “Os crimes sexuais são daqueles que, em regra, consumam-se às escondidas, distante dos olhos de terceiros, presentes, apenas, agressor e agredida. Não por outro motivo, pacificou-se o entendimento nos pretórios nacionais de que a palavra dessa deve preponderar sobre a daquele”, afirmou.

A magistrada destacou que, no caso dos autos, as declarações das testemunhas e o relatório psicossocial corroboram as palavras da vítima. “Nesses termos, tenho que o réu realmente praticou o crime tipificado no artigo 217-A do Código Penal (estupro de vulnerável) em relação à vítima”, ressaltou.

Ela concedeu ao réu o direito de recorrer em liberdade, visto que respondeu a todo processo nessa condição, comparecendo a todos os atos processuais.

 

portalcorreio

 

 

Criança de 2 anos é internada em hospital após engolir moeda, em Campina Grande

Um menino, de 2 anos, foi internado na manhã desta segunda-feira (4) no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, no Agreste da Paraíba. A criança teria engolido uma moeda de 50 centavos há sete dias no município de Frei Martinho, no Curimataú do estado.

À equipe médica, a mãe do menino contou que o objeto estava na estante da casa da avó dele e que ele teria engolido a moeda enquanto brincava. Quando a família percebeu o acidente, o encaminhou duas vezes para uma unidade básica de saúde, em Picuí, de onde ela foi transferido para Campina Grande.

Um exame de raio x indicou que o objeto está alojado no intestino do garoto. Ele recebeu alta e aguarda, em casa, que a moeda seja expelida naturalmente do corpo dele, processo que deve acontecer até 20 dias, de acordo com a unidade hospitalar.

De acordo com o médico Ewerton Franco, cirurgião pediátrico do Hospital de Trauma de Campina Grande, a unidade costuma atender muitas crianças com casos semelhantes. Os mais comuns são as moedas ou produtos químicos, como os de limpeza que estão em fácil acesso.

Segundo informações da assessoria de comunicação do hospital, entre os meses de janeiro e outubro de 2019, foram atendidos 3.335 casos no local. Entre os objetos expostos pela unidade estão isqueiro, pentes e parte de uma dentadura.

“De imediato é necessário tentar identificar o objeto e procurar a unidade de saúde mais próxima”, pontuou o médico.

Entre os meses de janeiro e outubro de 2019, foram atendidos 3.335 casos de ingestão de corpos estranos no Hospital de Trauma de campina Grande — Foto: Hospital de Trauma de Campina Grande/Divulgação

Entre os meses de janeiro e outubro de 2019, foram atendidos 3.335 casos de ingestão de corpos estranos no Hospital de Trauma de campina Grande — Foto: Hospital de Trauma de Campina Grande/Divulgação

 

G1

 

 

Homem é preso suspeito de abusar sexualmente de criança, na PB: ‘ele tocou no meu segredo’

Um homem de 64 anos foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira (30) suspeito de abusar sexualmente de uma criança de sete anos, em João Pessoa. De acordo com a delegacia da mulher, o homem foi flagrado pela própria mãe enquanto tocava nas parte íntimas da criança.

A criança confirmou todos os fatos à Polícia Civil e disse que chamava o homem de “vôzinho”. De acordo com a delegada Cristiane Medeiros, o homem é da cidade de São Paulo, estava visitando João Pessoa e seria parente da avó da vítima.

Conforme depoimento da criança à polícia, a situação já se repetiu outras duas vezes. Quando revelou à delegada o que aconteceu, a menina disse que ele começou tocando os pés dela, depois as pernas e, em seguida, as partes íntimas. “Ele tocou o meu segredo”, revelou a criança.

O homem foi conduzido para a Delegacia da Mulher, na Central de Polícia Civil, em João Pessoa. Ele permanece preso na carceragem, onde aguarda audiência de custódia.

