Arquivo da tag: contratação

Raposa anuncia contratação de jogador campeão do mundo pelo São Paulo

Um campeão na área. Após anunciar Jaelson Marcelino como o novo comandante para o restante da Série D do Brasileiro, o Campinense fez uma verdadeira reformulação no elenco. Seis jogadores foram desligados do elenco, e quatro contratações, anunciadas, dentre as quais uma impactante.

A grande novidade foi a contratação do experiente Richarlyson, de 36 anos, tricampeão brasileiro (2006, 2007 e 2008) e campeão mundial (2005) com o São Paulo Futebol Clube.  O anúncio foi feito futuro diretor de futebol da Raposa José Pereira, o Pezão.

Polivalente, já que atua no meio-campo e também na lateral esquerda, Ricky estava disputando a Série A-3 do Paulista pelo Noroeste de Bauru, cidade natal da sua família. Ele fez 16 partidas e anotou um gol, com a última atuação no dia 13 de abril.

Além de Richarlyson, o Campinense confirmou também os acertos com o lateral esquerdo Jackinha, que estava no Atlético de Cajazeiras e agora retorna ao Renatão, e os atacantes Soares, ex-Jaciobá de Alagoas, e Carlos Caaporã, cria do CSP que tem passagens por Treze, América de Natal e por último Esporte de Patos. Jackinha é o quarto nome anunciado pelo Campinense que vem do Atlético de Cajazeiras. Antes dele, a Raposa já havia buscado no Trovão Azul o goleiro João Manoel, o volante Ferreira e o atacante Yerien. Na semana passada, a Raposa repatriou o volante Negreti.

Enquanto uns chegam outros saem. A direção rubro-negro anunciou o desligamento do zagueiro Jean, o lateral esquerdo James, o volante Vitor Maranhão, o meia Alex Mineiro e o atacante Chaveirinho.

Já o centroavante Lopeu, artilheiro da equipe na temporada até então com cinco gols anotados, pediu para deixar o Campinense. Segundo a assessoria de imprensa raposeira, o atleta alegou problemas particulares para solicitar o desligamento.

Jaelson Marcelino vai começar a treinar o time para a partida de domingo (26), contra o ASA de Arapiraca, no Amigão, pela quarta rodada do Grupo A-7 da Série D. A Raposa está na 3ª posição, e precisa recuperar os pontos perdidos em casa e fora de seus domínios para obter a classificação para o restante da competição, e manter o sonho do acesso para a Série C do Brasileiro em 2021.

 

Severino Lopes

PB Agora

 

 

 

OAB-PB aprova contratação de advogados em Prefeituras por inexigibilidade

oabO Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil, Secional Paraíba (OAB-PB), aprovou, na última sexta-feira (31), a legalidade da contratação de advogados por inexigibilidade de licitação pelas prefeituras paraibanas e o Executivo Estadual. O relator do processo foi o Conselheiro Fábio Andrade Medeiros.

Fábio Andrade explica que a decisão do Conselho levou em consideração a súmula 05, do CFOAB (Conselho Federal da OAB), o inciso I, do art. 25 da Lei nº 8.666/93, que afirma que é “inexigível procedimento licitatório para contratação de serviços advocatícios pela Administração Pública, dada a singularidade da atividade, a notória especialização e a inviabilização objetiva de competição”.

“Essa decisão será comunicada a todos os prefeitos municipais, e ao governador do Estado da Paraíba, para demonstrar que é legal a contratação de serviços advocatícios por inexigibilidade de licitação, bem como será amplamente divulgada na imprensa para esclarecimento da sociedade paraibana sobre o assunto”, afirmou Fábio Andrade.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, destaca que decisão do Conselho de defender os direitos dos advogados é extremamente importante, pois que a advocacia vem sendo alvo de múltiplos e injustos ataques, partindo de diversas instituições e poderes constituídos, que buscam até mesmo criminalizar a profissão e ameaçam o livre exercício da atividade profissional.

