Arquivo da tag: carro

Criança é morta a tiros em carro com homem que havia acabado de deixar a prisão na PB

Uma criança de 9 anos foi morta com dois tiros dentro do carro onde estava um ex-detento, recém liberado da prisão, na noite desta quinta-feira (15), em Santa Rita, na Grande João Pessoa. O homem recebeu um alvará de soltura no mesmo dia e estava sendo solto, após passar três meses preso.

Letícia Agripino estava no carro com o pai, a madrasta, um irmão de 3 anos e um amigo da família, que dirigia o carro. Eles iriam ao médico, mas antes passaram no Presídio Padrão de Santa Rita para buscar um primo do pai da criança, preso por posse ilegal de arma. Nesse momento, o carro foi alvo de vários tiros.

Segundo o delegado Hugo Helder, ao pegar o ex-detento, o carro foi atingido por vários tiros, ainda perto do presídio. O pai da criança ficou ferido por estilhaços das balas. A menina de 9 anos ainda foi socorrida e levada para UPA de Santa Rita, mas não resistiu e morreu.

A Polícia Civil ainda não sabe explicar o que pode ter acontecido. O ex-detento informou, em primeiro depoimento à polícia, que não esperava ser solto nesta segunda-feira. Ele afirmou que não conversou com nenhum advogado e que só ficou sabendo do alvará de soltura praticamente na hora de deixar o presídio.

Ainda conforme o delegado Hugo Hélder, o ex-detento informou que um agente penitenciário teria feito a ligação para a família informando do alvará de soltura.

Todos os ocupantes do carro, segundo a Polícia Militar, são de Odilândia, Zona Rural de Santa Rita.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Paraibanos morrem afogados após carro cair em rio no Maranhão

Duas pessoas morreram em um grave acidente de carro no município de Alto Alegre, no estado do Maranhão. de acordo com a polícia, as vítimas são naturais da Paraíba.

Segundo informações de testemunhas, os homens viajavam a trabalho na região quando o condutor perdeu o controle do carro e caiu em um rio. O carro capotou e logo submergiu no local deixando as vítimas presas no interior do veículo.

Os homens não conseguira deixar o carro e morreram afogados, de acordo com polícia. Eles foram identificados apenas como Emanoel e Iranildo, ambos da cidade de Santa Cruz, no Sertão paraibano.

Os corpos já foram removidos do local com o auxílio de equipes de resgate do Corpo de Bombeiros.

 

PB Agora

 

 

Delegado diz que ‘tudo indica’ que Exército fuzilou carro de família por engano no Rio

O delegado Leonardo Salgado, da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, disse neste domingo (7) que “tudo indica” que os militares do Exército que mataram Evaldo dos Santos Rosa em uma ação durante a tarde em Guadalupe, Zona Oeste do Rio, atiraram ao confundirem o carro com o de assaltantes.

O automóvel de uma família foi atingido por mais de 80 disparos, segundo perícia realizada pela Polícia Civil. As cinco pessoas que estavam no carro iam para um chá de bebê: Evaldo, a esposa, o filho de 7 anos, o sogro de Evaldo (padastro da esposa) e outra mulher.

Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos, morreu na hora. O sogro dele, Sérgio, foi baleado nos glúteos. Seu quadro era estável. A esposa, o filho de 7 anos e a amiga não se feriram. Um pedestre que passava no local também ficou ferido ao tentar ajudar. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

A Polícia Civil realizou a perícia no local porque os militares tiveram dificuldade em realizá-la, segundo o delegado, devido à revolta dos moradores que testemunharam o crime. Os envolvidos foram ouvidos em uma delegacia militar.

“Foram diversos, diversos disparos de arma de fogo efetuados, e tudo indica que os militares realmente confundiram o veículo com um veículo de bandidos. Mas neste veículo estava uma família. Não foi encontrada nenhuma arma [no carro]. Tudo que foi apurado era que realmente era uma família normal, de bem, que acabou sendo vítima dos militares”, afirmou o delegado em entrevista à TV Globo.

