Arquivo da tag: cedo

Agências do Banco do Brasil abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep

As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais cedo ao Banco do Brasil (BB) para agilizarem o atendimento.

De amanhã (19) até 31 de outubro, 1.334 agências da instituição financeira em todo o país abrirão uma hora mais cedo para atendimento exclusivo aos cotistas do Pasep. Na Paraíba, serão 23 agências.

A lista das unidades com horário especial está disponível na página da internet. Os estados de São Paulo (294), Minas Gerais (166) e Rio de Janeiro (102) lideram o número de agências na força tarefa.

De acordo com o BB, que opera o Pasep, as agências com horário estendido foram escolhidas com base em critérios como a previsão de adensamento de cotistas do Pasep com direito a saque. O banco também levou em conta a estrutura das unidades.

A partir de amanhã, pessoas a partir de 70 anos que tenham contribuído com o Programa de Integração Social (PIS) ou o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão sacar as cotas nos fundos. A retirada é válida somente para os trabalhadores com carteira assinada que contribuíram para algum dos dois fundos até 4 de outubro de 1988.

Em 17 de novembro, começará o saque para aposentados. Em 14 de dezembro, a retirada será liberada para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Não há data limite para os saques. Os herdeiros de cotistas falecidos podem sacar o dinheiro a qualquer momento.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição de 1988 passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, o saque total só podia ser feito quando o trabalhador completava 70 anos, se aposentasse ou tivesse doença grave ou invalidez. A medida provisória editada recentemente pelo presidente Michel Temer flexibilizou as restrições para as retiradas. No entanto, o cidadão com idade inferior não tem direito à cota, mesmo que tenha contribuído antes de 1988, quando passou a vigorar a atual Constituição brasileira.

De acordo com o governo, a liberação dos saques das cotas do PIS/Pasep vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia e beneficiar 7,8 milhões de pessoas. Desse total, R$ 11,2 bilhões virão dos saques do PIS, vinculado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal, que beneficiarão 6,4 milhões de cotistas. O restante virá do Pasep, vinculado aos servidores públicos e aos empregados de estatais e sociedades de economia mista e administrado pelo Banco do Brasil.

Retirada

Em relação aos saques do Pasep, o Banco do Brasil depositou automaticamente, na terça-feira (17), o dinheiro nas contas dos correntistas da instituição. Os cotistas com saldo de até R$2,5 mil sem conta no banco poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do BB na internet ou nos terminais de autoatendimento.

Os clientes com dúvidas podem consultar os sites da Caixa ou do Banco do Brasil. Caso a página da Caixa informe que o número da conta está registrado no Pasep, o trabalhador deverá ir à página do BB. Constantemente, os dois bancos atualizam as bases de dados e transferem a conta do PIS para o Pasep de quem passou a trabalhar no serviço público ou em alguma estatal.

Por Agência Brasil

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Dicas para acordar cedo e mais disposto

acordarAcabaram as festas. Nessa época de começar os regimes e colocar a rotina de volta nos trilhos, levantar cedo pode ser uma tortura. Só de se lembrar disso, há quem já comece a contar os dias para a próxima oportunidade de dormir até mais tarde.
Pular cedo da cama cheio de energia é mesmo um privilégio que nem todos têm. A indisposição na hora de acordar pode ter diversas causas, desde o vizinho que faz barulho até mais tarde, a ansiedade e até mal hábitos alimentares. Mas como na vida há jeito para tudo, também existem formas de não sentir, ou pelo menos diminuir, aquela preguiça matinal. Dê uma olhada nessas dicas e confira o resultado nos dias seguintes.
Depois de colocar o pijama:
 