“A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba, não permitirá ou tolerará qualquer ato que caracterize criminalização do exercício da advocacia, cujos maiores prejudicados são o cidadão e a sociedade. Hoje o Conselho da OAB-PB foi altivo e honrou as tradições da entidade e reafirmou a história de lutas da entidade pela defesa e respeito à advocacia”.

O Conselho também resolveu constituir grupo de trabalho composto pelos advogados Fábio Andrade, Marco Aurélio de Medeiros Vilar, Francisco de Assis Remígio II, George Suetoni Ramalho Júnior e Edward Johnson Gonçalves de Abrantes, para elaborar todas as medidas administrativas e judiciais necessárias para assegurar aos gestores e advogados paraibanos a possibilidade de contratação de serviços advocatícios com inexigibilidade do procedimento licitatório.

Ascom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Seleção para contratação de Facilitadores das oficinas do SCFV tem início nesta segunda em Bananeiras

editalO edital lançado nesta sexta-feira (24) pela Prefeitura de Bananeiras através da Secretaria de Desenvolvimento Social visa selecionar Facilitadores das Oficinas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV.

Os profissionais terão remuneração que variam entre R$ 702,75 e R$ 937.00, dependendo da função a exercer por quatro meses podendo ser renovado pelo igual período.

São oferecidas vagas para: Educador Social, facilitador das modalidades jiu jitsu, capoeira, esportes, violão, percussão e técnica vocal.

As inscrições estarão abertas de 27 a 31 de março, no prédio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (antigo Peti) nos horários de 8h às 11h e das 14 às 17h. Os documentos necessários para a inscrição são: CPF, RG, Diploma de graduação escolar, curriculum vitae, certificados e ou declarações correspondentes com a vaga de interesse.

O edital está disponível no link: http://www.bananeiras.pb.gov.br/jornal-oficial-24-03-2017/

Ascom – PMB 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Fim da novela! Vasco anuncia contratação de Luís Fabiano

luiz fabianoApós muitas negociações na China, Luís Fabiano e Vasco tiveram um desfecho positivo. O atacante de 36 anos conseguiu a rescisão com o Tianjin Quanjin e acertou a transferência para o clube carioca. O jogador foi anunciado nesta sexta-feira (17) como reforço Cruzmaltino.

Luís Fabiano, inclusive, até já havia sido inscrito pelo Vasco no Campeonato Carioca. Ele entrou no lugar de Éder Luís e estava somente esperando a rescisão para ficar totalmente regularizado.

Fabuloso havia renovado automaticamente o vínculo com os chineses até o fim de 2017, mas possuía um acordo verbal com o Tianjin para a ruptura. No entanto, o artilheiro não abria mão de receber bonificações atingidas e foi pessoalmente ao país asiático negociar as premiações.

Luís Fabiano chega como o reforço de maior peso do Vasco para a temporada e pode ser considerado o “presente de Natal” (bem) atrasado que o presidente cruzmaltino, Eurico Miranda, havia prometido.

O dirigente, aliás, já tinha demonstrado otimismo na contratação do experiente jogador no dia da apresentação do meia Wagner, cravando que ele atuaria no clube caso voltasse ao Brasil.

O atacante também estava na mira do Santos e da Ponte Preta, equipe que o revelou e que ele já manifestou que deseja encerrar a carreira.

Na China, Luís Fabiano teve um bom desempenho e fez 23 gols em 29 jogos, tornando-se o artilheiro do Tianjin Quanjian na temporada.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

“Enfim, oficial”: Atlético-MG acerta a contratação do volante Elias

 (Foto: EFE)
(Foto: EFE)

O volante que a torcida atleticana esperava, desde o início da pré-temporada, finalmente foi anunciado. Depois de muita especulação e questões burocráticas para a oficialização, o presidente do Galo, Daniel Nepomuceno, anunciou a contratação de Elias, que estava no Sporting, de Portugal, no início da noite desta sexta-feira por meio do seu perfil oficial no Twitter.

