Arquivo da tag: conversas

Áudios de WhatsApp revelam conversas entre suspeitos do Dia do Fogo

O site da revista Globo Rural teve acesso a duas mensagens de áudios que circulam no Sudoeste do Pará, atribuídas ao ex-prefeito de Novo Progresso, Neri Prazeres. Nestes áudios, Prazeres alerta pelo WhatsApp uma pessoa identificada como Ricardo (que seria o empresário e pecuarista Ricardo De Nadai) sobre as consequências do avanço do desmatamento na região.

As mensagens teriam sido gravadas em 8 de agosto passado, dois dias antes do Dia do Fogo. No dia 10 de agosto, um grupo formado por grileiros, garimpeiros, comerciantes e fazendeiros, convocado pelo WhatsApp, teria provocado várias queimadas pelas florestas de Novo Progresso e Altamira. O crime, que vem sendo chamado de Dia do Fogo, está sendo investigado pelas Polícias Federal e Civil.

No áudio, Prazeres diz que o desmatamento vai ser o maior da história. “Bom dia Ricardo! Eu tô bastante preocupado com o que está vindo por aí. Olha. O desmatamento aí na região, naquela região de São Félix do Xingu ali, divisa…próximo a Progresso e no Progresso, vai ser maior…diz que tá tendo o maior desmatamento da história.”

Ricardo De Nadai, dono da Agropecuária Sertão, é uma das pessoas que está sendo ouvidas pela Polícia sobre o Dia do Fogo. De Nadai seria o criador do Grupo Sertão, que teria mobilizado 70 pessoas para participar dos incêndios.

Neri Prazeres é uma das lideranças de maior peso dentro do agronegócio no Sudoeste do Pará. Ocupa atualmente o cargo de diretor executivo do Consórcio Tapajós, cujo objetivo principal é trabalhar pela regularização fundiária dos municípios da região, principalmente Novo Progresso e Itaituba.

Assassinato

Pesa contra o ex-prefeito de Novo Progresso graves acusações. Em um vídeo, o ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Sintraf), Aluísio Sampaio, também conhecido como Alenquer, dias antes de ser assassinado a tiros em Castelo dos Sonhos, acusou Neri de estar planejando a sua morte. Alenquer foi morto no dia 11 outubro de 2018, em Altamira. De acordo com a polícia, a vítima foi morta com vários tiros na cabeça próximo à BR-163. A Polícia Civil informou que uma pessoa foi presa em flagrante pelo crime.

Aluísio era ligado ao movimento de posseiros. Em 2017, o ativista já tinha recebido ameaças de morte, devido à disputa com grileiros da região. De acordo com o Movimento Rural dos Trabalhadores Sem Terra (MST), apesar de Aluísio ser considerado uma liderança dentro do movimento rural, ele nunca foi vinculado à entidade.

Dias depois um dos suspeitos de envolvimento na morte do líder sindicalista, foi assassinado durante troca de tiros com policiais militares, em Castelo dos Sonhos, distrito de Altamira, sudeste do estado.Na época, Neri Prazeres negou o crime e divulgou nota dizendo que “este camarada chamado de Alenquer é uma figura conhecida na região por grilagem.

Clique aqui e ouça o primeiro áudio. Abaixo a transcrição:

– Bom dia, Ricardo! Deixa eu te falar, cara. Eu tô bastante preocupado com o que está vindo por aí. Olha. O desmatamento aí na região, naquela região de São Félix do Xingu ali, divisa…próximo a Progresso e no Progresso, vai ter maior…diz que tá tendo o maior desmatamento da história. Sabe? Isso vai dar uma repercussão! Só pra você ter uma ideia, eu tô precisando comprar uns “óleo queimado” pra aqui no sítio que eu tenho aqui, tão tirando umas madeira pra fazer um curral. Aqui em Itaituba já tem uma semana que eu tô tentando juntar 40 litros de óleo queimado, não tem porque tudo vai pro Progresso pras derrubada, cara. E eu tô vendo a partir desses dias, que isso vai dar uma repercussão tão negativa! Eu tô preocupado. Eu tô preocupado que, sinceramente, nós vamos acabar tendo um boicote, alguma coisa com nossos grãos, com nossa produção. Tô preocupado, sinceramente. Aqui no consórcio nós discutimos isso. Todo mundo. Inclusive os investidores de Mato Grosso tão muito preocupados com isso, produtores de grãos, com o desmatamento desordenado que está tendo esse ano, cara!

