Arquivo da tag: comerciante

Polícia prende em Bananeiras mulher acusada de matar comerciante da cidade de Patos

Na manhã desta sexta-feira (12), na cidade de Bananeiras-PB, policiais civis e militares de Guarabira-PB (8DSPC e 4BPM) prenderam Marília de Carvalho Marinho (22 anos), residente em Guarabira, acusada de, na noite de 08/06/2019, ter matado o comerciante patoense Pedro Morais de Medeiros (38 anos), com quem matinha relação extraconjugal.

Na ocasião o celular da vítima foi apreendido com a acusada. No dia do crime, Pedro veio à cidade de Guarabira e foi morto a tiros, próximo ao memorial Frei Damião. Na ocasião, o carro, documentos e pertences da vítima desapareceram do local do fato. Hoje, após sua prisão, Marília revelou onde o veículo de Pedro foi escondido. O carro, um GM/Prisma, foi encontrado queimado e “depenado” na zona rural do município de Barra de Santa Rosa-PB (distante 97 Km de Guarabira). O automóvel foi periciado e a acusada interrogada na delegacia do Núcleo de Homicídios de Guarabira (8DSPC).

Marília confessa autoria do crime e alega ter matado PEDRO por estar sendo chantageada por ele. Além da relação amorosa, ambos eram sócios em negócios. Após audiência de custódia, a acusada será encaminhada ao Presídio Júlia Maranhão, na capital. O mandado de prisão foi expedido pela 1 vara da comarca de Guarabira, onde tramita, sob segredo de justiça, o inquérito policial que investiga o caso.

 

portal25horas

 

 

Guarabira: em plena luz do dia, bandidos assaltam comerciante e levam R$ 13 mil

A ousadia de assaltantes que atuam em Guarabira chamou a atenção de moradores e comerciantes. Na tarde do sábado (6), dois marginais assaltaram um comerciante na Rua Getúlio Vargas, no centro da cidade.

Dessa vez, os bandidos sequer se preocuparam em cobrir os rostos. O crime ocorreu em plena luz do dia, logo depois das 3 e meia da tarde, com lojas abertas, pessoas caminhado na calçada, carros e motos trafegando normalmente e mesmo assim a bandidagem fez mais uma vítima.

Imagens de monitoramentos de câmeras instalados em lojas da rua mostram a dupla passando em frente a um estabelecimento que comercializa produtos para açaí, e ficam em tocaia, à espera da vítima. Momentos depois o comerciante e uma moça levantam a porta do estabelecimento, a vítima com uma mochila nas costas, quando marginal se aproxima, saca uma arma e leva a mochila com aproximadamente R$ 13 mil, de acordo com o que a reportagem apurou com fontes ligadas ao comerciante.

Pelas imagens os marginais parecem saber que a vítima sairia naquele momento com dinheiro da loja.

De posse das imagens, o serviço de inteligência da PM e investigadores da Polícia Civil estão trabalhando para identificar e prender os assaltantes.

Assista

 

portal25horas

 

Comerciante baleado durante desfile cívico, na PB, morre em hospital

Morreu no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, nesta quarta-feira (26), o comerciante que foi baleado por um cliente durante um desfile cívico que acontecia, no dia 16 de setembro, no município de Bayeux, Região Metropolitana João Pessoa. O crime aconteceu após os dois discutirem por causa do preço de um produto.

O corpo do comerciante, de 44 anos, foi retirado do hospital no fim da tarde da quarta-feira. Um vídeo gravado por pessoas que assistiam o desfile cívico mostra o momento em que um comerciante foi baleado.

O crime aconteceu por volta das 11h. A vítima, de 44 anos, vendia brinquedos quando foi abordado por um homem que perguntou o valor do produto. A vítima então respondeu o preço e o cliente discordou do valor. Houve uma discussão verbal e o suspeito foi embora. Minutos depois, ele voltou ao local e atirou na vítima.

No vídeo, é possível ver os integrantes de uma banda marcial no começo da avenida, quando as pessoas que assistem o desfile começam a gritar. Em seguida, há um barulho de um tiro e as pessoas correm.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde deu entrada com uma perfuração na região do abdômen, por volta das 11h45 do mesmo dia, e levado para o bloco cirúrgico. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

G1

Comerciante é assassinado durante assalto na Empasa em Campina Grande

Reprodução
Imagem ilustrativa

Um comerciante foi assassinado a tiros durante um assalto na noite desta terça-feira (15) dentro da EMPASA, no Bairro Alto Branco, em Campina Grande. Uma viatura da polícia realizava rondas pelo local e, quando chegou à portaria, ouviu disparos de arma de fogo. Ao retornar para o local, encontraram a vítima já caída ao chão por volta das 23h25.

