Arquivo da tag: Cerca

‘Foi doloroso’, diz paraibana que perdeu cerca de R$ 80 mil em golpe do ‘Don Juan’

A história começa com muito carinho e atenção, se desenvolve para uma relação amorosa e acaba com um golpe financeiro. Esse é o padrão do golpe do “Don Juan”, do qual uma paraibana foi vítima em 2017. Após receber promessas falsas de amor, ela acabou perdendo cerca de R$ 80 mil – poupados com muito sacrifício – que achava que estavam sendo destinados para a compra de um carro e um imóvel.

“Foi doloroso aceitar a realidade. Uma tortura, sentimentos de culpa, raiva de si mesmo, revolta, depressão, vergonha e tantos outros que contribuíram para me fazer sentir destruída em várias dimensões da vida – econômica, sentimental e afetiva”, declarou.

Os dois se conheceram durante uma festa de São João em Bananeiras, no Brejo paraibano. Ele afirmava ser empresário e geólogo e trabalhar para a Petrobrás. Desde o início, o suspeito se mostrou gentil, prestativo e solícito, fazendo com que ela se sentisse atraída afetivamente por ele e que o casal começasse a namorar.

Com pouco tempo, começaram os planos de casamento, e ele sugeriu que os dois comprassem um carro e um apartamento. “Como sendo eu uma simples funcionária pública e ele se apresentando como um funcionário efetivo da Petrobrás e tendo mais uma pensão da esposa que falecera, a qual era promotora pública em Salvador, jamais poderia imaginar que a minha renda ou qualquer patrimônio material meu pudesse interessá-lo”, disse.

O homem explicou a ela que iria fazer uma viagem, alegando que iria trabalhar em uma plataforma da Petrobrás. De lá, ele pediu que parte do dinheiro para a entrada das duas compras fosse depositada para ele. Depois disso, os contatos com ele começaram a ficar mais escassos e Mariângela nunca mais o viu.

“Foram anos e anos fazendo economia, juntando e poupando até chegar ao valor que ele roubou sem piedade, isso além de abusar da minha afetividade, usando como um objeto, tornando vítima de seu cruel golpe”, disse a vítima.

Logo a funcionária pública descobriu que o nome que ele usava era falso e que ele nunca trabalhou para a Petrobrás. Também descobriu que as negociações do apartamento e do carro eram falsos e que existiam vários processos em andamento, por estelionato, contra o homem que a enganou.

Suspeito de aplicar golpe do 'Don Juan' se comunicava com a vítima por mensagens (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Suspeito de aplicar golpe do ‘Don Juan’ se comunicava com a vítima por mensagens (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Caso de polícia

Em João Pessoa, a vítima acionou a Delegacia de Defraudações e Falsificações para investigar o ex-namorado. Mais de seis meses depois, o delegado Lucas Sá explicou que o caso segue na Justiça, esperando alguma decisão, e que o suspeito responde ao processo em liberdade.

“Esse tipo de golpe consiste no ganho de confiança e depois na solicitação de valores a título de empréstimo. No entanto esses valores nunca são devolvidos”, esclareceu o delegado.

Para o policial, é importante que outras pessoas sejam alertadas sobre golpes como esse. Ele orienta que qualquer pessoa procure a Delegacia de Defraudações e Falsificações sempre que desconfiar de alguma negociação.

“A recomendação é de nunca passar valores de maneira informal. Deve sempre procurar fazer através de contrato (contrato simples – uma página) e recibo dos valores entregues. Pedindo sempre a cópia do documento de identificação. Se for um golpista, ele vai ‘cair fora’. No entanto, quase todas as vítimas não fazem isso. Agem sempre com base na confiança e depois são lesadas”, explicou Lucas Sá.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Polícia cerca agência bancária em João Pessoa após denúncia de assalto com reféns

policiais-no-bancoA informação de que um assalto estaria acontecendo na manhã desta quarta-feira (29) no Banco do brasil localizado na Avenida Dom Pedro I, no centro de de João Pessoa mobilizou mais de cinquenta policiais.

