Arquivo da tag: confirma

PB confirma 523 novos casos e chega a 20.310 infectados por coronavírus

A Paraíba contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 523 casos confirmados de Covid-19, totalizando 20.310. O número de óbitos em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus saltou de 467 para 484 entre esse sábado (6) e domingo (7). Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Resumo | Últimas 24h na Paraíba

Confirmados: 20.310 (eram: 19.787)
Descartados: 20.341 (eram: 20.333)
Cidades atingidas: 206 (sem alteração)

Dentre os casos confirmados:

Internados: 901 (eram: 528)
Isolados em casa: 14.689 (eram: 14.604)
Recuperados: 4.236 (eram 4.188)
Mortos: 484 (eram: 467)

Mortos

Dos 17 óbitos confirmados neste domingo pela SES, quatro ocorreram nas últimas 24h. As vítimas tinha idade entre 41 e 87 anos. Seis delas não possuíam, ou não informaram às autoridades de saúde, comorbidades.

Ocupação de leitos

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, pediátrico e obstétrico em todo o estado é de 69%. Se for feito um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, 82% estão ocupados. Em Campina Grande, estão ocupados 68% de leitos de UTI adulto e, no Sertão, 68%.

População não cumpre isolamento

O índice de isolamento social nas últimas horas foi de apenas 41,3%, mesmo com as medidas de isolamento rígido na Região Metropolitana de João Pessoa.

 

portalcorreio

 

 

Bananeiras confirma mais dois novos casos de Covid-19; agora são três

A prefeitura de Bananeiras, na região do Brejo paraibano, divulgou na noite desta segunda-feira (11), que o município tem mais dois novos casos confirmados de coronavírus (Covid-19). A cidade já registra três casos confirmado da doença.

De acordo com o boletim epidemiológico, os dois novos casos são de uma mulher, T.L.O, 28 anos, e um homem, A.S.O, 30 anos. Segundo a Secretaria de Saúde do Município, os dois pacientes apresentam febre, anosmia, inapetência, coriza, mialgia e cefaleia. Ambos residem no sítio Lagoa do Matias, próximo do Distrito de Roma e estão em isolamento domiciliar.

O boletim informou também que há três casos suspeitos de Covid-19, L.S.S, 21 anos, masculino, apresentando dor de garganta e febre. E.F.M.D, 40 anos, feminino, apresentando dor de garganta, tosse e anosmia e G.D.G, 44 anos, masculino, apresentando febre e mialgia.

O caso que estava sob investigação, o idoso S.C.S, 80 anos, foi descartado, após exame testar negativo para a doença. Ele segue em internamento hospitalar.

Bananeiras Online

 

 

Serra da Raiz confirma primeiro caso da Covid-19

A secretaria municipal de saúde de Serra da Raiz, agreste Paraibano, confirmou nesta quinta-feira (30) o primeiro caso de Coronavírus no município.

De acordo com as informações, a pessoa trabalha na cidade de Guarabira e na folga volta para Serra da Raiz.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

A Secretaria Municipal de Saúde de Serra da Raiz, vem comunicar a população a confirmação do primeiro caso testado positivo para COVID-19 no nosso município.
Sendo assim, reforçamos a todos a importância das medidas de prevenção já adotadas, como isolamento social, higienização pessoal e dos ambientes e o uso de máscaras a toda a população. Para assim mantermos a segurança e o controle na transmissão do novo coronavírus.

Fique em casa!

 

portalindependente

 

 

PB confirma 90 casos de coronavírus em 24h e marca 633

A Paraíba confirmou 90 casos do novo coronavírus nesta segunda-feira (27), em 24 horas, e chegou a 633 confirmações. É o maior número já registrado em um dia desde o primeiro caso confirmado no estado em 26 de fevereiro deste ano. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 53 mortes foram registradas, três a mais em 24 horas, há 119 pacientes curados da Covid-19, doença causada pelo novo vírus, e 1.482 casos foram descartados.

