Arquivo da tag: cartaz

‘Quem for pego roubando será punido severamente’: o cartaz anticrime atribuído ao Comando Vermelho

avisoMochila na frente do corpo, homens escoltando mulheres até o ponto de ônibus e nada de usar celulares na rua. Essa é a rotina de muitos moradores de diferentes comunidades do município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, para evitar os constantes assaltos na região.

Em meados de junho, porém, cartazes começaram a ser colados em postes com uma nova “lei” para o local. A mensagem, atribuída à facção criminosa Comando Vermelho –que comanda o tráfico de drogas na região– proíbe assaltos aos moradores de São Gonçalo.

“A partir dessa data 06/07/2016 quem for pego roubando na região será punido severamente”, diz um trecho do texto. O aviso prossegue com a ameaça: “Se matar inocente vai pagar com a vida.”

Os autores da mensagem e os responsáveis pela sua divulgação não foram identificados.

Reprodução

Trecho de cartaz especifica em quais bairros e o que é ‘proibido’ roubar em São Gonçalo

Os cartazes foram colados em postes e muros de áreas de grande circulação de pessoas da Vila Candoza, morro da Dita e Complexo do Anaia, todos em São Gonçalo. As mensagens foram espalhadas até mesmo dentro de uma escola pública e de estabelecimentos comerciais.

Uma professora que trabalha no local e pediu para não ser identificada afirmou à BBC Brasil que não sabe dizer quem colou as mensagens, mas afirma que a situação preocupou os funcionários. “De qualquer forma, o tráfico influencia os alunos”, afirma ela.

Moradores ouvidos pela reportagem disseram que a impressão é de que o número de assaltos teve uma leve queda logo após o aparecimento dos cartazes, mas logo voltou a ser uma rotina no bairro. Há novos relatos de roubos de veículos.

O comando da Polícia Militar que faz o patrulhamento na região de São Gonçalo afirmou o bairro de Anaia recebeu reforço policial após um mapeamento da criminalidade no local.

Um leitor de um site de São Gonçalo comentou que a notícia não traz novidade: “A notícia não é novidade, isso existe desde quando eu era criança. Alguns ladrões levavam tiro nas mãos por roubar na comunidade onde morava, reincidência era morte, existia uma série de regras. O que está acontecendo hoje em dia é que com avanço da tecnologia móvel e da conexão coletiva, todo mundo é um repórter individual”.

Segundo uma leitora do Ceará, o fenômeno não é exclusivo do Rio de Janeiro. “Aqui em Fortaleza, apareceram avisos assim em várias comunidades. E eu vou me mudar para uma comunidade. Preciso de segurança”.

Outro leitor concluiu: “Fica o recado para o sétimo batalhão! “Quem não dá assistência abre concorrência”.

BBC Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Prefeito fixa cartaz escrito a mão para proibir entrada de pipeiros em açude da PB

msgUm cartaz fixado em uma das entradas que levam ao açude São Francisco 2, no município de Teixeira, Sertão paraibano, a 315 km de João Pessoa, vem alertando condutores de carros pipa de outros estados sobre a proibição de captação da água do açude. A determinação, imposta pela Prefeitura Municipal de Teixeira, serve para resguardar a população, que sofre com a escassez e a iminência de colapso total no abastecimento. A situação, segundo o prefeito da cidade, Nego de Gury, é crítica e a água deve acabar em pouco tempo.

* Aporte de 32,4 milhões de dólares deve socorrer vítimas de seca na Paraíba

* Gestores dizem que medidas são paliativas e seca na PB só se resolve com ‘transposição’

O município, embora tenha um clima frio e com chuvas razoáveis, é uma das 170 cidades que tiveram a situação de emergência reconhecida pelo governo federal e que sofrem com a escassez de água e a falta de chuvas.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A cidade é abastecida pelos açudes de Riacho das Moças, com capacidade de 6,4 milhões de metros cúbicos (m³) de armazenamento; São Francisco 2, com capacidade de 4,9 milhões de m³; Sabonete, com capacidade de 1,9 milhões m³; e Bastiana, com capacidade de 1,3 milhões de m³.

