Arquivo da tag: Casa de José Américo

Corpo de homem é encontrado esquartejado no quintal de casa

Um homem foi encontrado esquartejado no quintal de casa, na manhã desta segunda-feira (29) no município de Alhandra, na Grande João Pessoa. A vítima estava dada como desaparecida desde sábado (27).

De acordo com policiais da Delegacia de Polícia Civil em Alhandra, o corpo do homem estava enterrado em cova rasa com cabeça, um dos braços e as pernas separadas do corpo. Além disso, o corpo estava com perfurações por arma de fogo.

Ainda segundo a polícia, vizinhos da vítima não relataram ter ouvido gritos ou tiros durante o fim de semana. Até a publicação desta matéria, a polícia não soube informar quais teriam sido as motivações para o crime.

 

portalcorreio

 

 

Fundação Casa de José Américo lança livro com histórias e curiosidades da cidade de Areia

A Fundação Casa de José Américo lança, no próximo sábado (31), às 18h, em João Pessoa, o livro de memórias “Começou no Pirauá”, do professor Antônio Correia Lima (in memoriam). A cidade de Areia é o cenário da obra, fruto de histórias relatadas pelo autor, que resgatam hábitos e costumes do início do século passado, mudanças socioeconômicas, desde o apogeu à decadência dos engenhos de rapadura e fazendas da região do Brejo paraibano.

capa do livroEntre as histórias e fatos curiosos, o livro retrata a vida das famílias Maia e Correia Lima, aborda episódios da história de Areia, como a do cangaceiro Antônio Silvino e de vários políticos da época. A obra foi enriquecida com fotografias colecionadas para resgatar a memória dos antepassados e cenários da época.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O livro foi editado pela professora da Universidade Federal de Pernambuco, Margarida Correia Lima, com colaboração de Germana Correia Lima Sevcenco, ambas filhas do autor. “Nunca perguntei se ele tinha intenção de publicar suas histórias”, conta Margarida. “Acho que estava esperando terminar a sua obra antes de pensar em qualquer tipo de publicação”, completou.

livro historia de areia engenhos e memoria e lancado na fcja (1)Nas lembranças de Margarida, um dos momentos mágicos, guardados na infância, era ouvir os relatos do pai. A família complementou a obra com textos de filhos, netos, noras e genros, com homenagem e testemunho dos momentos vividos na companhia do patriarca. Margarida assina a capa do livro com uma pintura a óleo retratando a casa grande da Fazenda Pirauá, em Areia PB, onde tudo começou.

Perfis – Antônio Correia Lima foi titular da cadeira de História do Pensamento Econômico na UFPB/UFCG e chefe do Departamento Jurídico da entidade. Graduado em Ciências Econômicas e Contábeis pela Academia de Comércio de Pernambuco e em Ciências Jurídicas pela UFPB, na mesma turma de sua filha mais velha. Margarida Correia Lima é professora de Design da Universidade Federal de Pernambuco.

SECOM