Arquivo da tag: computador

Paraibanos usam mais celular que computador para acessar internet

(Foto: Aline Olveira/G1)
(Foto: Aline Olveira/G1)

Os paraibanos usam mais celulares para acessar a internet do que computadores. Foi o que apontou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) do IBGE com dados de acesso a internet entre as pessoas com 10 anos ou mais durante três meses em 2015 divulgada nesta quinta-feira (22). Conforme o Pnad, cerca de 88% dos mais de 1,7 milhão de moradores da Paraíba que acessaram a internet por pelo menos três meses usaram o celular, enquanto 62% usaram o computador.

De acordo com o Pnad, 1,1 milhão de paraibanos afirmaram ter usado o computador para acessar à internet, enquanto 1,5 milhão utilizaram o celular. Ainda conforme o Pnad, quando somado o auxílio do tablet, o uso da internet por meio dos celulares chegam a 90% do total de acessos feitos na grande rede.

No uso da internet analisado isoladamente sem o auxílio do tablet, os aparelhos celulares continuam na frente dos computadores. Conforme dados do Pnad, 588 mil paraibanos com 10 anos ou mais utilizam somente smartphones para acessar a internet, enquanto 169 mil têm acesso à grande rede apenas por meio de computadores.

O percentual elevado do uso do celular para o serviço de internet na Paraíba é uma tendência nacional, conforme aponta a pesquisa. Caiu pela primeira vez no Brasil o número de acessos feito pelo computador. A queda foi de 2,4%, de acordo com o Pnad. Em termos percentuais, o acesso domiciliar à internet por meio de microcomputador caiu de 76,6% em 2014 para 70,1% em 2015.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mensagem falsa no Facebook põe em risco computador de contribuintes

Foto: Reprodução/ Agência Brasil
Foto: Reprodução/ Agência Brasil

Uma mensagem falsa postada no Facebook induz os internautas a procurar informações no site da Receita Federal, mas, na verdade, trata-se de mais uma das artimanhas de criminosos para instalar programas maliciosos no computador da vítima. O texto desperta a curiosidade, pois diz que o nome da pessoa “está aparecendo na lista de inscrições da malha fina”.

A tela apresentada no Facebook mistura um link verdadeiro da Receita Federal e um falso, que baixa um programa para o computador dos desavisados. Por segurança, o Fisco alerta que os programas, como o gerador do Imposto de Renda, por exemplo, devem ser obtidos diretamente na página da RFB na internet.

No caso do programa que é disponibilizado na mensagem falsa, um olhar mais atento permite verificar que o servidor de aplicativos não é o da Receita Federal (como na linha tracejada em vermelho).

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Embora tenha um perfil oficial no Facebook , a Receita tem deixado claro que não se trata de um canal de atendimento ao contribuinte e que pretende, com as publicações, “estabelecer laços menos formais no relacionamento com o contribuinte, por meio de campanhas, dicas e mensagens de interesse da administração”.

Além das mensagens em redes sociais, criminosos procuram sempre se utilizar de formas fáceis de enganar os cidadãos usando o nome da Receita Federal e de outros órgãos.

Durante o período de entrega da declaração, é comum, por exemplo, aparecerem mensagens eletrônicas (e-mails) com o falso propósito de divulgar facilidades na obtenção do Programa Gerador da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física.

Assim como nas redes sociais, as mensagens nos e-mails usam indevidamente nomes e timbres oficiais e iludem o cidadão com a apresentação de telas que misturam instruções verdadeiras e falsas, na tentativa de obter ilegalmente informações fiscais, cadastrais e principalmente financeiras.

Os links contidos em determinados pontos indicados na correspondência costumam ser a porta de entrada para vírus e malwares (softwares maliciosos ou programas mal-intencionados) no computador, tem informado a Receita.

A Receita Federal esclarece que não envia e-mails sem autorização do contribuinte nem autoriza parceiros e conveniados a fazê-lo em seu nome.

Fonte: Agência Brasil

Cinco truques para deixar seu computador mais veloz

computador“Mas acabamos de comprar o computador!”, você reclama. Na verdade, você o comprou há seis anos, quando fez aquela viagem e decidiu aproveitar o valor do câmbio. Mas por que é que agora os programas demoram tanto para abrir?

