Arquivo da tag: cavalos

Acidentes na Paraíba deixam homem morto e um ferido grave; três cavalos morrem

Três acidentes foram registrados na noite desta quarta-feira (26) em trechos da rodovia BR-101, na Paraíba. Nas ocorrências, um homem morreu, outro ficou em estado grave e três cavalos morreram.

Segundo o agente Getúlio, da Polícia Rodoviária Federal, dois dos acidentes aconteceram no mesmo local, no km 42 da rodovia, na Zona Rural de Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba, a 52 km da Capital. De acordo com o policial, dois carros bateram em três cavalos que estavam soltos na pista. No fato, os animais morreram e o ocupante de um dos veículos ficou em estado grave. Ninguém mais se feriu.

O outro caso, de acordo com a agente Kalina, também da PRF, ocorreu no km 59 da mesma rodovia, na Zona Rural de Santa Rita, na Grande João Pessoa. Conforme relatou a policial, um motociclista morreu ao cair do veículo. O acidente não envolveu outros veículos e não deixou outras vítimas.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Casa de policial civil assassinado é arrombada durante a madrugada; acusados chegaram ao local em cavalos

assassinatoA granja do policial civil Sérgio Azevedo, assassinado na noite da última segunda-feira (25), foi invadida na madrugada desta quarta-feira (27). De acordo com a polícia, a invasão só foi percebida no início da manhã dessa quinta, quando a esposa da vítima chegou ao local.

A residência fica localizada no bairro Rio do Meio, em Bayeux. Ao entrar na casa, a mulher percebeu que o lugar havia sido violado e no interior da residência estava tudo revirado.

A polícia trabalha com a hipótese de que os bandidos estariam à procura da viúva de Sérgio. Uma equipe da Polícia Civil esteve no local e realizou perícia.

Do local foram levados eletrodomésticos, como TV 40 polegadas,aparelho de DVD, GPS, câmera fotográfica, celulares, além de uma espingarda calibre 12 e um rifle calibre 32. Os acusados podem ter entrado na granja a cavalo por um portão que fica nos fundos. Até o momento ninguém foi preso.
O caso

Sérgio Azevedo, agente de investigação da Polícia Civil da Paraíba, foi assassinado na noite desta segunda-feira (25) na cidade de Bayeux. O crime aconteceu por volta das 23h, no bairro Rio do Meio, em frente a uma churrascaria.

De acordo com testemunhas, Sérgio estava sentado em sua moto modelo XRE 300 quando foi surpreendido por três homens que efetuaram vários tiros de pistola calibre. 40 e 380. A vítima trabalhava na 4ª Delegacia Distrital e também era segurança numa churrascaria.

Sérgio foi acusado pelo deputado Federal Luiz Couto, de fazer parte de um grupo de extermínio na Paraíba. Da tribuna da Câmara Federal, na tarde do dia 04 de setembro de 2008, Luiz Couto disse que estava sendo ameaçado de morte, pelo agente da Polícia Civil da Paraíba, Sérgio Azevedo.

Luiz Couto ainda acusou o desembargador Júlio Paulo Neto, corregedor geral de Justiça do Estado, ex-presidente do Tribunal de Justiça, de dar proteção ao policial. Três homens foram detidos e levados para a delegacia de homicídios na Capital, para averiguação.

Imagens: Ludmila Costa

 

Renata Nunes

Bombeiro e agente penitenciário são detidos fazendo uso de anabolizantes para cavalos

Agentes públicos de Alagoas foram detidos em uma operação policial – desencadeada pela Delegacia Regional de Narcotráficos – enquanto usavam anabolizantes em um local que funcionava como clínica clandestina.

Na operação –que foi desencadeada no final da tarde de terça-feira (10), no bairro do Ouro Preto, em Maceió– a polícia apreendeu 273 fracos de Potenay, anabolizantes para cavalos, além de seringas, agulhas e mais de R$ 1 mil, em espécie.

Na ocasião os agentes policiais detiveram o sargento do Corpo de Bombeiros Militar, José Roberto Mendonça Lima, 30 anos, o agente penitenciário, Rodrigo Antônio Castelo Branco, 38 anos, e um engenheiro Elson Cox Rodrigo Oliveira Junior, 32 anos.

Os três foram liberados após a confecção de um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), mas a Polícia Civil encaminhou um ofício para os órgãos públicos, no qual os dois servidores –o sargento e o agente– prestam serviços.

“Eles vão responder penalmente e administrativamente, porque o que eles cometeram foi um crime, uma vez que eles são agentes de segurança pública e deveriam coibir essa prática e dar exemplos”, relatou o delegado da DRN, Jobson Cabral, destacando ainda que os acusados serão enquadrados no artigo 28 da lei 11.343.

O militar foi ouvido na manhã de quarta-feira (11) pela corporação e de acordo com o Sargento Omena, do CBM, medidas punitivas estão sendo estudadas. A reportagem tentou contato com a Superintendência Geral de Administração Penitenciária, mas não obteve sucesso.

Operação

Além dos agentes públicos e do engenheiro, também foram autuados em flagrante o casal Luania Nunes da Silva e José Alberto dos Santos Barbosa. De acordo com o delegado da DRN, Jobson Cabral, o casal há quatro anos traficava, vendia e aplicava a substância, movimentando mais de R$ 18 mil ao mês.

“A lei é bem clara se houve qualquer desvio do procedimento de uma determinada medicação para outro fim é encarada como entorpecente”, relatou, enfatizando ainda que a clientela do casal era da parte nobre da capital.

O casal foi autuado em flagrante sob a acusação de tráfico e interceptação de entorpecentes e substâncias ilegais.

brasildefato