Arquivo da tag: celulares

Ataque de hackers a celulares de deputados da Paraíba faz mais uma vítima

A onda de clonagem a celulares de deputados estaduais na Paraíba tem nova vítima. Dessa vez, o deputado estadual Ricardo Barbosa teve seu número clonado e os hackers estão usando para aplicar golpes. A denúncia foi feita pela assessoria do parlamentar nesta segunda-feira (2) por meio das redes sociais.

Semana passada outros seis deputados, Wallber Virgulino, Jane Panta, Trócolli Junior, Branco Mendes e Lindholfo Pires sofreram o mesmo golpe.

As vítimas prestaram um Boletim de Ocorrência e foram nas operadas dos respectivos números clonados para resgatar um novo número.

A clonagem de telefones é um dos crimes mais recorrentes nos últimos anos e tipificada no Código Penal como Adulteração do IMEI – número de Identificação Internacional do equipamento, que tem punição de reclusão, de um a três anos, e multa não só para quem adulterar o número do aparelho, mas também para quem comercializar aparelhos alterados.

 

clickpb

 

 

Jovem é preso suspeito de tentar arremessar celulares e drogas para dentro de presídio na Paraíba

Um jovem de 18 anos foi preso, na madrugada desta segunda-feira (2), suspeito de tentar arremessar celulares e drogas para dentro do presídio de Catolé do Rocha, na Paraíba. Um policial militar que estava em uma das guaritas do presídio flagrou dois indivíduos tentando arremessar objetos para dentro da unidade prisional.

Uma guarnição foi solicitada para dar apoio e chegando ao local encontrou um dos suspeitos já contido ao solo pelo guariteiro.

Com o jovem foram encontrados três celulares, três carregadores e uma porção de substância análoga à maconha. O outro suspeito conseguiu fugir antes da chegada das viaturas.

O jovem e o material apreendido foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil.

 

 

clickpb

 

 

Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda

Titulares de linha telefônica pré-paga em 17 estados têm até a próxima segunda-feira (18) para recadastrar e atualizar seus dados, sob risco de ficarem com o serviço bloqueado. O recadastramento faz parte do projeto da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a criação do cadastro nacional de usuários dos serviços de telefonia celular pré-paga.

A exigência vale para os moradores dos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe e São Paulo. Os demais estados e o Distrito Federal já concluíram essa etapa de recadastramento.

Esta é última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago.

Segundo a agência reguladora, o objetivo da iniciativa é assegurar uma base cadastral correta e atualizada, para evitar a ocorrência de fraudes de subscrição (linhas associadas indevidamente a CPFs) e, dessa forma, ampliar a segurança dos consumidores.

Recadastramento

Os usuários de pacotes pré-pagos serão acionados pelas operadoras por canais como mensagem de texto, ligações ou pop ups em sites. O procedimento é aplicado apenas aos usuários com pendências cadastrais. As operadoras também disponibilizaram canais de atendimento para fornecer mais informações sobre o recadastramento, como páginas específicas nos sites e números.

Pessoas que tiverem a linha pré-paga bloqueada poderão atualizar os dados cadastrais junto à sua prestadora por meio dos canais de atendimento disponíveis, como call center e espaço reservado ao consumidor na internet. Nesse contato, devem ser informados o nome completo e o endereço com o número do CEP. No caso de pessoa física, é necessário informar o número do CPF e, para pessoa jurídica, o CNPJ. Também poderão ser solicitadas informações adicionais de validação do cadastro.

Para evitar fraudes, os usuários podem confirmar se o SMS de solicitação de recadastramento recebido foi, de fato, encaminhado pela prestadora contratada.

Confira os números utilizados pelas prestadoras para envio das mensagens:

Operadoras avisam aos clientes sobre o recadastramento (Foto: reprodução/Anatel)

Em caso de dúvidas, os titulares de linhas pré-pagas podem entrar em contato com as operadoras pelos seguintes canais:

(Foto: reprodução/Anatel)

Agência Brasil

 

Drone carregando celulares é apreendido no PB 1

Um drone foi apreendido pela Polícia Militar na Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, em João Pessoa. Policiais que faziam a segurança do presídio perceberam o objeto voando próximo ao prédio e atiraram. O drone carregava aparelhos celulares.

Após efetuarem alguns disparos contra o objeto, foi solicitada a presença de agentes para localizar o drone e recolhê-lo. Foram encontrados quatro aparelhos celulares amarrados no drone. Ainda não se sabe, porém, quem pilotava o aparelho.

 

clickpb

 

 

Homem é preso suspeito de tentar arremessar 26 celulares para o presídio de Cajazeiras, na PB

Um homem foi preso em flagrante na manhã deste sábado (2), suspeito de tentar arremessar 26 celulares para o presídio de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, ele negou que jogaria o material para dentro da unidade penitenciária.

Ainda de acordo com a polícia, agentes penitenciários que trabalham na guarita da penitenciária haviam notado a intenção do suspeito. Como ele estava sendo monitorado, foi perseguido e conseguiu fugir em uma motocicleta sem placa.

