Arquivo da tag: Construindo

Walter Júnior é eleito para executiva do MDB-PB e destaca que vem construindo com o povo de Solânea um novo projeto para a cidade

Ao participar da convenção estadual do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), ocorrida na última sexta-feira, 26, em João Pessoa, em João Pessoa, o ex-candidato a deputado federal pela sigla e presidente do diretório municipal da sigla de Solânea Walter Júnior, parabenizou o senador José Maranhão, pela sua recondução ao cargo de presidente do partido na Paraíba, bem como destacou sua confiança na candidatura própria da sigla nas eleições municipais de 2020, em Solânea.

“O nosso objetivo é o de ter candidatos em todos os municípios da Paraíba. É claro, isso é apenas uma meta. Não quer dizer que isso já esteja resolvido. Estamos com os quadros do partido em aberto e esperançosos que o partido tenha um crescimento qualitativo e quantitativo”, disse o senador ao comentar também da alegria de ter Walter Júnior como novo membro da executiva estadual da sigla.

Quando questionado sobre a possibilidade do MDB lançar candidatura à Prefeitura Municipal da Solânea, no próximo ano, Walter disse que seu nome está à disposição para a sigla, mas que essa decisão vem sendo construída escutando todos da sociedade civil organizada, visando construir um projeto novo para a cidade. Ele lembrou que em conversa com o senador, o mesmo deu como meta a cada diretoriano da sigla o objetivo de reforçar o MDB visando possibilitar a maior quantidade de filiados eleitos em 2020.

Walter lembrou que em breve o MDB de Solânea vai apresentar novos filiados e que seu grupo político vem construindo nomes competitivos para a disputa pelo legislativo municipal.

Assessoria de comunicação

Walter Júnior

 

 

Prorrogadas as inscrições para o Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero

O objetivo é estimular e fortalecer a pesquisa sobre as desigualdades entre homens e mulheres

As inscrições para a 8ª edição do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero foram prorrogadas até o dia 19 de outubro. O Prêmio é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério da Educação (MEC) e da ONU Mulheres. O objetivo é desenvolver  a reflexão crítica e a produção científica em torno das desigualdades existentes entre homens e mulheres no Brasil, contemplando as abordagens de classe social, geração, raça-etnia e sexualidade.

Participantes

Para participar da categoria de Mestre ou Estudante de Doutorado, o candidato deve ter obtido o título de mestre ou estar cursando o doutorado em instituição reconhecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculado ao MEC. Nesses casos serão escolhidos os dois melhores artigos científicos

Wilson Dias/ABr Plano Nacional de Políticas para as Mulheres propõe políticas de igualdade e justiça social para as brasileiras

  • Plano Nacional de Políticas para as Mulheres propõe políticas de igualdade e justiça social para as brasileiras

Entre os candidatos ao prêmio da categoria Graduação, poderão participar àqueles que estejam regularmente matriculados em cursos reconhecidos pelo MEC. Assim como a categoria anterior, serão selecionados os dois melhores artigos científicos.

Os estudantes de Ensino Médio devem estar cursando escolas públicas ou privadas reconhecidas pelo MEC, ou em escolas da Rede Federal de Educação de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Nas Categorias de Graduado, Especialista e Estudante de Mestrado e Mestre e estudante de doutorado serão oferecidas quantias em dinheiro e Bolsa de Mestrado e Doutorado no País.

Premiações

Os valores serão diferenciados, de acordo com a categoria, e podem chegar até R$10 mil, além de outros prêmios como computadores, Laptops e bolsas de estudo no País pelo CNPq.

Na categoria Estudante de Ensino Médio são duas possibilidades: “Etapa Nacional” e “Etapa Unidade da Federação”. Ao todo, serão 27 vencedores/as, um/a por estado e Distrito Federal, que serão agraciados com computadores, impressoras e bolsas de estudo.

Já nas categorias “Estudante de Graduação”, “Graduado, Especialista e Estudante de Mestrado” e “Mestre e Estudante de Doutorado”, serão premiados os seis melhores artigos científicos, sendo dois selecionados em cada categoria. Ao todo, nessas últimas categorias, os/as vencedores/as receberão bolsas de estudo e premiações em dinheiro no valor de R$ 46 mil.

Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero

É um concurso de redações, artigos científicos e projetos pedagógicos, dirigido a estudantes de Ensino Médio, Graduação, Pós-Graduação e Escolas da Educação Básica na área das relações de gênero, mulheres e feminismos, contemplando suas interseções com as abordagens de classe social, geração, raça, etnia e sexualidade.

Mais informações na página eletrônica do CNPq

 

Portal Brasil