De acordo com informações do relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), o crime foi praticado por dois indivíduos que chegaram a pé ao local. Eles abordaram Joseniltom Balduino de Brito, de 47 anos, que demorou um pouco para entregar os pertences. O meliante atirou e atingiu a cabeça da vítima, que morreu ainda no local do crime.

Testemunhas informaram que a vítima já havia realizado suas compras e estava saindo do local com seu motorista.

Os suspeitos fugiram a pé para a parte de trás do local, pularam o muram e seguiram em direção a uma favela. Viaturas da polícia fizeram rondas no local, mas não conseguiram localizar os suspeitos.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Comerciante leva tiro na cabeça durante assalto nesta segunda em Santa Rita e sobrevive

disparo-de-arma-de-fogoO comerciante, Sinomar Alves da Silva, 36 anos foi baleado na cabeça durante uma tentativa de assalto ao mercadinho de sua propriedade na cidade de Santa Rita na manhã desta segunda-feira (26), mas sobreviveu para contar detalhes sobre o crime.

A vítima estava recebendo pães que comercializa no local, situado na rua Campos Sales, bairro Alto das Populares quando ouviu os disparos. O homem informou que se abaixou, mas acabou sendo atingido por um tiro na cabeça.

Primeiro o comerciante foi socorrido por terceiros e levado em um carro particular para a UPA de Tibiri e em seguida transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Ainda não há mais informações sobre o estado de saúde da vítima.

pbagora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Comerciante é morta a facadas dentro de loja em Santa Rita, na Paraíba

(Foto: Walter Paparazzo/G1)
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Uma comerciante de 60 anos foi morta a facadas na manhã desta quarta-feira (28) dentro do estabelecimento, no Centro de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, a morte teria acontecido durante uma tentativa de assalto onde o criminoso chegou a se passar por cliente antes do crime.

O caso aconteceu por volta das 8h30, em uma loja de roupas na Praça Antenor Navarro. De acordo com a tenente Suênia, da PM, testemunhas contaram que um homem entrou na loja, passou algum tempo e saiu com uma mercadoria. “Minutos depois, ele voltou ao local e fechou a porta e só saiu após o crime”, disse a policial.

A PM explica que as testemunhas acreditam que ele deve ter voltado para realizar um assalto e que a comerciante pode ter ficado nervosa e reagido. “Estamos recolhendo imagens de câmeras de segurança e também depoimentos para que o caso seja investigado pela Polícia Civil”, explicou a tenente.

Ainda segundo a polícia, a vítima chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tibiri II, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Até as 12h40 a polícia realizava rondas pela cidade, mas ninguém foi preso.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comerciante é alvejado durante assalto em Guarabira

comercianteO comerciante por nome de Edílson Zacarias da Silva residente na cidade de Cuité de Mamanguape foi assaltado no Bairro Novo na cidade de Guarabira.

A vitima veio a cidade para fazer compras para seu estabelecimento comercial, mas foi surpreendido por dois elementos em uma Moto Pop 100 Cor Preta.

Além de levarem o dinheiro do cidadão ainda efetuaram um disparo contra o mesmo que foi socorrido para o Hospital Regional em Guarabira para os devidos procedimentos médicos.

nordeste1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

‘Acabei com minha vida’ diz suspeito de matar comerciante na Paraíba

“Vou completar 65 anos agora. Acabei com minha vida.” A declaração é de Antônio Alves de Morais, suspeito de matar a comerciante Maria Arcanjo da Silva da cidade de Itapororoca, no litoral Norte da Paraíba, no final de abril. Ele confessou ter matado a comerciante por ciúmes e disse que o filho dele estava no carro na hora do crime, mas se arrepende do assassinato. Antônio diz ainda não ter ficado com dinheiro da comerciante.

As buscas pelo corpo da cormerciantes estão sendo realizadas desde a noite da quinta-feira (19), depois que o casal suspeito do crime foi preso na quarta-feira (18) no Ceará contou onde o corpo da vítima estaria.

