Arquivo da tag: chamar

‘Não se pode chamar de incidente, foi agressão’, diz RC sobre fiscal e pede providências ao TRE

ricardo-coutinhoO governador Ricardo Coutinho (PSB), reclamou da postura do fiscal da propaganda que agrediu um militante durante a carreata da candidata a prefeita de João Pessoa, Cida Ramos (PSB), neste domingo (28) e pediu providências ao Tribunal Regional Eleitoral (TER-PB).

“Não foi incidente, foi agressão, não se pode dourar a pílula e chamar de incidente”, afirmou, apontando que ninguém cumprindo a lei pode agir daquela forma. “Um policial não pode, como um fiscal da propagada vai? Com que direito”, questionou acrescentando ainda que o que foi gravado em vídeo “foi apenas o ápice” e que nem todos os fiscais estavam agindo desta forma, porém alguns chegaram ao cúmulo de tentar arrancar o boné das pessoas e até o motorista de dentro do carro que levava o governador.

Para Coutinho a atitude foi inadmissível e apontou que não faz parte do sentimento e postura da Justiça Eleitoral. “Gente com esse perfil tem que ser afastada, não adianta tentar intimidar, não nos intimidaremos. Quem age assim precisa responder”, pediu afirmando ainda que quem está como fiscal tem que ter no mínimo equilíbrio. “Até se houve algum desentendimento, você está ali como lei e o que eu vi foi uma barbaridade que precisa ser repudiada por todos. Espero que a justiça aja rápido, gente como aquela não pode fazer fiscalização”, disse.

O governador ainda reclamou que os fiscais também “partiram” a carreata 11 vezes. “Fiscal de propaganda eleitoral não é agente de trânsito, não tem capacidade nem legitimidade ou legalidade para isso”, comentou.

Marília Domingues / Fernando Braz

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Religiosos dizem que é “desrespeito” chamar suspeito de matar criança de pai de santo

Reprodução/TV Correio HD
Reprodução/TV Correio HD

Na terça-feira (13) um crime bárbaro ocorrido no interior do estado chocou os paraibanos e ganhou destaque nacional. Um menino de cinco anos foi assassinado, teve o corpo aberto e órgãos cortados em pedaços em um ritual de magia negra, no município de Sumé (Cariri paraibano, a 264 km de João Pessoa). Segundo a polícia, a mãe e o padrasto da criança participaram do ritual, que teria sido conduzido por um suposto pai de santo. Uma semana após o crime, o Portal Correio ouviu representantes do candomblé e eles foram taxativos: o suspeito não pode ser considerado membro de nenhuma religião de matriz africana.

“Nenhuma religião de matriz africana faz esse tipo de ritual. Nós cultuamos o respeito à natureza. Somos conhecidos como pais e mães de santo, mas na verdade somos zeladores. Então, como poderíamos fazer mal àqueles que nos procuram? Àqueles que devemos zelar? É inaceitável e desrespeitoso que esse homem seja considerado da nossa religião. Ele não é. Ele não nos representa de forma alguma”, defendeu a iyalorixá Tuca.

A opinião também é compartilhada pelo babalorixá Gilberto. Ele é sacerdote há mais de 30 anos e um dos organizadores da festa de Yemanjá, o evento candomblé de maior tradição em João Pessoa.

“Posso garantir que não existe sacrifício humano dentro do candomblé. Desconheço essa prática e esse homem não pode ser chamado de pai de santo. O candomblé não realiza rituais visando o mal das pessoas”, garantiu o líder religioso.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O babalorixá Léo também não concorda que o suspeito e o fato tenha tido relação com religiões africanas. “O comportamento do suspeito mostra que ele não tem nenhum conhecimento sobre orixás e cultura africana, não tem cultura religiosa. Uma pessoa que faz isso contra uma criança não tem alma, cultura e espiritualidade. Não tenho nem palavras para classificar uma pessoa dessa”.

Umbanda

Segundo o babalorixá Léo e a iyalorixá Tuca, o ritual macabro que vitimou a criança em Sumé também não pode ser confundido com práticas da umbanda. De acordo com os líderes religiosos, a umbanda é uma religião “ainda mais pura que o candomblé” e jamais permitiria qualquer tipo de agressão contra seres humanos.

