Arquivo da tag: companheiro

Adolescente é morta com tiro de espingarda dentro de casa, em Sousa, PB; companheiro é suspeito

Uma adolescente de 17 anos foi morta com um tiro de espingarda calibre 12 na tarde desta terça-feira (3), na cidade de Sousa, no Sertão paraibano. Segundo a Polícia Civil, o feminicídio ocorreu dentro da casa onde a vítima morava com o companheiro. Ele é o principal suspeito do crime e fugiu do local.

De acordo com as informações da Polícia Civil, em Sousa, o crime ocorreu por volta das 14h30, no bairro Alto do Cruzeiro. A vítima foi atingida por um tiro na lateral do tórax. Ela chegou a ser socorrida pelo Samu, mas quando chegou ao Hospital Regional de Sousa já estava morta.

Na residência do casal, a Polícia Civil encontrou a espingarda utilizada no crime. Também foi encontrada uma quantidade de crack em um saco plástico. Ainda segundo a Polícia Civil, familiares da vítima relataram que o casal tinha um histórico de brigas, mas não sabe o que exatamente motivou o crime.

Até as 15h50 desta terça-feira, a Polícia Civil e a Polícia Militar continuavam realizando buscas para tentar localizar o suspeito.

Foto: Beto Silva/TV Paraíba

G1

 

Suspeita de matar e cortar pênis de companheiro na PB amolou faca antes do crime, diz polícia

A mulher suspeita de matar o companheiro a facadas e, em seguida, arrancar o pênis da vítima, na noite da quinta-feira (15), em Areial, no Agreste da Paraíba, premeditou o crime, de acordo com o delegado Kelsen Vasconcelos, responsável pelo caso. As primeiras investigações da polícia revelaram que a suspeita, de 42 anos, teria dito a uma vizinha que mandou amolar a faca utilizada para matar o homem.

Conforme relatou o delegado ao G1 na manhã desta sexta-feira (16), antes de cometer o crime, a suspeita também escreveu uma carta e entregou para o filho mais velho, de 18 anos. “Na carta ela pede para que o filho mais velho, fruto de um outro relacionamento, deixe os dois irmãos mais novos com parentes da família. Ela já havia premeditado todo o crime”.

Após matar o companheiro a facadas e cortar o pênis dele, a mulher ainda teria jogado ácido muriático em cima. Depois, a suspeita teria colocado o órgão genital da vítima dentro de um copo e levado até a casa da outra mulher com quem o homem estaria envolvido.

“Ela sabia que o companheiro estava em um relacionamento com outra mulher do mesmo bairro e descobriu que ele planejava deixá-la por essa outra mulher, mas ela não aceitava isso e foi então que planejou matar o homem”, explicou o delegado.

Depois de matar o homem e levar o órgão genital da vítima até a outra mulher, a suspeita do crime teria tentado se matar envenenada, mas ela foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

O corpo do homem foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia (Numol) de Campina Grande. Até as 9h30 desta sexta-feira, as informações do delegado eram de que a mulher permanecia internada no hospital em estado regular de saúde e deve ser levada para a Central de Polícia Civil após alta médica.

Mulher teria discutido com homem antes do crime

Segundo relatos de familiares à polícia, o caso aconteceu após uma discussão entre a suspeita e o companheiro dela. A vítima, Luiz de Almeida, um agricultor de 31 anos, foi encontrado morto na frente da casa do casal, na rua Balbino do Carmo, no Centro da cidade.

De acordo com relatos dos vizinhos, na noite da quinta-feira (15), antes do crime, o homem e a suspeita teriam brigado por ciúmes. A mulher é mãe de três crianças, uma delas de apenas 11 meses.

Casa onde o crime aconteceu, em Areial, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Casa onde o crime aconteceu, em Areial, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

 

G1

 

 

Mulher é espancada pelo companheiro durante quatro horas, em Campina Grande

Um homem foi preso nesta quarta-feira (16) suspeito de espancar a companheira por cerca de quatro horas, em Campina Grande. Conforme a Polícia Civil, a mãe da vítima acionou a polícia porque, após as agressões todos ficaram em silêncio dentro da casa.

O homem, primeiramente, levou a companheiro para um terreno baldio. A mãe dela tentou defender a filha, mas também foi agredida. Depois, o suspeito levou a companheira de volta para casa e a espancou por quatro horas.

Quando a mãe da vítima não ouviu mais a voz da filha, se preocupou e chamou a polícia. Quando as equipes chegaram na casa, localizada no bairro da Catingueira, o homem não quis abrir a porta. Quando a polícia conseguiu entrar, a mulher explicou que havia desmaiado.

José Macedo dos Santos, de 30 anos, está preso na Central de Polícia de Campina Grande. A mulher agredida foi atendida em uma unidade de saúde e liberada. A filha dela está internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. O estado de saúde dela é considerado estável.

G1

 

Mulher é presa suspeita de matar companheiro após ir à polícia dar depoimento, na PB

Uma mulher foi presa suspeita de matar o companheiro com um golpe de faca no pescoço, em Campina Grande, na noite de quarta-feira (1º). De acordo com a Polícia Civil, Fabiana Ribeiro da Silva, de 28 anos, foi detida após ir na delegacia dar depoimento e denunciar outra pessoa pelo crime. Na manhã desta quinta-feira (2), ela confessou que matou a vítima.