O Atlético-MG não divulgou ainda os detalhes da negociação, mas o Sporting, sim. O clube atleticano desembolsou 2,5 milhões de euros (R$ 8,4 milhões) por 70% dos direitos econômicos. Os outros 30% ficam com o clube português. Elias ainda terá direito a um milhão de euros (aproximadamente R$ 3,5 milhões) caso o Galo conquiste objetivos no ano, como a conquista do Brasileiro e da Libertadores, mesmo valor que o clube português irá receber se for vitorioso. O contrato de Elias com o Galo é de três anos.

O mandatário alvinegro foi a Portugal finalizar as tratativas que chegaram a ser conduzidas pelo empresário Giuliano Bertolucci com a diretoria do clube português. O acerto com Elias é um alívio para os atleticanos, após a saída de Leandro Donizete, que foi para o Santos, e Júnior Urso, que retornou para o futebol chinês.

O técnico Roger Machado tinha poucas opções para a posição de volante: Rafael Carioca e Yago, além do jovem Ralph, recém-promovido das categorias de base, já que Lucas Cândido sofreu lesão no ligamento do joelho esquerdo.

Daniel Nepomuceno usou o Twitter para oficializar a contratação de Elias (Foto: Reprodução/Internet)Daniel Nepomuceno usou o Twitter para oficializar a contratação de Elias (Foto: Reprodução/Internet)

Elias, de 31 anos, está no futebol português desde a temporada passada, quando deixou o Corinthians e acertou com o Sporting. Revelado no Palmeiras, já passou por Náutico, São Bento, Juventus, Ponte Preta, Corinthians e Flamengo, além de convocações para a seleção brasileira. O jogador é a terceira contratação do Galo para a temporada. Antes, chegaram o zagueiro Felipe Santana e o lateral Danilo Barcelos.

Sporting Lisboa detalha venda de Elias ao Atlético-MG em site oficial (Foto: Reprodução/Site do Sporting)Sporting Lisboa detalhou a venda de Elias ao Atlético-MG em site oficial (Foto: Reprodução/Site do Sporting)
Globoesporte.com

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

MP alerta prefeituras para ilegalidade da contratação de advogados sem licitação

Paulo-MaiaO Ministério Público da Paraíba (MPPB) está tentando coibir a contratação de advogados pelas prefeituras através de inexigibilidade de licitação. Várias recomendações foram expedidas por promotorias de Justiça para barrar as contratações.

No entanto, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB) entende ser inexigível procedimento licitatório para contratação de serviços advocatícios pela administração pública, dada a singularidade da atividade, a notória especialização e a inviabilização objetiva de competição.

Para justificar posicionamento, a OAB cita decisão do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, através da Súmula n.º 04/2012 e do STJ ao analisar recurso especial de advogado contratado sem licitação pelo município gaúcho de Chuí, segundo o ministro Napoleão Nunes Maia Filho, relator do processo, é “impossível aferir, mediante processo licitatório, o trabalho intelectual do advogado, pois trata-se de prestação de serviços de natureza personalíssima e singular, mostrando-se patente a inviabilidade de competição”.

A matéria já foi discutida pelo Colégio de Presidentes da OAB, quando de sua reunião ocorrida na cidade de Recife, em Pernambuco, tendo se pronunciado no sentido de repudiar as medidas de tentativa de criminalização da contratação de advogados com dispensa ou inexigibilidade de licitação permitidas em lei, em frontal contraposição ao entendimento esposado pelos Tribunais Superiores e pelo Conselho Federal da OAB.

A polêmica em torno da possibilidade de contratação de advogados pelas administrações públicas também foi debatida no Conselho Nacional do Ministério Público – CNMP, que expediu recomendação de n.º 36/2016, aos membros do Ministério Público Federais e Estaduais, entendendo que a contratação direta de advogado ou escritório de advocacia por ente público, por inexigibilidade de licitação, não constitui ato ilícito ou improbo, diante da natureza intelectual e singular dos serviços de assessoria jurídica, fincados, principalmente, na relação de confiança, sendo lícito ao administrador, desde que movido pelo interesse público, utilizar da discricionariedade, que lhe foi conferida pela lei, para a escolha do melhor profissional.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, afirma que não medirá esforços para defender o advogados do classificou como “obscura tentativa de criminalização dos serviços prestados”. “A OAB-PB buscará os meios legais para coibir qualquer ofensa aos direitos dos advogados, bem como que sejam cumpridas as decisões de nosso Conselho Federal e do CNMP sobre a matéria.”