Porém, de acordo com dados da Agência Estadual de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o primeiro açude está com 1,4% da capacidade total; o segundo tem 6,6%; o terceiro tem 1,3% e o quarto está com 8% de capacidade.

Segundo o prefeito, a proibição da entrada dos pipeiros, que também foi feito através de um decreto municipal, é uma das alternativas de resguardar a população e garantir mais alguns dias de abastecimento.

“A determinação serve apenas para os pipeiros de outros estados. Tem uma estrada que leva ao açude e nós bloqueamos o acesso. A Secretaria de Agricultura esta fazendo o controle e fiscalizando, mas a determinação esta sendo cumprida. Temos que resguarda a nossa população de qualquer forma, já que a água que temos nos mananciais vai secar completamente em três meses”, afirmou Nego de Gury.

“Do governo federal nós temos 19 carros pipa,  com serviços feitos pelo Exército, para socorrer a população da Zona Rural, mas sabemos que esse número é muito pouco”, disse o gestor.

Não há previsão para solucionar o problema e o abastecimento deve continuar sendo feito por carros pipa.

 

Por Halan Azevedo

 

Filme “Aos Ventos que Virão” já esta em cartaz e tem participação musical de cantor paraibano

 

filmeO filme “Aos Ventos que Virão”,  do renomado cineasta Hermano Penna, já está em cartaz na rede de cinemas Cinemark, no estado de Sergipe. Em breve será lançado em São Paulo.

O cantor Dedé Florêncio participou do filme “Aos Ventos que Virão”, juntamente com o Trio de de Forró Pé de Serra composto por ele, Geraldo Brito e Valdo, do Banana Amassada. Eles tocaram a música que faz parte da cena do ator Rui Ricardo e da atriz Emanuele Araújo. Para quem não lembra, Rui Ricardo fez o papel do presidente Lula, no filme “O Filho do Brasil”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dedé Florêncio agradece ao parceiro e grande amigo, o cantor e compositor Nininho de Uauá por sua indicação ao diretor Hermano Penna. Nininho se tornou amigo de Hermano ao participar do filme “São Paulo de Uauá”, selecionado dentre 820 projetos inscritos no concurso  DocTV, da TV Cultura. À epoca do filme “Aos Ventos que Virão”, o diretor procurou Nininho para saber se ele conhecia algum trio que cantasse forró pé de serra de 1950, e Nininho logo lembrou que seu amigo Dedé Florêncio sempre cantava em seus shows, a música “Comadre Sebastiana”, que vinha de encontro ao que Hermano queria para uma das cenas de seu filme. Infelizmente, por razões diversas, a música “Comadre Sebastiana” não pode entrar no filme, apesar de ter sido gravada, e acabou entrando uma música instrumental, tocada por Dedé Florêncio, Geraldo Brito e Valdo.

cd

A novidade do momento é o lançamento do mais novo CD de arrocha brega, uma parceria de Dedé Florêncio e o compositor Luciano Byey. O CD traz 13 faixas, só com músicas inéditas.  A música de trabalho é de autoria do grande jornalista e radialista paraibano Geraldo Belo, que tem o titulo “Não Vou Mais Chorar”.  A outra música que já está na boca do povo e está fazendo o maior sucesso é de autoria de Nininho de Uauá, “Porque Te Achei e Me Perdi”. A música “Carrão de Traz”  de Luciano Byey, também já é um sucesso. Dedé Florêncio compôs e gravou a música “Brega Areia”, que conta a história desta grande festa de Areia. O CD tá bom demais, vale a pena conferir! (http://palcomp3.com/dedeflorencioeuscaraqeufalei/)

Por fim, agradecemos o grande apoio de toda imprensa que divulgou a matéria informando a participação de Dedé Florêncio no filme “Aos Ventos que Virão”.

 

 

Assessoria