Se você não é especialista em TI, mas não quer trocar de computador como troca de roupa, a BBC Brasil compilou alguns truques para ajudá-lo a manter seu Mac ou PC – são passos simples e que podem ser usados por todos, independentemente do quanto você sabe sobre computadores.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

1. Faça uma desfragmentação no disco rígido

Talvez você nem saiba o que isso significa, mas pode se surpreender com a importância do procedimento na manutenção do computador.

A desfragmentação acelera a forma como seu computador lê e navega pelos documentos, “limpando” e reorganizando os dados armazenados nele.

Até os discos rígidos modernos ficam mais lentos com o passar do tempo, por causa da forma como os arquivos são guardados. À medida que arquivos são criados e deletados, eles são fragmentados e guardados em diferentes partes do disco, em vez de ficarem todos juntos. Isso faz com que o acesso aos arquivos fique menos eficiente.

Ao organizar os blocos de informação espalhados no disco rígido, você não apenas aumenta o espaço disponível na memória, mas agiliza o acesso aos dados.

A desfragmentação é especialmente necessária em PCs, que possuem um programa especial para fazê-la. Outra opção é o programa gratuito Smart Defrag 3 (para Windows 8.1).

Em Macs, a Apple afirma que a desfragmentação dificilmente precisará ser feita, porque o sistema otimiza a organização dos arquivos automaticamente. Mas se o seu Mac estiver lento, é possível usar o programa Utilitário de Disco (Disk Utility) para consertá-lo.

Se quiser tentar a desfragmentação mesmo assim, o programa iDefrag (para Apple OS X) também é gratuito.

2. Apague arquivos desnecessários

Hoje em dia é muito fácil encher um disco rígido de menos de 200 GB. E quanto mais cheio ele fica, mais difícil fica para completar qualquer ação.

Você provavelmente tem muitos arquivos antigos que nunca usa, ocupando espaço valioso em seu computador.

E para descobrir quais são eles de maneira rápida, basta baixar um aplicativo.

Há muitos programas no mercado tanto para PCs quanto para Macs. Para usar no Windows, SpaceSniffer e WinDirStat, ambos gratuitos, ajudam a identificar os arquivos que ocupam mais espaço em seu disco rígido.

Se você usa o Mac, há um jeito ainda mais fácil de encontrar esses arquivos, usando o próprio Finder (programa padrão de gerenciamento de arquivos do OS X). Ele possibilita ver tudo o que está no Mac de maneira prática, incluindo aplicativos e programas, discos rígidos, arquivos, pastas e drives de DVD.

Você pode organizar seus arquivos e pastas por aí, buscar material em qualquer lugar em seu Mac ou deletar tudo o que não quer mais.

3. Evite executar programas automaticamente

Esta é uma das maneiras mais rápidas de deixar seu computador mais veloz – especialmente quando você liga a máquina.

Você pode ver quais programas estão sendo executados no computador em tempo real e fechá-los, se quiser.

Tanto o OS X, com o Monitor de Atividade, quanto o Windows, com o Gerenciador de Tarefas, permitem fazer isso.

Se você usa um Mac, procure em Preferências do Sistema, selecione “Usuários e Grupos” e clique nos processos que quer parar.

Se você tem um PC, você pode usar o software gratuito Autoruns, que controla todos os programas executados automaticamente.

4. Elimine vírus e ‘malware’

Alguns insistem que é possível ficar sem um programa antivírus, afirmando que eles usam muita memória e poder de processamento, especialmente em PCs mais antigos.

Mas para quem não é especialista, é melhor se prevenir e instalar o programa.

É importante escolher o antivírus de acordo com as especificações do seu computador. Alguns dos programas que usam menos memória e processamento são o Microsoft Security Essentials, o Panda Cloud e o Avira. Para PCs, a lista é bem longa.

Apesar do mito popular de que Macs não são vulneráveis a vírus, suspeite se seu computador estiver mais lento do que o normal. Use uma ferramenta gratuita como o Avast ou o Sophos.

5. Use aplicativos web

Para que instalar o Office se você pode usar programas online gratuitos como Google Docs, o Adobe Buzzword ou com os conjunto de programas Zoho e Peepel?

Aplicativos web, abertos em um navegador, conseguem desempenhar quase todas as funções necessárias para criar ou compartilhar arquivos.

Eles também têm duas vantagens: são mais leves (por isso exigem menos poder de processamento para serem executados) e não enchem o disco rígido.