Resumo: PB – 27/04/2020 (24h)

  • Confirmados: 633 (eram 543): (119 curados, 408 em casa, 53 internados, 53 mortos)
  • Descartados: 1.482 (eram 1.421)
  • Cidades: 40 (eram 38)

Os casos estão distribuídos em 40 municípios, número que também segue subindo: João Pessoa (410); Campina Grande (42); Santa Rita (47); Cabedelo (22); Sapé (18); Bayeux (17); Patos (12); Sousa (6); Cajazeiras (4); Conde (5); Junco do Seridó (3); Guarabira (3); São João do Rio do Peixe (5); Pombal (2); Itapororoca (3); Itabaiana (2); Pedras de Fogo (3); Serra Branca (1); Riachão do Poço (1); São Bento (4); Congo (1); Queimadas (1); Bom Jesus (1); Cruz do Espírito Santo (3); Igaracy (1); Alagoa Grande (1); Barra de São Miguel (1); Alagoa Nova (1); Coremas (1); Taperoá (1); Brejo Do Cruz (1); Caaporã (1); Coxixola (1); Boqueirão (1); Areia (1); Marizópolis (1); Gurinhém (1); Esperança (2); Lagoa Seca (1); Mari (1).

Duas mulheres e um homem morreram com o novo coronavírus nas últimas 24 horas:

  • Homem de 54 anos, residente em Boqueirão, tabagista, estava interno em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no município de Campina Grande; foi a óbito no dia 26/04.
  • Mulher de 72 anos, residente em Santa Rita, hipertensa e diabética, estava interna em hospital público; foi a óbito em 27/04.
  • Mulher de 52 anos, residente em Mari. Portadora de obesidade e transtornos psiquiátricos. Foi a óbito no dia 24 de abril em sua residência. Segundo a SES, o material foi coletado pelo Serviço de Verificação de Óbitos (SVO).

Conforme a SES, 38% dos leitos de Unidade de Terapia Itensiva (UTI) disponíveis no Plano Estadual de Contingência para Covid-19 estão ocupados na Paraíba. Dentre os pacientes com coronavírus, 53 estão hospitalizados, 9 deles em leitos de UTI.

 

portalcorreio

 

 

Ramalho Leite confirma candidatura à presidência do IHGP

“Estou fora da política partidária e da administração pública, por isso estou com tempo para me dedicar à gestão do Instituto”, revelou o escritor, jornalista e historiador Ramalho Leite ao confirmar em contato com o Portal WSCOM, que será candidato a presidente do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano (IHGP). Ele deve disputar com o atual presidente Guilherme Ávila Lins.

A eleição acontecerá no dia 31 de agosto e deve contar com a participação de 37 integrantes do IHGP.

Segundo fontes ligadas ao Instituto, Ramalho Leite indicava inicialmente o interesse em apoiar o atual presidente, que não assumiu candidatura à reeleição, mas começou a pedir votos no paralelo quebrando pacto.

 

Portal WSCOM

 

 

Governador confirma encontro com Bolsonaro em Pernambuco

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), confirmou nesta segunda-feira (20) que irá até Pernambuco na sexta-feira (24) onde, juntamente com os demais governadores do Nordeste, irá se encontrar com o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL). O socialista afirmou que os chefes do Poder Executivo estão buscando fortalecer a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), por meio do Conselho Deliberativo da Sudene.

“Os governadores do Nordeste querem fortalecer a Sudene através do Condel. Até porque essa reunião foi, ao longo do tempo, perdendo um pouco da sua importância considerando que a própria definição da utilização dos recursos do BNB (Banco do Nordeste) não era feita através do Condel e da Sudene, ficava a cargo do próprio banco, e aí você tinha reuniões mais burocráticas para definir aquilo que já estava sendo antecipadamente definido pelo próprio banco. Nós queremos participar sim, fortalecer a Sudene, fortalecer o Condel, estabelecer uma nova realização de utilização dos fundos de desenvolvimento”, explicou João Azevêdo.

Encontro com deputados do PSB

João irá se reunir nesta segunda-feira com os deputados do PSB. Segundo ele, o encontro é para discutir pontos de interesse do estado, assim como foi com o G10, grupo do centrão, realizado na semana passada que ele considerou tranquilo.

