Arquivo da tag: comida

Projeto de ruralista prevê pagamento de trabalhador rural com comida ou casa

Após a votação da reforma trabalhista na Câmara, a bancada ruralista se movimenta para alterar as leis que tratam da proteção dos direitos do trabalhador rural. A intenção é restringir o poder da Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho e alterar normas para permitir, por exemplo, que o empregador deixe de pagar salário ao empregado do campo. Nesse caso, a remuneração poderá ser feita por “qualquer espécie”, como alimentação e moradia. As informações são do Valor Econômico.

Para não aumentar ainda mais a resistência à sua proposta, o relator da reforma trabalhista, Rogério Marinho (PSDB-RN), deixou de fora 192 mudanças legislativas reivindicadas pela bancada ruralista. Esses itens, agora, serão rediscutidos em um projeto do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), coordenador da frente parlamentar.

Segundo o Valor, o texto aumenta para até 12 horas a jornada diária por “motivos de força maior” e permite a substituição do repouso semanal dos funcionários por um período contínuo, com até 18 dias de trabalho seguidos. Autoriza, ainda, a venda integral das férias dos empregados.

“Existe preconceito muito grande da Justiça do Trabalho com o trabalhador rural”, diz Nilson Leitão. Para ele, as leis trabalhistas e os regulamentos expedidos pelo Ministério do Trabalho são elaborados com base nos conhecimentos adquiridos no meio urbano, desprezando “usos, costumes e a cultura do campo”.

Deputados e entidades ligados à agricultura familiar, como a Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados (Contar) Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais (Contag), classificam a proposta como ataque ainda maior aos direitos trabalhistas.

“As normas existentes são esparsas e em grande medida, subjetivas, dependentes das interpretações dadas pelos auditores fiscais do Trabalho e da própria Justiça do Trabalho em determinados casos, o que põe o produtor rural em situação de insegurança jurídica, tornando os altos gastos efetuados para o atendimento destas normas, um investimento de risco”, alega o tucano na justificativa do projeto de lei.

Indígenas

Nilson Leitão é conhecido como um dos principais porta-vozes dos ruralistas no Congresso. No ano passado, foi um dos autores do pedido de criação da CPI da Funai, comissão que relatou. Também foi o presidente da comissão especial que aprovou a proposta de emenda à Constituição (PEC 215) que transfere, do Executivo para o Legislativo, a palavra final sobre o reconhecimento das terras indígenas.

Conforme reportagem da Pública, Nilson angariou R$ 1,43 milhão do setor agropecuário dos R$ 2,46 milhões investidos na campanha.

O deputado é investigado no STF por suspeita de envolvimento com outra quadrilha, acusada de invadir reiteradamente a terra indígena Marãiwatsédé, em Mato Grosso. Em setembro, 13 pessoas do grupo foram denunciadas pelo Ministério Público Federal do estado pelos crimes de invasão de terras públicas, resistência, associação criminosa, incêndio, roubo, corrupção ativa, incitação ao crime e crime de dano. “É terceiro falando pro quarto sobre um quinto”, diz Nilson Leitão, sobre as escutas telefônicas nas quais integrantes do grupo afirmam haver um pedido do deputado por 30 lotes da invasão. “Eu nunca fui lá, nunca pisei lá. Aliás, fui numa comissão externa da Câmara, com outros deputados, ficamos duas horas em cima de um caminhão e voltamos.”

Congresso em Foco

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Insatisfeitos com comida servida, detentos fazem rebelião no presídio de Sapé

presidioDetentos da Penitenciária Regional da cidade de Sapé, na Zona da Mata da Paraíba, a 42 km de João Pessoa, fizeram uma rebelião noite desta terça-feira (14).

Segundo o sargento Freire, da Polícia Militar do município, o fato foi motivado pela insatisfação dos presos com a qualidade da comida servida na unidade prisional.

A assessoria da Polícia Militar da Paraíba informou, através de nota, que a situação foi controlada sem nenhum detento morto ou ferido. Segundo o comandante do 7º Batalhão da PM, tenente-coronel Campos, a corporação prestou o apoio necessário com o efetivo ordinário e a tropa de Choque do lado de fora, prontos para uma intervenção, caso fosse necessário.

