Arquivo da tag: Comerciantes

Comerciantes são presos com carga de arroz roubada na PB, diz polícia

(Foto: Cristiano Santana/Polícia Civil)
(Foto: Cristiano Santana/Polícia Civil)

Três comerciantes de Campina Grande, no Agreste paraibano, foram autuados em flagrante pelo crime de receptação de uma carga de alimentos roubados. Dois deles foram flagrados vendendo os produtos e um terceiro suspeito foi apontado por eles. A carga de arroz foi roubada na BR-230, no mês de dezembro do ano passado e estava sendo vendida na feira central da cidade.

De acordo com o delegado de roubos e furtos da Polícia Civil, em Campina Grande, Cristiano Santana, a carga foi roubada quando era transportada de Recife para Campina Grande no dia 6 de dezembro, depois de ser comprada por comerciantes.

“Ao passar pelo município de Riachão do Bacamarte, no Agreste do Estado, a carreta que fazia o transporte foi interceptada e encontrada a carga roubada. Era cerca de 1 tonelada de arroz”, disse ele.

Segundo o delegado, a Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima de que parte dessa carga estava sendo vendida na feira central de Campina Grande. Durante uma ação realizada por policiais civis nesta terça-feira (17), a informação foi confirmada.

“Dois comerciantes foram flagrados vendendo os produtos na feira central. Eles disseram que teriam comprado os sacos de arroz de uma terceira pessoa que também foi identificada e autuada, porém também nega saber que a carga é roubada. Eles foram autuados pelo crime de receptação”, explicou Cristiano Santana. A investigação específica do roubo da carga está sendo feita pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas da Polícia Civil, em João Pessoa.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Seca reduz milho na PB; comerciantes compram em PE e preços ficam mais caros

milhoNa Feira Central de Campina Grande, a pouca oferta do milho reflete a situação de escassez de água enfrentada pelo interior do estado. Sem chuvas, os produtores não plantaram e isso comprometeu a disponibilidade do produto.

Vendedores estão comprando o produto em Pernambuco para que ele não falte na Paraíba e por conta disso, os preços ficam mais altos.

A mão de milho, com 50 espigas, está custando R$ 30, cerca de 40% a mais que o valor de comercialização de 2014.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

 

portalcorreio

Em Sapé: deputado e vereador batem boca em encontro de comerciantes

trocolliO deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) e o vereador Wilson Nascimento, do PSB de Sapé, protagonizaram um bate boca na manhã desta segunda-feira (13), durante uma sessão com os comerciantes, que tinha o objetivo de debater a Segurança Pública na cidade.

Segundo o vereador Nascimento, Trócolli compareceu ao evento sem ter sido convidado e, ainda assim, exigia ter voz no debate.

Ao ouvir o discurso, o deputado Trócolli, que estava na platéia, levantou, com o dedo em riste, e falou em voz alta que havia sido convidado para o evento e que os mais de hum mil votos que tivera na cidade o credenciavam para defender os interesses da população.

Ainda na plateia, Trocolli ironizou a determinação do vereador de não deixá-lo falar.

Após o entrevero a reunião, que contou com as presenças de capitães da Polícia Militar e também do Secretário de Segurança Cláudio Lima, seguiu e ao final o deputado teve a oportunidade de explanar seus pontos de vista sobre o tema.

A reportagem do PB Agora tentou entrar em contato com o deputado Trocolli para ouvir a versão dele sobre o episódio, mas o telefone encontrava-se fora de área.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

VÍDEO

PB Agora

Bandidos roubam R$ 30 mil de comerciantes da Paraíba que iriam fazer compras em PE

trevo cuiteOito homens fortemente armados assaltaram cerca de R$ 30 mil de um grupo de comerciantes que trafegava pela BR-104, próximo ao trevo do município de Cuité, na região do Curimataú, a 235 quilômetros de João Pessoa, na madrugada desta segunda-feira (26).

Dez  comerciantes iam para o município de Caruaru, em Pernambuco, para fazer compras em um veículo Sprinter quando foram interceptados pela quadrilha. De acordo com informações do tenente F. Dantas, da Polícia Militar, foram levados além do dinheiro das vítimas, outros pertences como os telefones celulares.

“As informações que nos foram repassadas são de que eram oito homens, quatro encapuzados e outros quatro sem capuz e após o assalto eles abandonaram um veículo Gol com placas do Rio Grande do Norte, e fugiram levando a Sprinter que transportava os comerciantes”, contou o tenente.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O tenente relatou que como as vítimas ficaram sem telefone, tiveram que caminhar por cerca de 2 horas pela estrada à procura de ajuda e só teriam conseguido telefonar para a polícia quando encontraram um sítio.

O veículo Sprinter levado pelo bando foi localizado por volta das 10h desta segunda-feira (26) abandonado numa estrada do município de Baraúna, que fica próximo a Cuité.

