Arquivo da tag: corpo

Agricultor é encontrado morto queimado e com corpo perfurado no Agreste da PB

(Foto: Felipe Valentim/TV Paraíba)

Um agricultor de 57 anos foi encontrado morto com várias perfurações pelo corpo e parte dele carbonizado, na comunida de Jenipapo, que fica entre os municípios de Campina Grande, Lagoa Seca e Puxinanã, no Agreste paraibano. A Polícia Civil ainda não tem informações sobre suspeitos.

O corpo de Paulo de Sousa Lima foi encontrado em um terreno próximo a um aterro sanitário. Segundo o Instituto de Polícia Científica (IPC), o homem estava com várias perfurações pelo corpo, que também chegou a ser parcialmente carbonizado. A suspeita do IPC é de que a vítima teria sido queimada ainda viva.

A Polícia Civil está investigado o caso, mas ainda não tem informações sobre suspeito ou motivação para o crime. Um detalhe que chamou a atenção da equipe de investigação é que foi encontrada a quantia de R$ 1 mil em espécia, no bolso da vítima.

Paulo de Sousa Lima morava em Lagoa Seca e, segundo parentes, não havia relatado se estava sendo ameaçado de morte. Sobre o dinheiro no bolso, parentes do agricultor informaram que ele sempre costumava andar com todo o dinheiro que tinha para não deixar em casa.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem tem 70% do corpo queimado após incêndio em sua casa

Um homem sofreu queimaduras em 70% de seu corpo neste domingo (29) no Conjunto Colibris, no bairro José Américo, em João Pessoa. O acidente aconteceu devido a um incêndio em sua casa.

De acordo com informações, o homem de 44 anos teria esquecido uma panela no fogo e foi dormir. Quando acordou por causa da alta temperatura, a casa estava em chamas.

Na tentativa de conter o fogo, o proprietário do imóvel teve grande parte do corpo queimado, sendo socorrido por uma guarnição do Corpo de Bombeiros que estava em deslocamento para atender outra ocorrência, quando percebeu o imóvel em chamas.

O homem foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pintor tem 40% do corpo queimado e sofre amputações após choque em rede elétrica, na PB

Um pintor de 56 anos teve 40% do corpo queimado e sofreu amputações de dedos após sofreu um choque elétrico, na manhã desta terça-feira (24), quando pintava a fachada do Hospital Municipal de Cuité, município do Agreste paraibano, a 225 quilômetros de João Pessoa.

O caso aconteceu por volta das 9h enquanto o pintor segurava uma haste, onde o rolo de pintar estava fixado, mas acabou encostando o equipamento na rede elétrica, sofrendo uma descarga de energia.

Ferido, o pintor recebeu os primeiros atendimentos médicos no próprio hospital, mas, segundo uma enfermeira da unidade, foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Em contato com o Portal Correio, o diretor da unidade, Geraldo Medeiros, afirmou que o pintor teve 40% do corpo queimado, principalmente membros inferiores e superiores, e passou por amputação de dois dedos de uma das mãos e um dedo do pé.

Ainda segundo o diretor do Trauma, o pintor vai passar por cirurgia, permanecer internado e o estado de saúde é considerado grave.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Detenta joga água quente em colega de cela e vítima tem 41% do corpo queimado, na PB

Imagem ilustrativa

Uma detenta da cadeia feminina de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, jogou um balde com água quente na companheira de cela quando a vítima estava dormindo. De acordo com a diretora do presídio, Paloma Correia, a vítima teve 41% do seu corpo queimado. O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (4).

Ainda segundo a diretora, ela foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital Regional de Cajazeiras, onde segue internada em estado grave. A vítima será transferida ainda esta quinta-feira (5) para o Hospital Regional de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Dentro da cela onde aconteceu o crime ainda estavam mais quatro mulheres. As detentas contaram que a suspeita esquentou a água no “mergulhão”, onde elas fazem café, e jogou na outra detenta quando a vítima estava deitada.

