Arquivo da tag: CAPS

Ministério da Saúde libera R$ 5,2 mi para construção de novas UPAs e Caps em 9 cidades da PB

Reprodução / EBC
Reprodução / EBC

Nove municípios paraibanos vão receber, juntos, cerca de R$ 5,255 milhões provenientes de recursos repassados pelo Ministério da Saúde através das Portarias 614, 615, 616 e 617 publicadas no Diário Oficial da União (DOU) dessa quarta-feira (27). Os recursos devem ser investidos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s), na construção e qualificação das Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e em novos Centros de Atendimento Psicossocial (Caps).
Os recursos vão ser distribuídos entre as cidades de João Pessoa, Campina Grande, Pombal, Sapé, Piancó, Araçagi, Pilar, Uiraúna e São Sebastião de Lagoa de Roça.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Para João Pessoa e Piancó, o Ministério da Saúde vai enviar cerca de R$ 2,1 milhões, para cada cidade, estabelecendo a utilização dos recursos para a construção de novas UPA’s.

Em Campina Grande, os recursos enviados somam R$ 116,4 mil que devem ser utilizados nos serviços de UTI municipais. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde, “os recursos são retroativos ao ano de 2014, referentes a habilitação de cinco leitos de UTI neonatais. A previsão, é de que os recursos sejam disponibilizados no próximo repasse mensal do Bloco de Média e Alta Complexidade da Saúde municipal”.

A cidade de Pombal, segundo a publicação, vai ser beneficiada em R$ 210 mil, para serem utilizados na qualificação da UPA do município.

Já as cidades de Araçagi, São Sebastião de Lagoa de Roça e Pilar, que vão receber R$ 113,2 mil cada; além de Sapé, que vai ser beneficiada em R$ 100 mil; e Uiraúna, que vai receber R$ 28,3 mil, vão ter os recursos estabelecidos pelo ministério para a construção de novos Caps.

Em Piancó, além da nova UPA, também vai receber R$ 260,8 mil para a qualificação do Caps existente no município.

Portal Correio

CAPS Solânea promove evento em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial

comemoraçãoO CAPS ( Centro de Atenção Psicossocial) de Solânea, promoveu neste dia 15 de Maio um evento em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial , com a participação de toda a equipe, pacientes e os agentes de saúde do município. Tendo seu início ás 8 horas, com uma caminhada da sede ao Cine teatro, os participantes do evento contou com uma mesa farta de café da manhã, palestra relacionada ao tema e um emocionante filme, relacionado a escrisofenia na infância. Embora o “DIA D” ,ou seja, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial tenha o “18 de Maio” como marco desta luta, o CAPS antecipou o evento, na intenção de contar com uma participação maciça, já que a data citada será um sábado,e portanto final de semana, tornando assim inviável para muitos. No entanto durante toda a semana será trabalhado este tema no CAPS/ Solanea.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

970960_351948608260650_811339952_n941538_351948784927299_413513694_n
Em entrevista , a coordenadora do CAPS, Emanuela Mendes D. Monteiro, falou da importância desta luta: “a mesma destacou que esta data (18 de Maio) , é um dia de conscientização sobre a exclusão do portador de sofrimento mental, de combate ao preconceito e a discriminação que por longos anos condenou essas pessoas ao espaço fechado do hospital psiquiátrico.

O município de Solânea não mede esforços afim de ofertar mudanças positivas em benefício da saúde pública. No trecho mais reflexivo da entrevista, Emanuela Monteiro, lembrou que nesta ‘vida louca’ não sabemos o que amanhã pode nos acontecer, que todos somos importantes, e que na vida de cada um podemos fazer a diferença.”

 
Prof°. Gederlandio A. Santos
Assessor de Comunicação

CAPS de Cajazeiras recebem investimentos e restabelecem serviços durante a semana, diz coordenadora

       capsO CAPS AD é a única unidade de saúde especializada em atender os dependentes de álcool e outras drogas de Cajazeiras. Dentro das diretrizes determinadas pelo Ministério da Saúde, que tem por base o tratamento do paciente em liberdade, buscando sua reinserção social, o novo CAPS AD retomou sua atividades com novidades. Com investimentos em todos os setores, a nova direção confirmou que os serviços foram restabelecidos e que os atendimentos estão sendo realizados com absoluto sucesso e precisão dos profissionais disponíveis.
CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Desta forma, o CAPS AD oferece atendimento diário a pacientes que fazem uso prejudicial de álcool e outras drogas, permitindo o planejamento terapêutico dentro de uma perspectiva individualizada de evolução contínua. Todos os encaminhamentos devem partir das unidades de saúde do município, ou o paciente pode chegar ao CAPS através de demanda espontânea.

O CAPS AD possui uma equipe multiprofissional formada por psiquiatra, psicóloga, médico, assistente social, terapeuta ocupacional, farmacêutica, enfermeiro, técnicos de enfermagem, professor de educação física, professora de artes, além da equipe administrativa. A coordenação é de Gilvanda de Menezes Lira. Outra importante lembrança é que o CAPSAD atende pacientes dos 15 municípios da região da AMASP. Sobre o CAPS II que cuida de pacientes com transtornos mentais, a Secretaria de Saúde confirmou que também tudo está funcionando normalmente.  De segunda á sexta-feira das 7h30 às 17h00, todos os serviços são disponibilizados para as cidades de Cajazeiras, Cachoeira dos Índios e Bom Jesus. A coordenação é da enfermeira Norma Alves Viana.

Já no CAPS Infantil o trabalho foi retomado com intensidade e com várias inovações começando pelo local de funcionamento. Agora na Avenida Tenente Arsênio, o novo ambiente tem espaço amplo para o desenvolvimento dos trabalhos feitos pelos pacientes e monitores, disse a coordenadora Maria de Lima Bertoldo.

 

 

 

Secom/PMC para o Focando a Notícia

CAPS de Bananeiras realiza “ Arraiá de São João” com usuários

 

O CAPS I (Centro de Atenção Psicossocial) de Bananeiras realizou no dia 15 de Junho o “Arraiá de São João” com usuários, familiares, convidados e funcionários. A festa teve início por volta das 14:00 horas com muito forró, comidas típicas, barraca do beijo e das adivinhações, fogueira e muita animação. Para a Coordenadora do CAPS, Marne Janete e a Psicóloga Aderlane Maia este momento teve o objetivo de integrar todos os usuários na inclusão social, mostrando que todos eles são capazes de viver a cidadania, quando são respeitados e valorizados no projeto de humanização dos serviços.

Podemos afirmar que a inclusão do usuário na sociedade é um ato de amor e a forma de como eles são cuidados com ampla liberdade, torna-se um desafio.

O evento teve total apoio da Prefeita Marta Ramalho, da Secretária de Saúde do Município e de Dra. Fátima Ramalho que nos prestigiou com sua presença.

Assessoria para o Focando a Notícia