Tome cuidado com o que vai comer
Evite refeições pesadas e gordurosas antes de ir para a cama. Isso poderá prejudicar a qualidade do sono já que enquanto você tenta dormir, seu corpo priorizará a difícil digestão desses alimentos. Portanto, procure comer coisas mais leves algumas horas antes de dormir. Frutas, vegetais e filé de frango grelhado podem ser uma boa pedida.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Apague as luzes
Fontes de luminosidade, como televisão, celulares, e obviamente, lâmpadas podem ser prejudiciais quando mantidas ligadas enquanto você tenta dormir. Como a melatonina, hormônio responsável pelo sono, só é produzida quando o ambiente encontra-se escuro, lugares com baixa incidência de luz tende a propiciar melhores noites de sono do que lugares claros, como confirma a pesquisa publicada recentemente naScientific Reports.
Cama é feita para dormir
“Na hora de dormir, é importante se desligar do mundo, você tem que relaxar. A cama é feita para dormir, não para assistir televisão, comer ou mexer no celular”, afirma Rodrigo Côrrea, médico formado pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).  O especialista, que classifica essas ações como “mal do mundo moderno”, diz que tais distrações impedem o “desligamento do mundo”, que por sua vez atrapalham a chegada do sono e, consequentemente, a disposição para acordar no dia seguinte.
….tic-tac tic-tac tic-tac TRIIIIIIIIIIM – É hora de acordar! 
Resista ao botão “soneca”
Nem mais 5 minutinhos! Não passa de um mito a ideia de que aquele cochilo depois de já ter acordado ajuda a descansar. Segundo Roger, a tal “soneca” é muito ruim porque impede que o sono complete o ciclo de trifásico, que faz com que o corpo queira dormir mais. Portanto, a indisposição ao acordar novamente será ainda maior.
Uma dica simples que pode ajudar a não cair na tentação do botão “soneca” é colocar o despertador em uma distância que o barulho seja tão audível que possa lhe acordar e ao mesmo tempo faça com que você tenha que se levantar para desligá-lo.
Alongar-se ao acordar
Além de ser uma atividade simples, rápida e prática, alongar-se ao acordar melhora a circulação sanguínea e alivia as tensões acumuladas durante horas e horas deitado. O alongamento também é recomendado para promover o relaxamento muscular minutos antes de dormir.
Deixe a luz entrar
Abrir a cortina para a luz do sol entrar pode ser uma ótima maneira de pular da cama com mais disposição. Além de inibir a produção de melatonina, a luz solar estimula a produção de cortisol, hormônio, que entre outras funções, nos deixa em estado de alerta.
Praticar exercícios físicos
Não é raro encontrar pessoas dizerem que seus dias ficam “mais leves” depois de se exercitarem de manhã. A razão disso é que, ao fazer atividades físicas, o corpo libera endorfina, substância que diminui e estresse e aumenta o bem-estar – que se prolongará durante o dia.
O bom e velho café
Há quem diga que não sai de casa sem tomar uma xícara de café. E apesar das controvérsias sobre consumo da bebida pela manhã – como aponta o phd da University of Health Sciences de Bethesda, Steven Miller, em entrevista ao blogueiro Ryoto Iwata -, a cafeína presente no café funciona. Ela tem como função inibir a ação da adenosina, neurotransmissor responsável pela sensação de sono, além de estimular a liberação de adrenalina e cortisol, que como vocês já devem saber, promovem o estado de alerta e mandam o sono para longe.
Café é bom, porém doses cavalares podem causar efeitos colaterais nada agradáveis como insônia, dor de cabeça e desconforto gastrintestinal. Como diz o ditado, “prudência (e caldo de galinha) não faz mal a ninguém”, não abuse.
areah

Crianças que assistem cenas de sexo podem perder virgindade mais cedo

Getty Images

Assistir a filmes com cenas de sexo durante a infância pode influenciar no comportamento sexual na adolescência. De acordo com uma pesquisa da Faculdade de Dartmouth, nos Estados Unidos, o hábito faz com que aumente a possibilidade de o jovem perder a virgindade mais cedo, ter mais parceiros sexuais e não usar preservativo em relações casuais. Os dados são do jornal Daily Mail.

Os cientistas listaram 684 filmes de maior bilheteria entre 1998 e 2004 e avaliaram seu conteúdo sexual. Depois, pediram a 1.228 participantes, com idade entre 12 e 14 anos, que dissessem quais daqueles filmes haviam visto. Seis anos depois, eles foram entrevistados e falaram sobre a vida sexual.

“Esses filmes parecem influenciar fundamentalmente a personalidade por meio de mudanças em busca de sensações, que têm implicações de longo alcance para todos os seus comportamentos de risco”, disse o pesquisador Ross O’Hara. Embora seja impossível provar a ligação direta entre filmes e comportamento sexual, o profissional enfatizou que os resultados sugerem que os pais devem realmente evitar que as crianças tenham acesso a conteúdo erótico.

Terra

Caixa abrirá uma hora mais cedo em todo país

A partir da próxima segunda-feira (23), as agências da Caixa Econômica Federal em todo o Brasil vão abrir uma hora mais cedo que o horário habitual. O objetivo é atender as demandas extras do Programa Caixa Melhor Crédito.

O novo horário vai vigorar até o dia 11 de maio, conforme informa o banco. No dia 12 de maio, um sábado, a Caixa vai abrir suas principais agências com o objetivo de explicar aos clientes e não clientes do banco sobre o movimento do mercado em relação ao crédito, às taxas, às tarifas bancárias e outros serviços.

Ainda no dia 12 de maio, quem procurar a Caixa vai receber orientações sobre a forma consciente e responsável de contrair empréstimos e alongar suas dívidas por meio de simulações em relação à necessidade do cliente e comparando as diferentes situações.

Vale lembrar que o programa Caixa Melhor Crédito tem como principal característica a redução das taxas de juros nos produtos de crédito destinados às pessoas físicas e jurídicas. “O Programa ampliou também os benefícios aos clientes, facilitando a troca de empréstimos caros para outro, com taxas mais baixas e prazos mais longos”, explica em nota.

”A Caixa está mobilizada e não medirá esforços para proporcionar aos seus clientes, atuais e futuros, o melhor conjunto de medidas, independente do relacionamento bancário. Estamos disponíveis para orientar, simular, comparar, possibilitando a melhor decisão para o cliente”, explicou o vice-presidente de Atendimento e Negócios, José Henrique Marques da Cruz.

Assessoria