Arquivo da tag: carnaval

Número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na PB é o menor em quatro anos

O número de mortes em acidentes de trânsito durante o carnaval 2020 é o menor registrado em rodovias federais da Paraíba em quatro anos. Os dados foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal nesta quinta-feira (27) e apontam que a PRF notificou uma morte em 2017, quatro em 2018, duas em 2019 e nenhuma neste ano.

A Operação Carnaval, realizada no período de 21 a 26 de fevereiro, registrou 33 acidentes, com 44 pessoas feridas. Ao todo, foram realizados 2.380 testes de etilômetro em condutores. Pelo menos 82 pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool.

Na mesma ação, 5.765 veículos foram inspecionados, 6.223 pessoas foram abordadas, 2.371 infrações de trânsito foram registradas e 216 carros foram recolhidos aos pátios da PRF por irregularidades.

Entre as principais infrações de trânsito registradas estão a falta de cinto de segurança dos condutores e passageiros, as ultrapassagens indevidas, ausência de uso de capacete e não possuir carteira nacional de habilitação (CNH).

G1

 

Assassinatos têm redução pelo quarto ano no Carnaval e 2020 registra queda de 9,1%

Este ano, as forças de Segurança da Paraíba alcançaram quatro anos de redução consecutiva de assassinatos no período carnavalesco. Em 2020, a queda em relação ao ano anterior foi de 9,1%, com um caso a menos, sem homicídios registrados em locais de festa, e em 2019 a diminuição de ocorrências foi de 35% em comparação a 2018. Os números são resultado do Planejamento Estratégico traçado pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) e executado pela Polícia Militar, Polícia Civil e pelo Corpo de Bombeiros Militar da sexta-feira de Carnaval até a Quarta-feira de Cinzas, envolvendo ações preventivas e repressivas, realização de procedimentos policiais, além de resgates e salvamentos, tanto na região do litoral como no sertão paraibano, por parte dos órgãos operativos da pasta.

De acordo com o Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da pasta, este ano foram contabilizados 10 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte – no período no Carnaval (sexta a terça-feira). As ocorrências aconteceram nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Soledade, Aroeiras, São Miguel de Taipu, Fagundes, Junco do Seridó e Catolé do Rocha.

Emprego de efetivo – A Polícia Militar montou um esquema envolvendo o reforço de 1.850 policiais por dia, especificamente para os festejos e locais de maior movimentação nesta época, com viaturas, POPs (Pontos de Observação Policial), drones e van de videomonitoramento. Entre as prévias e o carnaval, a PM esteve em mais de 630 eventos, o que demandou mais de 17 mil serviços gerados.

ações do Corpo de Bombeiros Militar (CBMPB) incluíram prevenção e o salvamento aquático, além de combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar e busca e salvamento, bem como a atuação dos mergulhadores de resgate. Este ano, não houve mortes por afogamentos. De forma geral, 454 militares foram empregados durante o período, desenvolvendo ações de prevenção e emergência, auxiliados por 10 embarcações. Da praia de Barra de Camaratuba até Acaú, na cidade de Pitimbu, a corporação teve guarda-vidas espalhados nos pontos tradicionalmente mais movimentados, totalizando 36 postos ativos.

A Polícia Civil da Paraíba aumentou o efetivo nas delegacias e manteve pólos de atendimento em regime de plantão durante o Carnaval, em todas as regiões do Estado. Foram utilizados 1.005 policiais civis em escalas de plantão entre delegados, escrivães, agentes de investigação, agentes operacionais, peritos, técnicos em perícia, necrotomistas e papiloscopistas. Para atendimento à população, também foram utilizadas 270 viaturas espalhadas entre os pólos de plantão das seccionais de Polícia Civil.

Operação Lei Seca – Este ano, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) notificou 57 motoristas por dirigir sob efeito de álcool, durante a Operação Lei Seca realizada no Carnaval de 2020. De acordo com a Coordenação de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, foram realizados 798 testes de bafômetro, resultando na apreensão de 52 carteiras de habilitação (CNH) e na remoção de 13 veículos aos pátios do órgão. A operação ainda autuou 80 condutores em flagrante pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 

Secom/PB

 

 

Vítimas de acidentes com moto lideram entradas no Trauma-CG no Carnaval

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, na cidade de Campina Grande, atendeu 887 pessoas durante o período carnavalesco. Nesses dias, foram realizadas 68 cirurgias. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora do sábado (22) até as primeiras horas desta quarta-feira (26).

