Arquivo da tag: colunista

Livânia ia se matar antes de ser presa na operação Calvário, revela colunista do UOL

A ex-secretária estadual de Administração Livânia Farias pensou em suicídio antes de ser presa pela Operação Calvário. A revelação está publicada neste domingo (12) no portal Folha Uol pela jornalista Mariana Carneiro.

De acordo com a coluna, antes de se tornar delatora na Operação Calvário, que mira o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB), a ex-secretária estadual Livânia Farias mandou cartas a familiares e amigos em que relata angústia após se tornar alvo do Ministério Público.

Os textos foram escritos pouco antes de ela ser presa, em 16 de fevereiro de 2019. Nas cartas, ela reclama do que considerou perseguição e espetacularização do caso pelos procuradores do estado e faz planos para o próprio funeral. Farias diz que a pressão sobre a família é tanta que os filhos não podem sair de casa.

Ainda segundo a publicação, uma das cartas foi para Ricardo Coutinho. Ela agradece ao ex-governador pela confiança e diz que o tinha como espelho no trabalho no governo. Mas alega que o fardo da ofensiva do MP é pesado. Meses depois, a ex-secretária delatou o antigo chefe. Farias revelou suposto pagamento de R$ 4 milhões em propina ao político.

Ré sob a acusação de ter recebido suborno, ela saiu da prisão dias após assinar o acordo de colaboração e aguarda em liberdade o seu julgamento. A Calvário investiga desvio de R$ 134,2 milhões da área de saúde estadual.

 

clickpb

 

 

Colunista diz que globais estão sendo convidados para o BBB – e não estão gostando

Programa teve pior média de audiência da sua história em 2019, segundo Ibope

A colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, diz que nomes globais estão sendo convidados indiretamente para participar da edição comemorativa do Big Brother Brasil (BBB), em 2020 — e não estão gostando disso. Segundo ela, alguns deles rechaçaram a possibilidade de participar do programa antes mesmo de saberem quanto receberiam por isso.

Ainda de acordo com Kogut, um desses nomes foi o ator Daniel Rocha, que fez A Lei do Amor em 2017 e depois saiu da emissora para trabalhar em uma série do Amazon Prime. Em seu perfil no Instagram, ele disse que “jamais participaria desse programa”.

Recentemente, uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo afirmou, para a edição do ano que vem, o diretor do programa, Boninho, vai promover outra novidade: mesclar um elenco de desconhecidos com pessoas famosas, como youtubers e influencers em redes sociais.

Por isso, o reality show de 2020 está sendo chamado internamente de 50/50. Sites especializados garantem que há alguns nomes confirmados: Maria Eugênia, VJ da MTV, Bianca Andrade “Boca Rosa”, youtuber, e Iris Stefanelli, a “Siri”, que já participou de uma edição do reality e trabalhou na RedeTV!.

Outros, porém, apresentaram listas de celebridades da Internet que poderiam ser chamadas: a trans Mandy Candy, as influenciadoras Karen Bachini e Camila Loures e o gamer Rezendeevil.

O Big Brother Brasil vive uma crise dentro e fora da Globo: questionado pela diretoria da emissora, a edição de 2019 teve a pior média de audiência da história (20 pontos, segundo o Ibope). A primeira temporada começou a ser veiculada no país em 2002, mas a franquia é de 1999.

A publicação também aponta nomes convidados e que se recusaram participar do BBB: o humorista Carlinhos Maia e o blogueiro Felipe Castanhari, que publicou a informação em seu perfil no Twitter. A Globo seleciona participantes para o programa desde a metade do ano, quando os primeiros boatos sobre a edição de 2020 começaram a surgir. O reality show começará no dia 21 de janeiro e terá apresentação de Thiago Leifert, ficando no ar até abril.