Antônio deu entrevista nesta sexta-feira para o repórter cinematográfico Walter Paparazzo (Foto: Walter Paparazzo/G1)Antônio deu entrevista para o repórter
cinematográfico Walter Paparazzo
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Em entrevista na manhã desta sexta-feira (20), Antônio deu detalhes de como aconteceu o crime. Segundo ele, a vítima foi morta dentro do próprio carro em um local próximo ao aeroporto de João Pessoa e, em seguida, a levou para o local onde foi abondanada. “Passei uma corda no pescoço dela e puxei”, detalhou Antônio, que confessou: “Matei por ciúme!”.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Sobre a participação do seu filho no crime, ele ressalta que o rapaz só veio a saber do cirme depois. “Ele gritou: ‘pai não faça uma loucura dessa não’. Ele ficou doidinho, ele é pastor”, contou. Antônio disse ainda estar confuso sobre o local onde abandonou o corpo. “Uma hora depois o arrependimento bateu. Por isso não encontrei ainda. Fiquei doidinho”, relatou.

A polícia e os suspeitos chegaram no matagal por volta das 21h e foram para um canavial que fica às margens da PB-027, que liga Santa Rita a Lucena, onde o suspeito do crime, ex-vereador de Santa Rita, disse ter abandonado o corpo.

Polícia Civl continua nas buscas pelo corpo da comerciante  (Foto: Walter Paparazzo/G1)Polícia Civl continua nas buscas pelo corpo da comerciante (Foto: Walter Paparazzo/G1)

 

As buscas permaneceram no local por cerca de uma hora, mas o corpo não foi achado por causa da escuridão. Segundo a Polícai Civil, por causa da semelhança entre os canaviais, as buscas foram suspensas e voltaram no início da manhã desta sexta-feira. Até as 12h o corpo ainda não tinha sido encontradas.

Segundo a delegada a Ranielle Vasconcelos, responsável pelo caso,, a vítima teria vendido uma casa para o casal e foi morta quando seguia para João Pessoa para receber o pagamento. O crime aconteceu no dia 27 de abril e a vítima estava desaparecida até o dia da prisão dos suspeitos.

“A equipe investigativa da 7ª Delegacia Seccional recebeu há cerca de 20 dias a denúncia do desaparecimento da comerciante Maria Arcanjo da Silva. A partir daí, começamos um verdadeiro rastreamento dos passos do casal que havia negociado a venda de uma casa com a comerciante. Conseguimos identificar através das imagens do circuito interno de um banco que os suspeitos efetuaram saques na conta da vítima”, esclareceu a delegada.

Com base nesses indícios, a delegada Ranielle Vasconcelos pediu a prisão preventiva do casal e o delegado regional de Iugatu (CE) deu cumprimento. A prisão aconteceu na cidade de Saboeiro, no Ceará.

 

 

G1 PB

Comerciante é assaltado ao chegar em casa, baleado e bandidos roubam R$ 5 mil

sireneUm comerciante foi assaltado na tarde desta sexta-feira (12), no bairro do Catolé, Zona Sul de Campina Grande. Durante a ação, os bandidos chegaram a efetuar disparos contra a vítima e a atingiram na perna. Eles fugiram após roubar R$ 5 mil.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 15h, quando a vítima chegava em casa, na avenida Vigário Calixto, uma das mais movimentadas do bairro. Ao passar por um cruzamento, o comerciante foi surpreendido por quatro homens que ocupavam um veículo Ford Fiesta de cor preta, que, armados com pistolas, conseguiram rendê-lo no ato criminoso.

O comerciante foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande. Ele não corre risco de morte e informou que o dinheiro teria sido proveniente da venda de um automóvel.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O carro utilizado no assalto foi encontrado no final da tarde, abandonado, próximo à saída para o município de Queimadas.

 

portalcorreio

Três homens armados assaltam residência de comerciante e filha na Zona Rural de Serraria

 

plantão policialNa manhã deste domingo (19), três homens armados assaltaram a residência do comerciante conhecido por Tobias, na localidade de Lagoa do Mato, município de Serraria. Segundo informações, os meliantes chegaram no local a pé. Após abordarem a vítima, eles adetraram a sua moradia e levaram uma tv plasma de 32p, um tablete, um aparelho de celular, dinheiro e outros objetos.

Em seguida, os ladrões renderam Cida, filha da vítima,e obrigaram ela a conduzí-los até a sua casa. Os elementos roubaram um tablete, dois violões e utensílios pertecentes a sua família.

O fato foi comunicado à polícia, que fez diligências para prender os meliantes, mas não obteve êxito.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

MÍDIA PARAÍBA
Balbino Silva