Arquivo da tag: Carro-forte

Segurança de carro-forte é baleado em tiroteio próximo a supermercado, em João Pessoa

Um tiroteio aconteceu na tarde desta segunda-feira (17) próximo a um supermercado no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. Um segurança de carro-forte foi atingido e, segundo informações da Polícia Militar, criminosos fugiram em carro vermelho.

Ainda segundo informações iniciais da Polícia Militar, ainda não se sabe se o caso foi um assalto ou uma tentativa de assalto ao carro de transporte de valores, e nem se os tiros foram trocados entre seguranças do veículo e os criminosos. Um carro que teria sido usado no crime foi abandonado no Centro da cidade e encontrado pela polícia com marcas de sangue.

Carro foi abandonado com marcas de sangue, em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

Carro foi abandonado com marcas de sangue, em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

A Polícia Militar está em busca pelos bandidos, que fugiram em um carro vermelho. Há um cerco na região de Jaguaribe, com mais de seis viaturas.

Um dos seguranças da transportadora de valores foi atingido por tiros e levado pelo próprio carro-forte da transportadora para o Hospital de Trauma. Segundo a assessoria do hospital, a vítima está em estado grave e passará por cirurgia.

A assessoria do supermercado Bompreço declarou que irá colaborar com as autoridades na investigação do caso.

Tiroteio aconteceu próximo a supermercado, em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

Tiroteio aconteceu próximo a supermercado, em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

 

G1

 

 

Quadrilha explode carro-forte na PB-325, no Sertão da Paraíba

Uma quadrilha fortemente armada atacou e explodiu um carro-forte no início da tarde desta quarta-feira (17 de julho) na PB-325 entre as cidades de Lagoa e Jericó, no sertão da Paraíba.

Os criminosos incendiaram alguns veículos e atravessaram veículos na rodovia para impedir a chegada da polícia. Grampos foram espalhados na pista.

Após o ataque, o bando fugiu jogando grampos na rodovia. Viaturas da Polícia Militar já estão em diligências.

 

clickpb

 

 

‘Tive que correr pra não morrer’, diz vigilante baleado em assalto a carro-forte na UEPB

O vigilante Erivaldo Barbosa, armado com um revólver com apenas seis balas, contra bandidos armados com pistola e fuzil, tentou evitar que criminosos assaltassem um carro-forte e ferissem alunos dentro da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande. O vigilante foi baleado, durante o confronto, depois que o revólver ficou sem munição. “Tive que correr pra não morrer ali”, disse, em entrevista à TV Paraíba.

O vigilante contou como aconteceu o assalto ao carro-forte que resultou em 16 pessoas feridas na Central de Aulas da universidade. Segundo ele, o horário de abastecimento dos caixas eletrônicos é sempre tenso. “O carro-forte apareceu. Aí eu olhei e pensei: “O perigo agora é grande”. Aí veio o primeiro segurança do carro-forte pegar a senha pra depositar o dinheiro. Quando ele voltou foi que o outro segurança veio com malote (com dinheiro)”, disse.

Foi nesse instante que os suspeitos sacaram as armas e anunciaram o assalto. Um dos assaltantes estava com um fuzil escondido dentro de uma bolsa usada para carregar instrumentos musicais.

Criminosos entraram na UEPB escondendo arma dentro de bolsa usada para carregar instrumento musical — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Criminosos entraram na UEPB escondendo arma dentro de bolsa usada para carregar instrumento musical — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

O vigilante baleado conta que estava bem próximo de onde o assalto foi anunciado.

“Eu estava na frente. Aí o cara (o bandido) da pistola entrou e disse: “para, para, para” e atirou. Eu consegui desviar, puxei minha arma e dei dois disparos nele. Só que o outro (bandido) passou correndo com o fuzil. Eu efetuei mais quatro disparos e vi que minha arma havia acabado a munição”, disse.

No confronto com os criminosos, o vigilante ficou ferido no joelho e no calcanhar. Ele foi socorrido e levado para o Hospital de Emergência Trauma de Campina Grande, foi atendido e já recebeu alta.

Mesmo compreendendo que não era um massacre, o vigilante ficou com medo de que alunos fossem atingidos.

“Eu fiquei preocupado com os alunos, porque eles estavam ali na hora do intervalo da aula, depois de 9h30 pra lanchar e conversar. Havia muita gente mesmo”, disse o vigilante Erivaldo Barbosa.

