Arquivo da tag: coleta

Prefeitura de Borborema realiza ação de conscientização nas Escolas para a Coleta Seletiva

A Prefeitura de Borborema, por meio das Secretarias de Saúde e Educação, está promovendo nas Escolas do Município palestras sobre a coleta seletiva. A ação tem como objetivo explicar e conscientizar alunos sobre a importância de realizar a separação adequada de materiais ainda dentro de casa e depositar o lixo para recolhimento da forma correta.

Nesta sexta-feira, 17 de maio, Agentes Comunitários de Saúde dos PSFs I e III estiveram nas Escolas Jaldete Guedes, Francisco Cardoso e Leonor Ramalho.

Além de tratar da importância da ação da coleta seletiva, foi abordada a importância do trabalho do Gari. A ação ainda contou com o apoio da Secretaria de Infraestrutura.

Segundo especialistas, um dos pilares para o sucesso na recuperação do meio ambiente é a coleta seletiva de lixo.

Com a coleta seletiva todos os resíduos são devidamente descartados e evitam a poluição do solo e lençóis freáticos, além de evitar a poluição das ruas e esgotos que podem causar enchentes e, consequentemente, grandes prejuízos aos cofres públicos e aos moradores das cidades.

 

Assessoria

 

 

Municípios vão economizar R$ 30 mi por ano com coleta de lixo compartilhada e aterro sanitário público

O presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana, garantiu hoje que os municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável (Consides) se reunirão nos próximos dias para debater a adoção da coleta compartilhada de lixo familiar e hospitalar, com o objetivo de baratear em 40% o valor pago pelas 21 prefeituras do Consides às empresas privadas que fazem a coleta dos resíduos sólidos. Serão mais de 30 milhões de reais que serão economizados com essa ação proposta pela UBAM, já que o Consórcio poderá realizar por si só a coleta do lixo de forma compartilhada e depositar esses resíduos num aterro público, que será construído com recursos do governo federal, depois da elaboração do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS), que deverá ser apresentado até agosto de 2018, tendo sido prorrogado por duas vezes.

Segundo estimativas apresentadas pela UBAM, são desembolsados pelas 223 prefeituras municipais algo em torno de 200 milhões de reais ao ano, com empresas privadas que realizam a coleta em todas as cidades.

Só em 2017, a Prefeitura Municipal de João Pessoa, pagou R$ 24,5 milhões à Empresa Revita Engenharia, sediada em São Paulo, conforme o link abaixo, que contém dados do Sistema Sagres, do Portal do Tribunal de Contas da Paraíba.

https://sagres.tce.pb.gov.br/credores_despesa.php?opcao=0&nome_cnpj=revita&ano_inicio=2017&ano_fim=2018

Para o presidente da UBAM, é com a formação de consórcios de municípios que os gestores podem driblar esses gastos tão excessivos, para garantir mais investimentos na saúde e na educação desses pequenos e sofridos entes federados. Embora, segundo ele, propostas como essa pode demorar pra serem concretizadas, devido à inércia administrativa e a incompetência na gestão dos recursos públicos, que infelizmente são usados sem a menor austeridade, enriquecendo empresas que nem são paraibanas e que não contribuem para o desenvolvimento do Estado.

O Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável (Consides) está sendo formado pelas prefeituras de Alhandra, Bayeux, Caaporã, Capim, Conde, Cruz do Espírito Santo, Cuité de Mamanguape, Ingá, Itabaiana, Juripiranga, Lucena, Mari, Mataraca, Mogeiro, Pedras de Fogo, Pilar, Pitimbú, Riachão do Poço, Santa Rita, Sapé e Sobrado, e é uma das importantes ações da UBAM para o desenvolvimento sustentável desses municípios.

Assessoria 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeitura de Solânea aumenta alcance da coleta de lixo da cidade

lixoCom o crescimento populacional de Solânea e o consequente desenvolvimento de novas áreas de morada, um novo mapeamento da coleta do lixo foi feito entre a Secretaria de Infraestrutura e Transportes e a Diretoria de Limpeza Pública. Com isso, ruas que não recebiam coleta passarão a receber, duas vezes por semana; localidades que só recebiam coleta uma vez por semana, a ampliação acontecerá passando para dois dias semanais.

