Arquivo da tag: chocolate

Chocolate em excesso pode provocar problemas de ordem psicológica, alerta especialista

Dizer que a época mais doce do ano acaba de bater à porta de muitos brasileiros é verdade. Afinal, o Brasil é um país rico na tradição do consumo de chocolate nesse período de Páscoa. O que ocorre também é que para algumas pessoas essa fase doce dura o ano inteiro e, quando isso ocorre, é preciso estar atento aos sinais que podem indicar que o indivíduo seja um chocólatra, o que, de acordo com a psicóloga do Hapvida em João Pessoa, Danielle Azevedo, o sujeito que se caracteriza como tal pode ser considerado “um consumidor compulsivo do chocolate, como o próprio nome já sugere”.

A psicóloga explica que indivíduos que comem chocolate frequentemente não são necessariamente pessoas que precisam de tratamento. O alerta vai para quem extrapola no consumo. “Minha preocupação é com quem come o chocolate de forma excessiva, pois nenhum tipo de excesso na vida é saudável. Além disso, há ainda as questões relacionadas às consequências do uso do açúcar ou do cacau indevidamente. Ressaltamos o aumento de peso, distúrbios endócrinos inclusive e as consequências emocionais podem repercutir negativamente no paciente”, ressalta.

O chocólatra propriamente dito, na maioria dos casos vai buscar substituir uma refeição pelo chocolate. “Por mais irreal que isso possa parecer esses casos existem e é preciso um acompanhamento especializado porque trata-se de uma dependência de ordem psicológica que afeta a vida do indivíduo e saúde como um todo”, alerta a psicóloga.

Apesar de algumas pessoas serem chocólatras, a especialista esclarece que o vício em chocolate não pode ser visto como o vício de drogas ou álcool, por exemplo, pois não há abstinência química, é apenas psicológica. “O que na verdade prejudica a pessoa que é chocólatra não é o chocolate em si, mas a dependência adquirida com a sensação de bem estar, euforia e excitação trazida pela substância que é liberada no sistema nervoso central, o precursor da serotonina,  fazendo com que quem se acostumou com a sensação sinta um incômodo ao ficar sem a sensação causada pelo consumo do chocolate”, explica.

A psicóloga deixa o alerta. “Chocolate é bom? É! Mas o consumo deve ser sempre feito de forma consciente e saudável para que o momento em que se prova um pedaço seja um tempo de prazer e satisfação momentânea e não de dependência. A dica é comer com responsabilidade e aproveitar essa época tão doce com sabedoria e bastante saúde”, conclui.

 

Assessoria de Imprensa

 

 

5 dicas para comer chocolate na Páscoa sem culpa

Com a ajuda de bombons funcionais e escolhas alimentares conscientes, é possível desfrutar dos benefícios do doce sem engordar

 A época dos ovos de chocolate está chegando e, junto com ela, o alerta de perigo para quem está tentando manter ou perder peso. Que jogue a primeira pedra quem nunca sentiu o botão da calça apertar depois de um feriado cheio de tentações. E não é à toa, já que o consumo excessivo de açúcares e carboidratos estimula o ganho da temida gordura abdominal. “Além disso, nas mulheres, há uma tendência maior em ganhar medidas no quadril, já que essa região é mais influenciada pelos hormônios femininos”, afirma o nutricionista Jefferson Bitencourt, docente de pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional na VP.

Para aproveitar a Páscoa sem ganhar esses quilinhos indesejados, o segredo é manter o equilíbrio e fazer escolhas inteligentes. “Não é preciso se privar do chocolate e de nenhum outro alimento, desde que o consumo seja feito com bom senso. Uma dieta muito restritiva pode, inclusive, causar episódios de compulsão, aumentando a ingestão de calorias em outros momentos”, alerta Bitencourt. Assim, nada de radicalizar nessa época do ano! Anote as principais dicas do nutricionista para curtir o feriado com a consciência limpa – e o mais importante, sem passar vontade de comer chocolate:

1. Chocolate pode!

Prefira versões mais saudáveis, como aquelas com teor de cacau superior a 50% e adição de castanhas ou frutas. Outra ótima escolha são os ovos e bombons funcionais, encontrados em farmácias de manipulação. Alguns ajudam até na redução de medidas abdominais, graças à presença de extratos naturais, como o de chá roxo. “O ativo pode inibir a absorção de gordura no intestino e melhorar o metabolismo energético, protegendo o organismo dos efeitos nocivos do açúcar e amenizando o ganho de gordura abdominal”, explica.