Clique aqui e ouça o segundo áudio. Abaixo a transcrição.

Sabe o que é preocupante? Que eu acho que…que nem, por exemplo, as pessoas ficam fascinadas pelo que o Bolsonaro fala. Sabe? Assim. Eu vejo assim. É. Fala o que a gente que ouvir. Só que você pode pensar, mas não pode ficar falando. Ele fala, as pessoas, as pessoas acham interessante, aplaudem. Ele fala pra plateia. Aquilo que ele falou pra Alemanha, aquilo lá, bicho, vai ser um tiro no pé. Que era pra eles…não precisava do dinheiro deles, aqueles rolo, lá, né? Agora, já tem assim uma grande força de sanção contra o Brasil, de sanção econômica contra os produtos brasileiros por causa de desmatamento, sabe? E eu tô vendo, esse ano, aí, na região de São Félix do Xingu, Novo Progresso, Altamira, até na Floresta do Jamanxim, lá pro lado do Castelo, mas, rapaz, um mundo velho sendo desmatado. Isso vai dar uma repercussão tão desgraçada pra cima de nóis! Eu tive com o Pagot e eles tão extremamente preocupado porque já tem ameaça de países, de não comprar grãos do Brasil enquanto não, enquanto não diminuir desmatamento. E não é o que tá acontecendo. Então, tá todo mundo, assim, preocupado. Ele tava me dizendo que, cara, a preocupação…até a Ferrogrão já tamo, assim, repensando, porque a repercussão vai ser muito desgraçada desse povo aí, dos países, aí, compradores de grãos. Cara! Aí é complicado, ó!

Procurado por diversas vezes ao longo desta segunda-feira (9/9), o Consórcio Tapajós não atendeu às ligações da reportagem.

 

revistagloborural

 

 

Descubra quais são as conversas que todo casal precisa ter para ser feliz

casalDe tão comuns, as discussões de relacionamento ganharam até um apelido, DRs, e a antipatia de muita gente por aí. No entanto, quando bem conduzidas, as conversas entre o casal são essenciais para o sucesso do relacionamento. Afinal, é impossível conviver ao lado de alguém sem ter papo direto sobre temas que fazem parte da vida amorosa, certo? Pois saiba agora quais são os assuntos que você precisa abordar com o seu/sua parceiro (a)!

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Estar com alguém não significa necessariamente namorar essa pessoa ou sonhar em manter um relacionamento mais sério. O problema acontece quando há um descompasso entre cada uma das partes do casal: enquanto um, por exemplo, só deseja curtir, o outro já imagina filhos e a velhice ao lado daquela pessoa. Para evitar a decepção com o plano alheio, é melhor abrir o jogo desde o começo, dizendo quais são suas reais intenções e questionando como seu “rolo” pretende conduzir a situação.

Dinheiro é comprovadamente uma das maiores causas de brigas entre casais de toda parte do planeta. Para não engrossar essa estatística, assim que sentir que a coisa realmente ficou séria, é hora de revelar ao parceiro detalhes de sua vida financeira, como salário, dívidas e hábitos de consumo. Ao não fazerem segredo desse tipo de informação, o casal evita mal entendidos e consegue planejar melhor desde aquela saída no fim de semana até passos maiores, como a compra de um imóvel.

Seja por moralismos ou apenas vergonha, muita gente não se sente à vontade para conversar sobre sexo em pleno século 21. Pois deixe essa “neurose” de lado: para sua própria felicidade, é importante contar a quem ama o que você gosta ou não na cama, incentivando o outro a também revelar suas preferências sem medo de julgamentos. Sabendo como agradar ao parceiro, o casal vai conseguir uma enorme sintonia que se refletirá até no dia a dia.