Após a denúncia, realizada por telefone, várias viaturas chegaram ao local para interceptar a pressuposta ação criminosa, o quarteirão da agência acabou sendo isolado e o trânsito foi desviado pela Rua Santo Elias.

Os funcionários e clientes que estavam no banco acabaram se assustando com a movimentação e os bombeiros foram chamados para atender os que ficaram mais nervosos.

Informações extra oficiais davam conta de que haviam reféns em poder dos bandidos. E, em entrevista ao Sistema Arapuan, uma cliente que estava no banco contou que não viu homens armados em nenhum momento.

Apesar da não confirmação de que o assalto está sendo realizado, a polícia achou melhor manter o cerco.

Uma camionete com restrição de roubo se encontrava no estacionamento do banco, assim como uma bolsa abandonada.

O secretário de Segurança da Paraíba, Cláudio Lima, entrou em contato com a produção do Cidade em Ação para informar que vai investigar o caso e localizar o culpado pelo trote.

A TV Arapuan acompanhou ao vivo toda a movimentação, desde a chegada da Polícia, até a dispersão. Assista, os momentos de tensão:

Veja imagens de um cinegrafista amador, no momento em que ainda não se sabia o que estava acontecendo no interior da agência:

Yves Feitosa

Polícia Militar cerca mata para prender assaltantes de banco na Paraíba

Divulgação/ Secom PB
Divulgação/ Secom PB

Um bando formado por dez homens explodiu a agência do Banco do Brasil na cidade de Puxinanã, no Agreste do estado a 148 km de João Pessoa, na madrugada desta quinta-feira (22). Houve troca de tiros com a Polícia Militar. Cerca de 40 PM´s estão fazendo um rastreamento em parte da zona rural de Campina Grande para capturar os assaltantes. Até as 09h ninguém tinha sido preso.

“Uma área de mata está cercada e acreditamos que o bando esteja escondido dentro dela. Estamos fazendo uma saturação na região para prender os assaltantes. Policiais da Rotam, Força Tática e Rádio Patrulha estão em buscas dos criminosos”, adiantou o coronel João da Mata, comandante do Policiamento Regional I.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O coronel informou que o serviço de inteligência das policias Civil e Militar estava investigando o grupo desde a tentativa de assalto a um caixa eletrônico em Campina Grande no início da semana.

“A gente já vinha acompanhando do bando e já esperávamos que ele iria tentar explodir algum banco na região de Campina Grande. Hoje (22), os assaltantes agiram em Puxixanã, mas durante a fuga se depararam com uma viatura da PM e entraram em confronto. Um malote de dinheiro foi abandonado dentro de um carro. Dois veículos foram abandonados. Cápsulas foram encontradas e bananas de dinamites”, comentou o comandante.

 

Receita cerca sonegador previdenciário na PB

Trabalho mais intenso, com o uso inclusive de um helicóptero da Receita Federal, começou na última segunda-feira (14)
Trabalho mais intenso, com o uso inclusive de um helicóptero da Receita Federal, começou na última segunda-feira (14)

A Delegacia da Receita Federal de João Pessoa intensificou a fiscalização contra os responsáveis pelas construções de imóveis que sonegaram as contribuições previdenciárias referentes aos empregados da obra. A operação ‘Falcão Azul’ já identificou 150 pessoas em situação irregular e até o final das investigações (2014/2015) espera-se registrar 1.000 unidades com pendências junto ao Fisco, o que resultará em um acréscimo de R$ 17 milhões sobre a arrecadação do órgão. Isso representa 20% a mais do que o recolhimento normal.

