Arquivo da tag: CEF

CEF reduz limite máximo para parcelar imóveis usados

casa-propriaA Caixa Econômica Federal baixou o limite máximo para parcelamento da casa própria para imóveis usados. As mudanças passam a valer no dia 4 de maio.

Para o Sistema Financeiro de Habitação (imóveis de até R$ 750 mil nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal; nos demais Estados, o valor é de R$ 650 mil), será permitido parcelar até 50% do valor do imóvel. No momento, é permitido financiar até 80%.

Para o Sistema Financeiro Imobiliário (que rege as operações não contempladas no SFH e é voltado, principalmente, para grandes investidores institucionais), o limite máximo de parcelamento vai cair dos atuais 70% para 40%. O restante do valor do imóvel deverá ser pago à vista.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A Caixa afirma que as mudanças não valem para imóveis novos, nem para os financiamentos usando recursos do FGTS ou do programa Minha Casa, Minha Vida.

A empresa informou, ainda, que o foco do banco neste ano será o financiamento de imóveis novos, com destaque para a habitação popular.

Queda na poupança

Os depósitos em poupança têm caído ao longo deste ano e batido recordes negativos. A diferença entre o que entrou na poupança e o que foi sacado está negativa em R$ 23,2 bilhões até março,  no pior primeiro trimestre desde 1995.

Os bancos usam o dinheiro da poupança para financiar as operações imobiliárias. Assim, a Caixa está enfrentando um cenário difícil, com menos recursos para emprestar nesta modalidade de crédito.

Uol

Deputado sugere que Feirão de Imóveis da CEF se estenda para o Brejo


O deputado estadual Tião Gomes (PSL) sugeriu, na manhã desta terça-feira, a regionalização do Feirão  de Imóveis que a Caixa Econômica Federal realizado no último final de semana, em João Pessoa. Tião entende que o evento, que incluiu imóveis em valores entre R$ 80 mil e R$ 800 mil, pode ampliar seu sucesso se for apresentado em outras regiões do Estado.

“Sei pessoas de outras cidades devem ter adquirido algum imóvel nesse feirão de João Pessoa, mas nem todo mundo teve condições para isso. Teve gente que sequer teve tempo de se deslocar à Capital para fechar um negócio. Com a regionalização, é muito provável que a Caixa amplie as vendas”, afirmou Gomes.

Segundo o deputado, a CEF poderia organizar feirões de imóveis, mesmo que em menores proporções, pelo menos em Campina Grande, no Brejo, no Cariri e no Sertão. “Com certeza, nessas regiões também há pessoas interessadas em adquirir a casa própria, principalmente com as condições privilegiadas que a Caixa Econômica está oferecendo através deste feirão”, sustentou.

Ascom