2. Deixe para a sobremesa

Nada de comer chocolate com o estômago vazio. Deixe para saborear o doce depois das refeições, assim a saciedade será alcançada com porções menores, evitando o consumo excessivo. “Procure manter o prato sempre saudável, com a presença de vegetais, que são ricos em fibra”, pontua o nutricionista. Além de todos os benefícios para a saúde, o nutriente ajuda a diminuir a absorção de gordura pelo organismo e ainda prolonga a sensação de “estômago cheio”.

3. Valorize cada refeição

Não faça compensações radicais só para poder comer chocolate. “Longos períodos em jejum podem atrapalhar o funcionamento do metabolismo, devido à falta de nutrientes no organismo, aumentando as chances de compulsão alimentar”, afirma o nutricionista. Assim, mantenha todas as refeições que costuma fazer normalmente, do café da manhã ao jantar, priorizando a qualidade, mas sem pecar na quantidade.

4. Movimento é a chave

É difícil manter a rotina de exercícios nos momentos de folga, especialmente se o plano é viajar. Para evitar que as calorias a mais se transformem em gordurinhas mais tarde, invista em uma corrida na praia, um esporte coletivo ou qualquer outra prática que mantenha o corpo em movimento. “Não precisa seguir a rotina de exercícios habitual, basta uma atividade mínima. O erro é abusar na alimentação e ainda ficar parado”, diz Bitencourt.

5. O poder do sono

Uma noite mal dormida já é capaz de afetar todo o metabolismo, prejudicando a digestão e aumentando o apetite por alimentos ricos em açúcar e carboidratos, que, em excesso, estimulam o ganho de peso. “Além disso, a restrição de sono está frequentemente ligada ao estresse e à ansiedade, que também são gatilhos para uma alimentação desequilibrada”, diz o especialista.

E se mesmo depois dessas dicas, ainda sentir que “enfiou o pé na jaca” durante a Páscoa, não perca o foco. “Depois de um feriado de exageros, o indicado é retomar o quanto antes a rotina alimentar e de exercícios. Para acelerar a perda de medidas de forma saudável, você ainda pode apostar no consumo regular de extratos naturais com poder antioxidante, que ajudam o organismo a funcionar melhor. Esses ativos podem ser desenvolvidos de forma personalizada em farmácias de manipulação”, finaliza Bitencourt.

Conheça o Alluvia

Alluvia® é um extrato natural retirado de uma variedade de Camellia Sinensis. Graças à presença do polifenol GHG, ajuda no emagrecimento e redução de medidas na região da cintura e do quadril em até 30 dias, diminuindo a absorção de gordura no intestino. Devido ao poder de seus antioxidantes, o Alluvia® ainda melhora o funcionamento do metabolismo e protege o colágeno da pele, combatendo a flacidez e melhorando o aspecto de manchas, como o melasma. Sem contraindicações, o ativo pode ser formulado de maneira personalizada em farmácias de manipulação, em forma de cápsulas, chás, balas de goma, bombons e até caldas de chocolate.

Sobre a Via Farma

Fundada em 1997, a Via Farma é uma das maiores distribuidoras de insumos farmacêuticos do Brasil. Com sede em São Paulo, a empresa fornece matérias-primas para mais de 3 mil  farmácias de manipulação em todo o país, além de soluções completas para o mercado magistral, com foco no desenvolvimento de produtos inovadores para o segmento de nutrição esportiva. Desde 2012, a empresa faz parte do Grupo Fagron, multinacional holandesa e líder global no fornecimento de medicamentos farmacêuticos personalizados para hospitais e farmácias em mais de 30 países e cinco continentes.

 

 

Ponte dá ‘chocolate’ e faz 3 a 0 no Palmeiras no jogo de ida

No domingo de Páscoa, a Ponte Preta deu um “chocolate” no Palmeiras do início ao fim e ganhou fácil, por 3 a 0, a primeira semifinal do Campeonato Paulista. A Macaca tem agora uma ótima vantagem para ficar com a vaga na decisão.