O delegado da Receita Federal de João Pessoa, José Honorato de Souza, afirmou que o cerco aos sonegadores está sendo feito dentro da área da jurisprudência da RF da capital paraibana que abrange cidades como João Pessoa, Cabedelo, Conde, Areia e Bananeiras. O trabalho mais intenso, com o uso inclusive de um helicóptero da Receita Federal, começou na última segunda-feira e será concluído sexta-feira. Mas a ação é permanente e em até um ano o Fisco pretende chegar ao incremento de 20% no recolhimento dos tributos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“O empregador tem que recolher e entregar aos cofres públicos as contribuições previdenciárias dos trabalhadores que estão atuando na construção do imóvel. Isso tem que ser feito mensalmente ou no final da construção, porque caso contrário não pode haver a regularização do imóvel junto ao cartório. O nosso foco na operação é com relação às pessoas físicas e imóveis de alto padrão, mas as pessoas jurídicas e donos de construções de qualquer valor têm a obrigação de prestar contas à Receita”, afirmou Honorato.

NO IMPOSTO DE RENDA

A ação do Fisco também terá repercussão no Imposto de Renda da Pessoa Física, caso ela seja dona de um destes imóveis em situação irregular e tenha omitido na declaração do IR os gastos com as construções.

“Quem construiu uma casa de R$ 1 milhão, por exemplo, e só declarou renda de até R$ 300 mil, a Receita Federal vai perguntar sobre a diferença dos valores e como ele teve condições de construir o imóvel”, exemplificou.

A Receita Federal informou que a incidência da contribuição previdenciária sobre as obras de construção civil promovidas por pessoas físicas são uma importante fonte de custeio da Previdência Social.

MULTA PODE CHEGAR A 225% 

Os contribuintes que estão sonegando o recolhimento da contribuição previdenciária dos trabalhadores que atuam nas obras dos imóveis estão sujeitos a multa que varia de 75% a 225% sobre o valor devido. Mas o delegado da Receita Federal de João Pessoa, José Honorato, afirmou que a autorregularização pode reduzir a penalidade. “Quem se autorregulariza paga somente o imposto devido. Mas quem esperar o chamamento da Receita paga a multa mais as correções emitidas, além do imposto. Se for verificado fraude ou conluio que agrave a situação, ela se transforma em crime contra a Ordem Tributária e passa a ser motivo de representação pelo Ministério Público e sofre ação penal. Se o contribuinte se negar a pagar o que deve, em último caso, pode até perder o imóvel”, alertou Honorato.

O delegado da RF de João Pessoa lembrou que desde segunda-feira é possível fazer a autorregularização no site do Fisco (www.receita.fazenda.gov.br). “O contribuinte preenche uma declaração no próprio site e faz o agendamento para a vir de forma presencial à Receita para que a documentação seja conferida”, explicou José Honorato.

As contribuições previdenciárias incidentes sobre a folha de pagamento dos serviços de construção civil são destinadas aos benefícios previdenciários a serem pagos aos trabalhadores que prestaram serviços nessa área, como o pedreiro, o eletricista, etc, e é responsabilidade da pessoa física que está construindo seu imóvel pagar este tributo.

Cerca de 40 presos tentam fugir de cadeia em Mamanguape, mas plano é frustrado pelos agentes

Policial .Agentes penitenciários de plantão na Cadeia Pública de Mamanguape evitaram a fuga de cerca quarenta presos. O fato aconteceu na madrugada desta terça-feira (22).

De acordo com a polícia, os agentes escutaram um barulho estranho e resolveram investigar o que estava acontecendo. Ao fazer uma revista na cela eles perceberam que os presos estavam serrando a grade para fugir.

Todos os apenados foram colocados no pátio e durante uma operação de segurança foram encontradas 18 serras.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Paulo Cosme\David Martins

Bandidos arrombam agência dos Correios no Brejo e roubam cerca de R$ 100 mil

 

Agência dos Correios em Pirpirituba-PB
Agência dos Correios em Pirpirituba-PB

Uma agência dos Correios e Telégrafos foi arrombada na madrugada desta quarta-feira (4), no município de Pirpirituba, Brejo paraibano, a 79 km de Capital.

Conforme a polícia, o crime foi percebido pela manhã, quando o gerente chegou ao local para iniciar o expediente da agência. Uma das janelas estava arrombada, muitos objetos ficaram revirados e a escada e o banco utilizados para a fuga serão usados nas investigações.

Na ação, os criminosos roubaram malotes e dinheiro. Segundo funcionários da empresa, o valor do prejuízo está calculado em cerca de R$ 100 mil.