A coleta de lixo doméstico passará as terças e quintas nas ruas: Massilon Pinto (rua que dá continuidade à Rua Pernambuco), Luís Ferreira de Melo (na parte não pavimentada, após o Colégio Polo Alfredo Pessoa de Lima), e também no Conjunto Jardim Moreno (no antigo BNB). Moradores de ruas adjacentes, onde o carro de coleta não tem acesso, devem procurar uma das ruas principais para depositar o lixo e os profissionais da limpeza possam recolher.

Em outras localidades, o serviço será ampliado. A coleta acontecia somente as terças, e passarão a receber também nas quintas, no mesmo horário. Loteamento Jardins, Piçarro, Açudinho, Assentamento São Francisco, Conjunto Dr. Orlando Cavalcanti (Fazenda Velha) e o Distrito de Santa Fé receberão o segundo dia de coleta do lixo. As mudanças já ocorrerão a partir da segunda semana de fevereiro.

Recomenda-se que os moradores coloquem o lixo no dia da coleta, a partir das 7h da manhã, evitando assim que animais famintos rasguem as sacolas em busca de comida e provoquem grande sujeira. Os moradores do Conjunto Orlando Cavalcanti podem deixar o lixo acumulado na frente das suas residências, não havendo mais a necessidade de leva-lo às margens da rodovia.

Dentre tantos compromissos da gestão Olhando Para o Futuro, a limpeza pública está em evidência, pois uma cidade limpa é uma cidade melhor de se viver.

Assessoria de Comunicação – P.M.S.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Câmara aprova projeto que estabelece coleta de exames laboratoriais nas UBS de Bananeiras

kilsonCâmara Municipal de Bananeiras aprovou nesta terça-feira (24) o Projeto de Lei 07/2015, de autoria do vereador Kilson Dantas, que estabelece a coleta de exames laboratoriais nas Unidades Básicas de Saúde do Município

O projeto visa coletar exames de sangue, urina e fezes nas Unidades Básicas de Saúde do Município e serão enviados para o laboratório do Hospital Municipal “Dr. Clovis Bezerra” ou conveniado.

De acordo com Kilson Dantas, o município possui uma grande área territorial e dispõe de nove Unidades Básicas de Saúde, “a oferta do serviço de coleta de exames nas UBS facilitará a vida dos nossos munícipes, principalmente os residentes na zona rural, que precisam se deslocar até a cidade para fazerem tais coletas no laboratório municipal, gerando um custo pelo deslocamento, quando poderiam ser feitas nas Unidades Básicas de Saúde do município”, disse o parlamentar.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Bananeiras Online

Caiçara: Auxiliares de limpeza Urbana recebem fardamentos e luvas e iniciam Coleta de lixo em novo horário

 

garisA Prefeitura de Caiçara, através da Secretaria e Infra Estrutura e Obras, entregou no início deste ano, fardamento e luvas para os prestadores de serviços que atuam na limpeza urbana. Algumas botas também foram entregues. Já esta semana, se deu início a coleta de lixo em um novo horário.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o que informou Júnior Félix, Secretário de Administração, visando melhorias na coleta do lixo, os auxiliares de limpeza urbana passaram a realizar a coleta, do final da tarde para o início da noite. “A Prefeitura está buscando resolver problemas existente com a coleta do lixo. Sabemos que não é fácil porque não depende só do setor de limpeza urbana; a participação da população, é importantíssima, mas estamos nos adaptando às novas mudanças. Em pouco mais de dois dias já podemos notar melhorias. As Ruas da Cidade estão mais limpas e a participação da população tem sido surpreendente.” Conversou.

