Arquivo da tag: Campina Grande

Viatura de policiamento de trânsito bate em carro esportivo de luxo em Campina Grande

Uma viatura do Batalhão de Policiamento Trânsito (BPTran) da Polícia Militar se envolveu em um acidente com um Porsche Boxster, carro esportivo de luxo, em Campina Grande. O acidente ocorreu na Avenida Floriano Peixoto, no bairro Santo Antônio, na tarde desta terça-feira (9).

De acordo com o relato feito no Boletim de Ocorrência, a viatura da BPTran estava trafegando na rua Silva Jardim, onde na esquina existe sinalização que o condutor deve parar. Já o carro esportivo de luxo transitava pela Avenida Floriano Peixoto, que é a via de preferência.

A viatura policial bateu na lateral do carro de luxo que foi parar do outro lado da avenida na contramão. A placa da viatura chegou a ficar presa a porta do carro de luxo. Apesar da batida, ninguém ficou ferido. O carro de luxo pertence a um empresário de Campina Grande.

O dono do carro de luxo e o policial que conduzia a viatura foram para a Central de Polícia Civil prestar boletim de ocorrência. Nem a viatura, que é alugada pelo Estado da Paraíba, nem o carro de luxo possuem seguros para colisão.

O carro envolvido no acidente é um Porsche Boxster ano 2018. A versão mais simples desse carro na tabela FIPE custa cerca de R$ 339 mil reais e mais completa custa cerca de R$ 446 mil.

Foto: Roberto Pinto Filho / Arquivo Pessoal

G1

 

PM reformado é preso suspeito de envolvimento na morte de radialista em Campina Grande

Um policial militar reformado de 50 anos de idade foi preso suspeito de envolvimento na morte do radialista Joacir Oliveira Filho, 34 anos. O crime aconteceu em maio deste ano em um restaurante no Centro de Campina Grande. O empresário Roberto Vicente Correia do Monte foi preso como autor dos disparos. Tudo foi registrado por câmeras de segurança.

O militar reformado foi preso na manhã desta terça-feira (9), enquanto trabalhava como segurança em um posto de combustíveis. A prisão dele ocorreu por força de uma mandado de prisão preventiva. Além desse mandado, o militar reformado também foi autuado por porte ilegal de arma de fogo. Ele foi flagrado com uma arma, mas com o porte vencido.

O mandado de prisão foi expedido pelo 1º Tribunal do Juri de Campina Grande e justifica a prisão para garantir que testemunhas do crime não sejam ameaçadas pelo militar reformado. Além disso, ele foi denunciado por omissão de socorro e por favorecimento pessoal.

O inquérito foi instaurado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil e mostra que o militar reformado estava como motorista do empresário Roberto Vicente Correia do Monte que efetuou os tiros no dia do crime.

Depois que o empresário atira no radialista, o militar aparece ajudando o suspeito a sair do local. Nas imagens, o empresário Roberto Vicente Correia do Monte aparece aparentemente embriagado, cambaleando.

Segundo a Polícia Civil investigou, o crime ocorreu depois que o empresário e o radialista começaram a discutir por causa de um relógio. O que chamou a atenção da Polícia Civil foi que, ao se encontrarem, suspeito e vítima se abraçaram. E antes de matar o radialista, o empresário pagou a conta dele no restaurante.

G1

 

Polícia investiga registros de possíveis ‘agulhadas’ no Centro de Campina Grande

A Polícia Civil investiga registros de possíveis “agulhadas” no Centro de Campina Grande. Pelo menos duas mulheres relataram à polícia terem sido vítimas das “agulhadas”.

Após serem atendidas no Hospital de Emergência e Trauma da cidade, as vítimas registraram Boletins de Ocorrência na Polícia Civil e, nos dois casos, contaram que, ao sentirem as agulhadas, perceberam uma mulher correndo do local.

Por enquanto a polícia está tratando o caso como lesão corporal leve com objeto perfurante.

De acordo com o primeiro boletim registrado na polícia, a vítima, uma estudante de 22 anos, passava próximo a uma agência bancária, no Centro da cidade, por volta das 15h30. Foi quando ela sentiu uma agulhada nas costas e, em seguida, percebeu uma mulher correndo.

Ao constatar que havia sido ferida nas costas, a estudante foi ao Trauma de Campina Grande.

O segundo Boletim de Ocorrência foi registrado na noite da quinta-feira. A vítima, uma mulher de 25 anos, contou à polícia que, também por volta das 15h30, passava na Praça da Bandeira, no Centro da cidade, quando sentiu uma agulhada no braço direito e percebeu um pequeno ferimento no local.

A Polícia investiga os casos, e vai ter acesso as imagens do circuito de TV para ver se localiza a responsável pelas “agulhadas”.