Com o passar do tempo, o assunto “filhos” certamente vai aparecer na vida do casal, seja por iniciativa própria ou pressão de parentes e amigos. Hoje em dia, é perfeitamente aceitável que alguém não queira ter herdeiros, mas tal escolha pode causar um enorme abalo se o outro sonhar com uma (ou mais) criança (s) pela casa. Lembre-se: o debate não deve se restringir somente à quantidade de filhos, mas também quando tê-los e qual a melhor maneira de educá-los.

Apesar de qualquer casal ser composto por apenas duas pessoas, é impossível não ser influenciado por gente à nossa volta, especialmente parentes e amigos. E, infelizmente, nem sempre a relação entre as partes é das melhores, com pequenas brigas, implicâncias e problemas, um prato cheio para situações constrangedoras nem sempre evitáveis. Para que isso não se transforme em algo que vá prejudicar sua relação, deixe para seu/sua amado (a) qual sua opinião sobre quem lhes rodeiam, de maneira que ambos possam chegar a uma forma de conduzir a situação sem traumas.

Se algo não tem agrada no parceiro, procure levar um papo com ele sobre isso, sempre prezando pela gentileza e educação. Amor é diferente de “engolir” qualquer atitude e a maneira mais fácil de evitar um stress desnecessário é deixar bem claro o que lhe irrita para que o outro evite esse tipo de situação. Não fique remoendo nada: tal conversa deve acontecer sempre que você sentir necessidade.

R7

Ricardo Marcelo revela que candidatura a Mesa da AL vai depender de deputados e admite conversas com Galdino

ricardo-marceloO deputado estadual, Ricardo Marcelo (PEN), atual presidente da Assembleia Legislativa revelou que pode não disputar a presidência da Casa Epitácio Pessoa e admitiu até entendimento com o candidato a presidência, Adriano Galdino (PSB).

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, nesta quarta (21), o deputado destacou que mesmo faltando apenas 10 dias para a votação na Casa, ele só irá se candidatar se for ‘a vontade dos seus pares e dos deputados’. Porém foi claro ao destacar que a candidatura não vai partir dele. “Se tem 10 dias até o último dia pode tomar a decisão. Daqui para lá vamos conversando e vendo os caminhos a ser traçados e seguidos”, diz.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Marcelo destacou que cumpriu seu papel na Casa e ressaltou a criação do PROCON da Assembleia que funciona já há um ano. Para ele, vai depender única e exclusivamente dos deputados a recondução do parlamentar para a presidência da Mesa.

O deputado também afirmou que não tem conhecimento de uma orientação do Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que em reunião com os deputados tucanos teria colocado o nome do deputado para ser apoiado em bloco pelo partido.

“Existe um movimento que pleiteia a minha recondução mas até agora não tenho nenhuma opinião formada a respeito”, afirma.

Marcelo garantiu que não vai impor candidatura e que se esse movimento achar por bem e ‘tiver plena consciência’ que eu deva ser reconduzido não tenho porque me opor, estou disposto, mas não vou gerar expectativa nem tampouco criar um ambiente onde eu seja a única voz nesse processo”, destaca.

Ainda sobre a eleição da Mesa, Ricardo Marcelo admitiu até o entendimento com Adriano Galdino que é candidato. Ele apontou que pode conversar com todos os parlamentares com acento na Casa Epitácio Pessoa: “são 36 deputados com os mesmos direitos”, contou mas negou que esteja ‘jogando a toalha’. “Tudo é possível e disposição de conversar tem que existir. São apenas 36 parlamentares, é um universo muito pequeno para você manter um antagonismo tão irreversível”, conclui.

Marília Domingues / Fernando Braz

Mulher entra na Justiça para que marido mostre conversas no WhatsApp

whatsapp-Um caso incomum chegou às mãos de um juiz de Santa Catarina. Alexandre Morais da Rosa recebeu um processo de um casal em que a mulher pedia que a Justiça obrigasse o marido a mostrar as mensagens do WhatsApp.

O caso, ocorrido na 4ª vara criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), é de violência doméstica e corre em segredo de justiça. Em entrevista concedida ao Correio Brazilianse, o magistrado conta que houve agressão.