 

Júnior Félix disse ainda que haverá toda uma campanha educativa, a fim de chamar a atenção do cidadão para a participação no processo de limpeza urbana. A campanha recebe o nome de; “Quem Ama Cuida”, e deve começar já nos próximos dias. “A campanha ‘Quem ama cuida’ visa conscientizar a população para a importância de sua participação na limpeza da cidade. Quem diz que ama a cidade, deve cuidar desse espaço. A Prefeitura está fazendo a sua parte, e juntos teremos um resultado positivo.” Explicou.

 

A coleta será feito por setores e um material com orientações será distribuído com a população.

 

Saiba o cronograma

 

Segundas – Quartas e Sextas (a partir das 3h da tarde)

Centro / Rua São Miguel / Rua da areia / Loteamento santa clara / Mestre Henrique e Conjunto nova caiçara

 

Terças – Quintas (a partir das 3h da tarde) e Sábado (manhã)

Rua prefeito Antônio Miranda / Antenor Navarro e Conjuntos: Severino Ismael / D. Epaminondas e Antônio Mariz.

 

Assessoria

 

Meio Ambiente de Guarabira divulga calendário de coleta de lixo durante período natalino e fim de ano

compactadorA Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria de Urbanismo, Meio Ambiente e Saneamento – Sumasa informa que na próxima quarta-feira, dia 24 de dezembro, a coleta de lixo ocorrerá normalmente.

De acordo com a Sumasa, a equipe de limpeza desempenhará os serviços na véspera de natal. Porém, não haverá coleta no dia 25, feriado de Natal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Do mesmo modo, será realizado coleta no dia 31 de dezembro, não havendo, portanto, expediente no dia seguinte, 01 de janeiro.

 

Assessoria

Obama deve propor fim da coleta de dados telefônicos pela NSA

obamaCasa Branca elabora projeto de lei que acaba com coleta e armazenamento em massa de dados telefônicos pela Agência de Segurança Nacional, afirma o “New York Times”.
O gabinete do presidente americano, Barack Obama, deve apresentar em breve no Congresso um projeto de lei que prevê o fim da coleta e armazenamento em massa de dados telefônicos pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês).

A proposta da Casa Branca colocaria um fim à prática da NSA de armazenar por até cinco anos informações sobre os telefonemas de milhões de americanos para que possam ser usadas em investigações ligadas à segurança nacional.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A nova ideia prevê que esses dados continuem sendo armazenados, mas pelas próprias companhias telefônicas e pelo período de 18 meses como elas já são obrigadas a fazer, segundo regras federais do setor de telefonia. A NSA poderia, então, solicitar as informações de que necessita com uma autorização judicial.

As empresas de telefonia, no entanto, ainda são reticentes em relação ao projeto, especialmente por razões legais.

A ideia da nova legislação foi revelada em reportagem do jornal The New York Times na noite desta segunda-feira (24/03) por uma fonte anônima próxima ao processo de elaboração do projeto de lei.

Ainda não é certo se o projeto de Obama será aprovado pelos congressistas americanos. No entanto, caso o Congresso aceite o plano proposto pelo governo, as mudanças não aconteceriam de imediato. A NSA deve manter seu programa de vigilância por pelo menos três meses.

O governo americano começou a recolher informações telefônicas logo após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001. Uma corte permitiu que as informações fossem coletadas com base numa legislação conhecida como seção 215 do Ato Patriota.

O recolhimento de informações pelo governo intensificou o debate sobre os direitos de privacidade em todo o mundo depois que o programa de espionagem da NSA foi revelado, no ano passado, pelo ex-colaborador da agência Edward Snowden, atualmente asilado na Rússia.

 

DW

Observatório coleta opinião da sociedade sobre rádios e TVs públicas

RADIO e TVO Observatório da Radiodifusão Pública na América Latina lançou a pesquisa “Cidadão e Meios Públicos” a fim de saber o nível de satisfação do cidadão brasileiro em relação às emissoras públicas – rádios e TVs educativas. A investigação é realizada pela Internet propiciando que ouvintes e telespectadores de qualquer parte do Brasil possam participar.