Para o advogado Marco Villar, presidente da Comissão dos Advogados junto ao TCE-PB, a questão deve ser dirimida o quanto antes, acrescentando que o TCE-PB jamais decidiu de forma contrária ao que já restou consignado pelo CNMP e pelo Conselho Federal da OAB, “não devendo permanecer esta verdadeira instabilidade jurídica ocasionada por medidas originadas de algumas promotorias de nosso Estado.”

MaisPB com Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Contratação de temporários no fim de ano é a menor desde 2006

vagas_temporariasO Natal deste ano deve gerar a contratação de 101 mil empregados temporários em todo o país. O número é o menor já registrado desde 2006 e 3% inferior ao de 2015. Os dados são de levantamento feito pela Federação Nacional das Empresas de Terceirização e de Trabalho Temporário (Fenaserhtt).

O motivo da retração é a falta de confiança na demanda. Uma outra pesquisa sobre contratação de temporários feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), comprova: três em cada dez empresários (31,4%) acreditam que as vendas serão piores do que no ano passado.

O empresário Antoninho Luiz Lencioni, dono da indústria Só Natal, que fabrica enfeites natalinos desde 1976, diz que o ritmo de pedidos deste ano foi tão lento que ele contratou só dois temporários, contra a média de 20 dos últimos anos. A indústria tem 40 funcionários fixos na linha de produção.

— Historicamente, entramos outubro já com os pedidos fechados. Este ano as coisas estão muito fracas e não dá para contratar pessoal sem a garantia de ter boa demanda — afirmou.

Avaliação positiva, apesar de retração

Para Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil, o retrato vivido por Lencioni é similar ao da maioria dos empresários. Segundo a economista, este é um momento de cautela em que não há a possibilidade de se correr o risco de contratar pessoas extras sem a garantia do aumento da demanda.

— O empresário não tem dinheiro para jogar fora e não pode desperdiçar recurso com uma contratação que não trará resultados efetivos. Então, neste Natal a opção tem sido trabalhar com a equipe fixa, por exemplo, aumentando a jornada se necessário, em vez de contratar uma pessoa a mais — explicou Marcela.

Apesar da retração de 3% no número total de contratados, Vander Morales, presidente da Fenaserhtt, salienta que a variação é pequena e, diante da conjuntura econômica ruim enfrentada pelos empresários ao longo do ano, o número é relativamente bom. Ainda de acordo com a pesquisa do SPC e da CNDL, 22,9% dos empresários estão otimistas com as vendas deste Natal, enquanto 35,6% acreditam que o volume vendido será o mesmo do ano passado.

A varejista Di Santinni, que vende sapatos com preços que vão de R$ 20 a R$ 200, aposta que o período natalino trará certo alento para os resultados ruins enfrentados desde o ano passado. Joel Cardoso Guimarães, gerente de RH da empresa, conta que está com 1008 vagas de vendedores, estoquistas e caixas abertas. O número é 6% inferior ao do ano passado.

— A oferta de trabalhador é impressionante. Está muito fácil contratar até pessoas com experiência — contou Guimarães.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

TCE multa prefeito de Remígio por contratação irregular

chioA 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba decidiu, à unanimidade, em sessão nesta quinta-feira (13), punir com aplicação de multa o prefeito de Remígio,  Melchior Naelson Batista, por não cumprirem determinações destinadas a sanar irregularidades em nomeações de servidores após concursos públicos realizados nos dois municípios.

A decisão se deu após exame dos processos 0682/10 e 01665/10, ambos sob relatoria do conselheiro substituto Antônio Gomes Vieira e destinados a verificar o cumprimento dos acórdãos AC1 TC 3035/15 e AC1 TC 01013/16. O prefeito foi multado em R$ 6 mil.