Os casos envolvendo acidentes de moto lideraram as entradas nos plantões durante o período. No total, 118 pacientes foram atendidos devido aos acidentes com motocicleta, cinco vítimas de projéteis de arma de fogo, três de arma branca, 12 vítimas de acidente de carro, cinco vitimas de acidente de bicicleta, três vitimas de atropelamento e 24 por agressão física. Os demais atendimentos foram na clínica médica e na pediatria.
Em 2019, o Trauma-CG atendeu no período do carnaval 867 pessoas entre urgências e emergências.

A unidade de saúde disponibiliza 298 leitos, 301 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico e é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

PB  Agora

 

 

Cerca de 41 mil pessoas devem sair da Rodoviária de João Pessoa para o carnaval em outras cidades

Cerca de 41 mil pessoas devem sair do Terminal Rodoviário de João Pessoa para aproveitar o período de carnaval 2020 em outras cidades a partir desta sexta-feira (21) e até o dia 26 de fevereiro. O aumento previsto na movimentação é de 5% em relação ao carnaval 2019. Aproximadamente 38 mil pessoas devem desembarcar em João Pessoa para passar o carnaval no litoral.

Os principais destinos procurados pelos pessoenses, dentro da Paraíba, é Campina Grande, Souza, Patos, Cajazeiras e Guarabira. Já em outro estado, as pessoas procuram pelas cidades de Recife e Natal.

De acordo com a assessoria do Terminal Rodoviário, as empresas ainda não divulgaram se vai haver ônibus extras.

No entanto, há algumas orientações para vai viajar nesse período:

  • Comprar a passagem de ida e volta com antecedência;
  • Verificar toda a documentação necessária para o embarque, inclusive os das crianças;
  • Chegar ao terminal com no mínimo uma hora antes do embarque;
  • Identificar as bagagens.

 

G1

 

 

Viaturas da PM têm pneus furados durante bloco de carnaval em João Pessoa

Pelo menos seis viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros tiveram os pneus furados na noite desta quarta-feira (19), antes do desfile do bloco de carnaval Muriçocas do Miramar, em João Pessoa.

Ainda não foi confirmado quem danificou os veículos, mas a suspeita é que tenham sido policiais que participavam de uma paralisação. Um PM contou que cerca de vinte policiais encapuzados o abordaram e furaram os pneus.

A paralisação dos policiais foi encerrada ainda na quarta-feira por volta das 23h, de acordo com Steferson Nogueira, presidente da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraiba (Adepdel), uma das representações do Fórum.

Cerca de 300 policiais não puderam trabalhar na segurança do bloco das “Muriçocas”, que teve como principal atração o cantor Alceu Valença. Conforme a assessoria da PM informou à TV Cabo Branco, mais de 500 policiais teriam participado do esquema de segurança, quando a previsão era de mais de 800.

Esse tipo de paralisação já foi considerado ilegal pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em 2017, em votação no plenário da Corte por 7 votos a 3, os ministros declararam inconstitucional o direito de greve de servidores públicos de órgãos de segurança e decidiram proibir qualquer forma de paralisação nas carreiras policiais.”

Profissionais da Segurança Pública fazem paralisação na Paraíba

Profissionais da Segurança Pública fazem paralisação na Paraíba

Trio também foi danificado

Durante a mobilização dos policiais em João Pessoa nesta quarta, o pneu do trio que seria puxado por Alceu Valença também foi danificado, mas isso não impediu que o bloco acontecesse.