— Houve uma discussão com agressões – por parte do marido – porque a mulher queria saber com quem ele estava falando nas mensagens do celular.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Esse não é o primeiro caso no mundo em que o WhatsApp leva o casal à Justiça. Na Itália, o aplicativo é citado em pelo menos 40% dos casos de divórcio do país. As mensagens trocadas no app são listadas como evidências de traição, segundo um relatório de uma associação de advogados matrimoniais do país europeu.

Confira mais informações sobre a situação dos casais com WhatsApp na Itália:

Do R7

Homem altera ritmo da voz em conversas com mulher atraente

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Um estudo da universidade britânica Stirling concluiu que as pessoas alteram sutilmente o tom da voz quando conversam com futuros pares. Os homens tendem a falar com mais ritmo e aumentando e diminuindo a entonação quando se aproximam de alguém que consideram atraente. Já quando interagem com uma mulher que não acham tão bonita, eles tendem a engrossar a voz para parecerem mais másculos. As informações são do site inglês Daily Mail.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Pesquisas anteriores já mostraram que as pessoas emitem vários sinais quando têm interesse romântico por algúem, incluindo comunicação não-verbal, linguagem corporal, contato visual, toques eventuais. E agora descobrimos que a voz também muda de acordo com o interesse em alguém, e faz isso na tentativa do locutor parecer mais atraente aos olhos do suposto par”, afirma Juan David Leongomez, autor do estudo.

Ele explica ainda que essa alteração tem uma razão, já que a voz mais grave é uma maneira de os homens mostrarem masculinidade, mas que exagerar a dose pode dar a impressão de que são “agressivos e promíscuos” diante da opinião feminina. Justamente por isso, eles tendem a aumentar a entonação e equilibrar entre a voz mais grossa e outra mais suave, especialmente quando conversam com uma mulher que consideram atraente, para então passarem a imagem de que são “confiáveis e bons pares”.

A pesquisa, que ouviu 110 pessoas heterossexuais, concluiu ainda que as parceiras respondem às alterações da voz masculina também mudando o tom para parecerem mais atraentes. “Estas variações são muito sutis e provavelmente não produzidas conscientemente pelo locutor”, explica o especialista.

 

Terra

Wilson Santiago confirma aproximação com Cássio Cunha Lima e descarta conversas com demais partidos

wilson-santiagoO presidente do PTB na Paraíba, Wilson Santiago confirmou nesta segunda-feira (14) que está fechando uma aliança com o PSDB. Com o desejo de se candidatar ao Senado, o petebista deve ser o nome certo para a chapa do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que vai se candidatar ao Governo.

A conjuntura é cheia de ironia, já que no passado Cássio e Wilson disputaram a mesma vaga pelo senado. E os dois se tornaram praticamente “inimigos”, já que uma ação do então peemedebista tirou o direito do tucano de assumir o cargo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Santiago também descartou conversas com outros partidos. “Nos não podemos conversar com duas três lideranças políticas de partidos diferentes, temos que ter um norte, um rumo e a vontade de acertar”, completou.

 

“Não é conversando com todos os lados que se adquire a credibilidade da população e muito menos a solidariedade, no que se refere a qualquer decisão política”, afirmou Santiago.

Wagner Mariano / Fernando Braz

Como monitorar conversas dos seus filhos no bate-papo do Facebook

Os pais que desejam ficar de olho nas atividades dos filhos no Facebook podem monitorar todas as ações deles por meio de um programa espião: o Free Facebook Monitoring. O sistema capta e armazena imagens da navegação, sem ser notado, desde o momento do login até o logoff do usuário no site.

Apesar do Facebook restringir o cadastro no serviço para maiores de 13 anos, muitos pais permitem que seus filhos ainda crianças tenham um perfil e interajam com outros contatos, como amigos, parentes e vizinhos.

Descubra se seu filho sofre bullying e controle posts no Facebook.