A suspeita de cometer o crime foi levada para o isolamento e na segunda-feira (9) realizará exames para saber se tem algum problema psicológico.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Os riscos da preocupação exagerada com o corpo

Selfie perfeita, corpo perfeito, a busca por likes nas redes sociais. A insatisfação com o corpo, por exemplo, é algo comum entre os jovens e a obsessão pela beleza faz com que a pessoa dê a sua imagem uma importância maior do que ela realmente deve ter.

A imagem torna-se algo mais importante que a própria saúde. Mas quais os limites seguros da vaidade?

Muitas pessoas buscam aceitação nos grupos. As redes sociais cobram que a pessoa seja aceita. Os ‘likes’ são alavancas para o ego e isso significa mudar o seu padrão de beleza ao ponto de ser contrário aos estereótipos da sua região ou país.

A busca pelo corpo perfeito envolve dietas super restritivas ou hiper proteicas. A nutricionista Marcela Kotait mostrou quando a preocupação com o corpo e com a alimentação vira exagero a ponto de colocar a saúde em risco.

Ortorexia
É a busca por comer de maneira saudável obsessivamente, buscando a pureza na alimentação. Entretanto, essa busca pode restringir e muito a alimentação. Os especialistas lembram que não há uma fórmula mágica para se comer com saúde. Comer de maneira mais saudável é diferente de comer única e exclusivamente alimentos saudáveis.

TESTE: Se você é um entusiasta da dieta saudável e você responde sim a qualquer uma das seguintes questões, você pode estar desenvolvendo a ortorexia nervosa:

– Passo muito da minha vida pensando, escolhendo e preparando alimentos saudáveis que interfere com outras dimensões da minha vida, como amor, criatividade, família, amizade, trabalho e escola.

– Quando eu como um alimento que eu considero insalubre, sinto-me ansioso, culpado, impuro, impuro e / ou contaminado; mesmo estar perto de tais alimentos me perturba, e sinto julgamento de outros que comem esses alimentos.

– Meu senso pessoal de paz, felicidade, alegria, segurança e autoestima é excessivamente dependente da pureza e da correção do que eu como.

– Às vezes eu gostaria de relaxar minhas regras de “boa comida” auto impostas para uma ocasião especial, como um casamento ou uma refeição com familiares ou amigos, mas acho que não posso. (Nota: Se você tem uma condição médica em que não é seguro para você fazer QUALQUER exceção à sua dieta, esse item não se aplica).

– Ao longo do tempo, eliminei cada vez mais alimentos e expandi minha lista de regras de alimentos na tentativa de manter ou melhorar os benefícios para a saúde; às vezes, eu posso tomar uma teoria alimentar existente e adicionar a ela com minhas próprias crenças.

– Seguir a minha teoria da alimentação saudável me fez perder mais peso do que a maioria das pessoas diria que é bom para mim ou causou outros sinais de desnutrição, como perda de cabelo, perda de menstruação ou problemas de pele.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Sintomas de estresse: você pode não notar, mas ele muda seu corpo de 21 maneiras

Seja por excesso de responsabilidade, preocupações ou situações de perda, o estresse potencializa a ação do sistema endócrino e gera mudanças físicas no organismo, levando ao descontrole emocional e até mesmo criando doenças. Uma alternativa para perceber a hora de reduzir o ritmo é observar os sinais e sintomas do estresse no corpo.

O que é estresse e por que o sentimos?

De acordo com a psiquiatra Elizabeth Zamerul Ally, que também é psicoterapeuta e especialista em dependência química e codependência, o organismo reage a momentos de tensão ou ameaça com a ativação do estado de alerta, que promove diversas reações bioquímicas com o intuito de salvar a pessoa do possível perigo.

Dentre elas, estão a produção e liberação quase imediatas de neurosubstâncias criadas pela glândula suprarrenal, as chamadas catecolaminas, como adrenalina, noradrenalina e cortisol. As duas primeiras dilatam os vasos sanguíneos de órgãos vitais do corpo, a fim de preservá-los perante a situação de risco, e diminuem a circulação dos locais menos importantes. Já o segundo aumenta a glicemia e transforma gordura em energia disponível.