Cinquenta policiais que estavam dentro de um ônibus para fazer o policiamento no bloco foram impedidos de descer. O veículo foi cercado pelos manifestantes. Além disso, os pneus dos ônibus e das viaturas que estavam próximas foram furados. Pouco tempo depois, os policiais militares saíram do ônibus e foram levados para o Clube Cabo Branco, onde estava concentrado o outro grupo de PMs.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa das Polícias Militar e Civil sobre o efetivo nesta quinta-feira (20), mas não obteve resposta até pouco antes de 8h.

Os policiais militares, civis e bombeiros da Paraíba paralisaram as atividades em todo o estado nesta quarta-feira. De acordo com o Fórum das Entidades das Polícias Civil, Militar e Bombeiros, a paralisação começou por volta de 12h.

Apesar do efetivo reduzido, não houve nenhuma ocorrência vinda do bloco Muriçocas do Miramar registrada na Central de Polícia Civil ou no Hospital de Emergência e Truama de João Pessoa.

Conforme nota publicada na terça-feira (18) pelo Fórum das Entidades das Polícias Civil, Militar e Bombeiros, não houve um acordo entre os servidores e o Estado acerca da incorporação da bolsa desempenho e do reajuste da categoria. A entidade alega que o governo da Paraíba tem adiado dar uma resposta sobre o assunto.

A Secretaria de Segurança e da Defesa Social da Paraíba informou na quarta que não foi comunicada sobre a decisão do fórum e que a pasta continua articulada com a equipe econômica do governo a fim de dar prosseguimento ao diálogo com as entidades.

A mobilização começou no início da tarde de quarta, quando um grupo com representantes da segurança pública seguiu até a frente da residência oficial do governador da Paraíba. Eles reivindicam reajuste de salário e melhores condições de trabalho.

De acordo com a organização do movimento, a categoria está há dez meses tentando negociar com o governo. Como não conseguiram, decidiram fazer uma paralisação de 12 horas.

A categoria explica que o governo da Paraíba apresentou uma proposta de incorporar 30% na bolsa desempenho em 60 meses, além de 5% de reajuste, em outubro, para os ativos e na bolsa desempenho. O fórum recusou a proposta, reivindicando incorporação de 100% na bolsa, em 36 meses, e um reajuste de 24% pelos próximos dois anos.

Policiais civis, militares e bombeiros da PB paralisam atividades nesta quarta-feira — Foto: Walter Paparazzo/G1

Policiais civis, militares e bombeiros da PB paralisam atividades nesta quarta-feira — Foto: Walter Paparazzo/G1

Desembargador determina ilegalidade de paralisações de policiais e bombeiros na PB

O desembargador Leandro Santos decretou a ilegalidade e pediu a suspensão da paralisação dos policiais civis, militares e bombeiros da Paraíba desta quarta-feira. A decisão liminar também vale para a possível deflagração de uma greve.

O magistrado ressalta que o movimento ameaça o direito à segurança que os cidadãos têm, especialmente no período carnavalesco e durante o bloco Muriçocas do Miramar. Ele se solidariza, ainda, com a situação salarial dos policiais do estado.

Em caso de descumprimento da medida liminar, que passa a ter efeito a partir do momento de cada intimação, fica fixada uma multa diária no valor de R$ 500 mil para entidades que compõem o Fórum das Entidades das Polícias Civil Militar e Bombeiros.

Uma multa pessoal diária no valor de R$ 300 mil também deve ser paga por membros da diretoria de cada instituição.

Por fim, o desembargador marcou uma audiência de conciliação entre as forças de seguranças e o Governo da Paraíba. A reunião deve acontecer no dia 26 de fevereiro, às 9h, na sede do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

G1

 

Caixa libera abono salarial antes do carnaval; Veja quem pode receber até R$1.045

Dinheiro no bolso! Os trabalhadores nascidos entre os meses de janeiro e junho ou com final de inscrição entre 6 e 9 vão receber a mais das quantias referente ao abono PIS/Pasep em 2020. O aumento segue o valor reajustado no salário mínimo.

Vale destacar que o valor do abono salarial é proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base. Quem trabalhou o ano inteiro recebe um salário mínimo. Segundo o cronograma liberado pelo Governo Federal, a liberação do 8º lote vai acontecer no dia 13 de fevereiro, tanto para empresas privadas (PIS) quanto para servidores públicos (Pasep). O valor máximo pode chegar a R$ 1.045.