Os casos relacionados a “agulhadas” ganharam destaques no ano passado no Maior São João do Mundo. O São João 2018 de Campina Grande terminou com 61 pessoas atendidas no Hospital de Emergência e Trauma da cidade após relatarem terem sido vítimas de agressões com objetos perfurantes semelhantes a agulha.

A Polícia Civil e a Secretaria de Saúde do município afirmaram que não teriam como confirmar se as vítimas foram realmente feridas por agulhas. Um inquérito policial foi aberto para apurar o caso.

PB Agora

 

 

Homem é preso suspeito de dar socos e quebrar dentes de mulher, em Campina Grande

Um homem foi preso na noite do domingo (30) suspeito de agredir uma mulher dentro de um ônibus, em Campina Grande. De acordo com a delegada plantonista, Elizabeth Beckman, o suspeito teria se irritado com a vítima após ela pedir para que ele saísse do assento onde ela estava e, em seguida, o homem deu três socos no rosto da mulher, que acabou quebrando dois dentes.

Conforme a delegada, a mulher, que estava acompanhada da tia e de uma amiga, voltava de uma festa no São João de Galante, distrito de Campina Grande. A vítima, que mora em João Pessoa, estaria hospedada na casa da família para curtir as festas juninas de Campina Grande.

Segundo o depoimento da vítima à polícia, a agressão aconteceu após ela, a tia e amiga entrarem no ônibus e sentarem. A vítima teria levantado de onde estava para pagar a passagem da tia ao cobrador do ônibus. Ao retornar para o assento onde estava, ela encontrou o suspeito sentado.

“Ela informou ao homem que já estaria sentada no lugar e pediu para que ele saísse. Foi quando ele a questionou se ela estava achando ruim e já foi desferindo três socos no rosto dela e, com a agressão, a vítima acabou quebrando dois dentes”, relatou a delegada Elizabeth.

Após ser agredida, a mulher foi socorrida e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Ela foi atendida e liberada ainda na noite do domingo e, em seguida, foi até a Central de Polícia Civil registrar o Boletim de Ocorrência do caso.

O suspeito de agredir a vítima foi preso em flagrante e encaminhado para a Central de Polícia Civil. O homem foi autuado por lesão corporal grave. Ainda conforme a delegada, ele permanece detido aguardando audiência de custódia prevista para a tarde desta segunda-feira (1º).

G1

 

Treze joga bem e vence o Santa Cruz em Campina Grande

Jogando com garra, determinação e marcando cada espaço do campo, o Treze se reabilitou em grande estilo ao derrotar o Santa Cruz-PE por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (27), no estádio Amigão, em Campina Grande, pela 10ª rodada da Série C do Brasileiro. Com mais um gol, o time sairia da zona de rebaixamento, mas com o resultado chegou aos nove pontos e respira mais aliviado na competição. Os gols foram marcados pelos atacantes Vanger e Eduardo, um em cada tempo.

O primeiro gol aconteceu aos 40 minutos da primeira etapa, quando o lateral Edy fez um lançamento da direita para a esquerda. O atacante Vanger dominou a bola, puxou para a entrada da área e bateu forte, abrindo o placar.

No segundo tempo, o Treze continuou com a mesma pegada, não deixando o Santa Cruz criar as jogadas de ataque. O gol da vitória do Galo da Borborema aconteceu aos 42 minutos do segundo tempo. Depois de uma cobrança de falta do lateral Silva, a bola sobrou para o atacante Eduardo, que teve calma para bater de perna direita, fazendo 2 a 0.

O time do Treze foi comandado por Kleber Romero que, a partir desta sexta-feira (28) volta à condição de assistente, pois a diretoria alvinegra deve anunciar oficialmente Luizinho Lopes como novo treinador. Lopes assistiu ao jogo ao lado dos dirigentes do Galo, no Amigão. O Treze joga contra o ABC-RN na próxima rodada. Já o Santa Cruz pega o Ferroviário.

*Texto de Franco Ferreira, do Jornal Correio

 

 

Homem que caiu em fogueira morre no Hospital de Trauma de Campina Grande

Um homem que caiu em uma fogueira no município de Matinhas, no Agreste paraibano, morreu na noite desta segunda-feira (24), no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Ele estava internado na ala vermelha do hospital, em estado grave.

José Avelino Henrique, de 49 anos, foi uma das sete pessoas que deram entrada na unidade de saúde apenas na véspera de São João (23). As outras seis pessoas foram atendidas e receberam alta.

De acordo com os dados do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, o número de queimados vítimas de acidentes com fogos e fogueira, especificamente na véspera de São João, subiu este ano em relação ao ano passado.

Em 2018, cinco pessoas deram entrada no hospital vítimas de queimaduras na véspera do feriado. Este ano foram sete casos, sendo três crianças e quatro adultos. “A maioria dos casos que registramos esse ano foi de acidentes com o chamado ‘chuveirinho’”, diz a enfermeira Leiliane Queiroz, da ala de queimados do Trauma.