A família estava em um carro branco que, segundo testemunhas, foi confundido com um veículo da mesma cor que passou momentos antes.

Investigação militar

Os militares envolvidos no caso foram ouvidos, segundo a Polícia Civil, pelo próprio Exército – que entendeu que a investigação deveria ser militar. A Polícia Civil, no entanto, vê indícios para prisão em flagrante.

“Fica muito difícil tomar uma decisão diferente desta [prender], não vejo uma legítima defesa pela quantidade de tiros que foi. Os indícios apontam para uma prisão em flagrante”, afirmou o Salgado.

Comando militar fala em ‘injusta agressão’ de ‘assaltantes’

Logo após a morte de Evaldo dos Santos Rosa, o Comando Militar do Leste (CML) negou que tenha atirado contra uma família e disse que respondeu a uma “injusta agressão” de “assaltantes”. À noite, em outra nota, informou que o caso estava sendo investigado pela Polícia Judiciária Militar com a supervisão do Ministério Público Militar.

‘Continuaram atirando’

Uma amiga da família, que estava dentro do carro, contestou a versão do Exército e disse que os militares não fizeram nenhuma sinalização antes de abrir fogo contra o veículo.

“Eu não vi onde foi o tiro, mas eu acho que foi nas costas. Só que a gente pensou que ele tinha desmaiado no volante […] A gente saiu do carro, eu corri com a criança e ela também. A gente saiu do carro e mesmo assim eles continuaram atirando “, afirmou por telefone à TV Globo a amiga da família.

O que diz o Comando Militar do Leste

“A fim de realizar uma apuração preliminar da dinâmica dos fatos ocorridos, foi determinado pelo Comandante Militar do Leste que sejam coletados os depoimentos de todos os militares envolvidos, bem como ouvidas todas as testemunhas civis, o que está em andamento, nesse momento, na Delegacia de Polícia Judiciária Militar ativada na Vila Militar. O Ministério Público Militar já foi informado e está supervisionando a condução dessas oitivas”.

G1 

 

 

Motorista de aplicativos é assaltado e tem carro roubado em João Pessoa

Um motorista de transporte por aplicativo teve o carro tomado por assalto, na noite desta quarta-feira (20), em João Pessoa.

O condutor pegou uma corrida entre o bairro do Valentina e o Cidade Verde. Entretanto, no meio do caminho ele foi rendido pelo bandido que estava armado.

Além  do veículo, o suspeito levou a carteira e o celular da vítima. O homem registrou um Boletim de Ocorrência na Central de Polícia, no Geisel.

Até o fechamento dessa matéria o carro e os objetos ainda não tinham sido encontrados.

MaisPB

 

 

Carro capota em estrada que liga Serra da Raiz a Belém

Um veículo S10 capotou em uma estrada da zona rural de Serra da Raiz no final da tarde deste domingo (17).

De acordo com as informações, o condutor por nome de  Cláudio Roberto (Petinha) residente em Duas Estradas, estava no carro com a esposa e um amigo quando perdeu o controle e capotou na estrada que liga Serra da Raiz a Belém, o veículo ficou bastante avariado e as vítimas conseguiram sair do mesmo e passam bem.

 

blogdofelipesilva

 

 

Dois ficam feridos após acidente entre carro e caminhão na BR-230

Duas pessoas ficaram feridas após um acidente entre um carro e um caminhão na noite da sexta-feira (16), na BR-230, em Campina Grande. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que foi acionado ao local, o motorista do carro de passeio apresentava sinais de embriaguez.

O acidente aconteceu por volta das 21h30, no km 161. Segundo os bombeiros, o carro Gol colidiu frontalmente com o caminhão, que estava carregado de cimento e seguia para a cidade de Patos, no Sertão.

O motorista do caminhão não ficou ferido. Ele relatou aos bombeiros que o carro de passeio invadiu a pista no sentido contrário.

