Arquivo da tag: campanha

Etapa da campanha de vacinação contra sarampo para crianças e jovens termina nesta sexta, na PB

Termina nesta sexta-feira (13) a etapa da campanha de vacinação contra o sarampo na Paraíba para crianças a partir de cinco anos a jovens de até 19 anos. No Dia D da mobilização pela imunização, cerca de mil salas de vacinação em todo o estado foram abertas.

Em 2019, a Secretaria de Estado da Saúde, foram notificados 326 casos suspeitos de sarampo, em 79 dos 223 municípios. Do total de notificações, 52 casos foram confirmados, 257 descartados, 17 em investigação. Até o momento não foi registrada nenhuma morte por sarampo na Paraíba.

O objetivo desta etapa é atingir o público que não foi contemplado nas anteriores, mas que está na faixa etária de receber a vacina. De acordo com a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga, a proposta do Ministério é finalizar as campanhas com todas as faixas etárias com direito de vacina protegidas.

O sarampo é uma doença viral aguda parecida com uma infecção do trato respiratório. É uma doença grave que pode ser fatal, principalmente em crianças menores de cinco anos, desnutridas e imunodeprimidos.

De acordo com a Prefeitura de João Pessoa, uma segunda etapa da vacinação na capital paraibana está prevista após 13 de março, destinada a vacina adultos de 30 a 59 anos, entre os dias 3 e 31 de agosto.

Em João Pessoa, houve casos de sarampo nos anos de 2010, 2013 e 2019. Em 2010, foram 50 casos confirmados e em 2013, seis casos da doença. Já em 2019, foram notificados 97 casos suspeitos, com 18 confirmados, 55 descartados com amostras positivas no Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba e Laboratório de referência nacional (Fiocruz).

G1

 

‘Esse padre pode fazer zuada na campanha’, diz Jackson sobre Luiz Couto disputar PMJP

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Jackson Macedo, disse, nesta quarta-feira(11), que o ex-deputado federal Luiz Couto possui um bom perfil para a disputa pela prefeitura de João Pessoa nas eleições deste ano.

Para Jackson, se o PT tiver o mínimo de estrutura o religioso pode surpreender nas eleições. “Se a gente tiver um fôlego, uma ajudazinha, esse padre pode fazer uma zuada na campanha”, avaliou.

Apesar de reconhecer o potencial de Luiz Couto, Jackson Macedo disse que é preciso consultar o ex-deputado sobre a disposição dele em concorrer ao cargo de prefeito. “Ele já disputou o Senado, foi duas vezes candidato a prefeito, foi deputado federal, então temos que saber dele se tem essa disposição para o executivo”, comentou.

paraiba.com.br/

 

 

CNBB inicia campanha da fraternidade 2020 com homenagem a Irmã Dulce e tema sobre ‘Dom e Compromisso’

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou, nesta quarta-feira (26), a campanha da fraternidade de 2020, período em que se inicia a Quaresma, evento litúrgico de 40 dias que antecede o domingo de Páscoa. Com o tema “Fraternidade e Vida: dom e compromisso”, a primeira santa nascida no Brasil, Dulce dos Pobres e o Papa Francisco, são apresentados como exemplos de bons samaritanos – referência a uma parábola da Bíblia.

Criada em 1962, a campanha da fraternidade é apresentada todo ano na quarta-feira de cinzas, quando tem início a Quaresma, período de 40 dias que antecede a Páscoa.

Segundo o texto-base da campanha, o objetivo é “conscientizar, à luz da palavra de Deus, para o sentido da vida como dom e compromisso”. Já com o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” – extraído de um versículo bíblico – a campanha quer incentivar as “relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta”.

Irmã Dulce, canonizada no dia 13 de outubro do ano passado, é a homenageada na Campanha da Fraternidade de 2020 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Ela é a primeira mulher nascida no Brasil a se tornar santa.

No centro do cartaz de divulgação da campanha da fraternidade, a santa brasileira aparece junto com crianças e idosos, nas ruas do centro histórico de Salvador.

