Arquivo da tag: Carne

Ministério Público vai investigar qualidade da carne comercializada na Paraíba

promotorO diretor-geral do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público do Estado da Paraíba (MP-Procon) anunciou, nesta segunda-feira (20), que o órgão vai deflagrar uma operação de fiscalização ao mercado de carnes na Paraíba. Um inquérito será instaurado para investigar a qualidade da carne consumida na Paraíba.

A ação ocorre após a Polícia Federal realizar a operação ‘Carne Fraca’ que identificou uma série de irregularidades em frigoríficos. Em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, Glauberto explicou que apesar de se concentrar em dois ou três estados há repercussão em todo o país. “A sociedade precisa ficar sabendo o que está acontecendo”, explicou.

O diretor técnico da Agevisa, Ailton César dos Santos, explicou que se forem encontradas irregularidades, os estabelecimentos podem ser interditados e punidos com multa.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

União Europeia vai suspender empresas envolvidas no escândalo de carne no Brasil

carneA Comissão Europeia disse nesta segunda-feira (20) que está monitorando as importações de carne do Brasil e que todas as empresas envolvidas em um escândalo de carne terão acesso negado ao mercado da União Europeia.

“A Comissão garantirá que quaisquer dos estabelecimentos implicados na fraude sejam suspensos de exportar para a UE”, disse o porta-voz da Comissão Europeia Enrico Brivio em coletiva de imprensa regular.

A Comissão acrescentou que o escândalo da carne não terá qualquer impacto nas negociações em curso entre a União Europeia e o Mercosul, no qual os dois lados esperam chegar a acordos sobre livre comércio.

A Polícia Federal lançou na sexta-feira (17) uma operação para desarticular uma organização criminosa envolvendo fiscais agropecuários e cerca de 40 empresas, incluindo as gigantes BRF e JBS. A investigação apontou fraudes na fiscalização sanitária, com o pagamento de propina para liberação de mercadorias adulteradas e estragadas.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Chef ensina 7 passos para preparar carne no forno e deixá-la no ponto

Quem já tentou fazer carne bovina no forno provavelmente passou por esse perrengue: ficou dura, seca, passou do ponto. Para não ter erro da próxima vez, conversamos com Roberto Ravioli, do restaurante La Madonnina Ravioli, em São Paulo, e ele nos ensinou vários segredos de sucesso.

O chef adianta que a carne preparada como churrasco, na brasa (quando bem feita, claro) tem sempre chance de ficar mais saborosa, por causa dos aromas defumados vindos do carvão. Mas não é todo dia que temos disposição para armar o circo da churrascada. Por isso, o forno segue sendo a pedida mais prática.
Portanto, siga o passo a passo para acertar o ponto no próximo encontro.

Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

Que peça escolher?

Para o preparo no forno, o chef indica costela, picanha, cupim, peito, fraldinha e maminha como boas opções. Segundo Roberto, é importante escolher uma peça de carne marmorizada ? isto é, com bastante gordura entremeada, o que vai garantir maciez e sabor ao preparo. “As pessoas escolhem a primeira carne que encontram, sem avaliar a qualidade ou conhecer sua procedência”, diz. Isso pode encarecer um pouco o seu almoço especial, mas ter um açougueiro de confiança é tudo na vida de quem ama carne.
Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

Capriche no tempero

Roberto Ravioli escolheu uma peça de costela de cerca de quatro quilos, carne que considera das mais saborosas, para mostrar suas técnicas. Ele começa marinando a carne com sal e pimenta do reino moída a gosto, 2 dentes de alho picados, 50 ml de óleo de girassol, um ramo de alecrim picado, algumas folhas de sálvia, 400 ml de vinho branco seco. Se preferir deixar a carne por um tempo mais longo na marinada (ou até de um dia para o outro), deixe para salgar apenas na hora do preparo, pois o sal pode desidratá-la.
Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

Batata cai muito bem

Antes de levar a costela ao forno, o chef prepara uma cama de batatas cortadas transversalmente com cascas, no fundo da assadeira. Isso evita que a carne grude no fundo e você ainda aproveita essas batatas como acompanhamento no final ? elas “ganham” todo o sabor da carne. Com elas, também é possível preparar uma farofinha rápida à base de manteiga, ovos e farinha de mandioca ou milho, para servir com a costela.
Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

O truque da água

Depois de colocar na forma a costela com os ossos voltados para baixo, regue o fundo da assadeira com água suficiente para cobrir as batatas. Se estiver podendo, use sobras de vinho branco ou até uma cerveja escura. Isso fará com que se mantenha a umidade necessária durante o cozimento.
Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

Embrulhe!