A Polícia ainda não sabe se os assaltantes são da Paraíba ou se teriam vindo do Rio Grande do Norte para assaltar aqui, uma vez que municípios da área fazem fronteira com o estado vizinho.

O carro deixado no local do assalto pelos bandidos, segundo a polícia, teria sido roubado recentemente no município de Nova Floresta, que faz fronteira com o município de Jaçanã, no Rio Grande do Norte.

 

portal correio

Chuva causa alagamentos e prejuízos a moradores e comerciantes do Brejo da Paraíba

Centro de Guarabira
Centro de Guarabira

Uma chuva de pouco mais de uma hora invadiu casas, comércios e alagou ruas em alguns bairros da cidade de Guarabira, a 97 km de João Pessoa, na tarde desse domingo (9). Alguns moradores ficaram ilhados e tiveram trabalho para escoar a água de dentro das casas. As ruas atingidas ficaram bloqueadas por um período.

De acordo com o tenente Diego Santos, do Corpo de Bombeiros, as ruas do Centro ficaram tomadas pelas águas. Um exemplo é a avenida Dom Pedro II, que ficou completamente alagada impossibilitando a passagem de carros e pedestres. O comércio local foi afetado pela invasão das águas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Recebemos ligações de cinco bairros. Em todos os casos ocorreram problemas em decorrência das chuvas. No Centro da cidade, a força das águas destruiu um porta de vidro de um órgão estadual. A Polícia Militar foi acionada e fez a segurança do local para evitar saques”, disse o tenente.

Devido à intensidade das chuvas, o canal Juá transbordou invadindo ruas e rompendo uma passagem de uma estrada vicinal. Apesar dos transtornos, os bombeiros informaram que não houve registro de mortes ou feridos.

Segundo relatos de moradores, por causa do transbordamento do canal Juá e bueiros completamente sujos, com terra e outros detritos, a água não escoou e também causou problemas na avenida Pedro Alverga Gome, onde famílias tiveram casas invadidas perdendo alguns móveis.

“Cerca de quatro casas a Pedro Alverga foram inundadas pelas águas. A prefeitura já fez o levantamento e caso seja necessário, vamos dar assistência às familiares, como reforma dos imóveis e ajuda no vestuário e alimentícios”, confirmou o coordenador informando que o prefeito Zenóbio Toscano está em Brasília para angariar recursos para a elaboração de um projeto de drenagem para Guarabira.

Uma das casas inundadasFoto: uma das casas inundadas
Créditos: Reprodução/ Portal Midia.Net

Moradores escoando às águas Foto: moradores escoando às águas
Créditos: Reprodução/ Portal Midia.Net

Máquina desobstruindo passagem Foto: máquina desobstruindo passagem
Créditos: Reprodução/ Portal Independente

Canal Juá transbordou Foto: canal Juá transbordou
Créditos: Reprodução/ Portal Independente

 

 

 

portal correio

Comerciantes da região não abrirão na próxima segunda

FechadoO Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Guarabira e Região – SINTRACSGR está emitindo um comunicado a todos os clientes e filiados alertando para o fechamento do comércio na próxima segunda-feira (21), de forma a evitar que as pessoas deem viagens perdidas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segue o texto do comunicado:

Vimos através do presente, comunicar que no dia 21 de outubro de 2013, segunda-feira, o comércio de Guarabira e região permanecerá fechado em comemoração ao Dia do Comerciário, conforme determina a Convenção Coletiva de Trabalho PB000441/2013-DRT, em sua cláusula quinquagésima primeira

Desta forma, achamos por bem que a divulgação evitando que pessoas das localidades circunvizinhas  se desloquem à procura do comércio local.

 

portalindependente

“Operação Sulanca” prende quadrilha por assaltar comerciantes da PB e PE em Caruaru

Uma quadrilha suspeita de assaltar comerciantes da Paraíba e Pernambuco foi presa na manhã desta quarta-feira (12) no município de Caruaru, Agreste de Pernambuco (a 120 quilômetros do Recife), durante a “Operação Sulanca”. A prisão aconteceu após um trabalho conjunto entre as policias Rodoviária e Civil dos dois Estados.

A Justiça paraibana expediu quatro mandados de prisão e cinco de busca e apreensão para a cidade de Caruaru. Três homens e uma mulher foram detidos. Eles são suspeitos de outros assaltos e homicídios. Participaram da operação cerca de 60 policiais.

De acordo com a Polícia Civil os criminosos agiam quando os comerciantes iriam realizar compras na cidade de Caruaru. Eles assaltavam os passageiros de ônibus e vans que trafegavam na fronteira de Pernambuco.

Os bandidos atiravam no veículo que estavam com os comerciantes obrigando o motorista a parar. Eles levavam dinheiro, celulares, bolsas e carteiras dos passageiros.

Durante a coletiva que está sendo realizada no auditório da Polícia Civil de Caruaru os suspeitos serão encaminhados para Paraíba e responderão por crimes como porte ilegal de arma e formação de quadrilha.