Até a tarde desta quarta (4), ninguém havia sido preso.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

portal correio

PM cerca UFPB à procura de homem que tentou assaltar banco no campus da Capital

UFPBA Polícia Militar cercou a mata da Universidade Federal da Paraíba, no Castelo Branco, Zona Leste de João Pessoa, no início da tarde desta quinta-feira (15) à procura de um suposto assaltante que teria atacado uma agência bancária dentro do campus.

De acordo com as informações do sargento Jota Batista, que está no local, um homem teria tentado assaltar o banco e rendido funcionários e clientes. Ao perceber que a polícia já estava no local, o homem teria tentado fugir, atirando contra os policiais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Uma pessoa que transitava nas proximidades teria sido atingida por um disparo na perna e socorrido para um hospital de João Pessoa.

 

portal correio

Congresso deve reunir cerca de mil jovens consagrados em Aparecida/SP

Com o tema “Novas Gerações: Tecendo relações, construindo caminhos o Congresso das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada pretende reunir em Aparecida-SP, no Espaço Cultural Padre Vitor Coelho, cerca de mil religiosos e religiosas jovens, de 09 a 12 de fevereiro de 2013. O evento é uma organização da CRB Nacional – Conferência dos Religiosos do Brasil sob coordenação do Assessor Executivo para as Juventudes, Frei Rubens Nunes da Mota, OFMCap (foto), a representante  da Diretoria da CRB Nacional, Irmã Lourdes Oro, sds, e um representante da Vida Religiosa Jovem de cada regional da CRB.[bb]

“O objetivo deste Congresso Nacional é redescobrir caminhos para assumir o protagonismo das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada, favorecer a espiritualidade, as relações fraternas, e a missão, para ser testemunho profético diante da realidade atual”, informou.
De acordo com o assessor, se entende por ‘Novas Gerações da Vida Religiosa, todos os consagrados que fizeram os primeiros votos ou votos temporários, até 10 anos de votos perpétuos. Para  ele o que motiva a continuidade dos Congressos para este publico da Vida Consagrada é o fato de que, conforme apontam as pesquisas, os grandes hiatos, as grandes crises da Vida Religiosa se encontram nessa fase da vida.
“O Congresso não é um ponto final, nem ponto de partida, mas fruto de uma caminhada. Queremos que este momento seja uma motivação para que nas regionais da CRB possam continuar a formação de grupos ‘Novas Gerações’ que deem continuidade ao processo de partilha da vida, troca de experiências, de rezar juntos/as para continuarem fiéis no caminho e missão”, afirmou.
LOURDES_ORO_DIRETORIA_DA_CRBNACIOA representante e membro da Diretoria da CRB Nacional, Irmã Lourdes Oro, sds, falou sobre as perspectivas da CRB sobre este evento. “A primeira perspectiva é que este Congresso seja para a Juventude Religiosa, um momento de revigoramento, de retomada da Vida Consagrada, da sua opção vocacional, com novo ânimo, com novo vigor e reencantamento do chamado vocacional e do espírito missionário. Uma outra perspectiva é que a Juventude da Vida Consagrada tenha neste Congresso um espaço onde possam renovar o seu compromisso com a vida e a missão da Vida Religiosa. Que se sintam convocados, compromissados e valorizados, relatou.
Para Irmã Lourdes, a cidade de Aparecida é o melhor lugar para a realização do evento: “É muito bom que seja em Aparecida pois Nossa Senhora é a nossa padroeira e é importante que a Vida Religiosa Jovem faça essa peregrinação até ao Santuário no sentido de ir ao encontro da Mãe da Vida Consagrada, a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida”, concluiu.
Público alvo do 2º Congresso das Novas Gerações
Participam do Congresso, religiosos e religiosas até 10 anos de votos perpétuos, superiores, conselheiros e formadores das congregações afins, membros das diretorias regionais e acompanhantes dos grupos novas gerações. Para fazer a inscrição, entre em contato com a CRB: (61) 3224-4249 ou solicite a ficha de inscrição por e-mail: rosenildep@gmail.com (Irmã Rosenilde) e secretaria3@crbnacional.org.br (Leandro).
CNBB

Cerca de 2 bilhões de não-fumantes no mundo sofrem com doenças relacionadas ao cigarro

 

A fumaça exalada por cigarros ou qualquer produto que seja derivado do tabaco é denominada poluição tabagística ambiental (PTA). Por ser extremamente tóxica, a inalação dessa fumaça por pessoas não-fumantes é chamada de tabagismo passivo ou fumo passivo.

