Arquivo da tag: Carreata

Homem morre ao saber que filho morreu em acidente durante carreata na cidade de Arara

Um homem morreu ao saber que seu filho, um jovem de 21 anos, havia morrido durante um acidente durante uma carreata no município de Arara, no Brejo da Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar, o pai estava internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, quando soube que seu filho havia dado entrada na unidade hospitalar e não havia resistido.

Ele sofreu uma parada cardíaca e morreu na hora. O filho dele estava pilotando uma motocicleta quando colidiu de frente com uma veraneio de transporte alternativo durante uma carreata de um partido político.

Testemunhas informaram à polícia que o jovem não usava capacete. A vítima ainda chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu a caminho do Hospital de Trauma.

Os corpos de pai e filho foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal de Campina Grande.

Correio

Campanha Violenta: Carreata termina em briga na cidade de Remígio e caso vai parar na delegacia

A primeira mobilização da campanha política na pequena cidade de Remígio, no Agreste do estado, por pouco não terminou em tragédia na tarde desse domingo (15). O atrito entre as forças partidárias acabou gerando tumulto e agressões no Centro da cidade. O caso foi registrado na delegacia da cidade.

De acordo com as informações fornecidas pela Polícia Militar no município, o tumulto teve início quando as correntes partidárias se encontraram na ocasião que ocorria uma carreata promovida pela candidata Wanessa Regina (PSL) – que inclusive é filha do ex-prefeito da cidade, Paulinho do Alumínio, e é apoiada pelo atual prefeito do município Cláudio Régis.

No atrito, alguns integrantes da oposição relataram que foram agredidos pelos simpatizantes da candidata pelo simples fato de estarem observando o evento na calçada. “Nós estamos olhando a carreata quando eles chegaram já nos agredindo. Normando, que é genro da candidata a vice-prefeita desceu do carro que estava e veio nos agredir. Quando isso aconteceu, nós procuramos logo a polícia para prestar queixa, só que quando o grupo liderado pelo prefeito Cláudio Régis soube que estávamos lá, simplesmente invadiram o local e começou uma confusão generalizada” comentou o jovem Pedro Jaílson que também foi espancado.

Ainda segundo o relato do rapaz, outra pessoa que foi espancada foi o Policial Militar Sizenando Bastista Neto (foto). Ele teve a camisa rasgada e sofreu várias escoriações pelo corpo.

Testemunhas também relatam que foram agredidas pelo próprio prefeito da cidade. Um exemplo é o médico e professor universitário Raimundo Batista. “O prefeito estava descontrolado e estava com visíveis sinais de embriaguez. Ele me agrediu com socos e pontapés. Caí por cima da viatura que estava na frente da delegacia. Na hora do tumulto não só o prefeito Cláudio Regis, como seus assessores também participaram do tumulto” comentou a vítima.

No momento do atrito, apenas dois policiais estavam na Delegacia de Remígio, já que o delegado da cidade estava na vizinha cidade de Frei Martinho, atendendo uma outra ocorrência. Sem conseguir controlar amigavelmente a briga, o agente de investigação identificado apenas como Vernaldo efetuou dois disparos de arma de fogo dentro do prédio.

A confusão generalizada envolveu diretamente pelo menos 20 pessoas.

Por telefone, a assessoria do prefeito Cláudio Régis desmentiu as acusações. De acordo com os simpatizantes, o tumulto teria sido gerado pelo próprio soldado da Polícia Militar, que apesar de está fora de serviço, estaria armado e intimidando os participantes da coligação. “Nós estávamos no nosso dia de manifestação, já que a juíza determinou que cada coligação tem um dia, pra evitar justamente os atritos. Eles que começaram o tumulto. O prefeito não agrediu ninguém. Temos testemunhas. O próprio policial é que estava intimidando as pessoas. Ele deverá responder por isso ” comentou Wofagon Lucena.

O advogado da coligação que tem Wanessa Regina como candidata à prefeitura de Remígio também entrou em contato com a reportagem.

Humberto de Brito voltou a afirmar que toda confusão foi gerada pelo policial Militar que estaria revoltado com o manifesto popular nas ruas da cidade. “Ele não gosta do prefeito e toda eleição promove este tipo de tumulto. Se formos atrás dos arquivos da justiça encontraremos o mesmo soldado envolvido em outros episódios como este. Eu estava na delegacia e presenciei tudo. O prefeito não agrediu e sim foi agredido por este cidadão” comentou.

Ainda segundo o assessor jurídico, um grupo de cerca de dez pessoas – incluindo o prefeito Cláudio Régis – está representando judicialmente o policial pelos crimes de lesão corporal e ameaças. “É lamentável que fatos como este aconteça, mas todas as vítimas estão entrando com representações contra este policial que ao invés de garantir a ordem pública, se aproveita para intimidar as pessoas” frisou.

O caso foi registrado pelo delegado Omar José – de Nova Floresta – que estava no plantão da 7ª Delegacia Regional. Nesta segunda-feira, os envolvidos deverão ser ouvidos pelas autoridades policiais do município.

ExpressoPB
Com Marcio Rangel

Após STF conceder liminar, prefeito de Solânea é recebido com festa e carreata pela população

 

O prefeito de Solânea, Francisco de Assis Melo (Dr. Chiquinho) foi recebido pela população com festa e com uma carreata na noite desta terça-feira (03). Desde o inicio da noite diversas pessoas começaram a se aglomerar na entrada da cidade na perspectiva de receber o gestor.

Por volta das 19h20, Dr. Chiquinho chegou e foi carregado nos braços pelos presentes que depois seguiram em caravana até a casa do prefeito onde mais um grande aglomerado se encontrava para recebê-lo juntamente com a primeira dama, Lúcia Lemos.

Dr. Chiquinho veio acompanhado do deputado estadual Tião Gomes e ainda esta semana deve se pronunciar sobre os rumos que deverá seguir nas eleições deste ano. Emocionado com a recepção o prefeito agradeceu a todos pelo carinho e agradeceu a Deus por poder voltar a sua cidade.

“É muito emocionante retornar a minha cidade e ser recebido com a alegria desse povo depois da injustiça que sofremos. Quero agradecer a todos que estão aqui e que torceram por mim durante esses dias e agradecer a Deus por me dar a oportunidade de voltar para minha casa”, desabafou Dr. Chiquinho.

Na noite do último sábado (30), o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu uma liminar para soltar o prefeito que foi preso na Operação “Pão e Circo” da Polícia Federal.

 Redação/Focando a Notícia

Prefeito de Sapé é recebido em Carreata por amigos e correligionários e segue nos braços do povo para Prefeitura

O Prefeito de Sapé, João Clemente Neto, foi recebido agora a pouco (por volta das 17h00) em carreata por amigos e correligionários na cidade de Sobrado onde  seguiram até a cidade de Sapé. Lá uma grande quantidade de pessoas esperavam pela comitiva do Prefeito.

João da Utilar foi levado pelos populares até a sua residência. De lá foi levado nos braços até a Prefeitura onde fez um discurso apenas de agradecimento pelo gesto da população.

Visivelmente emocionado, João da Utilar  veio aos prantos quando uma senhora lhe abraçou também aos prantos.

Apoiado por amigos, familiares e populares o prefeito João da Utilar subiu em um trio elétrico e está neste momento usando da palavra para a população sapeense de frente a prefeitura.

João da Utilar foi preso na semana passada dentro da Operação Pão e Circo da Polícia Federal.

Do Expresso PB/Foto: @InaldoMacedo