Se você tentar estes cinco passos e, mesmo assim, seu computador não executar as tarefas mais rápido, talvez seja a hora de chamar um técnico – ou de investir em uma nova máquina!

iG

Cinco truques para deixar seu computador mais veloz

Thinkstock
Thinkstock

Procedimentos simples como deletar programas mais pesados e adotar versões online podem ajudar a melhorar a performance do computador

“Mas acabamos de comprar o computador!”, você reclama. Na verdade, você o comprou há seis anos, quando fez aquela viagem e decidiu aproveitar o valor do câmbio. Mas por que é que agora os programas demoram tanto para abrir?

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Se você não é especialista em TI, mas não quer trocar de computador como troca de roupa, a BBC Brasil compilou alguns truques para ajudá-lo a manter seu Mac ou PC – são passos simples e que podem ser usados por todos, independentemente do quanto você sabe sobre computadores.

1. Faça uma desfragmentação no disco rígido

Talvez você nem saiba o que isso significa, mas pode se surpreender com a importância do procedimento na manutenção do computador.

A desfragmentação acelera a forma como seu computador lê e navega pelos documentos, “limpando” e reorganizando os dados armazenados nele.

Até os discos rígidos modernos ficam mais lentos com o passar do tempo, por causa da forma como os arquivos são guardados. À medida que arquivos são criados e deletados, eles são fragmentados e guardados em diferentes partes do disco, em vez de ficarem todos juntos. Isso faz com que o acesso aos arquivos fique menos eficiente.

Ao organizar os blocos de informação espalhados no disco rígido, você não apenas aumenta o espaço disponível na memória, mas agiliza o acesso aos dados.

Antes de comprar outro computador, experimente desfragmentar o que tem em casa

A desfragmentação é especialmente necessária em PCs, que possuem um programa especial para fazê-la. Outra opção é o programa gratuito Smart Defrag 3 (para Windows 8.1).

Em Macs, a Apple afirma que a desfragmentação dificilmente precisará ser feita, porque o sistema otimiza a organização dos arquivos automaticamente. Mas se o seu Mac estiver lento, é possível usar o programa Utilitário de Disco (Disk Utility) para consertá-lo.

Se quiser tentar a desfragmentação mesmo assim, o programa iDefrag (para Apple OS X) também é gratuito.

2. Apague arquivos desnecessários

Hoje em dia é muito fácil encher um disco rígido de menos de 200 GB. E quanto mais cheio ele fica, mais difícil fica para completar qualquer ação.

Você provavelmente tem muitos arquivos antigos que nunca usa, ocupando espaço valioso em seu computador.

E para descobrir quais são eles de maneira rápida, basta baixar um aplicativo.

Você certamente tem arquivos antigos que não usa mais ocupando espaço valioso na sua máquina

Há muitos programas no mercado tanto para PCs quanto para Macs. Para usar no Windows, SpaceSniffer e WinDirStat, ambos gratuitos, ajudam a identificar os arquivos que ocupam mais espaço em seu disco rígido.

Se você usa o Mac, há um jeito ainda mais fácil de encontrar esses arquivos, usando o próprio Finder (programa padrão de gerenciamento de arquivos do OS X). Ele possibilita ver tudo o que está no Mac de maneira prática, incluindo aplicativos e programas, discos rígidos, arquivos, pastas e drives de DVD.

Você pode organizar seus arquivos e pastas por aí, buscar material em qualquer lugar em seu Mac ou deletar tudo o que não quer mais.

3. Evite executar programas automaticamente

Esta é uma das maneiras mais rápidas de deixar seu computador mais veloz – especialmente quando você liga a máquina.

Você pode ver quais programas estão sendo executados no computador em tempo real e fechá-los, se quiser.

Tanto o OS X, com o Monitor de Atividade, quanto o Windows, com o Gerenciador de Tarefas, permitem fazer isso.

Se você usa um Mac, procure em Preferências do Sistema, selecione “Usuários e Grupos” e clique nos processos que quer parar.

Se você tem um PC, você pode usar o software gratuito Autoruns, que controla todos os programas executados automaticamente.

Escolha programas antivírus de acordo com as especificações do seu computador – há muitas opções gratuitas

4. Elimine vírus e ‘malware’

Alguns insistem que é possível ficar sem um programa antivírus, afirmando que eles usam muita memória e poder de processamento, especialmente em PCs mais antigos.