 

Conteúdo Cult Edge

 

 

Morre aos 62 anos a jornalista e colunista paraibana Lena Guimarães

Morreu, nesta segunda-feira (18), em João Pessoa, a jornalista e colunista do Jornal CORREIO, Lena Guimarães, aos 62 anos. Ela estava internada em um hospital particular e foi vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um câncer no pâncreas. Lena deixa um filho, Daniel Guimarães. Informações sobre velório e sepultamento da jornalista ainda não foram divulgadas.

Lena já ocupou diversas funções no jornalismo paraibano. Foi repórter, redatora e chefe de reportagem do Jornal A União, além de editora dos cadernos de Cultura, Cidades, Economia e Política no CORREIO da Paraíba. Ela também ocupou o cargo de diretora de jornalismo do Sistema Correio de Comunicação e de secretária de Comunicação do Estado, no governo José Maranhão (2009-2010). A jornalista foi ainda editora-geral do jornal O Momento e repórter regional da Folha de S. Paulo e do Jornal do Brasil.

Há alguns anos, Lena Guimarães mantinha coluna no CORREIO da Paraíba, tida como leitura obrigatória para políticos, empresários e intelectuais do estado. Autoridade no assunto, ela também levava suas análises dos bastidores da política aos programas Correio Debate e Jornal da Correio, ambos na TV Correio.

Em maio deste ano, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu Medalha de Mérito Jornalístico a Lena Guimarães. A homenagem foi aprovada por unanimidade entre os parlamentares.

 

Correio da PB

 

 

Colunista do Jornal da Paraíba contesta nota de Samuka e apresenta provas de acúmulo de funções

samukaRecebi a nota da assessoria de Samuka Duarte esclarecendo ou tentando defender o indefensável em relação ao acúmulo de cargos em cinco prefeituras, além do governo do Estado, em 2011. Por conta desta ação de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público, o apresentador da TV Correio teve os bens bloqueados por decisão liminar do juiz Gustavo Procópio Bandeira de Melo, da 5º Vara Mista da Comarca de Santa Rita.

O apresentador jura inocência e constituiu advogado para tentar provar que as acusações formuladas pelo Ministério Público da Comarca de Santa Rita são falsas. Uma missão difícil de ser conseguida, uma vez que todas as informações constam nos balancetes das prefeituras remetidos ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Vale lembrar que a decisão é liminar e o mérito ainda vai ser apreciado pela Justiça, que poderá obrigar Samuka a devolver R$ 338.586,92 aos cofres públicos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Outra punição que poderá ser acumulada pelo apresentador, segundo o MP, é a suspensão dos direitos políticos por oito anos. Esse fato, apesar de ser atinente aos casos de improbidade administrativa, é citado por Samuel de Paiva Henriques (Samuka) para justificar uma suposta perseguição política. Mas o fato é que se os vínculos citados não existiram, já que o serviço não foi prestado, o apresentador deveria processar as prefeituras por terem usado o nome dele.

O que não vale é negar os fatos pretéritos alegando a situação atual. Na nota divulgada pelo apresentador, ele diz que exerce “atualmente apenas um cargo público junto à 1ª região de Ensino da Secretaria de Educação do Estado, desenvolvendo atividades de assessoria de comunicação”. É bom lembrar que a ação é relativa a fatos pretéritos. Além disso, sobre o vínculo citado, em consulta feita pela CBN, a Secretaria de Comunicação levou três horas para dizer onde ele está lotado. Estranho, não?

Confira alguns dos cargos que levaram Samuka a ser alvo da investigação. Tomei o cuidado de pegar os documentos apenas de um mês comum, para mostrar que era impossível o apresentador estar em todos eles ao mesmo tempo.

Governo do Estado

governo1

Prefeitura de Sapé

sape3

 

Prefeitura de Santa Rita

 

santa-rita-1

 

Prefeitura de Mari

mari-agosto1

 

Prefeitura de Marcação

 

marcacao-agosto2

 

Confira a nota divulgada pelo apresentador:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre as matérias publicadas em torno da ação de improbidade administrativa promovida pelo Ministério Público junto à Comarca de Santa Rita, venho esclarecer o seguinte:

1 – Exerço atualmente apenas um cargo público junto à 1ª região de Ensino da Secretaria de Educação do Estado, desenvolvendo atividades de assessoria de comunicação.