O problema é que em longo prazo a liberação de hormônios aumenta o risco cardíaco e o triglicérides, reduz a produção de insulina e ainda afeta o sistema imunológico, deixando o organismo frágil perante micro-organismos maléficos.

sintomas de estresse no corpo 0517 400x800

Consequências

Em longo prazo, o estresse pode causar doenças psiquiátricas, como síndrome do pânico e transtorno de ansiedade, insuficiência das glândulas suprarrenais, problemas de tireoide, desregulação do ciclo menstrual e até diabetes. “Ainda não há um consenso do porquê uma pessoa evolui do estresse para doença, mas as alterações hormonais que ele acarreta provocam repercussões orgânicas e mentais importantes”, ressalta a psiquiatra Elizabeth Zamerul Ally.

Sintomas de estresse

homem insonia cama 116 400x800

A psiquiatra conta que os sintomas de estresse no corpo variam de acordo com o organismo e a personalidade de cada pessoa. De modo não específico, podem surgir:

  • Tensão excessiva e constante
  • Dor muscular
  • Agitação
  • Impaciência
  • Tremor
  • Fraqueza
  • Fadiga que surge mesmo após atividades simples
  • Enjoo
  • Irritação
  • Palpitação
  • Suor frio
  • Diarreia
  • Dificuldade em dormir
  • Falta de ar
  • Tontura e vertigem
  • Memória fraca
  • Boca seca
  • Calafrios
  • Formigamento
  • Queda de cabelo (Alopecia areata)

Apesar disso, a presença de sintomas por si só não caracteriza estresse. “Cada sinal precisa ser analisado em conjunto com outras manifestações concomitantes, além de todo o contexto da pessoa, histórico de sintomas e circunstâncias”, lembra a especialista.

Sintomas de estresse na pele

alergia pele pescoco 016 702x1127

O estresse ainda pode causar ou agravar doenças de pele, em um fenômeno chamado de psicodermatose, como dermatite de contato alérgica, caspa, psoríase, vitiligo e suor excessivo.

A piora de quadros herpes também surge em decorrência da diminuição da imunidade.

Como aliviar?

Assim como grande parte das doenças, a tríade alimentação saudável, prática de exercícios físicos e mudança de hábitos pode auxiliar. A última ação refere-se a dormir adequadamente, abandonar vícios e tentar manter um equilíbrio entre trabalho, família e lazer.

A prática de meditação e atividades relaxantes, como Yoga, também ajuda.

Caso o indivíduo não consiga aliviar a sensação sozinho, é indicado a realização da psicoterapia, que o auxiliará a viver o presente, deixar de perseguir o impossível e ter pensamentos positivos.

O uso de medicamentos só é indicado caso o psiquiatra entenda que o bem-estar do indivíduo é afetado pela reação. Neste caso, são receitados principalmente tranquilizantes.

vix

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Enterrado corpo da cantora Eliza Clívia, em Livramento, Paraíba

(Foto: Henrique Epifânio/TV Paraíba)

Foi enterrado às 17h deste domingo (18) o corpo da cantora paraibana Eliza Clívia. O sepultamento aconteceu no Cemitério da Saudade, em Livramento – cidade do Cariri paraibano onde Eliza nasceu.

A cantora paraibana, que é ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, e o marido dela, o baterista Sérgio Ramos, morreram em um acidente de carro no início da tarde da sexta-feira (16), no Centro de Aracaju, capital sergipana.

Eliza Cliva e o marido morreram em acidente de carro em Aracaju (Foto: Divulgação)

Eliza Cliva e o marido morreram em acidente de carro em Aracaju (Foto: Divulgação)

O corpo de Eliza foi velado no Palhoção do Forró – local onde acontecem os grandes eventos públicos do município -, que ficou lotado com a presença de familiares, amigos e fãs, que compareceram para dar o último adeus.

Velório de Eliza Clívia aconteceu em Livramento, na Paraíba (Foto: Flávio Leite/Prefeitura de Livramento)

Velório de Eliza Clívia aconteceu em Livramento, na Paraíba (Foto: Flávio Leite/Prefeitura de Livramento)

O corpo do marido de Eliza, o baterista Sérgio Ramos, também conhecido como Munição, foi velado na funerária Rosa de Saron, em João Pessoa, e levado, na tarde deste domingo (18), para o Rio Grande do Norte, onde vai ser enterrado no município de Currais Novos.