Entenda o tiroteio na UEPB

Um tiroteio durante assalto na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, deixou um vigilante e uma estudante baleados na manhã desta segunda-feira (1º) no campus Bodocongó. Outros alunos ficaram feridos devido ao tumulto e, ao todo, 16 pessoas foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Até as 9h40 desta terça-feira (2), nenhum dos suspeitos que participaram do assalto foi preso. Segundo a Polícia Militar, os criminosos entraram no local fingindo serem estudantes. Um dos assaltantes portava um fuzil dentro de um “case” de violão.

G1

 

Carro-forte é explodido em rodovia federal por grupo armado

Um carro-forte foi explodido na manhã desta segunda-feira (6) na BR-230, na área que dá acesso ao município de Pedras de Fogo e Juripiranga. Um grupo armado provocou a explosão no veículo, arrombou a lataria e levou os malotes.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos estão foragidos. Ainda não há informações sobre os vigilantes que estavam no veículo, nem sobre o valor que foi levado pelo grupo.

O carro-forte foi encontrado às margens da estrada, destruído. A polícia agora segue em diligência para localizar os envolvidos.

MaisPB

Bandidos explodem carro-forte em Cruz do Espírito Santo

Mais um carro-forte foi alvo da ação de bandidos na Paraíba. O crime mais recente ocorreu na tarde desta segunda-feira (09), em uma rodovia do município de Cruz do Espírito Santo.

Ao Portal MaisPB a Polícia Militar informou que o veículo foi interceptado por uma Hilux SW4. Logo após praticarem o crime os bandidos fugiram em direção ao município de Santa Rita.

Ainda não há informações sobre feridos ou quantia roubada pelos criminosos.

Confira o vídeo:

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mais um caso: bandidos armados atacam carro-forte em rodovia; vigilante é ferido a bala

carroforteBandidos atacaram um carro-forte na BR-405 entre Mossoró e Apodi, no Oeste potiguar no final da tarde desta sexta-feira (17. Um vigilante foi ferido no rosto por estilhaços, mas recebeu socorro e não corre perigo, informou o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) de Mossoró. A quadrilha conseguiu fugir.

Ainda segundo o Ciosp, cerca de 8 pessoas atacaram o carro-forte com armamento pesado. Elas teriam chegado ao local em três veículos; um deles, uma Pajero, teria sido queimado pelos bandidos na fuga. Policiais estão na área à procura dos assaltantes. A informação do Centro é de que nada foi roubado.

Bandidos atacaram um carro-forte na BR-405 entre Mossoró e Apodi, no Oeste potiguar no final da tarde desta sexta-feira (17. Um vigilante foi ferido no rosto por estilhaços, mas recebeu socorro e não corre perigo, informou o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) de Mossoró. A quadrilha conseguiu fugir.

Ainda segundo o Ciosp, cerca de 8 pessoas atacaram o carro-forte com armamento pesado. Elas teriam chegado ao local em três veículos; um deles, uma Pajero, teria sido queimado pelos bandidos na fuga. Policiais estão na área à procura dos assaltantes. A informação do Centro é de que nada foi roubado.

G1-RN

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Polícia impede ação contra carro-forte na PB e prende quadrilha com várias armas

Divulgação/Secom-PB
Divulgação/Secom-PB

Uma ação que envolveu agentes das polícias Militar e Civil prendeu em flagrante uma quadrilha que se preparava para assaltar um carro-forte que iria abastecer caixas eletrônicos que ficam dentro da 1ª Ciretran de Campina Grande, na tarde desta terça-feira (31). O grupo foi abordado no estacionamento do local e os policiais apreenderam duas pistolas, um revólver, uma espingarda e dois rádios comunicadores, o que, segundo a polícia, levanta a suspeita de que mais pessoas estariam apoiando o crime.

Foram presos pernambucanos de 37, 19 e dois de 30 anos. Uma das pistolas apreendidas com o grupo havia sido roubada de um policial militar que foi assassinado no estado de Goiás, no ano passado.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão, major Gilberto Felipe, as duas polícias já estavam em operação para prender o grupo há dois dias. “O serviço de inteligência da PM e a Polícia Civil vinham recebendo denúncias de que essa quadrilha estava no bairro das Malvinas planejando esse assalto, que seria a um carro-forte que estava para chegar às 16h no Ciretran, nesta terça-feira, e a Força Tática do 2º Batalhão, juntamente com os policiais civis, conseguiu frustrar o crime, prendendo a quadrilha em flagrante”, disse.