O GPOE (Grupo Penitenciário de Operação Especial) controlou o princípio de tumulto dentro do presídio. Foram socorridos dois presos por problemas de saúde específicos (um por epilepsia e outro que estava com pressão arterial alta).

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

OMS estima 2 milhões de mortes por comida e água contaminadas

saude-01No Dia Mundial da Saúde lembrado hoje (7), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou para a importância da segurança alimentar. A estimativa do órgão é que, todos os anos, 2 milhões de pessoas morrem após ingerir comida e água contaminadas.

Os dados mostram que, em 2010, ocorreram pelo menos 582 milhões de casos de 22 tipos de doenças de origem alimentar, além de 351 mil óbitos associados a esse tipo de problema. Os agentes responsáveis pela maioria das mortes são a bactéria salmonella (52 mil mortes), a bactéria E.coli (37 mil mortes) – a Escherichia Coli, que habita normalmente o intestino humano e o de alguns animais – e o norovírus (35 mil mortes).

Os números indicam que a África é a região onde foi identificado o maior número de casos de doenças de origem alimentar, seguida do Sudeste da Ásia. Mais de 40% das pessoas atingidas por essas enfermidades, em 2010, eram crianças menores de 5 anos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Dia Mundial da Saúde: médicos em todo o país protestam

Em nota, a diretora-geral da OMS, Margareth Chan, destacou que a produção de alimentos sofreu um forte processo de industrialização, com distribuição globalizada, e que tais mudanças abrem caminho para a contaminação por bactérias, vírus, parasitas e produtos químicos.

“Um problema local de segurança alimentar pode rapidamente se tornar uma emergência de ordem internacional. A investigação de um surto de doença de origem alimentar é muito mais complicada quando uma única embalagem de alimento contém ingredientes de diversos países”, disse Margareth Chan.

Ainda de acordo com a OMS, alimentos contaminados podem provocar mais de 200 tipos de doenças, desde diarreia até o câncer. Alguns exemplos de alimentos considerados não seguros incluem os mal cozidos de origem animal, frutas e vegetais contaminados por fezes e mariscos contendo biotoxinas.

O órgão cobrou que os esforços para prevenir surtos de doenças de origem alimentar sejam reforçados por meio de plataformas internacionais como a oferecida pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação que garante comunicação efetiva e rápida em meio a emergências alimentares.

“O público tem papéis importantes na promoção da segurança alimentar, desde praticar a higiene correta dos alimentos e aprender a tratar alimentos específicos que podem ser perigosos [como frango cru] até ler os rótulos das embalagens ao comprar e preparar os alimentos”, destacou a OMS.

Agência Brasil

Afinal, o que acontece quando uma mosca pousa na comida?

Sabe aquela maldita mosca que invade a sua casa pelo menor buraco e simplesmente não consegue enxergar a janela ENORME e ser feliz em outro lugar? Pois bem, pesquisadores alertam que elas têm duas vezes mais capacidade de espalhar germes do que as baratas.

Tudo porquê elas gostam de comer as coisas mais desagradáveis possíveis, como fezes, lixo e animais em decomposição. E como elas se alimentam com tanta porcaria? Já que não podem mastigar, elas cospem algumas enzimas que ajudam a dissolver a comida para depois comê-la.

Ew_SOSSolteiros

Mesmo sendo uma coisa bem nojenta, não deve ser essa a nossa maior preocupação. O que pode espalhar doenças são as bactérias e vírus que ficam presos no corpinho delas. Basta pousarem por alguns segundos em sua comida para deixar um presente de doenças contagiosas pra você, como cólera, desinteria e tifóide.

Mas tenha calma!

Se uma ou duas moscas pousarem na sua comida, não se desespere. A quantidade de bactérias e vírus não vai ser tão nociva. Afinal, estamos diariamente (e constantemente) expostos a outras coisas igualmente nojentas, como o seu aparelho celular, teclado, assento da privada, e por aí vai.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O problema mesmo é se muitas moscas pousarem no seu rango, pois aí sim é praticamente certo que terá algum tipo de infecção. De qualquer maneira é indicado evitar o alimento depois que avistar uma mosquinha.