Priscila Andrade

Moradores e comerciantes de Araçagi estão aterrorizados com onda de assaltos na cidade

Desde a última terça-feira (16) a cidade de Araçagi está vivendo completamente aterrorizada por uma onda de assaltos que vem acontecendo quase que diariamente no município, roubo de celulares, supermercados e até arrombamento de casa. Esses são apenas alguns dos últimos casos ocorridos que estão deixando os comerciantes e a sociedade como toda num estado de insegurança total, principalmente porque nenhum desses crimes foram solucionados até agora.

Na maioria dos casos os assaltantes chegam em uma moto e ameaçam as vítimas supostamente com um revólver, o alvo preferido dos criminosos são os celulares. Muitas pessoas são assaltadas na porta de suas próprias casas, ou nas ruas da cidade, a qualquer hora dia.
Na tarde desta sexta-feira (19), segundo informações, o Supermercado do Leto que fica localizado no Centro da cidade foi assaltado por dois indivíduos armados, eles renderam os funcionários do estabelecimento e logo em seguida fugiram levando uma quantia até agora não informada. Logo no início da noite do mesmo dia, uma casa foi arrombada por bandidos, informações dão conta de que os criminosos levaram alguns aparelhos eletrônicos da residência.
A bandidagem em Araçagi vem agindo tranquilamente e a população busca uma resposta por parte da polícia, mas esta por sua vez também enfrenta problemas, pois a falta de estrutura e o limitado efetivo policial dificultam a ação dos policiais. Tendo em vista a grande extensão territorial, o município de Araçagi precisa urgentemente de um aumento significativo no número de policiais.
É preciso uma ação emergencial para frear os elementos que estão tirando o sono de muitas famílias araçagienses, todos estão amedrontados com estes crimes. Insegurança, portas fechadas, ruas vazias à noite, infelizmente esse é o clima que se instalou na cidade de Araçagi nos últimos dias.
Da Redação do Portal Araçagi

Comerciantes são alvejados a balas entre Pirpirituba e Belém; Um morre


Dois homens foram alvejados à balas, na noite da quinta-feira (6), por volta das 22h, em determinado trecho da rodovia que liga os municípios de Pirpirituba e Belém, nas proximidades da cerâmica Ceril. As vitimas foram identificadas como Manoel dos Santos Lima, 30 anos e Pedro Paulino do Nascimento 35 anos, ambos residente na cidade de Pirpirituba.

Segundo informações colhidas no local com a PM, ”Manoel”, foi atingido com um tiro de raspão na cabeça, ele teria saído do local dos disparos a pé, até a entrada da cidade de Pirpirituba, onde encontrou populares que  chamaram socorro. Ele foi socorrido pela ambulância da Prefeitura Municipal, e levado para o hospital Regional de Guarabira. Devido à gravidade dos ferimentos ele foi transferido para o Hospital de Trauma em João Pessoa.

A guarnição da PM comandada pelo sargento Roberto, tomou conhecimento do fato e  iniciaram rondas pela rodovia à procura de suspeitos, quando foram surpreendidos com um veículo Siena de cor preta,  placas ANE 1092, Rio de Janeiro, parado na estrada e foram averiguar. No interior do veículo estava Pedro Paulino dos Santos, 35 anos, residente na  rua das missões 07, Caixa D’água, Pirpirituba, baleado na cabeça. Ele morreu a caminho do Hospital.

A polícia informou que possivelmente a arma usada para praticar o crime terias sido uma espingarda calibre 12. Até o fechamento da matéria ninguém foi preso.

Por Jaceline Marques e Michele Marques

Comerciantes e feirantes pedem recuperação do calçamento de ruas em Arara

Em conversa com os Comerciantes e feirantes de Arara, os mesmos nos pediram que fosse feito um apelo aos responsáveis pelo setor de obras da prefeitura em pro da recuperação do calçamento das ruas Maria Augustinho e Torinho Moreno.
Alias essas ruas fazem parte dos locais onde é instalada a feira livre aqui de Arara,visivelmente danificado o calçamento é cheio de baixar ou buraco como eles mesmo chamam,dificultando o acesso das pessoas aos comércios e até mesmo a locomoção pelo local durante a segunda-feira dia de feira livre na cidade.
Na Rua Maria Augustinho que é a menor há vários buracos e segundo alguns comerciantes o pedido para recuperação foi feito e prometido aos mesmos a mais de cinco anos e até agora nada foi feito. A rua torinho moreno que fica ao lado da Maria Augustinho a situação é ainda pior são vários locais onde o calçamento baixou e tanto para carros e motos quanto para os perdestes passarem pelo local.
Agora vamos aguardar que poder publico que tem o dever de cuidar não só dos cidadões mais também da nossa cidade possa tomar as providências e recupere os calçamentos destas ruas que só trará um beneficio ampla a população em geral e comercializar e moram nestas respectivas ruas.

Redação do Portal Arara PB