Objetivos específicos               

Além do objetivo geral, a campanha da fraternidade de 2020 apresenta os seguintes objetivos específicos:

Apresentar o sentido de vida proposto por Jesus nos Evangelhos;

Propor a compaixão, a ternura e o cuidado como exigências fundamentais da vida para relações sociais mais humanas;

Fortalecer a cultura do encontro, da fraternidade e a revolução do cuidado como caminhos de superação da indiferença e da violência;

Promover e defender a vida, desde a fecundação até o seu fim natural, rumo à plenitude;

Despertar as famílias para a beleza do amor que gera continuamente vida nova;
Preparar os cristãos e as comunidades para anunciar, com o testemunho e as ações de mútuo cuidado, a vida plena do Reino de Deus;

Criar espaços nas comunidades para que, pelo batismo, pela crisma e pela eucaristia, todos percebam, na fraternidade, a vida como Dom e Compromisso;

Despertar os jovens para o dom e a beleza da vida, motivando-lhes o engajamento em ações de cuidado mútuo, especialmente de outros jovens em situação de sofrimento e desesperança;

Valorizar, divulgar e fortalecer as inúmeras iniciativas já existentes em favor da vida;
Cuidar do planeta, nossa Casa Comum, comprometendo-se com a ecologia integral.

 

CNBB

 

 

Leve seu assédio para longe da gente! ALPB lança campanha contra importunação sexual no carnaval

A Assembleia Legislativa da Paraíba lançou, nesta sexta-feira (14) uma campanha contra a importunação sexual durante o período carnavalesco. Com o lema “Leve seu assédio para longe da gente”, a iniciativa tem o objetivo de empoderar as mulheres sobre os seus direitos e alertar toda a sociedade que é crime fazer qualquer tipo de abordagem às mulheres que extrapolem o respeito e a vontade delas.

Para o presidente Adriano Galdino, a campanha é uma forma do Poder Legislativo Paraibano ecoar ainda mais esse assunto, que cotidianamente se vê nos festejos de carnaval, mas que sua prática é inaceitável. “As mulheres têm o direito de escolher, desde as roupas que vestem até quem paquerar. O respeito é a porta de entrada para quem quer estabelecer qualquer tipo de diálogo e só com esse nível de educação podemos construir uma sociedade mais justa e igualitária”, defendeu.

Outras ações legislativas também estão sendo desenvolvidas pela ALPB, desde produções de matérias em defesa dos direitos da mulher até a realização de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os feminicídios no Estado.

Essa produção atinge as necessidades mais elementares da mulher, que vão desde a inserção no mercado de trabalho, passando pelo combate ao feminicídio e demais violências doméstica e familiar, defendendo a equidade de gênero e garantindo atendimento eficaz às gestantes na rede pública de saúde, tanto no pré-natal quanto no parto e pós-parto.

agenciaalpb

 

Paraíba inicia hoje 3ª etapa da Campanha de Vacinação contra sarampo

Inicia nesta segunda-feira (10) a terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, voltada para crianças e jovens dos cinco aos 19 anos. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) chama atenção para o calendário da campanha, que vai até o dia 13 março, com o Dia D no sábado (15), no qual cerca de mil salas de vacinas estarão abertas para receber o público.

Na Paraíba, o início das notificações sobre o sarampo se deu em julho de 2019, quando a preocupação com a reintrodução da doença no país preocupou as autoridades de saúde. De acordo com o boletim epidemiológico, até a 52ª Semana Epidemiológica terminada em 26 de dezembro de 2019, foram notificados 326 casos suspeitos de sarampo, em 79 dos 223 municípios. Do total de notificações, 52 casos foram confirmados, 257 descartados, 17 em investigação. Até o momento não ocorreu nenhum óbito.

O objetivo desta etapa é atingir o público que não foi contemplado nas anteriores, mas que está na faixa etária de receber a vacina. De acordo com a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga, a proposta do Ministério é finalizar as campanhas com todas as faixas etárias com direito de vacina protegidas.  “Esta é uma campanha de atualização da situação vacinal, onde será avaliado se a criança ou o jovem precisa tomar a dose, ou se a caderneta de vacina está em dia, lembrando que o esquema para esta população é de duas doses da vacina”, explica a chefe.

O sarampo é uma doença viral aguda parecida com uma infecção do trato respiratório. É uma doença grave que pode ser fatal, principalmente em crianças menores de cinco anos, desnutridas e imunodeprimidos. A transmissão do vírus ocorre a partir de gotículas de pessoas doentes ao espirrar, tossir, falar ou respirar próximo de pessoas sem imunidade contra o vírus sarampo. Os sintomas variam desde tosse, febre, inchaço na garganta e espirros, até erupções na pele do paciente.  Em agosto será realizada uma campanha para adultos de 30 a 59 anos, para finalizar todas as faixas etárias do esquema vacinal.