Jefferson comemora o gol que marcou na vitória da Ponte Preta por 3 a 0 sobre o Palmeiras, em Campinas (SP)
Jefferson comemora o gol que marcou na vitória da Ponte Preta por 3 a 0 sobre o Palmeiras, em Campinas (SP)

Foto: Célio Messia/GazetaPress

O que Felipe Melo disse no intervalo resume bem a tarde: “a Ponte Preta comeu a gente”. Muito mais intenso do que o Verdão, o time de Gilson Kleina com dez minutos já tinha 2 a 0 a favor: no primeiro ataque, após duas defesas de Prass, Pottker desviou o chute de Jeferson e abriu o placar; depois, passe do centroavante para Lucca, atacante emprestado pelo Corinthians, entrar nas costas de Jean e ampliar a vantagem.

Além da atuação em “marcha lenta”, o Verdão esteve mal tecnicamente. As tentativas de dribles, tabelas, jogadas trabalhadas foram em sua maioria frustradas. A melhor chance antes do intervalo foi aos dois minutos, em cobrança de falta de Borja, que no restante do jogo teve atuação muito ruim.

Se pelo lado alviverde criar algo era um imenso sacrifício, a equipe alvinegra era o contrário: toques rápidos e bem organizados deram à Ponte a vantagem em todo o tempo. A coisa ficou ainda melhor para os mandantes quando Zé Roberto escorregou na área e deixou Jeferson livre, tranquilo para tocar na saída de Prass e fazer 3 a 0 aos 33 minutos de jogo! Um passeio que nem o mais otimista ponte-pretano esperava ver no Moisés Lucarelli.

Partida teve 'empurra-empurra' entre Pottker e jogadores do banco de reservas do Palmeiras
Partida teve ‘empurra-empurra’ entre Pottker e jogadores do banco de reservas do Palmeiras

Foto: Célio Messia/GazetaPress

Eduardo Baptista colocou Michel Bastos, mudou o esquema, Alecsandro substituiu Borja, e Róger Guedes foi a última tentativa do técnico para criar algo. O Palmeiras ficou mais tempo no ataque, mas de forma estéril, sem incomodar Aranha. A Macaca, por outro lado, poderia ter feito mais: Prass defendeu desvio de Mina, contra, depois pegou chute de Elton, e ainda deu um carrinho em Pottker dentro da área que o árbitro não marcou pênalti.

Já são seis jogos da Ponte Preta sem perder para o Palmeiras – o último triunfo do Verdão foi em 2015, na Arena Pantanal. Desde então, a equipe de Campinas venceu quatro vezes e empatou outras duas.

Para a volta no Allianz Parque, sábado que vem, dia 22 de abril, o Palmeiras terá uma missão dura: vencer por três gols de vantagem para levar a decisão aos pênaltis. A Ponte, assim, pode até perder por dois gols que mesmo assim chegará à decisão do Campeonato Paulista.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 3 X 0 PALMEIRAS

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data/Hora: 16/04, às 16h
Árbitro : Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes : Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Daniel Paulo Ziolli
Cartões amarelos : Jeferson, Fernando Bob, Jadson e Reynaldo (PON); Thiago Santos, Borja e Mina (PAL)
Cartões vermelhos : –
Público/Renda: 12.843 pagantes/ R$ 376.645
Gol : Pottcker, aos 1’/1T (1-0); Lucca, aos 7’/1T (2-0); Jeferson, aos 33’/1T (3-0)

PONTE PRETA: Aranha; Jeferson, Marllon, Yago e Reynaldo, Fernando Bob, Elton e Jadson (Wendel, aos 18’/2T); Lucca ( Artur, aos 40’/2T), Clayson (Lins, aos 31’/2T) e Pottker. Técnico : Gilson Kleina.

PALMEIRAS : Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Willian (Roger Guedes, aos 25’/2T), Tchê Tchê, Guerra (Michel Bastos, intervalo) e Dudu; Borja (Alecsandro, aos 12’/2T). Técnico : Eduardo Baptista.

LanceNet

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Bolo de chocolate com ganache

(Foto: Rogério Voltan/Editora Globo)
(Foto: Rogério Voltan/Editora Globo)

Ingredientes

Massa
2 xícaras de farinha de trigo;
3/4 de xícara de açúcar;
3/4 de xícara de cacau em pó;
1 colher (chá) de fermento;
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio;
2 ovos;
1/2 xícara de óleo;
1 xícara de iogurte desnatado;
3/4 de xícara de água morna.

Ganache
600 g de chocolate meio amargo;
300 g de creme de leite;
20 g de mel;
80 g de manteiga.

Calda
1/2 xícara de leite condensado;
1/2 xícara de água.