Por volta das 5h o suspeito foi localizado. Na mochila que ele carregava estavam 26 celulares, dez carregadores de celular e três facas. À polícia, ele contou que recebeu uma ligação para transportar o material, mas que não seria ele que arremessaria para dentro do presídio.

O delegado Francisco Filho informou que a moto utilizada na fuga do homem havia sido roubada no Ceará. Ele também negou que tivesse cometido o roubo. Por isso, foi autuado pelos crimes de receptação e tentativa de entrar com celulares no presídio.

O homem está detido na Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras. Ele deve ser encaminhado ainda na tarde deste sábado para o presídio da cidade.

Foto: Direção do presídio de Cajazeiras/Divulgação

G1

 

Aplicativos celulares e atividade física: a tecnologia é feita para os idosos?

“O mundo está envelhecendo”. Essa talvez seja uma das frases mais utilizadas nos últimos tempos. Podemos tirar muita informação da sentença, vamos lá:

  • Alterações político-econômicas têm sido guiadas pelo envelhecimento populacional mundial.
  • A legislação teve que se ajustar para atender às novas perspectivas com base na expectativa de vida.
  • Com o avanço tecnológico, toda uma geração que pouco sabia sobre computadores na sua juventude teve que se adaptar aos aplicativos celulares para acessar as contas de banco, para se comunicar com familiares e amigos ou ainda para chamar o “velho” conhecido táxi.

Com a atividade física, isso não foi diferente. Softwares inteligentes facilitaram a gestão nas academias, automatizando a montagem dos treinos de seus clientes e trazendo mais dinamismo na prática profissional do professor. Atualmente, existem mais de 40 mil aplicativos classificados como “saúde e fitness” disponibilizados nas plataformas on-line, e o número de pesquisas referentes ao uso de aplicativos celulares que promovem a prática de atividade física tende a aumentar. Toda essa tecnologia auxilia na motivação para o exercício físico, por meio de sistemas como pedômetros (fazem a contagem dos passos) e acelerômetros (quantificam o movimento realizado e estipulam metas individuais), que podem ter seus dados compartilhados entre os usuários dos apps, estimulando a interação social.

Neste cenário de democratização tecnológica, muitas vezes nem percebemos se os idosos têm facilidade para utilizar as ferramentas ou se estamos impondo mais uma barreira para que eles não sejam ativos fisicamente. Pois é, mesmo com todo esse avanço não há consenso cientifico sobre o que deve estar e o que não deve estar contido em um aplicativo de saúde que favoreça o uso entre usuários de idade avançada. As características negativas mais relatadas sobre os apps atuais são:

  • Letras pequenas;
  • Tamanho da tela;
  • Falta de utilização de cores;
  • Excesso de funções;
  • Passo a passo desnecessário.

Considerando que ao passar dos anos nos tornamos menos ativos e cada vez mais dependentes da tecnologia no dia a dia, faz-se necessário a elaboração de aplicativos que sejam amigáveis aos idosos.

Os primeiros passos estão sendo dados, os desenvolvedores e pesquisadores têm utilizado os próprios idosos para auxiliarem na elaboração das novas tecnologias, fazendo testes e dando sugestões. Eles opinam sobre o que pode ser um facilitador ou o que pode ser uma barreira na utilização adequada do aplicativo —funcionalidades que, de fato, promovam a atividade física nessa faixa etária tão importante.

Se olharmos da perspectiva de uma geração que na infância brincava nas ruas, em que videogames e celulares passavam longe das pessoas, percebemos que embora disponíveis para a grande maioria, nem sempre as tecnologias são adequadas aos idosos. Portanto, não basta ter acesso às novas tecnologias se as configurações e características não se adequarem à realidade desse público. Se isso não acontecer, essas pessoas serão levadas a um processo de exclusão, quando o objetivo deveria ser inclui-las.

Autor: Rafael Luciano de Mello é professor dos cursos de licenciatura e de bacharelado em Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter.

 

Assessoria

 

 

Homem é preso tentando arremessar celulares e droga para dentro de presídio em Guarabira

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam, na noite desse domingo (7), um homem que estava tentando arremessar aparelhos de telefone celular, acessórios e droga para o interior do Presídio João Bosco Carneiro, na cidade de Guarabira. Com ele foram apreendidos 25 aparelhos celulares de diversas marcas e os seguintes acessórios: 26 carregadores, cinco fones de ouvido, três cabos USB, três baterias, três cartões de memória, três chips e duas capinhas para celular, além de 11 pacotes de uma substância semelhante à maconha, totalizando aproximadamente 1 kg.

O policial que estava trabalhando de sentinela na penitenciária solicitou apoio ao Copom pois havia visualizado uma pessoa em atitudes suspeitas próximo ao muro da unidade prisional. As guarnições comandadas pelo cabo Gutemberg e cabo Andrade foram designadas para irem até o local e conseguiram capturar o suspeito e apreender o material ilícito. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante.