Calendário de saques

Mês de Nascimento e Data de Saque:

Julho – 25/07/2019

Agosto – 15/08/2019

Setembro – 19/09/2019

Outubro – 17/10/2019

Novembro – 14/11/2019

Dezembro – 12/12-2019

Janeiro e Fevereiro – 16/01/2020

Março e Abril – 13/02/2020

Maio e Junho – 19/03/2020

Calendário por dígito

Dígito Final 0: Saques em 25/07/2019

Dígito Final 1: Saques em 15/08/2019

Dígito Final 2: Saques em 19/09/2019

Dígito Final 3: Saques em 17/10/2019

Dígito Final 4: Saques em 14/11/2019

Dígito Final 5: Saques em 16/01/2020

Dígito Final 6 e 7: Saques em 13/02/2020

Dígito Final 8 e 9: Saques em 19/03/2020

Saiba onde fazer o saque

  • Funcionários de empresa privada, com Cartão Cidadão e senha cadastrada: o saque pode ser feito em caixas eletrônicos da Caixa ou em lotéricas;
  • Não tem o Cartão Cidadão? O saque é feito em uma agência da Caixa, com documento de identificação
  • É correntista individual da Caixa? O abono é depositado diretamente na conta, caso haja saldo acima de R$ 1 e movimentação
  • É servidor público? O saque é feito nas agências do Banco do Brasil, com documento de identificação. Servidores correntistas do banco recebem o dinheiro diretamente na conta. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone do BB: 0800 729 0001

Notícias de Concursos

 

 

Leve seu assédio para longe da gente! ALPB lança campanha contra importunação sexual no carnaval

A Assembleia Legislativa da Paraíba lançou, nesta sexta-feira (14) uma campanha contra a importunação sexual durante o período carnavalesco. Com o lema “Leve seu assédio para longe da gente”, a iniciativa tem o objetivo de empoderar as mulheres sobre os seus direitos e alertar toda a sociedade que é crime fazer qualquer tipo de abordagem às mulheres que extrapolem o respeito e a vontade delas.

Para o presidente Adriano Galdino, a campanha é uma forma do Poder Legislativo Paraibano ecoar ainda mais esse assunto, que cotidianamente se vê nos festejos de carnaval, mas que sua prática é inaceitável. “As mulheres têm o direito de escolher, desde as roupas que vestem até quem paquerar. O respeito é a porta de entrada para quem quer estabelecer qualquer tipo de diálogo e só com esse nível de educação podemos construir uma sociedade mais justa e igualitária”, defendeu.

Outras ações legislativas também estão sendo desenvolvidas pela ALPB, desde produções de matérias em defesa dos direitos da mulher até a realização de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os feminicídios no Estado.

Essa produção atinge as necessidades mais elementares da mulher, que vão desde a inserção no mercado de trabalho, passando pelo combate ao feminicídio e demais violências doméstica e familiar, defendendo a equidade de gênero e garantindo atendimento eficaz às gestantes na rede pública de saúde, tanto no pré-natal quanto no parto e pós-parto.

agenciaalpb

 

Greve branca: policiais temem ‘caos’ no carnaval

Há uma semana em greve branca, integrantes das Forças de Segurança disseram nesta terça-feira (11) que a mobilização ganhou novos adeptos desde a deflagração do ato.

O coronel Sobreira, da Polícia Militar, ressaltou que espera uma solução por parte do governo do Estado até a próxima sexta-feira (14), a fim de evitar prejuízo para segurança pública durante o período carnavalesco em João Pessoa.

“Esperamos que até a próxima sexta-feira tenhamos uma solução para toda essa reivindicação justa. Avaliamos que estamos crescendo, a adesão ao extra da Polícia Militar e dos Bombeiros tem diminuído dia a dia. Percebemos no último fim de semana locais que deveriam ter até cinco viaturas, só tinham uma ou duas no máximo. Isso é uma adesão que o pessoal da ativa tem feito. O policial precisa entender que ele é o ativo hoje, mas é o inativo de amanhã. É preciso consciência e o sacrifício”, avaliou Sobreira.