Modo de fazer

Massa
1 Forre o fundo de duas fôrmas de 20 cm de diâmetro com papel-manteiga e reserve.
2 Peneire e misture todos os ingredientes secos. Em outro recipiente, misture os ovos, o óleo e o iogurte.
3 Adicione os ingredientes líquidos sobre os secos e mexa com uma colher. Não é necessário usar batedeira. Coloque a água morna e misture bem.
4 Divida a massa entre as duas fôrmas e leve-as ao forno preaquecido a 180°C por 30 minutos, ou até assar.

Ganache
1 Derreta o chocolate no micro-ondas e acrescente o creme de leite. Adicione a manteiga derretida e o mel e misture até ficar liso, cremoso e brilhante.

Calda
1 Misture os ingredientes e reserve.

Montagem
1 Coloque uma colher da ganache sobre um prato e cole um dos bolos.
2 Umedeça a massa coma calda e distribua parte da ganache sobre o bolo. Coloque o outro bolo por cima, molhe com a calda e finalize como restante da ganache.

Receita do site Feito com Amor

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Adolescente é morto a facadas pela irmã por causa de barra de chocolate

Um adolescente de 13 anos foi morto, na tarde desta quarta-feira, com uma facada no peito, dentro de casa, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Pablo Felipe de Oliveira Silva foi atingido, após discutir com a irmã Adriana de Oliveira Silva, de 20 anos, por causa de uma barra de chocolate.

Segundo o delegado André Leiras, da Divisão de Homicídios (DH), o adolescente pegou o último pedaço de uma barra de chocolate que sua mãe, Ana Cláudia, de 41 anos, havia ganhado nesta terça-feira. A irmã, enfurecida, começou a discutir com o irmão por causa do doce e o agrediu com uma facada no coração. Ela contou à polícia que o adolescente teria puxado seu cabelo no meio da discussão.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O delegado André Leiras mostra a faca usada por Adriana para matar o próprio irmão
O delegado André Leiras mostra a faca usada por Adriana para matar o próprio irmão Foto: Marcos Nunes / Extra

 

Pablo foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cesarão, em Santa Cruz, ainda com vida, mas morreu logo depois de receber os primeiros socorros. Dois policiais do 27º BPM (Santa Cruz) foram chamados ao local e prenderam Adriana na UPA.

Na delegacia, Ana Cláudia informou que a filha fez tratamento de dependência química e foi viciada em crack. Adriana tem um filho de seis meses que estava em casa na hora do crime.

Extra

Chocolate amargo engorda menos do que uma barra de cereal. Saiba enganar a fome

balançaSabe quando chega perto da hora do almoço, ou durante o período da tarde, e bate aquela fome? Pois saiba que muitos alimentos podem ajudar a controlar isso, prolongando a sensação de saciedade. E melhor ainda, tudo isso com alimentos saudáveis. Entre as opções de estão a banana, o iogurte e até mesmo os biscoitos com fibras. A chia é outro alimento que está na lista dos que são ideais para segurar a fome.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mitos e verdades sobre a digestão

Para ajudar nessa tarefa e ainda explicar os benefícios de cada um desses itens, o Tempo de Mulher convocou dois especialistas em nutrição para dar dicas sobre como driblar aquela fominha básica. São eles, a nutricionista funcional, Andrezza Botelho, e o nutricionista Gabriel de Carvalho, presidente de honra do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional. Vamos às dicas?

BANANA

Fácil de carregar na bolsa, ela tem fibras e dá uma sensação de saciedade. Essa fruta contém ainda potássio, ferro e triptofano, que ajudam ainda a dar pique para enfrentar a rotina. Mas não exagere, pois ela é um pouco calórica (cada uma tem, em média, 90 calorias). Por isso, nada de comer três bananas de uma vez, ok?

IOGURTE OU BISCOITOS COM FIBRAS

Esse é outro alimento fácil de levar na bolsa. Um bom iogurte (há tantas opções no mercado) ajuda a tapear a fome. Se preferir, coloque aveia que a sensação de saciedade aumentará. Além disso, uma alternativa para aliviar aquele desejo louco por doces é comer biscoitos integrais. Mas o excesso pode engordar.

