Arquivo da tag: candidatura

Vereador lança pré-candidatura a prefeito em Solânea

Em entrevista concedida ao Radialista Júnior Campos, da Rádio Integração na manhã desta segunda-feira (09), o vereador Juninho (PSC), confirmou sua pré candidatura a prefeito de Solânea- PB, no pleito eleitoral que ocorrerá no próximo ano.

Juninho que faz parte da bancada de oposição e é filho do ex-prefeito Dr. Chiquinho, disse que tem conversado com o seu grupo político e que o projeto é viável.

O parlamentar disse ainda que conta com o apoio do Deputado Tião Gomes. Questionado sobre a possibilidade do Deputado Tião direcionar apoio a Beto do Brasil, o mesmo disse que ainda não tratou desse assunto com o Deputado.

 

 

DM

 

 

Ramalho Leite confirma candidatura à presidência do IHGP

“Estou fora da política partidária e da administração pública, por isso estou com tempo para me dedicar à gestão do Instituto”, revelou o escritor, jornalista e historiador Ramalho Leite ao confirmar em contato com o Portal WSCOM, que será candidato a presidente do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano (IHGP). Ele deve disputar com o atual presidente Guilherme Ávila Lins.

A eleição acontecerá no dia 31 de agosto e deve contar com a participação de 37 integrantes do IHGP.

Segundo fontes ligadas ao Instituto, Ramalho Leite indicava inicialmente o interesse em apoiar o atual presidente, que não assumiu candidatura à reeleição, mas começou a pedir votos no paralelo quebrando pacto.

 

Portal WSCOM

 

 

Julian Lemos rebate denúncias de candidatura fantasma do PSL na Paraíba e diz que não sabia que jogo na política era tão sórdido

O  deputado federal Julian Lemos (PSL) negou a existência de uma candidatura “laranja” do partido do presidente Jair Bolsonaro na Paraíba nas últimas eleições, e garantiu que a candidatura de Ilmara Morais a Assembleia Legislativa foi verdadeira. Prova disso, segundo ele,  é que ela  obteve mais de 5 mil votos. Julian Lemos gravou um vídeo negando as informações de que a candidatura de Ilmara teria sido de “fachada”. Ele lamentou as informações e garantiu que a candidatura da sertaneja foi de verdade e obteve respaldo nas urnas.

“Quando eu entrei na política eu não achei que o jogo fosse tão baixo, tão sórdido e tão imoral. Pois bem. A nova agora é uma candidatura laranja do PSL na Paraíba. E o que é uma candidatura laranja? É quando um suposto personagem não existe, não fez campanha e apenas recebeu recursos. Sobretudo, quando teve pouquíssimo votos” observou.

Julian Lemos ressaltou que a candidata chamada “laranja” é a empresária Silmária, segundo ele, uma mulher de bem, que coordenou a campanha do deputado Julian Lemos, e do presidente da Replica, Jair Bolsonaro (PSB), obtendo quase cinco mil votos, principalmente no Sertão em 40 cidades.

“Uma pessoa totalmente desconhecida que teve um trabalho brilhante. Além de ser uma mulher de bem, ela é honesta, que todos no Sertão a conhecem. A grande questão é que algumas pessoas frustradas, derrotadas nas eleições, e não conseguem chamar a atenção e tentam denegrir a imagem de outras pessoas” rebateu.

Enfático, o deputado disse que Ilmara fez uma grande campanha e que ajdou o PSL na Paraíba.

‘Uma candidata que teve quase cinco mil votos e que teve a estrutura que teve, jamais poderia ser chamada de fantasmas, é apenas mais uma armação medíocre que não se sustenta, quem entende o mínimo de uma campanha” rebateu.

Severino Lopes

PB Agora

 

 

Ricardo Barbosa retira candidatura a presidente da AL e passa a apoiar Adriano Galdino

O deputado Ricardo Barbosa (PSB) anunciou na manhã desta quinta-feira (25) que desistiu de participar da disputa pela presidência da Assembleia Legislativa e passa a apoiar o deputado Adriano Galdino. “Esse é meu gesto de contribuição à governabilidade do futuro governador João Azevedo”, explicou, adiantando que, com essa decisão, leva junto todos os que se manifestaram favoráveis à sua candidatura inicial.

O PSB tem a maior bancada na Assembleia (oito deputados) e o Governo contará com uma base aliada que supera dois terços da Casa. Barbosa lembrou que Galdino foi o deputado mais votado entre os reeleitos e elogiou o período em que este presidiu a AL, tendo suas contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. “Embora eu tivesse um grande desejo de presidir o Legislativo, ele goza de respeito e credibilidade entre seus pares e por todos os seus métodos me representa”, enfatizou.

O atual primeiro-secretário da AL disse ainda que seu gesto evita dissenções internas, além de dar tranquilidade ao futuro governador, “que precisa da confiança de sua base aliada”.

SEM REELEIÇÃO

Ricardo Barbosa disse que, dentro do que foi pactuado, Galdino garantiu a solidariedade ao seu Projeto de Emenda à Constituição (PEC), já aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça, que extingue a eleição antecipada e a reeleição, no mesmo mandato, a presidente da AL.