O caso aconteceu na rua Olegário Maciel, no bairro Monte Santo. Edmilson de Oliveira foi morto dentro do apartamento onde morava com a mulher. Segundo a polícia, o homem chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas morreu na unidade de saúde.

Ao ir na Central de Polícia Civil prestar queixa da morte de Edmilson, a mulher relatou que, durante a noite da quarta-feira, outro homem que teria tido uma discussão dias antes com a vítima entrou na residência do casal e matou Edmilson.

A mulher contou ainda que, quando o companheiro bebia, ela era agredida por ele, mas que nunca teria sido ameaçada de morte pelo homem. Segundo ela, já havia um Boletim de Ocorrência registrado contra Edmilson por agressão física, em Brasília, onde o casal morava antes de mudar para Campina Grande.

Fabiana foi encontrada no local do crime pelos vizinhos. Segundo relato de testemunhas à polícia, a mulher estava sobre o corpo do homem e a todo momento pedia perdão. Os moradores ouviram o homem pedindo socorro e nenhuma outra pessoa foi vista entrando na casa.

O corpo do homem foi encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande. Na Central de Polícia Civil de Campina Grande, Fabiana confessou ter cometido o crime. Ela permanece detida aguardando audiência de custódia.

G1

 

Mulher é morta com golpe de faca e companheiro é principal suspeito, em João Pessoa

Uma mulher foi morta com golpe de faca na madrugada desta sexta-feira Santa, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, o principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, que já teria agredido a mulher outras vezes, conforme testemunhas contaram à polícia.

Ainda conforme informações da PM, a Ana Priscilla do Rego Viana, de 31 anos, foi morta próximo a um terreno baldio e o corpo dela foi encontrado dentro de uma construção abandonada.

A polícia informou que a vítima já denunciou o companheiro pelo menos duas vezes na Delegacia da Mulher. A família dela também já havia denunciado o suspeito. No entanto, por ele não ter residência fixa, a localização dele foi dificultada. O casal tem um filho de um ano.

A Polícia Militar e a Polícia Civil estiveram no local. O caso vai ser investigado. O suspeito do crime, identificado como Cleonildo Poncio Leon de Oliveira, de 39 anos, não foi preso.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Jovem de 18 anos é assassinada com oito facadas e principal suspeito é seu companheiro

Uma jovem foi assassinada a facadas na madrugada desta segunda-feira (12) na comunidade Frei Damião, no bairro Valentina Figueiredo, em João Pessoa. O principal suspeito de assassinar a jovem de 18 anos é o próprio companheiro da vítima.

A faca usada no crime foi encontrada na parte de fora da residência pela manhã. A polícia encontrou a arma e a levou para auxiliar nas investigações do crime.

Ricaely Sousa Cabral teria sido morta com oito facadas, de acordo com informações da polícia. O acusado, conhecido como Neguinho, está foragido. A residência onde o casal morava há pouco tempo, foi encontrada cheia de marcas de sangue.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mulher morre após ser esfaqueada pelo companheiro na Paraíba, diz polícia

Uma mulher de 36 anos foi morta a facadas, na noite deste domingo (4), dentro da sua residência em São José de Piranhas, no Sertão paraibano. Segundo a Polícia Militar o principal suspeito é o companheiro da mulher.

A vítima identificada como Maria de Fátima Cavalcanti foi encontrada pelos vizinhos abraçada com seu filho, um bebê. Ela foi socorrido para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Até as 8h (horário local) desta segunda-feira (5), ninguém foi preso.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Crime passional: homem é assassinado por companheiro em Mangabeira

homicidio-mangabeiraUm homicídio foi registrado em Mangabeira IV, por volta das 19h50 do último domingo (26), na Rua Rita Xavier de Oliveira.

Um homem identificado como Abraão matou a facadas e pedradas o companheiro Janeilson de Oliveira.

Após cometer o assassinato, Abraão acabou se ferindo e foi encaminhado para o Hospital de Trauma onde está sob custódia da Polícia.

Yves Feitosa/Vinícius Henriques

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mulher é encontrada morta em cama na PB e companheiro é suspeito

sireneUma mulher de 44 anos foi encontrada morta na própria cama no início da manhã desta terça-feira (27) no bairro Alto do Dnocs, em Sousa, no Sertão paraibano. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito do crime é o companheiro da vítima, que sumiu logo após o corpo ser achado.

Ainda conforme a PM, quem acionou a polícia foi uma sobrinha do casal que estava na casa. Ela informou que os três foram dormir na noite da segunda-feira (26) e, por volta das 4h50, ela acordou e viu a tia com vários cortes e já morta sobre a cama.

Segundo a Polícia Militar, a adolescente disse que não viu quando o suspeito fugiu da casa. A PM fez buscas, mas ele não foi localizado até as 7h15 (horário local). A suposta motivação do crime seria que a relação do casal estava conturbada e o homem não aceitava o fim do casamento.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Homem agride ex, mas atual companheiro defende esposa e confessa que já foi traído por ela; vídeo

Um homem agrediu ex-companheira na Ilha do Bispo na noite desta segunda-feira (21). O atual companheiro dela tomou as dores e partiu pra cima do ex. De acordo com ele, o ex-companheiro da sua esposa tentou agredi-lo com um facão.

No meio da conversa com o repórter Victor Freitas, para a TV Arapuan, os envolvidos deixaram escapar que houve uma traição, mas o casal se ama e se beijou na Central de Polícia.


Yves Feitosa/Victor Freitas

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br