Ew_2_SOSSolteiros

Fonte e imagem de capa: Discovery

 

 

Advogado diz que idosa presa por não pagar pensão de netos não tem comida

A proposta de acordo de R$ 2 mil pelo pagamento da dívida de pensão que resultou na prisão de Benedita Conceição dos Santos, de 63 anos, foi recusada pela mãe das crianças. Benedita está presa desde quarta-feira (11) e, ao todo, deve R$ 4.417,36. Até por volta das 14h desta sexta-feira (20), ela permanecia custodiada na delegacia de Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa, sul da Bahia.

Ao G1, Elizângela dos Santos, mãe das crianças, uma de sete anos e outra de três, disse que está desempregada, mora sozinha com os filhos e há mais de dois anos não recebe a pensão. O ex-companheiro dela e filho de Benedita, Jailson dos Santos, mora no Rio de Janeiro, mas voltou para Bahia para juntar o dinheiro e tentar resolver a situação.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“No dia da primeira audiência, foi ela [Benedita] quem estava lá. Pedi o endereço do filho dela, mas ela negou e disse que se quisesse que o procurasse no Rio de Janeiro. Foi ela que pagou a passagem dele para o Rio de Janeiro. Nesse dia, ela assinou um documento se responsabilizando em pagar, mas depois de um tempo ela parou”, disse. “Eu moro só com os filhos, não trabalho, tive que pedir ajuda para minha mãe, cheguei a trabalhar em uma plantação de batata. Preciso [do dinheiro] para os meus filhos”, acrescentou.

Elizângela conta que não quer que Benedita continue presa, mas exige que o dinheiro seja pago. “Ela também tem responsabilidade porque assinou um documento se responsabilizando. Se está no nome dela, ela que tem que resolver. Mas eu não quero que ela fique preso. Quero que pague e continue pagando a pensão”, disse.

Jailson dos Santos contou ao G1, na manhã desta sexta, que não efetuou os pagamentos porque estava desempregado. Ele afirma que conseguiu emprego em novembro de 2014 e espera poder ajudar a mãe a sair da prisão

Bahia (Foto: Reprodução / TV Santa Cruz)Benedita está presa desde quarta-feira (11)
(Foto: Reprodução / TV Santa Cruz)

O advogado explica como a idosa assumiu a responsabilidade pelo sustento dos netos. “Foi feito um acordo com a advogada [da mãe das crianças] em que a comunidade juntou R$ 2 mil e substitui o filho pela mãe no processo. Agora enviamos o documento para a juíza e esperamos que ela homologue para que a prisão seja revogada”, explicou.

“Entraram com uma ação na Justiça contra o filho, que se responsabilizou em pagar. Estava pagando, pagou o seguro desemprego. Mas ele ficou desempregado e não tem dinheiro para nada. Pobre coitada, não tem nem dinheiro para comer. Me procura como advogado, mas também não estou cobrando nada, fazendo uma assistência social”, disse Mozart.

G1 entrou em contato com o Fórum de Nova Viçosa e recebeu a informação de que o juiz que assinou a decisão está em férias. Benedita dos Santos está desempregada e mora com o companheiro Valdemar e uma outra neta.

Especialista
Segundo a advogada Fernanda Barreto, especialista em Direito Civil, os avós podem ser responsabilizados pela dívida, mas somente quando os pais não têm condições de arcar com a dívida. A advogada acrescenta que, caso seja vontade do filho da idosa, não é possível que ele fique preso no lugar dela, mas somente “remanejado” no processo e passar a responder a ação no lugar da mãe

Bahia (Foto: Reprodução / TV Santa Cruz)Amigos e familiares tentam juntar dinheiro para libertar idosa (Foto: Reprodução / TV Santa Cruz)
Bahia (Foto: Reprodução / TV Santa Cruz)Ela está presa há nove dias em delegacia de Posto da Mata (Foto: Reprodução / TV Santa Cruz)
g1

Ambulância da PMJP é flagrada transportando comida para festa de aniversário

Reprodução/ Youtube Mulher entrando com bolo na ambulância
Reprodução/ Youtube
Mulher entrando com bolo na ambulância

Um internauta flagrou o momento em que uma ambulância da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) transporta um bolo confeitado e outros alimentos dentro da unidade, que seriam para uma festa de aniversário. As imagens foram gravadas nessa segunda-feira (2), na Capital paraibana. Secretaria de Saúde da Capital abre sindicância para apurar desvio de finalidade. ( Veja vídeo abaixo)

O vídeo postado nas redes sociais mostra quando o veículo, com o giroflex ligado, chega em uma residência e o motorista aparece abrindo a porta traseira da ambulância e deixa uma vasilha.