“Nessa pactuação também contamos com o apoio de todos aqueles que subscreverem o apoio a Galdino como futuro presidente da Casa”, assinalou.

PB Agora com Assessoria

Euda Fabiana tem registro de candidatura impugnado pelo MPE

O Procurador Eleitoral Victor Veggi impugnou através de uma AIRC (Ação de Impugnação de Registro de Candidatura) o requerimento da candidata a deputada estadual pelo Patriotas Euda Fabiana, ex-prefeita de Cuité e esposa do ex–prefeito Bado Venâncio. O processo de registro de nº 0600668-66.2018.6.15.0000 teve pedido de impugnação protocolado em 20.08.

Segundo a alegação do Ministério Público Eleitoral (MPE), a candidata está inelegível por ter tido seus direitos políticos suspensos em ação de improbidade administrativa por irregularidades em licitação na contratação de bandas junto ao Ministério do Turismo para eventos na cidade de Cuité, na época de sua gestão como prefeita.

A candidata teve condenação confirmada em segundo grau por Acórdão do TRF da 5ª Região, reconhecida a forma dolosa e a atitude que causou lesão ao erário. Os documentos da condenação da candidata foram juntados ao pedido de Impugnação formulado pelo Ministério Público Eleitoral.

A hipótese, encartada no pedido de impugnação está prevista no art. 1º, Inciso I, alíena “l” da LC 64/90 – Lei das Inelegibilidades, por ter sido a candidata condenada a suspensão dos direitos políticos em processo de improbidade administrativa por órgão colegiado, nos autos da ação nº 0800271.2015.4.05.8201.

Ao final o MPE pediu o indeferimento do registro da candidatura, para que a mesma, por se enquadrar na lei do ficha limpa, não concorra às eleições de 2018.

pbagora

Vereador Tiago José anuncia apoio à candidatura de Beto do Brasil

O ex-prefeito de Solânea Beto do Brasil (PPS) recebeu mais um apoio de peso na noite desta terça-feira (21). O vereador da cidade Tiago José, adversário histórico do socialista, anunciou que irá defender a candidatura de Beto para deputado estadual.

O anúncio foi feito durante sessão na Câmara Municipal, quando Tiago apresentou seus motivos para aderir à essa candidatura. Entre eles, o fato de Beto poder vir a representar a cidade na Assembleia Legislativa da Paraíba e, consequentemente, levar muitos benefícios para os moradores locais.

Esse é o segundo grande apoio conquistado por Beto em menos de uma semana. O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, também revelou que caminhará com o candidato a deputado nessas eleições.

Leia o discurso na íntegra:

 

Veja como foi a sessão da Câmara desta terça-feira (21)

Fotos: Belo Soares
Redação FN

MST faz ato em frente ao TSE pela candidatura de Lula

No último dia do prazo de registro dos candidatos às eleições de outubro, cerca de 10 mil integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), número estimado pela Polícia Militar, se reúnem em frente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que se encontra preso em Curitiba, à Presidência da República. O grupo saiu em marcha por volta das 14h30 do acampamento montado na área do estádio Mané Garrincha, em direção ao tribunal, que fica na área central de Brasília.

A passeata passou pela Esplanada dos Ministérios e tumultuou o trânsito na região central durante a tarde, mas não houve nenhuma intercorrência grave, segundo a PM. Em frente ao TSE, o grupo promove ato político para pressionar o tribunal a não enquadrar Lula na Lei da Ficha Limpa – que torna inelegível condenados em segunda instância-, e autorizar que ele participe das eleições deste ano. Os manifestantes argumentam, em seus discursos, que a prisão de Lula é injusta e contraria a vontade popular.

MST faz ato em Brasília
MST faz ato em Brasília

Foto: Mateus Bonomi / Agif / Estadão Conteúdo

Dividida em três colunas, a chamada Marcha Nacional Lula Livre teve início na última sexta-feira (10) e chegou à capital federal na segunda-feira (13). Os três grupos foram formados por militantes de vários estados do país e saíram de pontos diferentes no entorno do DF, percorrendo cerca de 150 quilômetros até o centro de Brasília.

Também participaram da marcha parlamentares de partidos de esquerda e integrantes de outros movimentos sociais como Via Campesina, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e o Levante Popular, além de sete militantes que estão em greve de fome desde 31 de julho.

Ontem, a coordenação do movimento se reuniu com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, para entregar um abaixo-assinado com 240 mil assinaturas pedindo a soltura de Lula para que ele possa concorrer à disputa presidencial.

O ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR), desde 7 de abril. Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no processo que trata do triplex em Guarujá (SP). A prisão foi executada com base na decisão do STF que autorizou prisões após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.

Agência Brasil

Lucélio agenda para esta terça registro de candidatura no TRE

Depois do candidato João Azevêdo (PSB) e do senador José Maranhão (MDB), nesta terça-feira (14), é a vez do candidato do PV, Lucélio Cartaxo registrar sua candidatura no Tribunal Regional Eleitoral.