A adoção de ambientes livres do fumo é o único modo de proteger a população das doenças causadas pela PTA, já que ficou comprovado que não existem níveis seguros de absorção da fumaça de cigarros.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), aproximadamente dois bilhões de pessoas são vítimas do fumo passivo no mundo, sendo que destas, 700 milhões são crianças, que sofrem com maior incidência de bronquites, pneumonia e infecções de ouvido, entre outras doenças. No Brasil, as crianças são 40% das vítimas do fumo passivo.

Os problemas de saúde a que o fumante passivo está exposto são inúmeros: câncer de pulmão ou da face, doença cardiovascular, infarto, AVC (acidente vascular cerebral) e enfisema pulmonar, dentre outras. “Um fumante passivo pode chegar a consumir o equivalente a 10 cigarros por dia, dependendo da exposição a que sofre”, afirma Ricardo Meirelles, pneumologista e técnico da Divisão de Controle de Tabagismo do Inca (Instituto Nacional do Câncer). Ele alerta também que quem convive com pessoas que fumam em ambientes fechados têm o dobro de chances de contrair doenças, comparadas aos não-fumantes que respiram ar puro diariamente.

Segundo a OMS, o fumo passivo é a terceira maior causa de morte evitável no mundo e a fumaça do cigarro, o principal agente poluidor de ambientes fechados.

Fontes: Inca e Aliança de Controle do Tabagismo

Focando a Notícia

Cerca de 8 milhões de brasileiros revelam que já consumiram maconha

Cerca de 7% dos adultos brasileiros já usaram maconha pelo menos uma vez na vida (cerca de 8 milhões de pessoas) e 3% da população adulta (mais de 3 milhões) afirmou ter consumido a droga no último ano. Além disso, mais da metade dos usuários, ou cerca de 1,5 milhão de indivíduos, usa a substância todos os dias. É o que mostra o 2º Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), divulgado pela Universidade Federal de São Paulo nesta quarta-feira (01/08)).

A pesquisa, feita com 4.607 pessoas de 149 municípios brasileiros, indica que a experimentação da maconha ocorre antes dos 18 anos para a maioria, ou 62%, da população que já consumiu (ou ainda consome) a droga. Cerca de 37% dos usuários são considerados dependentes da substância.

Quando aplicados ao universo dos adolescentes, os resultados não são muito diferentes: 4% (o equivalente a 600 mil indivíduos) consumiram maconha pelo menos uma vez na vida, e 3% (mais de 470 mil), no último ano. Destes jovens, 17% conseguiram obter a substância na escola.

Segundo o coordenador da pesquisa, o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, em 2006 existia um adolescente para cada adulto que usa maconha. Em 2012, a proporção aumentou para 1,4 adolescente por adulto, o que é preocupante.

[B]Ranking[/B]

Os dados mostram que o Brasil não está entre os países com maiores índices de consumo de maconha – ele aparece em 17º no ranking. Em primeiro lugar está o Canadá (44% de uso na vida e 14% no último ano), a Nova Zelândia (42% e 13%, respectivamente) e Estados Unidos (41% e 10%).

No entanto, ainda conforme a pesquisa, as Nações Unidas acreditam que os dados oficiais na América Latina possam ser subestimados, “uma vez que o volume de maconha apreendido no Brasil está entre os maiores do mundo e o país não é um grande fornecedor de nenhuma região.”

A pesquisa tambem aferiu que a maior parte dos brasileiros, ou 75%, é contra a legalização da maconha.

Agência Brasil