“Olhei pela janela e comprovei o fato. Fiquei parado olhando, pensei que era um salvamento. Desceu um motorista e uma socorrista. Fiquei observando enquanto tomava água. Quando notei alguém saindo da residência com salgados e refrigerantes e colocando na traseira do carro”, escreveu o internauta em sua página na rede social.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em sua postagem, o homem ainda falou: “tive um susto com a sirene de uma ambulância. Olhei pela janela e comprovei o fato. Fiquei parado olhando, pensei que era um salvamento. Uma ambulância da PMJP sendo usada para transportar material para realização de um aniversário”, lamentou.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Município, a ambulância flagrada no vídeo faz é utilizada para transportar material sanitário da rede hospitalar municipal. Uma nota será enviada à imprensa ainda nesta terça esclarecendo quais os procedimentos serão adotados pelo governo municipal.

Confira nota:

 

A Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa (SMS) informa que está sendo aberta sindicância para identificar os profissionais flagrados utilizando um veículo do Transporte Sanitário de forma indevida. O processo administrativo vai apurar em toda a sua extensão o desvio de finalidade e definir sobre eventuais punições dos acusados. Os responsáveis poderão ser enquadrados em penas que podem variar de advertência, suspensão a exoneração.

 Veja vídeo:

 

 

Por Hyldo Pereira

Comida de bar e restaurante fica mais cara e pressiona inflação pelo IPC-S

restauranteNa primeira semana de outubro, o preço dos alimentos de bares e restaurantes subiu e pressionou a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S). O indicador acelerou para 0,51% – taxa 0,02 ponto percentual acima da registrada na última divulgação.

Das oito classes de despesa usadas no cálculo do índice, cinco mostraram variações maiores de uma semana para a outra. No caso dos alimentos, o avanço foi de 0,55% a 0,61%.

Também apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos vestuário (de 0,02% para 0,23%); comunicação (de 0,67% para 0,92%); despesas diversas (de 0,11% para 0,16%); e saúde e cuidados pessoais (de 0,50% para 0,52%).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na contramão, estão os comportamentos dos grupos educação, leitura e recreação (de 0,64% para 0,45%) e transportes (de 0,51% para 0,49%).

O grupo de gastos com habitação repetiu a taxa de variação registrada na última apuração, 0,48%.

Veja variações de preços de alguns itens:
Bares e restaurantes, de 0,70% para 0,85%
Passagem aérea (de 9,81% para 3,91%)
Seguro facultativo para veículo (de 2,29% para 0,60%)
Calçados (de -0,34% para 0,07%)
Tarifa de telefone residencial (de -0,78% para -0,09%)
Serviço religioso e funerário (de 0,02% para 0,21%)
Médico (de 1,93% para 2,07%)
Eletrodomésticos e equipamentos (de 0,12% para 0,27%)
Tarifa de eletricidade residencial (2,01% para 1,61%).

G1

Comida caseira x industrializada: veja o que é melhor para os cães

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Cada vez mais preocupados em manter a saúde e a vitalidade de seus bichinhos de estimação, os donos de pets brasileiros enfrentam um grande dilema em relação à alimentação de seus amiguinhos: qual é a melhor dieta?

 

Enquanto as rações industrializadas prometem dar mais energia, força e disposição para os animais – oferecendo tipos especiais de produto para raças, portes e idades determinadas – as comidas caseiras são tidas por muitos como um perigo para os animais, trazendo consigo a crença popular de que podem aumentar tanto as chances de obesidade como a do surgimento de problemas diversos para a saúde dos cães.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No entanto, nenhuma destas informações é completamente verdadeira, já que, uma dieta elaborada de maneira errada – seja ela composta por produtos naturais ou industrializados – é o que, de fato, pode trazer problemas para os cães; e não, necessariamente, a origem dos seus ingredientes.

 

Com isso em mente, não é difícil deduzir que, tendo as informações certas dos nutrientes e vitaminas que compõem uma dieta balanceada, quase todo tipo de alimento pode ser usado para alimentar os cães – promovendo uma série de benefícios e vantagens para a saúde dos animais.