CHOCOLATE AMARGO

“Esse tipo de chocolate, quando sem açúcar, é perfeito. Uma barra de 25 gramas, muitas vezes, tem menos calorias do que uma barra de cereal e, obviamente, como ele tem muito menos carboidratos, vai engordar bem menos. Além disso, como tem gordura, vai proporcionar mais saciedade”, afirma Gabriel.O chocolate amargo tem ainda os compostos do cacau – que aumentam a produção de serotonina, responsável pela sensação de felicidade – e que, junto com substâncias como feniletilamina [conhecido como o hormônio da paixão], magnésio e vitamina B6, ajudam na síntese de neurotransmissores [substâncias químicas que têm como função transmitir impulsos nervosos de um neurônio para outro].

CASTANHAS

“Já as castanhas são ricas em gorduras insaturadas [que ajudam a reduzir o colesterol ruim] e fibras, além de retardar o esvaziamento gástrico [a transferência do alimento que está no estômago para o duodeno, que é a primeira parte do intestino delgado*]. Com isso, a pessoa tem uma sensação de saciedade por mais tempo”, diz nutricionista funcional Andrezza Botelho.

*faz parte do sistema digestivo

CENOURA E PEPINO

“Faça palitinho de cenouras e/ou coma pepino sempre que bater aquela fome. Pode ser aquele pepino em conserva também. Tem o gosto salgadinho e ácido que algumas pessoas precisam para tapear a fome”, afirma o nutricionista Gabriel de Carvalho, presidente de honra do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional.

CHIA

“Quando você coloca uma colher de semente de chia e deixa de molho, na água (mínimo 30 minutos), ela começa a formar uma espécie de gel, que é fibra solúvel. Consumir esse gel retarda o esvaziamento gástrico e aumenta a sensação de saciedade”, recomenda a nutricionista funcional Andrezza Botelho.

BATATA DOCE E OVO

A batata doce, rica em carboidratos de baixo índice glicêmico [ou seja, libera açúcar em menor quantidade no sangue] e fibras, garantindo absorção gradual do carboidrato. Com isso, a sensação de saciedade é prolongada.”Ovos cozidos ou mexidos são fontes de proteína que demoram um tempo maior para fazer digestão, se comparados aos carboidratos, e não geram picos de glicêmica (liberação de açúcar no sangue)”, afirma Andrezza Botelho.

 

MSN Saúde e Bem Estar

 

Bactérias intestinais usam chocolate amargo para produzirem anti-inflamatórios que reduzem a pressão

chocolateOs amantes de chocolate amargo podem comê-lo agora com muito menos culpa após descoberta que mostra o motivo dele ser tão bom para o corpo. Um estudo anterior sobre o consumo diário descobriu que chocolate amargo reduz a pressão arterial e é bom para o coração. Agora, os cientistas descobriram por que isso acontece.

A pesquisadora Maria Moore, da Universidade Estadual de Louisiana, disse: “Nós descobrimos que há dois tipos de micróbios no intestino: os bons e os ruins. Os bons micróbios, como Bifidobacterium e bactérias lácticas, fazem a festa com chocolate. Quando se come chocolate amargo, elas crescem e fermentam, produzindo compostos que são anti-inflamatórios. Isto, naturalmente, entra na corrente sanguínea e ajuda a livrar o coração e artérias de danos. As bactérias ruins do intestino, tais como Clostridium e algumas cepas de Escherichia coli (E.coli) provocam inflamação com muita facilidade, levando ao inchaço na região da barriga, diarreia e prisão de ventre”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A equipe testou três tipos de pó de cacau, a matéria-prima utilizada para fazer chocolate, num sistema digestivo artificial, que consiste numa série de tubos de ensaio modificados. O cacau contém os chamados polifenóis, compostos antioxidantes, tais como catequinas e epicatequina, e uma pequena quantidade de fibra dietética. “Em nosso estudo, verificamos que a fibra é fermentada e os grandes polímeros polifenólicos são metabolizados em moléculas menores, que são mais facilmente absorvidos”, disse o Dr. John Finley, que liderou a equipe de pesquisa Louisiana.

“Estes polímeros menores exibem atividade anti-inflamatória. Quando estes compostos são absorvidos pelo corpo, eles diminuem a inflamação do tecido cardiovascular, reduzindo o risco de longo prazo de acidente vascular cerebral”. O chocolate amargo contém um teor de cacau superior, aumentando este processo.

Combinando cacau com prebióticos – ingredientes indigestos de alimentos que estimulam o crescimento de bactérias – é susceptível de reforçar o processo com resultados benéficos, disse o Dr. Finley. “Quando você ingerir prebióticos, a população de micróbios benéficos do intestino aumenta e concorre contra quaisquer micróbios indesejáveis no intestino, como aqueles que causam problemas de estômago”, acrescentou.

