Arquivo da tag: cão

Homem é morto a pedradas na Grande JP; perna dele foi decepada e jogada para cão

casos de policiaDois homens foram encontrados mortos no início da manhã desta segunda-feira (31) em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Em um dos crimes, a vítima teve parte da perna decepada e lançada para alimentar um cão na casa vizinha.

O primeiro caso foi registrado por volta das 5h, quando um homem foi assassinado a tiros numa praça no bairro Marcos Moura. Enquanto apuravam as circunstâncias do crime e realizavam perícia no local, policiais foram informados de que outra vítima havia sido morta no loteamento ‘Plano de Vida’, situado no mesmo bairro.

Ao chegar ao local, as equipes constataram que um morador de um sítio foi assassinado a pedradas. Segundo apuração da Rádio Correio 98 FM, a vítima ainda teve parte de uma das pernas decepadas pelos criminosos, que a jogaram para alimentar um cachorro que latia muito na casa vizinha.

A esposa do homem alega que ele não tinha antecedentes criminais e era viciado apenas em bebidas alcoólicas. Inicialmente, a polícia trata o caso como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito nos casos havia sido preso.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cão enfurecido ataca 23 pessoas entre elas criança de 6 anos e idoso de 75; assista

cao-ataqueUm cão enfurecido atacou 23 pessoas, entre elas um menino de 6 anos e um idoso de 75, antes de ser morto pela polícia em uma cidade do centro da China, segundo mostraram imagens de câmaras de vigilância divulgadas pelo canal estatal “CCTV”.

O incidente ocorreu na semana passada na cidade de Wengan, na província de Guizhou, uma das mais pobres do país. As câmaras de segurança registraram o momento em que o animal atacou diversos transeuntes, em alguns casos saltando para tentar morder seus pescoços.

As imagens mostram também crianças correndo apavoradas pelos ataques do cachorro.

As vítimas apresentaram mordidas no rosto, extremidades e costas, e dois dos atacados tiveram que ser atendidos em um hospital local pela gravidade dos ferimentos, informou o centro de controle e prevenção de doenças de Wengan.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Cientistas acreditam que receber beijo de cão pode trazer benefícios à saúde do dono

cachorroSerá que receber um beijo do seu cachorro pode fazer bem à sua saúde? Cientistas da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, querem provar que sim. Eles acreditam que os microrganismos do intestino de um cão podem ter efeitos positivos sobre os corpos de seus donos. As informações são do site Daily Mail.

E para provar que suas suspeitas são verdadeiras, os cientistas estão recrutando voluntários para participar de um estudo que irá testar essa teoria. A pesquisa irá focar no efeito que os cachorros têm na saúde de pessoas acima de 50 anos. Os participantes irão receber em sua casa a companhia de um animal durante três meses.

O sistema digestivo humano habita mais de 500 tipos diferentes de bactérias, tanto boas quanto ruins. Os probióticos, por exemplo, são geralmente microrganismos que ajudam a manter o intestino sudável, como os presentes em iogurtes, e ainda ajudam na digestão dos alimentos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Por isso, os pesquisadores irão explorar se viver ao lado de um cachorro – e receber beijinhos de seus companheiros – incentiva o crescimento de microrganismos bons no intestino humano e se é o suficiente para melhorar a saúde física e mental de adultos mais velhos.

 

 

nordeste1

Estudo genético explica por que cão é o melhor amigo do homem

LupinhoPesquisadores descobriram que as adaptações que permitiram com que cachorros conseguissem digerir carboidratos foram cruciais para a domesticação dos animais. Para chegar a esta conclusão, uma equipe de cientistas suecos comparou os genomas de cães e lobos e identificou 36 regiões com genes relacionados ao desenvolvimento cerebral e ao metabolismo do amido.

 

“Nossos resultados mostraram que estas adaptações nos ancestrais dos cães modernos permitiram uma dieta rica em amido, ao contrário da dieta carnívora dos lobos, e constituiram algo muito importante para o primeiro passo da domesticação de cão há cerca de dez mil anos”, disse Erik Axelsson, pesquisador do departamento de Bioquímica da Universidade de Uppsala e autor principal do estudo publicado esta semana no periódico científico Nature .

Axelsson explica que estudos anteriores afirmam que a domesticação dos cães começou quando lobos foram atraídos pelos restos de alimentos nos primeiros assentamentos humanos. A partir desta estratégia para se obter alimento começou um processo de seleção natural. O lobo se mostrou mais eficiente para se alimentar da carne e fugir com frequência quando os humanos se aproximavam.

 

“Uma peça totalmente nova para este quebra-cabeça é a descoberta da digestão mais eficiente do amido pelos cachorros”, disse Axelsson. Para ele, isto indica que a eficiente alimentação de restos orgânicos deixados pelos humanos incluía ter um eficiente sistema para digerir os restos dos alimentos em um momento em que o ser humano iniciava a prática da agricultura, justamente com os cereais que compõem alimentos cheios de amido como o pão.

“Apenas os lobos que podiam fazer bom uso dos escassos restos de comida sobreviveram para se tornarem os ancestrais dos cachorros de hoje. Tanto as diferenças de comportamento quanto as diferenças digestivas se mostraram importantes neste processo”, disse.

Genética reflete comportamento
A diferença entre cães e lobos parece mesmo intrigar cientistas. Na semana passada uma pesquisadora da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, publicou um estudo que analisou o comportamento de filhotes de cães e lobos . O estudo não envolvia análise genética, mas também pode observar diferença importantes entre os animais.

Kathryn Lord, pesquisadora que conduziu o estudo comportamental, concluiu que filhotes de cães e lobos começam a explorar o mundo de forma distinta durante o desenvolvimento. Ela afirmou que e isso explica porque lobos não conseguem ser domesticados.

Perguntado sobre o estudo de Kathryn, Axelsson afirmou que ele reafirma que existem muitas diferenças genéticas que afetam o desenvolvimento dos genes do sistema nervoso dos animais. “Os genes relacionados neste estudo são também genes que governam o desenvolvimento do cérebro. São sinais muito fortes que sugerem que as mutações nestes genes explicariam o que foi reportado no estudo de Lord”, disse.

 

 

iG

Mulher causa polêmica por amamentar cão há dois anos

Terry Graham reconhece que há quem considere que o seu caso é uma “aberração”, mas disse à revista ‘Closer’ que cumpriu um antigo desejo, sentindo-se melhor “mãe” do seu animal doméstico, chamado ‘Spider’.

A polêmica está instalada, até porque a californiana posou para a referida publicação britânica, amamentando o animal. O mesmo teria se apegado ao gosto do leite materno humano, quando lambeu, em 2010, o bico da mamadeira que Terry tinha para o seu filho, então recém-nascido.

Desde aí, ou seja há cerca de dois anos, que ‘Spider’ mama no peito da dona, para sua felicidade. “Sinto-me finalmente completa”, disse Terry.

Correio da Manhã Portugal