2 – Fui servidor ativo da Secretaria de Educação do Município de Santa Rita, com exercício funcional na assessoria de comunicação da Secretaria de Educação, desde 2001, encontrando-me aposentado voluntariamente.

3 – Nunca deixei de prestar serviços nos cargos públicos que ocupo ou ocupei, notadamente no Município de Santa Rita.

4 – Prestei assessoria de comunicação a alguns municípios, por curtos períodos e recebi pelas atividades efetivamente prestadas, sem qualquer empecilho ao exercício dos outros cargos, fato comum na área de comunicação.

5 – A Digna Promotora junto à Comarca de Santa Rita foi levada a erro por pessoas interessadas em denegrir minha imagem e preocupadas com o alcance social dos meus programas jornalísticos.

6 – Confio na Justiça da Paraíba e estou preparado para, nas instâncias judiciárias, apresentar minha defesa para, afinal, obter, com a proteção de Deus, pronunciamento favorável, pois não cometi ato de improbidade ou desonestidade. Tenho a consciência limpa e a tranquilidade de quem não agiu de má-fé. Repito: nunca recebi sem trabalhar.

7 – Constituí o advogado Delosmar Mendonça Junior para atuar na minha defesa no processo judicial e ele, a partir de agora, deve prestar os esclarecimentos necessários à Justiça e à sociedade.

8 – Por último, agradeço a solidariedade de tantos e renovo meu compromisso de servir ao meu público.

Blog do Suetoni

Colunista diz que viúva de Eduardo Campos pode ser vice de Lula em 2018

viuva-de-camposA primeira-dama Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos, morto num acidente aéreo em agosto do ano passado, pode ser a vice do ex-presidente Lula (PT) nas eleições presidenciais de 2018. As informações são da coluna Diário do Poder desta quinta-feira (12), do jornalista Cláudio Humberto. A publicação garante que é o PSB – partido que Renata é filiada – que aposta na indicação do nome da socialista para compor com o ex-presidente, que pretende voltar ao comando do Palácio do Planalto.

A publicação ainda destaca que o PSB, que tem como lideranças o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o prefeito do Recife, Geraldo Julio, aposta no poder de articulação da ex-primeira-dama, que é auditora concursada e licenciada do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE). De fato, Renata, mesmo nunca tendo disputado eleições, ficou conhecida nos bastidores por ser “conselheira” de Eduardo Campos, sendo um das lideranças mais influentes em seus governos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na última quinta-feira (5), o governador Paulo Câmara almoçou com o ex-presidente Lula em São Paulo. Os dois conversaram com sobre o cenário políticos e a economia brasileira. O PSB, desde que saiu do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), antes de lançar o ex-governador Eduardo Campos à Presidência da República, nunca deixou de fazer elogios e referências a Lula e sua amizade com a família Campos.

O próprio presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, no último sábado (7), defendeu que o encontro de Paulo com Lula foi para “agradecer e demonstrar a amizade” dos pernambucanos e da família Campos ao presidente. Não é a primeira vez que Renata é apontada para um cargo político. Na campanha presidencial, por exemplo, cogitou-se que ela poderia ser candidata a deputada federal. Depois da morte de Eduardo Campos, também foi apontada como vice na chapa da ex-senadora Marina Silva. Em nenhum momento, Renata decidiu entrar na vida pública.

Diário de Pernambuco

Colunista do ‘O Globo’ diz que Vital do Rêgo “está no escuro” após assumir candidatura a governador

vitalzinhoO jornalista Ilimar Franco, do jornal O Globo, afirmou em sua coluna que o senador Vital do Rêgo (PMDB) “está no escuro”, após assumir a candidatura a governador no lugar do seu irmão, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB).