Antes de levar a carne ao forno, cubra-a com uma folha de papel-manteiga. Em seguida, cubra toda a assadeira com papel laminado. Roberto Ravioli apelida essa técnica de “panela de pressão”. O vapor da água ficará retido e circulando nesse invólucro, não deixando a carne ressecar enquanto assa.
Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

Direto pro forno

Para uma peça desse tamanho, Roberto recomenda três horas de forno a 180°C. Mas tome alguns cuidados importantes: os fornos caseiros nem sempre aquecem exatamente à temperatura indicada no botão. Se não conhece bem o poder de fogo de seu equipamento, acompanhe o cozimento da carne levantando o papel de vez em quando. Se a água no fundo da assadeira estiver seca, acrescente mais líquido ? nunca deixe secar. Teste a consistência e a maciez da carne com um garfo longo, cerca de meia hora antes de completar as três horas. Volte a lacrar a assadeira com o papel alumínio a cada teste e a cada “molhada”.
Leonardo Soares/UOL
Leonardo Soares/UOL

Hora de dourar e um truque final

Depois de três horas, retire o papel-alumínio e o papel-manteiga e deixe a costela por mais meia hora no forno. Isso fará com que o exterior da peça fique tostado e crocante. E uma dica final do chef: “É muito, importante deixar a carne descansar por pelo menos um minuto depois de tirá-la do forno, antes de fatiá-la. O choque de temperatura faz com que se concentrem ainda mais os sucos. Isso vale também para as carnes preparadas na brasa”. Portanto, se seus convidados estiverem alvoroçados e famintos, faça-os esperar mais um pouquinho para que a receita seja um sucesso total.
Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Rússia embarga importação de carne de 10 frigoríficos brasileiros

frigorificoO serviço veterinário russo Rosselkhoznadzor vai embargar a importação de carne de dez unidades de frigoríficos brasileiros a partir de 9 de junho, incluindo abatedouros de bovinos e suínos da JBS, BRF e Marfrig, informou nesta quarta-feira o órgão do governo russo.

O serviço veterinário disse que sua decisão foi tomada depois de um inspeção em unidades brasileiras em março por fiscais russos, segundo a agência Interfax.

A Rússia foi o segundo maior importador de carne bovina do Brasil em 2014 e o maior comprador de carne suína brasileira. As maiores companhias que sofreram restrições têm condições de redirecionar as exportações para outras unidades ainda habilitadas, segundo associação de exportadores.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

As violações descobertas apresentam um significativo grau de risco, disse o Rosselkhoznadzor em comunicado. As causas dos embargos não foram completamente detalhadas pelo órgão da Rússia, que já tomou medidas semelhantes no passado, ao suspender temporariamente algumas unidades.

Além do embargo às dez unidades, a proibição de importação de produtos de duas fábricas verificadas foi mantida.

O serviço russo enviou às autoridades brasileiras um relato sobre os resultados das inspeções e está aguardando comentários no prazo de dois meses.

Foram oito unidades de abate de bovinos embargadas: três da Marfrig (duas em São Paulo e uma em Mato Grosso do Sul), duas da JBS (em Minas Gerais e Goiás), uma do Frigorífico Silva (RS), uma da Mato Grosso Bovinos (MT) e uma da Nortão Alimentos (MT).

O Brasil, que tem sido nos últimos anos o maior exportador global de carne bovina, ainda tem 28 plantas de bovinos habilitadas pela Rússia, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

Desta forma, não será difícil para as empresas realocar exportações para outras unidades que continuam autorizadas, mantendo os volumes embarcados.

“Não tem problema comercial nenhum… Não posso (exportar) por aqui, vou mandar por ali. Nossa capilaridade é muito grande”, disse à Reuters o presidente da Abiec, Antonio Camardelli.

De suínos, foram embargadas uma unidade da BRF, em Goiás, e uma do Frigoestrela, em São Paulo, segundo listagem no site do Rosselkhoznadzor.