 

As rações industrializadas têm a praticidade como principal aliada, dispensando um planejamento mais cuidadoso por parte dos donos de pets – que podem, simplesmente, adquirir o produto indicado para a idade e porte do seu cão, sem grandes preocupações.

 

Podendo escolher entre tipos de ração comum, standard, premium e super premium; os proprietários que optam pela alimentação industrializada precisam escolher, apenas, o quanto desejam gastar para alimentar seus pets – já que, esse tipo de produto já é desenvolvido tendo as necessidades nutricionais dos cães como base.

 

No entanto, isso não quer dizer que não seja possível compor uma dieta balanceada para o seu pet com comidas caseiras. Obviamente, as comidas gordurosas e doces de humanos que são dados aos cachorros em ocasiões diversas podem, de fato, ser extremamente prejudiciais aos animais – causando desconforto e sintomas como vômitos e diarreia por um determinado período.

 

No entanto, quando estes elementos prejudiciais ficam de fora, dando espaço para comidas preparadas da maneira correta – incluindo carnes magras cozidas, produtos naturais e frescos – as vantagens para o animal podem ser muitas; deixando, inclusive, seus pelos mais sedosos e brilhosos.

 

É importante lembrar que, optando por qualquer uma destas dietas, consultar um profissional é fundamental, pois ele pode indicar da maneira mais adequada quais são as quantidades, número de refeições e ingredientes ideais para a alimentação do seu pet.

 

Além disso, caso o seu desejo seja o de trocar um tipo de dieta pelo outro, o veterinário também pode indicar como fazer isso da maneira correta – evitando mudanças bruscas que podem acarretar alguns problemas e sintomas incômodos nos animais.

 

Matéria validada pela Dra. Raquel Madi, Médica Veterinária (CRMV – SP 20.567), formada pela Universidade Estadual de Londrina – PR, responsável pelas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h. 

 

 

Terra

Anvisa libera farmácias para atuar como lojas de conveniência, vendendo comida e bebida

farmaciaA Anvisa autoriza as farmácias a atuarem como lojas de conveniência por meio da comercialização de alimentos e bebidas sem álcool. A resolução da Diretoria Colegiada da Agência n° 17 publicada no Diário Oficial da União ontem, dia 1, permite que os locais disponibilizem produtos como bolachas, refrigerantes e sucos. Em 2009, a agência reguladora proibiu a venda de itens que não estivessem diretamente relacionados à saúde, o que foi contornado pelos representantes do setor em 2010 com uma liberação concedida junto à justiça.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além dos alimentícios, agora as farmácias podem comercializar plantas medicinais, cosméticos, perfumes, produtos de higiene e uma gama maior de medicamentos, como os preparados no próprio estabelecimento. A medida interessa a algumas empresas internacionais que têm investido no país, como a americana CVS Caremark Corp, que recentemente comprou a brasileira Onofre.

Mundo do Marketing

Trabalhador que pegou comida do lixo é solto após passar oito dias na prisão

Foi solto na tarde da terça-feira (4) Cláudio Charles Gonçalves, funcionário da empresa Ultraserve, que presta serviços à Petrobras. O trabalhador foi preso no dia 28 de agosto acusado pela empresa de tentar levar para casa uma pequena quantidade de frango, sobra do almoço, que ia ser jogada no lixo.

Mesmo pagando fiança no valor de um salário mínimo, R$ 622,00, Cláudio Gonçalves, 33, foi preso sem ser julgado. Passou oito dias na prisão. Ele dividiu uma cela com mais doze homens, entre eles acusados de tráfico e estupro. Foi detido em casa perto de sua família e amigos. Algemado, foi levado por uma viatura da polícia e passou alguns dias no Presídio de Segurança Máxima Bangu II, para depois ser transferido para o município de Japeri (RJ).

Além dele, outros dois colegas de trabalho, Diogo Cardoso, 27, e Marcos Paulo, 24, também foram processados e levados de camburão de dentro do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), na Ilha do Governador, no dia 19 de julho.

Mesmo decretada a prisão preventiva dos trabalhadores, acusados também de terem “furtado” o resto de frango, eles só não foram presos porque não estavam em casa no dia em que a polícia chegou, a mando da Ultraserve, com a ordem de prisão preventiva.

A Ultraserve é uma empresa contratada pela Petrobrás responsável por servir as refeições no restaurante do Cenpes.

brasildefato