Mas para quem não é especialista, é melhor se prevenir e instalar o programa.

É importante escolher o antivírus de acordo com as especificações do seu computador. Alguns dos programas que usam menos memória e processamento são o Microsoft Security Essentials, o Panda Cloud e o Avira. Para PCs, a lista é bem longa.

Apesar do mito popular de que Macs não são vulneráveis a vírus, suspeite se seu computador estiver mais lento do que o normal. Use uma ferramenta gratuita como o Avast ou o Sophos.

5. Use aplicativos web

Caso nenhuma destas alternativas funcionem, pode ser a hora de trocar de aparelho

Para que instalar o Office se você pode usar programas online gratuitos como Google Docs, o Adobe Buzzword ou com os conjunto de programas Zoho e Peepel?

Aplicativos web, abertos em um navegador, conseguem desempenhar quase todas as funções necessárias para criar ou compartilhar arquivos.

Eles também têm duas vantagens: são mais leves (por isso exigem menos poder de processamento para serem executados) e não enchem o disco rígido.

Se você tentar estes cinco passos e, mesmo assim, seu computador não executar as tarefas mais rápido, talvez seja a hora de chamar um técnico – ou de investir em uma nova máquina!

 

Uol

WhatsApp Web: aplicativo começa a funcionar no computador

whatsappO aplicativo de mensagem instantânea WhatsApp lançou uma versão para dar acesso ao serviço a partir do navegador de um computador pessoal, não somente por um celular – como era feito até agora.

A companhia, propriedade do Facebook, anunciou em seu blog oficial que se pode acessar o WhatsApp através do navegador Google Chrome sempre que o usuário tiver a aplicação móvel instalada e ativa no telefone – os usuários do iPhone não poderão, por enquanto, usar o serviço no computador.

Para tal, o usuário deverá escanear com o smartphone um código QR que aparecerá na tela do navegador. O app chegou aos PCs, apesar de seu fundador, Jan Koum, ter dito mais de uma vez que a companhia não faria este movimento.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As mensagens enviadas e recebidas pela versão web do WhatsApp também serão armazenadas no celular.

O Whatsapp é o serviço de mensagem instantânea mais utilizado do mundo, com 700 milhões de usuários ativos por mês e uma média de 30 bilhões de mensagens enviadas por dia.

 

Terra

Estudo japonês indica que ficar muito tempo no computador faz mal aos olhos

(Foto: NewPharman)
(Foto: NewPharman)

Se você é uma daquelas pessoas que passa várias horas do dia “estacionado” na frente do computador, então um estudo de cientistas japoneses certamente traz más notícias para seus olhos. Segundo os resultados da pesquisa, passar mais do que sete horas diárias encarando uma tela causa danos ao “filme lacrimal” e diminui a produção de lágrimas, essenciais para manter essa parte do corpo lubrificada e limpa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Filme lacrimal” é o nome dado informalmente a um conjunto de três camadas mucosas na superfície dos olhos que são necessárias para sua proteção. De acordo com o estudo liderado por Yuichi Uchino, oftalmologista da Universidade Keio, passar muitas horas por dia na frente de um monitor faz com que os níveis da proteína MUC5AC presente nessa região dos globos oculares fiquem similares ao de pessoas com a chamada Síndrome do Olho Seco (SOS).

Enquanto as quantidades de MUC5AC nos olhos de uma pessoa normal fiquem em média em 8,2 ng/mg, pacientes com SOS têm em geral 3,5 ng/mg. Já aqueles que ficam mais que sete horas por dia na frente de um computador e não possuem a doença têm cerca de 5,9 ng/mg. De acordo com Uchino, quando estamos encarando telas, temos a tendência de abrir mais os olhos e piscar menos do que quando executamos outras tarefas.

Tecmundo

Falha no Word pode deixar que invasores acessem computador remotamente

-wordA Microsoft divulgou hoje um alerta sobre uma nova falha no Word. De acordo com a empresa, a vulnerabilidade CVE-2014-1761 já está sendo explorada em ataques com foco no Word 2010.