Para descobrir com quem os seus filhos conversam e o que fazem no Facebook, siga os passos abaixo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Passo 1. Baixe o Free Facebook Monitoring no TechTudo Downloads e execute-o;

Passo 2. Antes de começar o monitoramento, defina o intervalo de captação das imagens da navegação no Facebook. Digite os segundos no campo “Log Interval in Seconds”. Você pode, por exemplo, captar imagens a cada segundo, a fim de avaliar as atividades dos usuários da rede social sem interrupções em recursos como o bate-papo, por exemplo;

Interface do software Free Facebook Monitoring (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)Interface do software Free Facebook Monitoring (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)

Passo 3. Inicie o monitoramento ao clicar na opção “Start Monitoring”;

Use o botão Start Monitoring para iniciar o monitoramento das atividades no Facebook (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)Use o botão “Start Monitoring” para iniciar o monitoramento das atividades no Facebook (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)

Passo 4. Defina uma senha para acesso restrito ao programa espião no campo “Hidden Mode Password”;

A senha garante acesso restrito aos dados do programa (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)A senha garante acesso restrito aos dados do programa (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)

Passo 5. Coloque o programa no modo oculto, para que ninguém mais descubra o monitoramento através da opção “Hide Application”;

Passo 6. Para abrir o programa novamente use o atalho de teclado  “Ctrl + Alt + Shift” e digite a senha;

O acesso ao programa e permitido mediante senha (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)O acesso ao programa e permitido mediante senha (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)

Passo 7. Pare o monitoramento através da opção “Stop Monitoring”;

O botão Stop Monitoring para o programa espião (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)O botão “Stop Monitoring” para o programa espião (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)

Passo 8. Para ver as imagens de tela captadas, clique na opção “View Logs” e, em seguida, escolha uma pasta de destino para as imagens;

As imagens captadas ficam armazenadas em uma pasta do Windows (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)As imagens captadas ficam armazenadas em uma pasta do Windows (Foto: Reprodução/Marcela Vaz)

Passo 9. Após a verificação, apague as imagens ou transfira o conteúdo para um local seguro, se desejar que o monitoramento permaneça oculto. Você pode, ainda, proteger a pasta com senha.

 

 

techtudo

Escutas telefônicas mostram conversas com teor sexual entre pastor e fiéis

marcos-pereiraEscutas autorizadas pela Justiça e reveladas pelo jornal “Extra” mostram o pastor Marcos Pereira tendo conversas de alto teor sexual com fiéis da Assembleia de Deus dos Últimos Dias.
São quatro escutas que revelam conteúdo de conversa com três fiéis e uma na qual apenas o pastor aparece falando.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Veja o conteúdo das quatro escutas reveladas pelo “Extra”:

Escuta 1
Pastor Marcos: Saudade do teu rabo
Fiel 1: Tá nada.
Pastor Marcos: Não sou mentiroso. Coisa que fico bolado é quando me desmente.

Escuta 2
Fiel 2: Onte, coloquei um negócio muito legal, que o senhor ia amar, eu acho.
Pastor Marcos: (risos)
Fiel 2: Pra você ver
Pastor Marcos: Fica ligada, fica ligada, tá?
Fiel 2: Mas era por baixo
Pastor Marcos: Mas tem que ficar ligada, entendeu?

Escuta 3
Pastor Marcos: Faz o pagamento e, depois, tu pega aquela sem vergonha, a Fabiana e leva ela

Escuta 4

Pastor Marcos: Tô, tô tomando banho.
Fiel 3: Sério? Poxa… Queria ir aí te ajudar
Pastor Marcos:  (…)
Fiel 3: Sério?
Pastor Marcos: Vem embora pra cá.
Fiel 3: Só vou conseguir ir na hora do evento.
Pastor Marcos: Vem embora logo.
Fiel 3: Tá aí sozinho?
Pastor Marcos: Não.
Fiel 3: Tá. Beijo, te amo.

 

 

Yahoo! Notícias

Fla tem interesse em Jorge Henrique, do Corinthians, e inicia conversas

Jorge Henrique foi titular do Corinthians na final do Mundial contra o Chelsea (Foto: Reuters)

O vice de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcellos, espera a chegada do empresário Roberto Gomes ao Rio para uma reunião sobre o atacante Jorge Henrique, do Corinthians. O dirigente rubro-negro fez contato telefônico com o agente do jogador no penúltimo dia de 2012 e as partes ficaram de se encontrar até o fim de semana para tratar do assunto.