O major informou ainda que dois dos presos teriam participado de um roubo a um correspondente bancário, na última sexta-feira (27), no bairro da Prata, também em Campina Grande. “Eles foram encontrados com vestimentas que ligam ao roubo do Pague Fácil, na última sexta, quando eles teriam tentado abrir a porta de acesso aos caixas, mas não conseguiram e levaram um valor que estava no balcão, fugindo em um veículo Prisma, que por sinal é a marca de um dos dois carros apreendidos com a quadrilha nesta terça”, completou.

Os quatro presos e o material apreendido foram levados para a Central de Polícia Civil, em Campina Grande.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Sobrevivente conta detalhes do acidente com carro-forte e faz revelações bombásticas

 

A equipe do maispatos.com entrevistou na manhã desta quarta-feira, (05), um dos sobreviventes do acidente envolvendo um carro-forte da empresa Nordeste Segurança LTDA que resultou na morte de uma pessoa na noite desta terça-feira, (04), entre as cidades de São José de Piranhas e Monte Horebe.
Ficaram feridos, Kardec  Soares, de 34 anos, Orlando de Sousa Xavier Neto, de 27 anos, o motorista do veículo, André Pereira de Lima, 24 anos e Cleidimar Alves Lopes, de 34, que morreu enquanto era socorrido. Todos naturais de Patos.
Orlando de Sousa Xavier Neto, é neto do radialista patoense Orlando Xavier e reside na Rua Joaquim Amaro no bairro Monte Castelo.
Orlando Neto conta com detalhes o acidente.

Após os acidente foi desencadeada uma revolta por parte dos funcionários da empresa onde na manhã de hoje,  dezenas de funcionários paralisaram suas atividades e realizaram um protesto em frente à empresa, na Rua José Gomes Alves em Patos.
A reivindicação era por de melhorias na segurança dos trabalhadores. Alguns funcionários denunciaram que os veículos estão transitando de forma precária e irregular a exemplo do próprio veiculo acidentado que estava com equipamentos de segurança quebrados e segundo o funcionário Hugo Leonardo, o veículo estava com problemas no freio a mais de duas semanas.
Escute a entrevista:

Segundo Hugo, a partir desta quinta-feira,  (06), todos os funcionários da Nordeste Segurança de Patos irão entrar em greve por tempo indeterminado e só voltarão ao trabalho se forem atendidas as reinvindicações dos funcionários.

Fonte: Maispatos, com Ricardo Souza
Focando a Notícia

Carro-forte capota várias vezes na PB-400, mata 1 pessoa e deixa 3 feridas

Um carro-forte da empresa Nordeste Segurança, placas KLE-4886 (Olinda PE), capotou na tarde dessa terça-feira (4), em uma das ladeiras da serra da rodovia PB-400, trecho que liga São José de Piranhas a Monte Horebe, no Alto Sertão da Paraíba.

Segundo a Polícia, quatro pessoas que estavam dentro do veículo foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros e Samu.Uma delas,  Cleidimir Alves Lopes, de 34 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu ao receber os primeiros atendimentos no hospital Regional de Cajazeiras.

De acordo com informações da Assessoria de Imprensa da unidade médica, a vítima chegou com fratura exposta na perna, trauma na região do abdome e apresentando parada cárdiorespiratória.

As outras três vítimas são André Pereira de Lima, de 24 anos, Allan Kardec Soares, 34 anos, e Orlando de Sousa Xavier Neto, 27 anos.

André e Allan Kardec foram transferidos para o Hospital Santa Terezinha, em Sousa, e Orlando Xavier Neto teve apenas escoriações, foi atendido e liberado.

O corpo de Cleidimir Alves foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Patos, também no Sertão do Estado.

O acidente aconteceu quando o carro-forte descia a ladeira. O veículo sobrou na curva, bateu em uma barreira, capotou várias vezes e ficou no meio da pista. Com o impacto, o carro ficou totalmente destruído e o motor foi arremessado para fora da estrada.

O dinheiro e munição que estavam no carro-forte foram retirados pela própria empresa de segurança com ajuda da Polícia Militar. Não houve furto. A quantia transportada não foi divulgada.

Todos são do município de Patos. As primeiras investigações do acidente indicam que houve falha mecânica. A caixa de marcha teria quebrado e provocado o capotamento.

Portalcorreio, com informações de Olivan Pereira e do Radar Sertanejo