Preconceito

Os três representantes do candomblé ouvidos pelo Portal Correio consideram que a forma como o caso foi tratado contribui para o preconceito contra adeptos de religiões de matriz africana.

Eles destacam que a maioria das pessoas têm pouco conhecimento sobre o candomblé e a umbanda e acabam acreditando em mitos que envolvem essas religiões.

O caso

Relembre o caso em uma matéria exibida na TV Correio HD.

 

 

portalcorreio

ONG e Hemocentro usam personagem de acidente para chamar atenção sobre a doação de sangue

hemocentroO Hemocentro de João Pessoa e a ONG  Doe Sangue PB  encontraram uma nova forma de chamar a atenção da população sobre a importância de doar sangue. Durante a coleta externa realizada neste sábado (13) no  Parque Sólon de Lucena, foi utilizado um personagem que simulava ter sido vítima de um acidente de trânsito.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Quando vi esse rapaz ferido no rosto, tive um susto e pensei que fosse verdade”, disse a professora Anaíde dos Santos Silva, 42 anos, que mora no Bairro Costa e Silva e decidiu fazer a sua doação. O mesmo gesto teve o comerciário José Félix do Nascimento, 29 anos, morador do bairro do Geisel, que aproveitou a folga do trabalho para exercer a sua cidadania e fazer um gesto de solidariedade. “Eu sofri um acidente de moto e sei o valor que tem uma bolsa de sangue em momentos como esse”, comentou.

A coleta externa realizada neste sábado foi uma das dez programadas para acontecer durante todo esse mês e que já faz parte do calendário mensal do Hemocentro de João Pessoa. Ainda este mês vão acontecer coletas externas no Dia 17 no município  de Mamanguape;  dia 18 no Sistema Correio de Comunicação, no centro de João Pessoa,  dia 19 no laboratório de análises Clínicas Roseane Dore, no Bairro de Manaíra e fechando a  programação do mês a última coleta externa de sangue  será realizada no dia 20 na Igreja Batista do Jardim Cidade Universitária, no bairro de Manaíra.

A diretora geral do Hemocentro Sandra Sobreira explica que o objetivo das coletas externas é reforçar o estoque e atender à demanda dos hospitais.  A direção do Hemocentro  faz um apelo para que as pessoas compareçam aos locais e façam a sua doação, pois o Hemocentro precisa manter o estoque de sangue regular. Em datas comemorativas o Hemocentro realiza  campanhas para sensibilizar as pessoas sobre a importância do ato de doar sangue, um gesto humano, solidário e que ajuda a salvar vidas.

“ Conclamamos todas as pessoas que por ventura estejam passando por esses locais  que façam a sua doação para  que possamos manter regular o nosso estoque e assim garantir o atendimento a todos aqueles que precisam do sangue”, destacou a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro, Divane Cabral.

Sobre a ONG -, o Doe Sangue PB conta com cerca de 50 voluntários, sendo 30 mais ativos que seguem e divulgam os conteúdos do movimento nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram. Somando todos os seguidores do movimento, cerca de 10.000 são atingidas, mas segundo Thiago, apesar do grande número de pessoas algumas vezes eles encontram dificuldades.

Thiago Gonçalo Gomes idealizou o movimento que sse trabalho voluntário surgiu na observação da necessidade de doação para uma amiga. “ Neste momento eu percebi a dificuldade em conseguir doadores, então surgiu a ideia da criação de uma conta no Twitter para divulgar informações para a população” revelou.

Condições para ser doador de sangue

– Ter idade entre 16 e 69 anos (se for menor de 18 anos é necessária a autorização do responsável legal);

– Pesar acima de 50 quilos;

– Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

– Estar alimentado, com intervalo de duas horas após o almoço;

– Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

– Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

– Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

– Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

– Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

– Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

– Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

As pessoas interessadas em doar sangue e precisarem tirar qualquer dúvida ou marcar uma coleta externa, podem ligar para o telefone (083) 3218-7698.