Na conversa inicial, Wallim ouviu de Roberto Gomes que Jorge Henrique tem mais dois anos de contrato com o Corinthians e decidiu abrir negociação. O jogador, que já defendeu o Botafogo, tem vontade de voltar a jogar no Rio e, aos 29 anos, gostaria de firmar um contrato de pelo menos quatro temporadas. Jorge recebe um salário de cerca de R$ 280 mil no Timão e foi peça importante nas conquistas recentes do clube, como a Libertadores e o Mundial de Clubes de 2012.

O empresário confirma o contato do Rubro-Negro, mas diz que o avanço no caso depende da reunião.

– Tive essa primeira conversa com o Wallim por telefone e ficamos de conversar quando eu chegar ao Rio. Quero conversar com ele até o fim de semana. Só depois vou falar com o Corinthians, já que respeitamos o compromisso que temos com o clube. Se for algo bom para o Jorge e o Corinthians também se interessar, o assunto pode evoluir – disse Roberto Gomes.

O GLOBOESPORTE.COM apurou que o desejo do atleta poderia fazer o clube paulista facilitar a liberação. O Flamengo teria de entrar em acordo com o Corinthians. Na renovação de contrato em junho de 2011, ficou estabelecido que Jorge Henrique receberia quatro parcelas de luvas referentes ao novo vínculo. O atacante já recebeu duas delas, e o valor total seria de aproximadamente R$ 600 mil. O Flamengo poderia ter de ressarcir o Corinthians pelas duas parcelas pagas ao jogador e quitar as restantes. A maior preocupação de Jorge Henrique é ter garantias de que receberá o salário em dia, já que é o que ocorre no Corinthians.

A reportagem fez contato com o vice de futebol Wallim Vasconcellos, mas ele não atendeu o telefone. Wallim concenderá entrevista coletiva no fim da manhã desta quinta, no Ninho do Urubu, na reapresentação do grupo de jogadores.

Via Twitter, Jorge Henrique frisou que tem apresentação marcada no Corinthians.

– Me apresento dia 14 no Corinthians! Acho que isso responde todas as perguntas! – escreveu.

Globoesporte.com

Escutas da ‘Operação Esqueleto’ mostram conversas entre suspeitos

Escutas telefônicas autorizadas pela Justiça foram divulgadas pela TV Cabo Branco na noite desta quarta-feira (19) e mostram conversas entre suspeitos de envolvimento no tráfico de drogas em João Pessoa. Os áudios fazem parte das investigações da Operação Esqueleto, que prendeu nesta quarta 42 suspeitos na Região Metropolitana de João Pessoa. Escute as conversas no vídeo ao lado.

Os áudios mostram a crueldade com que eram cometidos os crimes. “O boy arrancou o pescoço dele aqui, homi, e os dedos. Os boy tão botando dentro de um saco aqui. Tão deixando ele igual a uma galinha, todo cortadinho (sic)”, diz um dos suspeitos. Um outro suspeito responde: “deixa tudo picadinho aí, esse bicho aí, e bate as foto daquele modelo (sic)”. As investigações indicam que os assassinos tiravam fotos dos corpos para provar que os homicídios aconteceram.

A Polícia Civil já anunciou que vai pedir a transferência de alguns dos presos para presídios federais. A ação conjunta deteve 42 pessoas e desarticulou toda uma organização criminosa. Segundo o delegado coordenador da operação, Cristiano Jacques, a organização seria responsável por comandar o tráfico de drogas no estado, queimar ônibus, realizar rebeliões em presídios, além de ser mandante dos principais homicídios violentos registrados na Grande João Pessoa.

De acordo com a polícia, o grupo era responsável por 60% dos homicídios praticados em 2012 na região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba. 50 mandados de prisão foram expedidos.

Dos 42 mandados de prisão cumpridos, 25 foram expedidos para suspeitos em liberdade e 17 são contra acusados que já estavam presos e atuavam de dentro dos presídios. Os suspeitos detidos durante a operação serão levados provisoriamente para presídios da capital paraibana. No balanço apresentado na coletiva, a polícia informou que foram apreendidos um revólver, munição, aproximadamente 1 kg de crack, e uma grande quantia em dinheiro, incluindo doláres e sucres, moeda usada nos países da ALBA (Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América).