Prebióticos são encontrados em alimentos como alho cru, farelo de trigo cru, cozido e farinha de trigo integral, e são especialmente abundantes na raiz de chicória crua. Eles também podem ser obtidos a partir de suplementos amplamente disponíveis. “Combinando chocolate amargo com frutas como romãs ou açaí também pode aumentar esses benefícios”, disse o Dr. Finley.

R7

Torta fácil de Chocolate. Com seis ingredientes, você faz uma sobremesa deliciosa

Tortaingredientes

  • 90 g de açúcar (½ xícara de chá)
  • 60 ml de água (¼ xícara de chá)
  • 100 g de manteiga (½ xícara de chá)
  • 200 g de chocolate meio amargo picado (1 xícara de chá)
  • 3 ovos
  • 45 g de açúcar (¼ xícara de chá)

modo de preparo

1°- Numa panela coloque 90 g de açúcar e 60 ml de água, leve ao fogo médio até formar uma calda em ponto de bala mole (+/- 3 minutos). Abaixe o fogo adicione 100 g de manteiga e misture até derreter (30 segundos). Acrescente 200 g de chocolate meio amargo picado e misture até desfazer os grãos maiores de açúcar e formar uma mistura com textura de areia (+/- 3 minutos). Retire do fogo e deixe amornar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

2°- Coloque numa batedeira 3 ovos, 45 g de açúcar e bata até obter um creme fofo (+/- 8 minutos). Com a batedeira ligada adicione a mistura de chocolate (feita acima) e bata bem até formar uma mistura homogênea.

3°- Numa assadeira redonda (17 cm de diâmtro) untada e enfarinhada coloque a massa de chocolate e leve para assar em banho-maria em forno pré-aquecido em 180° C por +/- 45 minutos. Retire do forno, desenforme quente e sirva em seguida.

 

Receitas.com

Bolo de chocolate na caneca leva apenas 5 minutos para sair; anote

Bolo de Caneca (Foto: Iara Venanzi/Casa e Comida)
Bolo de Caneca (Foto: Iara Venanzi/Casa e Comida)

Ingredientes
1 ovo;
3 colheres (sopa) de óleo;
3 colheres (sopa) de açúcar;
4 colheres (sopa) de leite;
2 colheres (sopa) de chocolate em pó com 50% de cacau;
4 colheres (sopa) de farinha de trigo;
1 colher (café) de fermento químico.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Modo de fazer
1 Numa caneca com capacidade de 300 ml, quebre o ovo e bata com um garfo.
2 Adicione o óleo, o açúcar, o leite e o chocolate. Acrescente a farinha e, por último, o fermento. Misture até incorporar os ingredientes.
3 Leve ao micro-ondas por 3 minutos em potência alta.
Dica: Se quiser servir o bolo desenformado, com alguma cobertura, faça a massa num recipiente e despeje em um bowl untado com manteiga e enfarinhado.

 

revistacasaejardim

Pavê de Chocolate que não vai ao fogo, é rápido de fazer e fica pronto em meia hora

receitaingredientes

  • 5 ovos
  • 6 colheres (sopa) de açúcar (80 g)
  • 2 latas de creme de leite sem soro (500 g)
  • 2 ½ xícaras (chá) de chocolate em pó peneirado (300 g)
  • 1 xícara (chá) de manteiga levemente amolecida (com textura de pomada / 200 g)
  • 20 biscoitos champanhe quebrados (180 g) e levemente molhados no leite

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

modo de preparo

1 – Numa batedeira coloque 5 ovos e 6 colheres (sopa) de açúcar e bata bem (+/- 10 minutos). Desligue a batedeira e reserve.

2 – Coloque numa tigela 2 latas de creme de leite sem soro, 300 g de chocolate em pó peneirado, 200 g de manteiga levemente amolecida (com textura de pomada) e misture bem até formar uma pasta. Adicione a mistura de ovos (feita acima) e misture delicadamente.

Montagem

3 – Em taças coloque uma camada de creme de chocolate, uma camada de biscoito champanhe quebrado e levemente molhado no leite (com a parte do açúcar virada para baixo), depois mais uma camada de creme de chocolate, mais uma camada de biscoito e termine com uma camada de creme de chocolate. Leve para gelar por +/- 1 hora. Sirva em seguida.

 

 

Receitas.com