As ações da JBS e Marfrig operavam em queda de 2 e 1 por cento, respectivamente, enquanto as da BRF operavam perto de uma estabilidade, por volta das 12h50.

Reuters

Prefeito se reúne com marchantes e juntos debatem mudanças no “Mercado da Carne”

zenobioO prefeito Zenóbio Toscano esteve reunido na tarde desta quinta-feira (23) com os marchantes que comercializam dentro e nos arredores do mercado público da carne. O encontro teve o objetivo de debater como colocar em prática às determinações do Ministério Público em acordo com a Vigilância Sanitária após visitas ao local.

O órgão de controle sanitário encaminhou à Justiça desde o ano de 2010 uma série de normas a serem cumpridas pela Prefeitura de Guarabira com vistas à higiene do local e comercialização dos alimentos. Só recentemente o atual juiz responsável pela 4ª Vara Mista da Comarca de Guarabira, o Dr. Gilberto de Medeiros Rodrigues, determinou o cumprimento das determinações.

Cientes das mudanças que ocorrerão, os marchantes concordaram com as intervenções que a administração municipal realizará, assim como dos deveres que terão que ter a partir de então.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Aproveitando o momento, após a reunião o gestor visitou as instalações do shopping popular destinados aos ambulantes que comercializam nas calçadas da Avenida Dom Pedro II.

 

Codecom-PMG

China retira oficialmente embargo à carne bovina brasileira

carneO governo chinês retirou oficialmente o embargo à carne bovina brasileira neste domingo (16) após a assinatura, entre a presidenta Dilma Rousseff e o presidente da China, Xi Jiping, de um protocolo para liberação de venda do produto para o mercado chinês, informou o Planalto.

A venda estava embargada desde 2012 devido à suspeita, não confirmada, de registro de mal da vaca louca no estado do Paraná. O embargo estava suspenso desde julho.

A assinatura ocorreu durante um intervalo da reunião de Cúpula do G20, em Brisbane, na Austrália.

Com o acordo bilateral, a expectativa do governo brasileiro é vender de U$S 800 milhões a U$$ 1,2 bilhão de carne para China só em 2015.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O último encontro da presidenta Dilma com Xi Jinping ocorreu em julho, no Brasil, durante a realização da VI Cúpula do Brics em Fortaleza, no Ceará.

A China é considerada o principal parceiro comercial do Brasil. Só em 2013, o comércio entre os dois países superou os US$ 83 bilhões.

G1

Presos na Paraíba comem carne do frigorífico Friboi

carneParte dos apenados na Paraíba estão sendo alimentados com carne do frigorífico Friboi, um dos maiores distribuidores de carne do mundo.

Imagens da chegada do alimento a cadeia de Monteiro, no Cariri paraibano, foram postadas em um grupo do WhatsApp, pelo secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em contato com o Portal MaisPB, Walber Virgolino contou que a carne está sendo fornecida por uma empresa distribuidora da Friboi em Recife, Pernambuco, que ganhou licitação para vender carne ao Governo do Estado. A licitação foi feita pela Secretaria de Administração estadual.

“Foi livre concorrência e quem ganha é quem oferece o menor preço”, disse Virgolino, afastando questionamento de que o produto Friboi  tem preço mais elevado no mercado.

A carne Friboi ficou mais conhecida no Brasil, após campanha com grandes artistas, a exemplo de Tony Ramos e Roberto Carlos.

Roberto Targino – MaisPB

Estudo nos EUA liga carne vermelha a risco de câncer de mama

Thinkstock
Thinkstock

Comer muita carne vermelha no início da vida adulta pode aumentar ligeiramente o risco de câncer de mama, de acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos.

Pesquisadores de Harvard dizem que substituir a carne vermelha por uma combinação de feijões, ervilhas e lentilhas, aves, nozes e peixe pode reduzir o risco da doença em mulheres mais jovens.

Mas especialistas britânicos pedem cautela, dizendo que outros estudos não mostraram ligação clara entre carne vermelha e câncer de mama.

Pesquisas anteriores demonstraram que a ingestão de grande quantidade de carne vermelha e processada provavelmente aumenta o risco de câncer de intestino.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os novos dados vêm de um estudo realizado nos Estados Unidos acompanhando a saúde de 89 mil mulheres com idades entre 24 a 43.