Um dos homens que estavam no carro ficou preso às ferragens e foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros. Ele e a outra vítima, que também estava no veículo, foram encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Até as 10h deste sábado (16), o hospital não havia informado o estado de saúde das vítimas.

Carro colidiu frontalmente com caminhão na noite da sexta-feira (15), no km 161, em Campina Grande — Foto: Mário Aguiar/TV Paraíba

Carro colidiu frontalmente com caminhão na noite da sexta-feira (15), no km 161, em Campina Grande — Foto: Mário Aguiar/TV Paraíba

G1

 

Loja de baterias inaugurada há menos de um mês é arrombada com carro em marcha ré, na PB

Uma loja de baterias foi arrombada na madrugada desta quarta-feira (4), na cidade de Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos usaram um carro, roubado na última terça-feira (2) no bairro do Catolé, em marcha ré, para quebrarem a entrada do estabelecimento.

O assalto aconteceu por volta das 4h, na avenida Assis Chateaubriand, no bairro da Liberdade. Os suspeitos deram marcha ré no carro e aceleraram várias vezes na entrada da loja. Quando quebraram a entrada, conseguiram levar as mercadorias do local. Eles fugiram em seguida. A Polícia Civil não soube estimar quantos homens participaram da ação.

Segundo o proprietário da loja informou à TV Paraíba, foram roubadas do local cerca de 20 a 30 baterias de veículos. O valor exato do prejuízo ainda será avaliado por eles. O dono do estabelecimento ainda informou que a loja foi inaugurada há menos de um mês.

O caso foi registrado na Central de Polícia de Campina Grande e, segundo a polícia, até às 7h desta quinta-feira nenhum suspeito foi localizado.

G1

Foto: Reprodução / Tv Paraíba

Carro invade calçada e atropela dois irmãos, em Campina Grande

Dois irmãos foram atropelados, na tarde desta terça-feira (21), no bairro da Liberdade, em Campina Grande. Eles foram atingidos enquanto caminhavam em uma calçada da Avenida Jornalista Assis Chateubriand, quando o motorista de um carro perdeu o controle do veículo, invadiu o local e bateu em uma árvore.

As vítimas do acidente foram identificadas como João Batista Anacleto, de 43 anos, e Antônio Anacleto, de 40 anos. João foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde passou por cirurgia. Segundo a assessoria de comunicação da unidade hospitalar, o estado de saúde dele é grave.

Antônio também foi encaminhado para o hospital. Ele sofreu ferimentos leves e recebeu alta ainda na tarde desta terça. O motorista do carro não socorreu as vítimas e fugiu do local em que o acidente aconteceu. Ele ainda não foi identificado.

G1

(Foto: Cptran/Divulgação)

Jovens roubam carro em Remígio, fazem assalto em Alagoa Grande, mas são detidos pela polícia

Dois jovens, um de 18 anos de idade e outro de 17 anos, foram detidos por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) durante a madrugada deste domingo (6), em Alagoa Grande. Os dois residem na cidade de Remígio, onde são acusados de, no final da tarde de sábado (5), roubar um Fiat Strada placa OFF 5796-PB e utilizar o veículo para roubar um aparelho de telefone celular em Alagoa Grande.

Logo após tomarem conhecimento da ocorrência, os policiais das guarnições das cidades de Alagoa Grande, Alagoinha e do subcomandante da 2ª Companhia, tenente Eslley, deram início à perseguição aos dois e, na fuga, eles perderam o controle do veículo e saíram da estrada, fugindo em seguida pelo matagal.

Depois de quase duas horas de diligências, os policiais receberam informações de que dois jovens com as mesmas características dos suspeitos tinham sido vistos na zona rural de Alagoa Grande, subindo a pé a serra que dá acesso à cidade de Areia.

Os dois foram localizados pelos policiais militares. O maior foi preso, o menor, apreendido e a arma utilizada por eles foi encontrada ao amanhecer. Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.

 

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br