A conclusão da Câmara foi de que persistiram várias das irregularidades antes apontadas pela auditoria, a exemplo de ausência de portarias de nomeações e não encaminhamento, ao Tribunal, de  documentos que comprovem a convocação e/ou desistência de candidatos.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

MP intensifica monitoramento de contratação de servidores nas prefeituras da PB

mppbO Ministério Público da Paraíba (MPPB), por meio da 2ª Subprocuradoria Geral de Justiça, vai intensificar o monitoramento do cumprimento por parte das prefeituras paraibanas das decisões judiciais e acórdãos do Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) que julgaram inconstitucionais leis municipais que permitiam a contratação irregular de servidores públicos municipais, em detrimento à realização de concursos públicos.

De março de 2011 a setembro de 2016, 201 Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adins) movidas pelo MPPB, envolvendo cerca de 180 dos 223 municípios, já foram julgadas favoráveis ao Ministério Público pelo TJPB. “Neste nosso acompanhamento e monitoramento, vamos observar o cumprimento das sentenças por parte das administrações. Se as irregularidades estiverem persistindo, os gestores irão responder criminalmente pelo não cumprimento das decisões”, adianta o 2º-subprocurador-geral de Justiça, Valberto Cosme de Lira.

Os questionamentos do MPPB na Justiça acerca da constitucionalidade das leis municipais responsáveis pela contratação de servidores sem concurso público tiveram início em 2010. Alguns municípios paraibanos passaram a responder por mais de uma Adin). A medida tomada pelo MPPB fez parte das ações da instituição, nos termos da recomendação 01/2010, para obrigar os prefeitos a exonerarem os servidores irregulares contratados sem concurso – entre temporários, terceirizados, comissionados e requisitados – e substituí-los por efetivos, mediante realização de concurso.

“Essas ações impugnando as leis municipais que criaram cargos de servidores sem vínculo efetivo nos municípios são inconstitucionais”, reafirma Valberto Lira, lembrando que, no geral, essas leis municipais que sofreram Ação Direta de Inconstitucionalidade tentam amparar a contratação por excepcional interesse público. “Essas leis tentam burlar a Constituição”.

Decisões do Pleno em 2011

# Setenta ações julgadas, envolvendo 65 municípios: Alagoa Nova, Alagoinha, Alcantil, Boa Ventura, Boqueirão, Brejo dos Santos, Cabaceiras, Cabedelo, Caiçara, Cajazeiras, Campina Grande, Capim, Carrapateira, Casserengue, Conde, Congo, Coremas, Cuitegi (2 ações), Damião, Desterro, Gado Bravo (2 ações), Guarabira, Gurinhém, Gurjão, Ibiara, Igaracy, Imaculada, Itapororoca, Itatuba, Juazeirinho, Lagoa Seca, Lucena, Malta, Manaíra, Marcação, Mari, Marizópolis, Mataraca, Montadas, Monte Horebe, Patos, Paulista, Pedra Lavrada, Pilar, Pocinhos, Princesa Isabel, Puxinanã, Riachão, Riachão do Posso, Riacho de Santo Antônio, Riacho dos Cavalos, Rio Tinto, Santa Cruz, Santa Terezinha, Santana de Mangueira, São Bentinho, São José da Lagoa Tapada, São José de Caiana (3 ações), Serra Branca, Solânea, Sousa, Tavares, Teixeira, Umbuzeiro (2 ações) e Zabelê.

Decisões do Pleno em 2012

# Setenta e uma ações julgadas, envolvendo 67 municípios: Água Branca, Alagoa Grande (2 ações), Algodão de Jandaíra, Amparo, Aparecida, Arara, Araruna, Aroeiras, Baraúna, Barra de Santana, Bernardino Batista, Boa Vista, Bonito de Santa Fé, Borborema, Cacimba de Dentro, Cacimbas, Cajazeirinhas, Caldas Brandão, Camalaú, Carnaúba, Caturité, Conceição, Condado, Cuité, Curral Velho, Catingueira, Diamante, Emas, Esperança, Itaporanga (2 ações), João Pessoa, Junco do Seridó (2 ações), Juru, Livramento, Mãe D’Água, Malta, Massaranduba, Matinhas, Nova Olinda, Olivedos, Parari, Pitimbu, Pombal, Puxinanã, Queimadas, Quixaba, Remígio, Salgadinho, Santa Helena, Santa Inês, Santa Luzia, Santana dos Garrotes, Santo André, São Domingos de Pombal, Sapé, São Bento, São João do Cariri, São José de Piranhas, São José de Princesa, São Mamede, São Sebastião de Lagoa da Roça, Serra Grande, Soledade, Sumé, Taperoá, Tenório e Várzea (2 ações).