 

Secom

 

 

Aprovado em medicina faz campanha para custear estudos na PB: ‘É um ato de resistência’

O propósito de Diógenes Antônio da Silva, de 17 anos, é causar impactos positivos nas vidas das pessoas. Para o jovem, exercendo a função de médico, ele poderá fazer isso diretamente. O primeiro passo para alcançar o objetivo ele acredita que já deu: foi aprovado do curso de medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Para a família, o momento foi de felicidade, mas também de preocupação sobre como o garoto se sustentaria fora de casa.

Diógenes nasceu em São Paulo. Ele se mudou para Sousa, no Sertão paraibano, em 2009. Atualmente, mora com a mãe e o irmão velho. Por mês, a família sobrevive com meio salário mínimo e o benefício do Bolsa Família.

O jovem realizou um sonho compartilhado entre as pessoas que o amam. “A preocupação veio porque eu fiquei sem saber o que faria. A gente é acostumado a ver que o pobre nunca vence. Eu tô fazendo isso, não só eu como muitos, porque é um ato de resistência”, pontuou.

Para cursar medicina, ele terá que se mudar para João Pessoa, capital do estado. A distância entre as cidades é de mais de 440 quilômetros. Diógenes não enfrentará apenas os desafios de conhecer um novo mundo, mas também o de se sustentar nele.

Para ajudar o garoto, as amigas da mãe criaram uma campanha que foi divulgada em redes sociais pedindo ajuda de roupas, produtos de higiene e itens que ele precisará durante o curso, como o jaleco.

Muitas pessoas se sensibilizaram com a história do jovem e já começaram a fazer doações. Diógenes já ganhou um jaleco e roupas novas para frequentar as aulas na universidade.

Diógenes agradece pelo movimento de generosidade que defende ter acontecido de forma inversa. Ele se permitiu que as pessoas impactassem positivamente na vida dele.

“Tomou [a campanha] uma proporção que eu jamais imaginaria. Eu jamais esperaria isso. Estou muito agradecido”, explicou.

Sem ambição, ele que não sabe de quanto precisa para se sustentar, só espera receber o suficiente para viver as novas experiências que o ambiente acadêmico reserva.

“Estou recebendo esse auxílio e espero que seja suficiente. Acho que vai ser. Eu tô muito animado, muito ansioso. Sei que minha mãe fará o que ela puder”, concluiu.

O sentimento de gratidão é compartilhado pela mãe do futuro médico, Raimunda Nonata da Silva, de 56 anos. Ela não teve oportunidade de estudar, teve que trabalhar mais cedo do que esperava, mas fez questão de garantir a formação do filho.

“Muito grata por tudo que estão fazendo pelo meu filho. Ele merece. Foi esforço dele. Estou muito orgulhosa. Eu não sei se ria ou se chorava de tanta felicidade e orgulho. Valeu a pena”, declarou.

Diógenes estudava para o Enem na madrugada

Diógenes foi aprovado em 8º lugar no curso de medicina, por meio das cotas destinadas para candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

Ele alcançou uma média geral de 743,52 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e somou 900 pontos na redação da prova.

O jovem estudou a vida inteira em escolas públicas. No ensino médio, ele estudou no Instituto Federal da Paraíba (IFPB), no campi de Sousa. Na unidade educativa, ele cursava o ensino médio pela manhã e o curso técnico de informática no turno da tarde.

Com o dia inteiro preenchido, ele precisava se dedicar aos estudos para fazer o exame na madrugada. Durante um ano, ele estudou por, pelo menos, quatro horas enquanto todos dormiam.

Mesmo com tanto esforço, ele não acreditava que realizaria o sonho. Ele sempre foi apoiado pela família e pelos amigos, que não se surpreenderam com o resultado.

G1

 

Hemocentro da PB reforça campanha de doação de sangue no fim de ano

O Hemocentro da Paraíba reforça campanha de doação de sangue para manter seu estoque e renova o apelo aos doadores neste final de ano. A unidade necessita de todos os tipos sanguíneos, a fim de manter o estoque para atender a demanda imediata.

A intenção é sensibilizar a população da importância do ato de doar sangue regularmente e, ao mesmo tempo, formar um grupo de doadores fidelizados.

Devido a decretação de ponto facultativo nas repartições públicas nos dias 30 e 31 de dezembro, o Hemocentro funcionará excepcionalmente nesta segunda (30) e terça-feira (31), das 7h às 12h, para o atendimento aos candidatos à doação de sangue, sendo fechado na quarta-feira (1° de janeiro). As atividades normais serão retomadas na quinta-feira (2).

Vale lembrar que, apesar dos horários especiais para o atendimento a candidatos à doação, o setor de distribuição de hemocomponentes para as unidades de saúde permanece funcionando sem interrupções, 24 horas por dia, atendendo as solicitações das unidades de saúde.