Assessoria

Entidade fará manifestação para chamar atenção de Dilma sobre agricultores

manifestoCerca de mil agricultores paraibanos devem participar, na próxima segunda-feira (04), de uma manifestação pacífica para chamar a atenção da presidenta Dilma Roussef ( PT) sobre problemas que atingem a categoria e que não estão tendo o devido cuidado por parte do Governo Federal. Questões como a assistência aos produtores que sofrem com as consequências da seca, o endividamento dos agricultores e a morosidade e paralisação das obras de transposição do Rio São Francisco são alguns dos assuntos que dizem respeito ao protesto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, a mobilização tem o objetivo de mostrar a presidenta o que está acontecendo e cobrar medidas mais efetivas na resolução dos problemas. “Estamos precisando de medidas urgentes e a presidenta Dilma precisa saber o que está acontecendo, por isso resolvemos apoiar o movimento que será pacífico e ordeiro, mas que deve chamar atenção da presidenta e despertá-la na busca de soluções imediatas e eficazes”, afirma Murilo.

 

Ele lembra que os prejuízos com a seca no Nordeste foram muito grandes face a insignificante resposta do governo federal para amenizar a situação, que é preciso retomar as obras do projeto de transposição do Rio São Francisco para que o Nordeste tenha soluções definitivas para a escassez de água, que a questão do endividamento dos produtores precisa de uma solução urgente e que o governo precisa rever sua política de combustível que privilegia a gasolina, em detrimento do combustível limpo que é o álcool. “São questão fundamentais e que precisam ser prioridade do governo federal”, finaliza o dirigente da Asplan.

 

A princípio, a manifestação está marcada para acontecer no período da manhã, nas proximidades do Centro de Convenções da Paraíba, mas pode ser alterada em função de modificações na agenda da presidenta Dilma.

 

politicapb

Deputado diz que TIM devia se chamar “TIMganou”

O presidente da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, deputado Edmar Arruda (PSC-PR), questionou nesta quarta-feira (5) os serviços da operadora TIM e disse que a empresa deveria mudar de nome.

Deputados e o presidente da [B][LINK=http://noticias.r7.com/economia/noticias/empresas-vao-ter-que-melhorar-relacao-com-clientes-diz-presidente-da-anatel-20120905.html]Anatel[/LINK][/B] (Agência Nacional de Telecomunicações), João Batista de Rezende, participam de audiência pública na Câmara sobre os problemas no serviço de telefonia no Brasil.

— A TIM devia se chamar era “TIMganou”, porque é isso que estamos sendo feitos como consumidores: enganados. E eu estou falando aqui como consumidor, como dono de empresa que paga telefone para os funcionários e vê o funcionário quase como uma dança no pátio procurando sinal.

O deputado, irritado com a operadora, fez ainda um trocadilho e disse que é contra a volta das vendas de chips. Segundo ele, é responsabilidade do governo cobrar e fazer algo para que se mude a realidade do sistema de telecomunicações que é uma “porcaria”.

— A única coisa que se faz quando liga de um telefone da TIM é propaganda da Oi. Você fica falando “oi”, “oi”, “oi” e cai a ligação. No final você não fala é nada. Parece que há um combinado, a cada dez assinantes, um fala e os outros esperam sempre caindo a ligação.

Em julho, a TIM teve a [B][LINK=http://noticias.r7.com/economia/noticias/anatel-proibe-venda-de-chips-da-oi-tim-e-claro-20120718.html]venda de chips e de modems para acesso a internet suspensa[/LINK][/B] pela Anatel por problemas no serviço. Ela foi a operadora mais punida, com veto em 19 Estados do Brasil. A proibição atingiu a Oi em cinco Estados e a Claro, em três.

Um relatório da Anatel realizado entre os meses de março e maio deste ano apontou que a TIM [B][LINK=http://noticias.r7.com/economia/noticias/tim-derrubou-ligacoes-de-usuarios-diz-relatorio-da-anatel-20120807.html]provocou desligamentos[/LINK][/B] das chamadas dos consumidores do plano Infinity, pelo qual se cobra cada ligação, e não a duração do uso. A operadora [B][LINK=http://noticias.r7.com/economia/noticias/tim-nega-ter-derrubado-ligacoes-de-usuarios-e-diz-que-relatorio-da-anatel-tem-erros-20120808.html]negou[/LINK][/B].

R7