G1

 

Criança de 11 anos é levada ao hospital com dores na cabeça e morre vítima de AVC

O caso ocorreu no domingo (27), em Alagoa Nova, no Brejo da Paraíba. Um menino de 11 anos de idade sentiu fortes dores de cabeça e a mãe, a cabeleireira Eliane Silva, o levou para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Um dos médicos do local informou que o menino precisava ficar internado para a realização de mais exames. Logo em seguida a duas cirurgias, a criança morreu.

Érick foi diagnosticado com um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Segundo informações do Hospital, Erick passou por uma cirurgia no último domingo. Em seguida, foi preciso realizar outro procedimento cirúrgico. Desta segunda cirurgia, Erick não resistiu e morreu ainda no Hospital em Campina Grande.

Segundo a mãe do menino, Erick foi socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) local. Depois, o levaram para Campina Grande devido à gravidade.

Blog do Pedro Júnior

Fonte: Blog do Fabiano Moura

 

 

 

8 dicas para prevenir a prisão de ventre na criança

A prisão de ventre varia muito de criança para criança, além do fator idade. Segundo Sociedade Brasileira de Pediatria, para que seja considerada “prisão de ventre” em crianças por volta dos 4 anos, devem ser cumpridos no mínimo dois critérios durante dois meses consecutivos: Menos de 3 defecações na semana, ao menos um episódio de incontinência fecal por semana, posturas ou atitudes retentivas para evitar a defecação, defecação dolorosa, fezes de grande diâmetro no reto ou palpáveis a nível abdominal e defecções excessivamente volumosas.

A obstipação intestinal, mais conhecida como “prisão de ventre”, é muito comum na infância e as causas pode ocorrer por diversos fatores: alimentação pobre em fibras, medo de evacuar por causa da dor com a fissura anal, insuficiente ingestão de líquido e pouca atividade física. A criança que está obstipada faz menos cocô que de costume, principalmente se já está há quatro dias sem evacuar e tem dificuldade para eliminar as fezes. No entanto, há outros sintomas como excrementos duros e secos que fazem o bumbum doer, ou mesmo, fezes líquidas que só sujam a fralda ou a roupa de baixo. “Pode ser que a parte sólida das fezes esteja presa dentro dos intestinos, e só as líquidas consigam sair. É preciso cuidado para não confundir isso com diarreia, ” alerta Loretta

Saber identificar a prisão de ventre é importante para corrigir o problema o quanto antes. Loretta Campos separou oito dicas importantes que poderão ajudar os pequenos:

1.       Evite alimentos que prendem o intestino: arroz, banana, maçã e cereais. É salutar maneirar no leite;

2.       Aumente as fibras com o consumo de pães e bolachas integrais, mamão, ameixa preta, feijão e brócolis;

3.       Ofereça muito líquido;

4.       Incentive o seu filho a correr e brincar bastante;

5.       Não force a barra para que seu filho abandone as fraldas se ele ainda não estiver preparado;

6.       Instigue seu filho a ir ao banheiro quando tiver vontade. Se ele nunca sente vontade, faça-o passar dez minutos no penico ou na privada depois do café e do jantar;

7.       Converse com o pediatra. Ele poderá sugerir um laxativo, lubrificante natural, fibras solúveis ou supositório;

8.       Se as fezes do seu filho têm sangue, o pediatra poderá orientar um tratamento para combater a fissura anal.

 

Dra. Loretta Campos

Pediatra pela Universidade de São Paulo (USP), Consultora Internacional em Aleitamento Materno (IBCLC), Consultora do sono, Educadora Parental pela Discipline Positive Association e membro das Sociedades Goiana e Brasileira de Pediatria. A médica aborda temas sobre aleitamento materno com ênfase na área comportamental da criança e parentalidade positiva.