Assessoria 4º BPM

 

 

Dupla armada assalta pizzaria, rouba duas motos, e foge levando dinheiro e celulares

Clientes de uma pizzaria no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, passaram por maus momentos ao serem vítimas de um assalto no estilo ‘Arrastão”.

De acordo com a polícia, por volta das 21 horas, a dupla chegou ao estabelecimento comercial localizado na rua Juiz João Navarro Filho, sacaram as armas e foram logo anunciado o assalto.

Eles pegaram cerca de R$ 120,00 do estabelecimento comercial e fugiram em duas motos, sendo que uma pertence a um motoboy que trabalha na pizzaria e a outra de um cliente.

Há informações de que eles levaram também celulares e o salário de um cliente.

No momento do assalto, uma mulher se encontrava no local com uma criança de colo, mas os bandidos não se intimidaram.

Paulo Cosme\Ricardo Martins

 

 

Presos fazem rebelião após apreensão de celulares e drogas na cadeia de Esperança-PB

Detentos da Cadeia Pública de Esperança, no Agreste do Estado, fizeram uma rebelião no final da tarde desta segunda-feira (10). De acordo com a direção da unidade prisional, o tumulto aconteceu depois que celulares e drogas foram apreendidos durante um pente-fino pela manhã, irritando os presidiários.

Ainda segundo a direção, um presidiário teria feito uma ligação para um programa de rádio local há cerca de duas semanas e a partir daí começaram as investigações a respeito do uso de celulares dentro da cadeia pública. E nesta segunda-feira o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) realizou a operação.

Foram aprendidos 16 celulares, carregadores, fones de ouvido e drogas. Uma escavação foi encontrada em uma cela pelos agentes, o que leva a direção a crer que os presos estavam com um plano de fuga.

Depois do pente-fino, os presidiários iniciaram a rebelião. Segundo a direção da cadeia, alguns se aglomeraram no pátio e outros tentaram quebrar as grades da unidade. O GPOE retornou ao local e conteve o tumulto. Logo em seguida, dez apenados envolvidos na rebelião foram transferidos para o Complexo do Serrotão, em Campina Grande.

 Foto: Marcelo Cândido/Arquivo Pessoal

G1

 

Tião Gomes apresenta Voto de Aplauso a grupo de jovens que produzem filmes com celulares em Areia

O deputado estadual Tião Gomes (Avante) apresentou nesta sexta-feira (10) um requerimento de Voto de Aplausos na Assembleia Legislativa da Paraíba, ao projeto de produção de cinema feito por crianças e jovens, e tem possibilitado a integração de estudantes e moradores com a sétima arte, no distrito de Mata Limpa, em Areia, no Brejo da Paraíba. Com o objetivo de gerar conhecimento cultural e incentivar futuros comunicadores, o projeto surgiu em agosto de 2017 e hoje cerca de 80 estudantes participam da iniciativa que produz cinema com celular.

“É um projeto que vem mudando a rotina daquela comunidade de forma positiva, envolvendo alunos, professores e moradores em ações que visam incentivar a arte no município de Areia e merece realmente todo nosso reconhecimento. Parabéns aos idealizadores, moradores, estudantes participantes e demais envolvidos nesse grande projeto”, disse o parlamentar.

O projeto, que acontece na Escola Abel Barbosa da Silva tem a participação de Crianças de 4 anos até jovens de 18 anos, além dos moradores da região que participam da produção de curtas-metragens por meio de celulares.

Isadora Roseno, de 4 anos, ganhou como melhor atriz na II Mostra de Cinema de Mata Limpa, em Areia, na PB — Foto: Thiago Rodrigues/Arquivo Pessoal

Uma das produções dos alunos do projeto, o curta-metragem “Mais que a Chuva”, foi premiada com menção honrosa no Festival Comunicurtas UEPB, da Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande. Além disso, esse filme já chegou a ser exibido em um festival de cinema em Paris, na França.

O idealizador do projeto, o professor Thiago Rodrigues, destacou que dos 80 alunos que participam da iniciativa, 50 deles trabalham produzindo e 30 trabalham indiretamente no dia da Mostra de Cinema de Mata Limpa, que acontece todo mês de dezembro para premiar os filmes produzidos.

Ainda segundo o idealizador do projeto, uma das produções dos alunos será exibida em um festival de cinema em Minas Gerais, neste mês de maio.

A Mostra de Cinema de Mata Limpa acontece em praça pública. Os alunos desenvolvem curtas-metragens de até 15 minutos, que são exibidos para toda a comunidade. O evento conta com atrações artísticas e feirinha gastronômica, além da distribuição de pipoca para as crianças e os moradores.

Na II Mostra de Cinema, realizada pelas crianças e jovens em dezembro de 2018, o prêmio de melhor atriz foi para Isadora Roseno, de 4 anos, que atuou na produção “Zé”, curta que ganhou como melhor filme e outras categorias da Mostra.

Já o pequeno Natan Silva, de 8 anos, ganhou como melhor ator no curta-metragem Jaca.

Veja o filme Zé

portaldolitoralpb