Sem racha

O governador também falou sobre um possível racha na sua base aliada dentro da Assembleia Legislativa. “Não tem racha nenhum dentro do partido. Todo partido tem discussão interna. Estamos dentro de um processo democrático, porque se todo mundo pensasse igual seria fácil, mas não é assim. Cada um tem seu ponto de vista e deseja colocá-lo. E é isso que nós estamos fazendo”, esclareceu.

 

Por

 Nice Almeida

 

 

Corinthians confirma vaga com Cássio expulso e gol de Roger

O Corinthians não se furtou a usar a vantagem conquistada em Fortaleza para garantir sua classificação à quarta fase da Copa do Brasil com certo susto e sem muito esforço também. Na noite dessa quarta-feira, 34.911 torcedores acompanharam uma vitória do Ceará por 1 a 0 no apenas morno confronto na Arena Corinthians, reflexo da ausência de capacidade do Ceará em levar perigo aos paulistas. O cenário só se complicou para os mandantes depois de um deslize de Ralf, que culminou com a expulsão de Cássio, e ameaçou a situação corintiana.

Fábio Carille resolveu mandar a campo força máxima, a exceção de Marllon, que substituiu Manoel por causa de um problema no ombro do zagueiro titular. O resultado foi um time seguro em campo, mas longe de ter aquela gana pela vitória, como se viu no último domingo, por exemplo, contra o Santos.

O início do jogo até prometeu. Enquanto muitos torcedores ainda passavam pelas catracas, Clayson mandou a bola na trave de Richard depois de boa trama com Danilo Avelar pela esquerda.

O Corinthians ainda assustou com algumas bolas cruzadas à área, mas, com o passar do tempo, a superioridade corintiana inevitavelmente contribuiu para uma queda de rendimento. O lance mais perigoso do Vozão antes do intervalo foi um quase gol contra de Gustagol após cobrança de escanteio.

Se o jogo já estava lento, na etapa final virou um verdadeiro marasmo. E assim a partida caminhava até a falta de concentração atingir o sempre ligado Ralf. O volante errou o recuo de bola para Henrique e Cássio foi forçado a defender chute de Ricardo Bueno com as mãos, fora da área, para evitar o gol dos visitantes aos 18 minutos.

O resultado da lambança foi a expulsão do goleiro, pedidos de perdão do volante e a saída de Clayson para que Walter assumisse a meta do Timão.

Ao menos o confronto ganhou um pouco de emoção. Lisca mandou Roger a campo, Carille tentou ajustar sua equipe com Ramiro na vaga de Sornoza. A Fiel ainda pediu Pedrinho, mas quem entrou foi Boselli.

E o que se viu a partir daí? Fernando Sobral acertou a trave de Walter em chute de longe, Roger abriu o placar de cabeça, em falha de Henrique e Marllon, e Walter ainda precisou fazer duas boas defesas para evitar o pior.

O apito final veio após seis angustiantes minutos de acréscimos e foi acompanhado de um suspiro de alívio entre os corintianos na Arena de Itaquera.

Agora, com a invencibilidade quebrada depois de 14 jogos, o Timão retoma suas atenções para a semifinal do Campeonato Paulista. Segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Pacaembu, o desafio é contra o Santos. Um empate basta. Na Copa do Brasil, o Corinthians aguardará um sorteio para conhecer seu adversário na quarta fase.

Já o Ceará, de apenas duas derrotas no ano e seis jogos seguidos sem perder, volta para o Nordeste eliminado, mas de cabeça erguida. Sábado, tem duelo contra o Náutico no Castelão pela Copa do Nordeste.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 1 CEARÁ

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 3 de abril de 2019, quarta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)

Cartões amarelos: Clayson (COR); Chico (CEA)

Cartão vermelho: Cássio (COR)

Público: 34.639 pagante / 34.911 total.

Renda: R$ 1.241.132,50.

GOL:

Ceará: Roger, aos 42 minutos do 2T.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Vagner Love, Sornoza (Ramiro) e Clayson (Walter); Gustagol.

Técnico: Fábio Carille

CEARÁ: Richard, Samuel Xavier, Thiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Juninho e Ricardinho (Wescley); Felipe Baxola (Fernando Sobral), Chico (Roger) e Ricardo Bueno.