O ato está agendado para o meio dia  no edifício-sede da Corte Eleitoral, em João Pessoa.

Ao lado de Lucélio, estarão a pré-candidata a vice-governadora, Micheline Rodrigues (PSDB), e os pré-candidatos ao Senado, Daniella Ribeiro (PP) e Cássio Cunha Lima (PSDB).

De acordo com a assessoria do pré-candidato, o nome da coligação será: “A Força da Esperança”

 

PB Agora

Lígia diferencia candidatura da de Azevêdo: “Sou leve”

Defendendo as mesmas propostas que o candidato do governo, João Azevêdo (PSB), a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) respondeu, na noite desta segunda-feira (23), o que vai diferenciar uma candidatura sua da do socialista.

“O que vai diferenciar talvez seja a visão do futuro, Eu sou leve e aprendi a escutar e cuidar das pessoas. Como o médico, que a primeira coisa que faz é escutar o paciente”, afirmou a pedetista em entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan.

Lígia disse ainda que não se sente diminuída com declarações do governador Ricardo Coutinho (PSB) que tem enfatizado que ele é que foi eleito na Paraíba.  Para Lígia, ela sabe o seu tamanho e responsabilidade dentro da gestão.

“Eu posso dizer que posso ser pequena, posso ser humilde, mas eu vou à luta, eu não me curvo. Sou forte, determinada e com uma vontade enorme de trabalhar. É isso que me move. Essas outras questões de vaidades pessoais não me atingem”, pontuou a vice-governadora.

A vice-governadora avaliou a situação de disputar uma eleição imprensada entre as candidaturas de João Azevêdo e Lucélio Cartaxo (PV) e disse que fará um chamamento a quem acredita em suas propostas e não descartou conversar com a oposição na Paraíba.

“Vou conversar com qualquer um que queira escutar nossas propostas e que comprem também essas idéias que estão mudando a Paraíba. Não estou discutindo quem, mas o que nós podemos fazer pelo Estado”, argumentou.

Questionada sobre a possibilidade de participar de outras composições, sem necessariamente ser cabeça de chapa, Ligia repetiu que a pretensão do seu partido é lhe colocar na disputa para governadora.

“O PDT está colocando meu nome como pré-candidata ao governo do Estado. Eu estou conversando para dar continuidade a essas políticas. Acho que essas questões de coligações devem ser definidas durante as convenções no mês de agosto. Estou colocando nas conversas o meu nome porque tenho muita vontade de governar esse estado, mas isso vai depender dos paraibanos, das paraibanas e da força de Deus”, avisou.

Vice-governadora foi entrevistada no programa Frente a Frente, da TV Arapuan (foto: Wallison Bezerra)

Roberto Targino – MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Diretório do PT formaliza candidatura de Lula para presidente

O diretório nacional do PTdecidiu nesta segunda-feira, 23, em Curitiba, formalizar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência e dar início à pré-campanha eleitoral mesmo com o petista preso. De acordo com o PT, que considera a condenação e prisão do ex-presidente injustas, “a liberdade de Lula tornou-se questão central para a retomada do processo democrático no Brasil”.

Na resolução aprovada nesta segunda-feira, o PT reafirma que Lula é a única alternativa do partido para a disputa presidencial e pela primeira vez determina de maneira formal providências para o registro da candidatura do líder maior do partido.

Entre as providências aprovadas pela cúpula do PT nesta segunda-feira estão: “Convocar para 28 de julho o Encontro Nacional do PT que indicará formalmente Lula candidato a presidente; registrar a candidatura na Justiça Eleitoral em 15 de agosto, conforme determina a legislação; apresentar ao País, nas próximas semanas, as diretrizes do programa de governo Lula”.

Os petistas querem também deflagrar a pré-campanha Lula presidente com ações de comunicação nas ruas, nas redes sociais e na imprensa. A ideia é articular a pré-campanha de Lula com os lançamento das chapas estaduais, para governador, senadores, deputados estaduais e federais.

Por outro lado, o PT também decidiu reforçar os laços com os demais partidos de esquerda por meio da Frente Nacional em Defesa da Democracia, dos Direitos e da Soberania, que inclui PSOL, PDT, PSBe PCdoB, além de movimentos sociais e figuras do meio artístico e intelectual, com o objetivo de se contrapor ao avanço da extrema direita e da violência política exemplificada, segundo o PT, pelo assassinato da vereadora do Rio Marielle Franco e o ataque a tiros à caravana de Lula no Paraná.

O PT lembra que Lula continua liderando as pesquisas eleitorais mesmo preso. Mais cedo a direção petista recebeu uma carta do ex-presidente na qual ele se diz feliz com o resultado das pesquisas e questiona aliados que defendem uma atitude mais discreta do petista até que o Supremo Tribunal Federal julgue a ação que questiona a prisão em segunda instância impetrada pelo PCdoB. “A Suprema Corte não tem que me absolver porque vou ficar bonzinho. Tem que votar porque sou inocente”, diz o ex-presidente.

Exame

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br