Redes Sociais:

Instagram: @dralorettacampos

https://www.instagram.com/dralorettapediatra/

Facebook: @dralorettaoediatra

https://www.facebook.com/dralorettapediatra/

 

Idoso é preso suspeito de abusar criança de 10 anos, em Campina Grande

Um idoso foi preso suspeito de abusar uma criança de dez anos na manhã deste domingo (20), no bairro Jardim Quarenta, em Campina Grande. Segundo a polícia, o menino teria sido atraído para dentro do bar de propriedade do suspeito.

Ainda de acordo com a polícia, o idoso, de 62 anos, teria oferecido um pirulito ao menino e logo depois teria tentado acariciar as partes íntimas da criança. O menino conseguiu correr para casa dos pais e contou o que havia acontecido.

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para a carceragem da Central de Polícia Civil de Campina Grande, onde aguarda por audiência de custódia.

G1

 

Criança e três adultos ficam feridos após moto ocupada pelo quarteto ser atingida por carro

Uma criança de três anos e três adultos ficaram feridos após a moto em que todas essas pessoas estavam ser atingida por um carro. O acidente aconteceu na tarde deste domingo (6), na Praia do Sol, em João Pessoa.

Duas vítimas foram levadas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Valentina e outras duas foram socorridas até o Hospital de Trauma da Capital.

O estado de saúde delas não foi informado, até este domingo. As primeiras informações são de que a criança teve fratura exposta.

 

clickpb

 

 

Polícia apreende adolescente suspeito de estuprar criança de 4 anos na PB

Um adolescente de 13 anos foi apreendido pela Polícia Militar, na noite desta sexta-feira (4), acusado de agredir e estuprar uma criança de apenas 4 anos. O crime teria ocorrido no bairro do Alto do Mateus, em João Pessoa.

A mãe da vítima contou aos policiais que foi a criança quem relatou às agressões e logo em seguida ela chamou a polícia.

Ainda de acordo com a polícia, a mãe do adolescente, que foi detido, teria um comportamento rebelde e caso haja a comprovação do delito, ele deve pagar pelo que fez.

A criança deverá passar por exames para detectar a agressão.

O adolescente foi encaminhado à Delegacia do Menor na Capital e passará por audiência de custódia neste sábado (5).

 

PB Agora

 

 

Criança morre com queimaduras após cair em caldeirão com água quente, na Paraíba

Uma criança de dois anos morreu nesta quarta-feira (11) depois de sofrer queimadas provocadas por água quente. O acidente aconteceu na cidade de Ingá, no Agreste da Paraíba, mas a criança morreu no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

As queimaduras aconteceram no dia 28 de agosto. De acordo com relatos de parentes à polícia, a criança estava em casa, enquanto o padrasto preparava uma caldeirão com água fervendo.

Ele teria colocado o caldeirão no chão e, quando se abaixou para pegar algo no chão, bateu a cintura na criança e ela caiu dentro do caldeirão. Ela foi encaminhada para a UPA da cidade de Ingá e, em seguida, levada para o Hospital de Trauma de Campina Grande, que tem uma ala especializada em queimaduras.

A morte da criança foi registrada na Central de Polícia Civil de Campina Grande e deve ser investigada pela Polícia Civil de Ingá.

G1

 

Criança de seis anos cai de ônibus escolar, é atropelada e morre, no Conde

Uma verdadeira fatalidade ocorreu na manhã desta sexta-feira (06) na cidade de Conde, litoral Sul paraibano.

Um menino de apenas 6 anos, que estava sendo transportado em um ônibus escolar para a Zona Rural da cidade, caiu do veículo e foi atingido pelo pneu traseiro do ônibus.

O Samu chegou a ser acionado, mas apenas constatou o óbito.

De acordo com as informações, o menino estaria sentado na cadeira que é destinada a cadeirantes e por algum motivo a porta próxima da cadeira se abriu e ele caiu.

O clima no local é de ampla comoção.

De acordo com a prefeitura da cidade uma sindicância já foi solicitada para apurar o caso.

PB Agora