Decisões do Pleno em 2013

# Vinte ações julgadas, envolvendo 16 municípios: Areia (2 ações), Aroeiras, Cachoeira dos Índios, Coxixola, Cubati (2 ações), Gado Bravo, Itaporanga, João Pessoa (2 ações), Olho D’Água, Piancó, Poço José de Moura, São Francisco, São João do Tigre, São José dos Cordeiros (2 ações), São Vicente do Seridó e Tacima.

Decisões do Pleno em 2014

# Onze ações julgadas, envolvendo onze municípios: Bom Jesus, Fagundes, Ingá, Jacaraú, Jericó, Matureia, Patos, Pirpirituba, Prata, Olho D’Água e Sobrado.

Decisões do Pleno em 2015

# Dezenove ações julgadas, envolvendo 18 municípios: Araçagi, Bananeiras, Bom Sucesso, Cabedelo, Catingueira (2 ações), Cuité de Mamanguape, Itabaiana, Juazeirinho, Juarez Távora, Juripiranga, Mato grosso, Nazarezinho, Olho D’Água, Patos, Poço Dantas, São João do Rio do Peixe e Serra da Raiz.

Decisões do Pleno em 2016:

# Dez ações julgadas, envolvendo dez municípios: Água Branca, Cabaceiras, Caturité, João Pessoa, Mogeiro, Nova Olinda, Pilõezinhos, Rio Tinto, São José de Princesa e São Miguel de Taipu.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Sporting confirma contratação e Elias faz carta de despedida do Corinthians

eliasO Sporting de Portugal confirmou através de seu Twitter a contratação de Elias, ex-Corinthians, nesta quarta-feira (31). O jogador havia sido liberado pela diretoria corintiana na noite da última terça para viajar a Lisboa, onde a transação foi oficializada após realização de exames médicos. O clube português vendera o meio-campista ao clube paulista em 2014 e agora oficializa seu retorno.

Logo após a confirmação da transação, Elias despediu-se do Corinthians e da Fiel torcida por meio de carta publicada em seu Instagram.

“Despedidas nunca são fáceis, ainda mais quando temos que sair de um lugar onde consideramos nossa casa (…). Parto para um novo desafio, mas jamais esquecerei o que vivi no Corinthians. Entre todas as emoções e momentos que pudemos compartilhar, o sentimento que fica é de gratidão e respeito”, diz em carta.

“Nunca escondi de ninguém que, desde pequeno, sempre fui corintiano e sonhei em jogar pelo clube. Graças a Deus, consegui realizar o meu sonho e defendi as cores desse time que tanto amo. Quando saí a primeira vez, jurei que, um dia, voltaria para ser Campeão Brasileiro. E chegamos lá!”, continua Elias.

Muito obrigado por tudo e desculpem-me por qualquer coisa. Se alguma vez eu errei, foi tentando fazer o meu melhor. Minha torcida será eterna. Eu sou e sempre serei Corinthians”, finaliza o meia.

Para acertar o retorno de Elias, o Sporting pagou mais 1 milhão de euros (R$ 3,6 milhões) ao Corinthians, readquirindo assim 50% dos direitos econômicos do jogador. Além disso, aceitou o cancelamento de uma dívida de 2 milhões de euros referente à venda do meia ao clube paulista em 2014.

Elias defendeu o Sporting entre as temporadas 2011 e 2013. O meia entrou em campo apenas 49 vezes, com quatro gols marcados. No retorno ao Corinthians, o atleta disputou 92 jogos, com 16 gols feitos, e foi campeão brasileiro de 2015.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br