O peemedebista enfrenta a resistência do PT local, que não acatou a determinação da direção nacional e resolveu marchar com o governador Ricardo Coutinho (PSB) nas eleições deste ano.

O impasse foi parar no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que dará a palavra final sobre a aliança do PT com o PSB.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

 

vital-coluna

 

 

Blogdogordinho

Candidato da oposição terá mais tempo de TV na Paraíba, segundo colunista

candidato-de-oposicao-tera-mais-tempo-de-tv-na-paraiba-segundo-O colunista da revista Época, Felipe Patury, destacou nesta quarta-feira (09) que a Paraíba é o único estado em que um candidato de oposição disporá de mais tempo de programa eleitoral na televisão do que o candidato à reeleição.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), segundo a coluna, formou a coligação com direito a maior espaço no programa eleitoral: 8 minutos. O colunista afirmou que em segundo lugar, aparece o senador Vital do Rêgo (PMDB), e apenas em terceiro lugar, o candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB).

A veiculação da propaganda eleitoral gratuita inicia-se em 19 de agosto e termina em 2 de outubro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

tempo tv

 

 

 

Colunista diz que Dilma teria dado ‘carta branca’ para permanência de Aguinaldo no Ministério

aguinaldoApós notícia publicada na coluna de Lauro Jardim, da Revista ‘Veja’, dando conta de que o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), teria pedido à presidente Dilma Rousseff (PT) para permanecer no governo e desistir da reeleição, foi a vez do colunista Claudio Humberto dizer que a petista teria dado ‘sinal verde’ para o paraibano ficar no cargo, mas sem garantia de permanecer em 2015.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ontem, o ministro tratou de negar a informação de que teria interesse em permanecer no Ministério das Cidades e desistir de disputar um mandato nas eleições deste ano.

Aguinaldo garantiu que o assunto nunca passou pela sua cabeça, nem muito menos foi conversado com a presidente Dilma. Ele ainda assegurou que disputará as eleições deste ano.

Blog do Luís Torres

Atuação de Ronaldo como comentarista é criticada por Jô Soares e colunista da “Folha”

Na última segunda-feira (24/6), o ex-jogador Tostão, campeão do Mundo em 1970, utilizou sua coluna na Folha de S.Paulo para criticar Ronaldo como comentarista. Nesta semana, o Fenômeno também foi criticado por Jô Soares.
Crédito:Divulgação
Apresentador e colunista não gostam de Ronaldo como comentarista
“Dos comentaristas, pelos conhecimentos técnicos e táticos e pelo senso crítico, prefiro os da ESPN Brasil, que não transmitem os jogos da Copa das Confederações. Ronaldo e Casagrande, da TV Globo, não dizem nada mais que o óbvio”, escreveu o colunista.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Quando entrevistava outro ex-jogador, Carlos Alberto Torres, Jô Soares também condenou declarações de Ronaldo. “Eu tinha que te perguntar sobre seu posicionamento em relação à Copa e também… lamentar as declarações de craques, como Ronaldo, que tão falando o que não devem e falando na hora errada.”
Segundo o Yahoo!, a crítica do apresentador faria referência ao vídeo no qual Ronaldo aparece dizendo que “Copa do Mundo não se faz com hospitais”, uma declaração de 2011.
Portal IMPRENSA

Governador de Pernambuco quer levar o PSB da PB para o PT de Cartaxo, diz colunista da Folha

O  governador de Pernambuco, Eduardo Campos, presidente nacional do PSB e, por enquanto, aliado do PT Nacional, tem uma árdua missão pela frente. Ele vai trabalhar para vencer resistências dentro do PSB em João Pessoa para levar o partido a apoiar o PT no segundo turno. A informação é da prestigiada coluna Painel, de Vera Magalhães, da Folha de São Paulo, publicada ontem.

O PSB realiza evento hoje pra falar sobre os rumos do partido no segundo turno da Capital.

clickpb