A equipe, liderada pela Escola de Saúde Pública de Harvard, analisou a dieta de quase 3.000 mulheres que desenvolveram câncer de mama.

Alimentação saudável e exercícios ajudam a prevenir o câncer; veja dicas

Na revista British Medical Journal, eles relataram que a “ingestão elevada de carne vermelha no início da idade adulta pode ser um fator de risco para o câncer de mama”.

Os próprios cientistas de Harvard, porém, descreveram o risco como ‘pequeno’.

O epidemiologista da Universidade de Oxford Tim Key disse que o estudo americano descobriu ‘apenas um elo fraco’ entre comer carne vermelha e câncer de mama, o que não era forte o suficiente para mudar a evidência apontada em estudos anteriores de que não há ligação definitiva entre a dois.

— As mulheres podem reduzir o risco de câncer de mama mantendo um peso saudável, ingerindo menos álcool e praticando exercícios, e não é uma má ideia trocar um pouco de carne vermelha — que está ligada ao câncer de intestino — por carne branca, feijão ou peixe.

Segundo a diretora da Unidade de Epidemiologia do Câncer da mesma universidade, Valerie Beral, dezenas de estudos já investigaram o risco de câncer de mama associado com a dieta.

— A totalidade da evidência disponível indica que o consumo de carne vermelha tem pouco ou nenhum efeito sobre o risco de câncer de mama, por isso os resultados de um único estudo não podem ser considerados isoladamente.

Evidências demonstram que provavelmente há uma relação entre comer muita carne vermelha e processada e o risco de câncer de intestino.

O Ministério da Saúde britânico recomenda que pessoas que comem mais do que 90 g (peso cozido) de carne vermelha e processada por dia devem reduzir a porção para 70 g.

R7

Igreja Católica libera consumo de carne durante a Semana Santa

dom aldoA Semana Santa começa neste domingo (13) com a celebração da Missa dos Ramos, que representa a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém e termina no domingo de Páscoa. Durante esses oito dias, serão realizadas várias atividades nas paróquias católicas.

Nesse período, a igreja convida os fiéis à oração, jejum e abstinência. Na Paraíba, em cidades do Litoral ao Sertão, espetáculos da Paixão de Cristo já começaram a ser encenados por diversos grupos de teatro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O arcebispo da Paraíba Dom Aldo Pagotto afirmou que nada de ruim acontece se alguém comer carne neste período, o “jejum de palavras e de fofocas” pode ser alternativa que visa o bem estar espiritual.

Nos oito dias, os fiéis vão refletir a morte, paixão e ressurreição de Jesus Cristo. “A Semana Santa é intitulada de Semana Maior. Semana mais importante do calendário litúrgico, do calendário civil também, mas de um modo todo particular, do calendário litúrgico religioso.

Ela representa para os católicos o memorial da paixão, morte e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo. Então, católicos do mundo inteiro, se concentram nessa semana que é chamada de maior, por ser mais significativa do que todas as semanas. Ela se inicia no domingo de Ramos e se encerra no domingo de Páscoa”, comentou o pároco da Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, padre Rui Braga.

MaisPB com Jornal Correio

Mãe é flagrada com maconha dentro de carne de charque para filho preso no Róger

Reprodução/EmersonMofi
Reprodução/EmersonMofi

Uma mulher foi flagrada no início da tarde deste domingo (22), tentando entrar com maconha escondida dentro de um pedaço de carne de charque, na Penitenciária Flósculo da Nóbrega, ‘Róger’, em João Pessoa.

O flagrante ocorreu enquanto ela tentava visitar o filho, que está detido no presídio. Agentes penitenciários suspeitaram da ação irregular e fizeram uma revista minuciosa na carne. De acordo com a polícia, Regina Coeli da Silva ia entregar a carne com maconha ao filho, João Batista da Silva, que está recluso sob acusação de assalto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A suspeita foi detida e encaminhada ao Distrito Integrado de Segurança Pública da Paraíba, no bairro de Manaíra.

Em depoimento, ela negou que o produto ilícito fosse seu e informou que uma pessoa teria repassado a sacola que deveria ser entregue no ‘Róger’.
Por Pollyana Sorrentino, com Emerson Machado da TV Corrieo HD