G1

 

Homem é preso suspeito de estuprar mulher perto do Parque do Povo, em Campina Grande

Uma mulher de Pernambuco, que curtia o São João 2019 de Campina Grande, foi estuprada na madrugada do sábado (22), após sair do Parque do Povo, área onde acontecem os shows gratuitos da programação da cidade. O homem suspeito de ter estuprado e agredido a jovem foi preso neste domingo (23).

A vítima foi internada em um hospital de Campina Grande. Familiares dela estiveram na cidade e prestam apoio à jovem. Não há informações quando ela deve ser liberada.

De acordo com a Polícia Civil, o homem preso trabalha como vigilante. José Francisco Pereira está preso na Central de Polícia Civil e, durante depoimento, ele confessou o crime. O suspeito disse que era usuário de drogas e estaria sob efeito delas quando cometeu o estupro. Devido ao feriado, a audiência de custódia do suspeito só deve acontecer nesta terça-feira (25).

G1

 

Policial militar suspeito de agredir manifestante em Campina Grande é afastado das ruas

O policial flagrado dando uma tapa na cara de um manifestante em Campina Grande na manhã desta sexta-feira (14) foi afastado das ruas. A decisão foi tomada pelo governador João Azevêdo e confirmada ao G1 pelo secretário de Comunicação, Luis Tôrres.

O caso aconteceu em frente a uma empresa de call center, no bairro do Cruzeiro. Manifestantes impediam a entrada de funcionários e a PM foi acionada. Quando os policiais chegaram houve uma discussão e um PM deu uma tapa na cara de um estudante ligado à União Nacional dos Estudantes (UNE).

Segundo o secretário Luis Tôrres, o policial está afastado temporariamente e vai ser investigado. “A Corregedoria abriu processo disciplinar para, após conclusão, dar parecer sobre o caso e, consequentemente, sugerir medidas”, informou.

G1

 

Cachorro é morto a golpes de enxada, em Campina Grande

Um cachorro foi morto a golpes de enxada na tarde do domingo (9), em Campina Grande. Conforme um Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o suspeito de matar o cachorro teria confessado o crime ao dono do animal, que denunciou o caso.

Segundo relato do dono do animal à polícia, ele tinha dois cães da raça pitbull. Os dois animais teriam saído pelo portão da casa, quando Zeus, como era chamado o cachorro, foi morto a golpes de enxada pelo vizinho.

O dono do animal encontrou o cachorro morto em frente a uma vala, próximo à casa onde mora. Ele relatou à polícia que saiu à procura de Zeus, mas que já encontrou o cão morto e conversou com o suspeito do crime, que confessou ter matado o animal.

De acordo com o relato, o suspeito disse que matou o cão do vizinho após o animal brigar com o cachorro dele. Na manhã desta segunda-feira (10), a Polícia Civil informou que o caso será investigado e que o homem será chamado para prestar esclarecimentos.

G1

 

Cancelado o show de Ivete Sangalo na abertura do São João 2019 de Campina Grande

O show da cantora baiana Ivete Sangalo, que estava marcado para a abertura do São João 2019 em Campina Grande, foi cancelado. O anúncio foi feito pela empresa organizadora do evento na tarde desta quinta-feira (6), véspera do início da festa que vai acontecer entre os dias 7 de junho e 7 de julho.

Segundo a organização do Maior São João do Mundo, ao cancelar o show, a cantora alegou motivos pessoais que envolvem a família dela. Uma das filhas de Ivete estaria passando por problemas de saúde e a cantora fez o cancelamento dos shows do fim de semana, que incluíam Campina Grande.

Nota de cancelamento do show de Ivete Sangalo

Através de uma nota, a produção de Ivete Sangalo confirmou o cancelamento do show no Maior São João do Mundo. “A cantora fez o cancelamento por motivos alheios à sua vontade, bem como de todos os envolvidos no evento. Estava honrada em fazer a abertura do Maior São João do Mundo”, diz a nota.

A produção da cantora disse na nota que está programando, em breve, um reencontro de Ivete com os fãs paraibanos. Ela era uma das atrações mais esperadas para a edição do São João deste ano. O show de Ivete foi o principal anúncio feito no lançamento da programação oficial da festa junina.

A empresa organizadora ainda não anunciou se o show de Ivete vai acontecer em uma outra data ainda no São João 2019. A empresa informou que ainda nesta quinta-feira vai divulgar uma nova atração para o lugar de Ivete.

Na programação desta sexta-feira (7) estavam Ivete Sangalo, Os 3 do Nordeste, Genival Lacerda, Biliu de Campina e grupos folclóricos.

Parque do Povo recebe o Maior São João do Mundo, em Campina Grande, a partir de 7 de junho — Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação/Arquivo

Parque do Povo recebe o Maior São João do Mundo, em Campina Grande, a partir de 7 de junho — Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação/Arquivo

 

G1