Segundo os promotores da pesquisa, o preenchimento do questionário é rápido, simples e pode ser concluído em menos de 30 minutos. Para acessá-lo, clique aqui.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As perguntas demandam respostas objetivas, mas estão abertas – se forem consideradas pertinentes – para comentários. A pesquisadora Nelia Del Bianco orienta os participantes da pesquisa: “é importante que o questionário seja respondido até o fim, quando aparecerá a mensagem de agradecimento. Caso não seja totalmente preenchido as respostas não serão registradas”.

Os dados pessoais solicitados no final serão usados única e exclusivamente para classificar de modo agregado o perfil daqueles que responderam. Nome, endereço ou qualquer outra forma de identificação pessoal inexistem. O email servirá para que todas as pessoas que colaboraram com a pesquisa recebam informações sobre o resultado da análise.

 

Fenaj

Sem coleta de lixo, população pede providencias em Remígio

 

154176_276745842451016_701812536_nCom apenas 23 dias de mandato o prefeito de Remígio Melchior Batista (PSB) enfrenta a primeira crise de sua gestão, a coleta de lixo da cidade não acontece há três dias. O motivo do atraso é o fato de o local onde são depositados os dejetos da cidade ser locado e não haver acordo entre o gestor e o proprietário, onde a maior prejudicada é a população. Diversos moradores estão ligando para as emissoras de rádio da região denunciando o descaso da Secretaria de Obras e Urbanismo com a coleta. É comum encontrar nas ruas verdadeiros “bolsões de lixo”, facilitando a proliferação de doenças e insetos. Os moradores dizem que estão sendo prejudicados com o mau cheiro e os comerciantes reclamam que o lixo acumulado é ruim para o setor. A assessora de imprensa Lígia Belarmino informou que as providencias estão sendo tomadas mas não disse a data específica para a solução do problema.

399133_277185565740377_1470756167_n

550054_277283252397275_1413732339_n

Alessandra Souto para o Focando a Notícia

ALPB intensifica coleta de assinaturas de apoio a Campanha SOS Seca Paraíba

Foto: Nyll Pereira
Foto: Nyll Pereira

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) intensificou, nessa terça-feira (22), as ações da Campanha SOS Seca Paraíba, lançada pela ALPB na última terça-feira (15), com a instalação de pontos fixos, nas cidades de João Pessoa e Campina Grande, para coletar assinaturas para o abaixo-assinado de apoio a Campanha. O objetivo do abaixo-assinado é reforçar, junto às autoridades federais e estaduais, a “Carta da Paraíba”, documento oficial da campanha – que é fruto da “Caravana da Seca”, realizada pelos deputados estaduais no mês de dezembro de 2012.

A Caravana da ALPB teve como objetivo verificar in loco a situação de calamidade enfrentada pela população em diversas regiões da Paraíba, em decorrência da seca, e cobrar soluções urgentes das autoridades para o problema. O presidente da ALPB, deputado Ricardo Marcelo (PEN), destaca que a Campanha é um movimento suprapartidário e regional para chamar a atenção do Governo Federal para ações emergenciais e duradoras sobre a convivência com a seca.

Em João Pessoa, foram montados postos fixos da campanha para o recebimento de assinaturas na Lagoa do Parque Solon de Lucena, das 08h00 às 11h00 e das 14h00 às 18h00; no Ponto de Cem Réis, das 08h00 às 11h00 e das 14h00 às 18h00; no Busto de Tamandaré, das 17h00 às 21h00; no Largo da Gameleira; no Mercado de Mangabeira, das 08h00 às 15h00; na Praça da Paz, nos Bancários, das 16h00 às 21h00. Já em Campina Grande, as tendas foram montadas no calçadão da Maciel Pinheiro, Praça da Bandeira e Terminal de Integração.

No período da manhã, a aceitação da população a Campanha foi muito boa, com diversas pessoas assinando o abaixo-assinado nos pontos de coleta instalados na Capital. Na Lagoa, o estudante universitário Ruan Cabral disse que a iniciativa da ALPB é muito importante, pois o processo de desertificação no Nordeste é grande e as autoridades precisam se posicionar contra o problema.