Delegado Cristiano Jacques (Foto: André Resende)Delegado Cristiano Jacques disse que a polícia não
teme represálias (Foto: André Resende)

O delegado Cristiano Jaques afirmou que essas prisões pode ser considerada a maior operação conjunta feita no estado. “Esta organização criminosa existia na Paraíba até hoje (19). A partir de agora posso afirmar que este grupo criminoso organizado não existe mais. É o fim do grupo organizado no estado”, sentenciou Jacques. Ainda conforme o delegado, a maioria dos crimes violentos cometidos na Região Metropolitina de João Pessoa serão reduzidos drasticamente.

Entre os presos na ação conjunta das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal está um
sargento da Polícia Militar, que também era candidato a vereador em Bayeux pelo partido PSL. Segundo o delegado Cristiano Jacques, Arnóbio Gomes Fernandes prestava serviços de segurança particular para sub-chefes da quadrilha de tráfico de drogas. De acordo com o Secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima, um Inquérito Policial Militar (IPM) será aberto para investigar a participação do sargento na organização.

Segundo investigações, a violência para executar as vítimas era uma característica marcante do grupo criminoso. A polícia afirma que traficantes rivais que “invadiam” a área da organização eram assassinados com requintes de crueldade.

 Algumas dessas execuções, principalmente por esquartejamento, eram acompanhadas em tempo real, através de celulares, por criminosos do bando. Mais de 340 policiais participaram da operação.

Segundo a Polícia Civil, foi constatada no curso das investigações a existência de uma organização criminosa administrada de dentro dos presídios de João Pessoa, como se fosse uma verdadeira empresa. Os lideres que cumpriam pena detidos deixavam uma cartilha para que os integrantes livres cumprissem compromissos.

Ainda conforme a polícia o grupo tinha hierarquia e tarefas bem definidas, com gerentes, distribuidores, soldados do tráfico e vendedores diretos aos dependentes químicos. A organização criminosa atuava nos bairros periféricos da capital, bem como nos municípios de Santa Rita e Bayeux, na Grande João Pessoa.

Relação com outras organizações criminosas

Polícia concedeu coletiva para falar da Operação Esqueleto (Foto: André Resende)Polícia concedeu coletiva para falar da Operação Esqueleto
(Foto: André Resende)

Para Cristiano Jaques, grande parte das drogas comercializadas pela organização criminosa paraibana desarticulada nesta quarta-feira (19) era fruto de parcerias com organizações criminosas de outros estados, como São Paulo. “Há indícios de que uma outra grande organização criminosa de São Paulo tinha vínculos com a organização desarticulada hoje na Paraíba. A investigação aponta que parte da droga comercializada aqui era enviada por São Paulo”, comentou.

O secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima, afirmou que o combate ao tráfico de drogas e a violência consequente não passa apenas por ações do próprio estado, uma vez que as drogas não são produzidas na Paraíba. “Não temos produção de drogas. A maconha, o crack, a cocaína, o ecstasy são trazidos até as nossas cidades. A droga consumida no estado vem de fora. O combate ao tráfico tem que ser tratado como um trabalho conjunto em todo país”, explicou.

Lavagem de dinheiro

Presos na Operação 'Esqueleto' são encaminhados para Central de Polícia em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)Presos na Operação ‘Esqueleto’ são encaminhados
para Central de Polícia em João Pessoa
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Após o cumprimento do mandado de prisão e busca e apreensão, a polícia passará a investigar um esquema de lavagem de dinheiro utilizado pela organização criminosa. Segundo Cristiano Jacques, a quadrilha investia parte do dinheiro coletado com o tráfico de drogas na construção civil.

“Encontramos um grande prédio sendo construído na comunidade do Timbó, nos Bancários (em João Pessoa), que seria financiado com dinheiro de traficantes. Iremos investigar se outras casas construídas na comunidade possuem ligação com o grupo”, completou.

De acordo com o Jacques, a operação não acabou e o trabalho da polícia será contínuo. Para o delegado do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE), a polícia não teme represálias. “Iremos continuar reprimindo o crime que quer se organizar. Não tememos represálias, a polícia não vai, de forma alguma, temer bandidos”, declarou.

G1