Corpo do baterista Sérgio Ramos foi levado para o Rio Grande do Norte após velório (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Corpo do baterista Sérgio Ramos foi levado para o Rio Grande do Norte após velório (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Acidente

Eliza, que iniciou a carreira solo, há quatro meses, estava em Aracaju para divulgar um show, que seria realizado na noite desta sexta-feira, quando o veículo em que estava bateu contra um ônibus. Além do casal, três pessoas da equipe também estavam no veículo. Elas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde duas ainda permanecem internadas.

A câmera de vigilância de um estabelecimento comercial flagrou o momento do acidente e as imagens mostram que o motorista do ônibus ainda tentou frear, mas acabou batendo no carro em que estava a cantora, o marido e os outros integrantes da banda.

Cantora de forró Eliza Clívia morre em acidente de carro

Cantora de forró Eliza Clívia morre em acidente de carro

O coronel Vivaldi Cabral, comandante do policiamento de Aracaju, informou que uma perícia foi realizada no local do acidente e o caso será investigado pela Delegacia Especial de Delitos de Trânsito. A Secretaria de Segurança Pública informou disse que o motorista do ônibus já prestou depoimento sobre o acidente.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) e a empresa Auto Viação Paraíso, dona do ônibus, lamentaram o ocorrido e afirmaram que estão colaborando com a autoridades de trânsito para apuração das causas do acidente.

Ônibus que bateu no carro em que estava a cantora (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

Ônibus que bateu no carro em que estava a cantora (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

Acidente ocorreu no início da tarde no Centro de Aracaju (SE) (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

Acidente ocorreu no início da tarde no Centro de Aracaju (SE) (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Corpo de idoso é encontrado próximo a um rio na cidade de Guarabira

Na manhã dessa quinta-feira(01) foi encontrado em Guarabira, embaixo de uma  ponte próxima ao Casa Blanca Motel, na Rodovia PB 057, que liga os municípios de Guarabira e Araçagi, no Agreste Paraibano.
Ao ser encontrado aparentava ser o corpo de uma pessoa idosa, e havia a suspeita de ser o corpo de um senhor idoso que estava desparecido. Suspeita essa confirmada por uma sobrinha da vítima a qual reconheceu que era o seu tio, por causa das vestes que o mesmo usava.
O nome da vítima é Geraldo Antônio Nascimento, a Polícia Civil , irá fazer os exames de praxe para ter total certeza de que se trata mesmo do corpo do senhor Geraldo.
portalindependente

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem é morto a facadas em Queimadas e corpo é reconhecido pela mãe

Um jovem de 20 anos foi morto a facadas na cidade de Queimadas, no Agreste paraibano, nesta sexta-feira (5). Segundo as informações divulgados pelo Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), a vítima foi reconhecida pela mãe, no local do crime.

O homicídio foi registado por volta das 5h. Ainda segundo a Polícia Militar, uma equipe da Polícia Civil foi acionada. A polícia tentou pedir mais informações sobre o jovem com a mãe da vítima, mas ela não tinha condições de falar no local. A Polícia Militar disse que não há informações sobre a autoria do crime.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Polícia retira corpo de mulher do caixão e interrompe velório no Sertão da PB

(Foto: Eli Cavalcante/Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil interrompeu um velório e levou o corpo de uma mulher que estava sendo velado na madrugada de sábado (22), em Belém do Brejo do Cruz, no Sertão paraibano. O motivo foi a suspeita de familiares da vítima quanto à causa da morte.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, os familiares foram até a delegacia de São Bento, região próxima da cidade onde o caso ocorreu, para denunciar que o marido da dona de casa poderia ter assassinado a vítima, já que ela não apresentava nenhuma doença ou pré-disposição para problemas cardíacos.

Após a denúncia, os policiais, com uma equipe da Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), foram até a casa onde acontecia o velório e recolheram o cadáver para que exames possam identificar a real causa da morte da dona de casa.

O homem foi ouvido na delegacia e informou que a mulher morreu por conta de um infarto fulminante. A Polícia ainda não trata o homem como suspeito de homicídio e aguarda o laudo pericial para tomar qualquer providência, o que deve ser divulgado em 30 dias.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br