Técnico: Renan Freitas

 

 

Gazeta Esportiva

 

 

STF confirma dever do Estado de restituir mais de R$ 35 mi ao Fundeb

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou improcedente ação em que o Estado da Paraíba buscava afastar a exigência de restituir R$ 35,1 milhões recebidos a mais a título de complementação para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) no ano de 2016. A decisão do ministro Alexandre de Moraes seguiu entendimento da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.
Na avaliação da Procuradoria-geral da República (PGR), o estado teve tempo suficiente para se programar em relação à necessidade de restituição dos valores recebidos a mais – de forma que não se pode onerar os demais entes em razão de sua falta de diligência. “Não há como se sustentar qualquer ofensa ao devido processo legal ou ampla defesa, porquanto é de conhecimento de todos os entes federados a sistemática do Fundeb”, sustentou Raquel Dodge em parecer encaminhado ao STF.

O acréscimo federal é destinado a garantir o valor mínimo nacional por aluno/ano a cada estado ou ao Distrito Federal, nos casos em que esse patamar mínimo não é alcançado apenas com os recursos dos governos locais. No entanto, a quantia complementar recebida pelo estado da Paraíba em 2016 extrapolou o limite legal. Na Ação Cível Originária (ACO) 3005, o estado alegou que o valor excedente repassado pelo Fundeb foi recebido de boa-fé e aplicado especialmente na remuneração dos professores estaduais.

Em sua decisão, Alexandre de Moraes pontuou que, quando um ente recebe valores a mais, o ajuste deve ser feito a crédito de outros entes que tenham percebido repasses a menor. “A efetivação do estorno determinado pela União é, assim, medida necessária para que outros entes federativos não sofram prejuízo, já que o valor da complementação da União não pode ser aumentado”, disse.

O caso

Em maio de 2017, o relator deferiu liminar para determinar que a União se abstivesse de deduzir o montante em relação ao estado. Posteriormente, no entanto, acolheu pedido da União e revogou a liminar. O estado da Paraíba apresentou pedido de reconsideração, reiterando as razões. No mérito, Alexandre de Moraes verificou, a partir da legislação aplicável à matéria, que é da própria sistemática do Fundeb a efetivação de ajustes de contas em relação aos repasses da complementação da União. Isso porque, conforme explicou o ministro, os cálculos são inicialmente fundados em estimativas, e sua veracidade deve ser conferida em função de valores efetivamente arrecadados no exercício.

portalcorreio

 

Manoel Junior confirma pré-candidatura ao Governo do Estado

oelO vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), descartou, nessa terça-feira (13), qualquer possibilidade de disputar o cargo de deputado federal nas eleições deste ano, como vem sendo especulado por setores da imprensa paraibana.

“Não disputarei o cargo de deputado federal, nem de estadual”, assegurou.

Com relação a sua participação no pleito, Manoel Junior revelou que vem dialogando com os seus aliados e aguarda as definições do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), mas ressalta que já colocou o nome à disposição do grupo das oposições para disputar o cargo de governador.

“Estamos dialogando, mas já recebi várias manifestações de apoio de partidos da oposição em torno do lançamento do meu nome para disputar o governo Estado, missão esta que aceito com muito entusiasmo”, declarou.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Polícia Militar confirma fuga de presos da cadeia pública de Ingá, no Agreste da PB

Tês presos que estavam na cadeia pública de Ingá, no Agreste paraibano, fugiram do local na manhã desta quarta-feira (17). A fuga foi confirmada pela Polícia Militar, na cidade Ingá. Um dos presos foi recapturado ainda no centro da cidade.

De acordo com a Polícia Militar, a fuga ocorreu por volta de 10h30 (horário local). Os militares não sabem como os presos conseguiram sair da cadeia. Um deles foi capturando instantes após a fuga ainda a área urbana. Até 12h15 os outros dois não haviam sido recapturados.

G1 entrou em contato com a cadeia pública de Ingá, mas os agentes disseram que não tinham autorização para falar sobre a fuga. Os nomes dos presos que fugiram não forma divulgados.

A Polícia Militar ainda não sabe se os outros dois presos estão no município de Ingá, ou se fugiram da cidade, e também não sabem se os fugitivos contaram com o apoio de outras pessoas fora da cadeia.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br