“A nossa região é viável, falta apenas vontade política. Imagine se existisse um projeto bem estruturado, com políticas públicas adequadas para o Semiárido? Com certeza a região seria muito prospera e o sofrimento do sertanejo acabaria. O Nordeste tem um potencial enorme de produção e muita mão de obra. Então, só falta vontade política para que possamos ser um forte meio de produção para a economia brasileira. A Assembléia está de parabéns por iniciar este processo”, sustentou.

Já a assistente Social, Sonisa Monteiro, considera a iniciativa da Casa de Epitácio Pessoa louvável e destacou a importância da sociedade apoiar a campanha participando do abaixo-assinado de apoio ao SOS Seca Paraíba. “A seca é um problema grave, sem a devida atenção das autoridades, mas juntos poderemos mudar esta triste realidade. A população deve sempre participar e colaborar com ações como esta da Assembleia paraibana”, afirmou.

No Ponto de Cem Réis, o psicanalista Robson Pasteur de Araújo disse que as pessoas precisam se engajar na Campanha e tomar coragem de cobrar ações estruturantes para o Nordeste. “A região precisa de água e dinheiro tem aos baldes para realizar obras no semiárido. Apenas os recursos são mal investidos. Políticas publicas adequadas vai evitar o êxodo rural, pois é muito difícil para os sertanejos viverem em outras regiões, a exemplo da Sul e Sudeste, lá o sofrimento será maior. Enfim, a região Nordeste é viável e o povo nordestino poder viver muito na região”, enfatizou. Também no Ponto de Cem Réis, a promotora de vendas Ana Maria Medeiros disse que a Campana da ALPB é uma forma de lutar pelos que não “tem vez e voz”.

Durante toda semana, os moradores de toda a Paraíba, poderão aderir à campanha assinando o abaixo-assinado em locais de grande circulação, a exemplo de shoppings centers, terminais rodoviários e universidades, e também através da internet, no site www.al.pb.gov.br. Os voluntários também irão percorrer locais de missas e cultos para o recolhimento de assinaturas. A pretensão é reunir 400 mil assinaturas para encaminhar à Presidência da República, junto à Carta da Paraíba e o Relatório da Caravana da Seca, realizada no mês de dezembro.

O deputado Francisco de Assis Quintans (Democratas), presidente da Frente Parlamentar da Seca da Casa de Epitácio Pessoa, disse que a coleta de assinatura está superando as expectativas, com a população aderindo em massa a Campanha. “O abaixo-assinado está muito positivo em João Pessoa, está tendo bastante adesão. No interior, os prefeitos, deputados e a população em geral estão muito engajados nesta Campanha, que volto a ressaltar, não é da Assembleia paraibana e sim de todo o povo nordestino”, declarou.

Assinaturas – Na sexta-feira (18) e sábado (19), equipes da Campanha SOS Seca Paraíba estiveram no Ponto de Cem Réis e Busto de Tamandaré e neste final de semana a coleta continuará no Extremo Cultural. Na próxima sexta-feira (25), a coleta acontecerá, das 17h00 ás 21h00, no Ponto de Cem Réis; e no sábado (26) e domingo (27) as tendas, para o recebimento de assinatura, serão montadas na Feirinha de Tambaú.

Carta da Paraíba – Na Carta da Paraíba constam as principais ações estruturantes para o Semiárido, a exemplo de ampliar a operação carro-pipa; aumentar a distribuição de ração animal; limpar barragens; recuperar e instalar poços; distribuir cestas básicas; reativar e desburocratizar o Programa do Leite; revitalizar perímetros irrigados; encontrar solução definitiva para o endividamento dos produtores do Semiárido com o BNB; implantar adutoras; massificar a construção de cisternas; criar programa de geração de renda para o sertanejo e driblar o êxodo rural; despoluir rios e açudes que receberão águas da transposição do Rio São Francisco.

Assessoria