Além do Word 2010, a falha também afeta os seguintes produtos:

Microsoft alerta para nova falha no Word
A vulnerabilidade CVE-2014-1761 pode permitir a execução remota de códigos maliciosos no computador caso o usuário abra no Word um documento RTF especialmente criado ou pré-visualize ou abra uma mensagem de e-mail RTF no Microsoft Outlook tendo o Word como visualizador padrão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Se a falha no Word for explorada com sucesso, o responsável pelo ataque pode obter os mesmos privilégios do usuário logado no momento.

Em seu boletim de segurança, a Microsoft afirma que a falha é causada quando o Word analisa dados formatados em RTF especialmente criados pelo responsável pelo ataque, causando assim a corrupção da memória e permitindo que ele execute códigos maliciosos no computador atacado.

No caso do Outlook, a falha só pode ser explorada se o Word for o visualizador padrão de e-mails. Vale destacar que o Word é o visualizador padrão de e-mails no Outlook 2007, Outlook 2010 e Outlook 2013.

Enquanto uma correção oficial para a falha no Word não é lançada, a Microsoft disponibilizou uma solução temporária na forma de um utilitário Fix it.

COMO UTILIZAR A SOLUÇÃO TEMPORÁRIA PARA A FALHA NO WORD

  • Clique na imagem abaixo para fazer o download do utilitário Fix it necessário:

Microsoft_Fix_it_51010_01

  • Depois de baixar o utilitário Fix it, execute-o e siga as instruções na tela:

Microsoft_Fix_it_51010_02Microsoft_Fix_it_51010_03Microsoft_Fix_it_51010_04
A Microsoft não informou quando a correção para a falha no Word será lançada, mas é possível que ela seja disponibilizada junto com as atualizações de segurança do mês de abril.

Baboo

WhatsApp: Saiba como usar em seu computador

whatsappO WhatsApp é um dos aplicativos que é mais usado hoje no mundo. Presente constantes em quase todos os smartphone, amigos criam grupos e conversam por este novo meio. Porém, se você não tem um aparelho deste, você pode interagir colocando o aplicativo em seu computador.
Com o programa BlueStacks, você pode colocar o aplicativo para funcionar em seu PC. Com ele é possívelsimular o sistema operacional Android, na qual o WhatsApp é compatível. Porém, você ainda precisa de um número de celular para se cadastrar e utilizar o serviço.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira o passo a passo:
– Baixe e instale o BlueStacks
– Clique na parte do “1-Click Sync Setup”
– Clique em “Proceed”
– Faça seu login em uma conta do Google
– Volte para o menu inicial e clique em “Search”
– Digite WhatsApp e cique no ícone sugerido
– Clique no “continue” e em seguida no “existente”
– Basta clicar em instalar
– Concorde com os termos e coloque um número de celular válido
– Insira o código do SMS recebido no celular que você colocou acima
– Escolha uma foto, adicione os amigos e se divirta no WhatsApp.
oparalelocampestre

Irritado de ver mulher no Facebook, homem atira em computador e acaba preso

Casal brigou porque mulher não saia do Facebook 

Um homem de 42 anos acabou preso depois de ter atirado contra um computador em Várzea Grande, no Mato Grosso. Ele se irritou de ver que a mulher não saia Facebook e efetuou os disparos.

Monitor atingido por disparo em Várzea Grande

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A mulher chamou a polícia, mas tentou despistar os agentes quando eles chegaram até o local. Os policiais insistiram e entraram na casa. A espingarda e algumas munições foram achadas.
O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e também porque crianças presenciaram o disparo, o que colocou a vida delas em risco.


Fonte: R7

Professora sofre descarga elétrica ao conectar cabo em computador e morre, em Guarabira

Uma professora de 27 anos de idade morreu no município de Guarabira, Brejo paraibano, após sofrer uma descarga elétrica ao conectar um cabo de celular ao computador. De acordo com a Delegacia da cidade, Aline Silva Pereira, sofria de problemas cardíacos. A fatalidade ocorreu na noite da terça-feira (11).

Segundo informações de familiares, a professora estava na casa de uma prima quando foi conectar o celular a CPU do computador para transferência de dados. Neste momento, Aline Silva sofreu uma descarga elétrica.

A vítima gritou e durante socorro, ao tocar na mulher, uma jovem sofreu um choque. Familiares e vizinhos socorreram Aline Silva para o Hospital Regional de Guarabira, mas ela já chegou sem vida.

De acordo com a Delegacia da cidade, o corpo da professora foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de João Pessoa para ser necropsiado.

Com Correio