A proposta do Governo da Paraíba foi de incorporar 30% na bolsa desempenho em 60 meses, além de 5% de reajuste em outubro para os ativos e na bolsa desempenho. Já a proposta dos policiais e bombeiros era de incorporar 100% na bolsa desempenho em 36 meses e um reajuste de 24% pelos próximos dois anos.

MaisPB

 

 

Governo distribuirá 1,5 milhão de preservativos nas prévias e carnaval da Paraíba

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Operacional das IST/HIV/Aids/Hepatites Virais, vai distribuir um milhão e meio de preservativos masculinos e 150 mil unidades de gel lubrificante para o período do carnaval 2020. A distribuição começa a partir do dia 13, na abertura do Folia de Rua, no Ponto de Cem Réis, e também nos blocos Virgens de Tambaú, Muriçocas de Miramar e Cafuçu.

“As Gerências Regionais de Saúde estão sendo abastecidas com camisinhas para proporcionar aos foliões (ou não) o acesso aos preservativos. As pessoas podem buscar a camisinha nos serviços de saúde e não é necessário passar por nenhuma consulta. Basta pegar na recepção a quantidade que necessitar”, explicou a gerente operacional das IST/HIV/Aids/Hepatites Virais da SES, Ivoneide Lucena.

A gerente informou também que na abertura da prévia carnavalesca Folia de Rua, o bloco Clementino Folia, do Complexo Hospitalar Clementino Fraga, referência estadual no combate às doenças infectocontagiosas, vai estar presente fazendo a distribuição de preservativos e informando sobre como evitar as DSTs. “O bloco estará, pelo nono ano, realizando a ação preventiva durante o período de Carnaval, atingindo milhares de foliões da capital”, enfatizou.

Ivoneide faz um alerta para que todos usem preservativos porque nos últimos anos houve aumento de novos casos de Aids entre jovens de 15 a 34 anos. No período de 2007 a 2018, o aumento foi de 300%. Em 2019, foram notificados sete novos casos na Paraíba.

“Esse aumento acontece devido a ausência de medo da Aids e da desinformação por parte desses jovens do que realmente a doença pode causar na vida. Acham que não mata mais, que o tratamento é tranquilo e ainda que não vai acontecer nada”, observou Ivoneide Lucena. Ela falou, ainda, que a Secretaria intensifica as ações preventivas nos períodos de festas populares em virtude da maior aglomeração de pessoas e porque o aumento de consumo alcoólico também pode contribuir para o sexo feito de forma insegura, sem proteção, podendo gerar doenças que podem ser evitadas.

Secom-PB

 

 

FPF divulga nova tabela do Paraibano com Clássico Emoção no sábado de carnaval

Na manhã desta terça-feira (28), faltando um jogo para o fim da segunda rodada, a Federação Paraibana de Futebol divulgou a nova tabela básica do Campeonato Paraibano de 2020, que teve a necessidade de ser modificada após o adiamento da abertura, inicialmente marcada para o dia 19 de janeiro.

O destaque da alteração na tábua de jogos foi a marcação da o Clássico Emoção entre Campinense x Botafogo-PB, válido pela terceira rodada, anteriormente agendado para o próximo fim de semana, para o dia 22 de fevereiro, sábado de carnaval.

Como o Belo joga no sábado (01), contra o Confiança-SE, pela Copa do Nordeste, o duelo precisou ter sua data alterada.

O restante da terceira rodada acontecerá com São Paulo Crystal x Atlético de Cajazeiras, no sábado (01), no Carneirão, em Cruz do Espírito Santo, às 16h, apesar da tabela divulgada informar que a partida será em João Pessoa.

No domingo (02), Sousa e Treze duelam às 17h, com o Marizão confirmado como palco e, no mesmo horário, o Nacional de Patos recebe o Sport Lagoa Seca, no José Cavalcanti. Na segunda-feira (03), o CSP enfrenta a Perilima, às 20h15, também no Almeidão, em João Pessoa.

Confira a tabela com a sequência das rodadas do Campeonato Paraibano de 2020:

Voz da Torcida