Após os eventos festivos de final de ano, o Hemocentro seguirá funcionando de segunda a sexta, das 7h às 17h30 e aos sábados das 7h às 12h.

Para doar sangue é preciso apresentar documento de identidade com foto, ter boas condições de saúde, peso superior a 50 kg, idade entre 16 e 69 anos, estar alimentado e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas nem bebida alcóolica nas últimas 12h.

Menores de 18 anos devem comparecer com o responsável legal. O intervalo entre uma doação e outra é de 60 dias para homens e 90 dias para mulheres.

PB Agora

 

 

Governo da Paraíba publica regulamento da Campanha ‘Nota Cidadã’

O Governo da Paraíba publicou no Diário Oficial do Estado o decreto com a regulamentação da campanha de prêmios “Nota Cidadã”, que será lançada nesta segunda-feira (16), às 10h da manhã, pelo governador João Azevêdo, no Palácio da Redenção, em João Pessoa. A Campanha Nota Cidadã, que vai distribuir R$ 60 mil em prêmios por mês, é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). A pasta publicou neste sábado (14) uma portaria no Diário Oficial Eletrônico detalhando o cronograma, o quantitativo e o valor dos prêmios, além do período de apuração e as datas de realização dos sorteios mensais e especiais. A finalidade da campanha é fortalecer o exercício da cidadania fiscal e a participação mais ativa do cidadão paraibano na exigência da nota fiscal no ato da compra de produtos. A campanha com prêmios em dinheiro visa também apoiar e estimular as compras no comércio local.

“A campanha Nota Cidadã é mais um projeto do Governo da Paraíba que visa apoiar os pequenos empresários locais no sentido de estimular o cidadão a comprar nas lojas físicas e formais do Estado, que emitem o documento fiscal. Enfim, considero a campanha ‘Nota Cidadã’ e o aplicativo ‘Preço da Hora’ projetos do Governo do Estado que fortalecem e apoiam o comércio local, estimulando o cidadão paraibano a comprar nas lojas físicas e, ao mesmo tempo, levarem empresas saírem da informalidade, reduzindo, assim, a concorrência desleal no comércio”, avaliou o secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Marialvo Laureano.

Nesta última sexta-feira (13), o secretário da Sefaz esteve reunido com os representantes da Lotep (Loterias Estaduais da Paraíba), da Companhia de Processamentos de Dados da Paraíba (Codata), da Secretaria de Comunicação Institucional do Estado, além da Gerência Operacional do Programa de Educação Fiscal e a Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) da Sefaz, para realizarem os últimos ajustes do lançamento da campanha Nota Cidadã.

Como participar da Nota Cidadã – Para participar da campanha e concorrer às 21 premiações mensais, sendo 20 prêmios de R$ 2 mil e um prêmio especial de R$ 20 mil, os contribuintes deverão, inicialmente, efetuar o seu cadastramento prévio no Portal da Cidadania (www.portaldacidadania.pb.gov.br). O cadastro obrigatório solicita dados básicos como, por exemplo, número de CPF; nome completo; data de nascimento e e-mail.   A outra exigência é inserir na Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou na Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), autorizadas pela Sefaz-PB, a inclusão do número do CPF do consumidor, independente do valor do documento fiscal. Essa nota com o CPF do cidadão vai gerar um bilhete que servirá para concorrer aos sorteios em dinheiro.

Notas válidas para sorteio – Somente serão consideradas válidas, para participar da Campanha e concorrer aos prêmios, as NFC-e ou NF-e que foram emitidas no mês anterior ao do sorteio. Ou seja, as notas fiscais emitidas no período de 16 a 31 de dezembro com o respectivo número do CPF serão as válidas para o primeiro sorteio, que será realizado na Lotep, no dia 10 de janeiro.  As únicas notas fiscais que não serão consideradas válidas para participar da campanha “Nota Cidadã” serão as NFC-e ou NF-e decorrentes de operação de fornecimento de energia elétrica, de água, de gás canalizado, de comunicação ou de prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal.

Quem pode participar – Poderá participar da Campanha qualquer pessoa física, maior de 18 anos, no gozo de sua capacidade civil que tenha adquirido mercadoria, como consumidor final, em estabelecimento inscrito no Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado da Paraíba (CCICMS). Os estabelecimentos comerciais deverão informar aos adquirentes, no ato da emissão da NFC-e ou NF-e, a necessidade de inclusão do CPF para participação da Campanha. Os recursos da campanha da Nota Fiscal Cidadã serão oriundos do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento da Administração Tributária (FADAT), tendo como beneficiários os contemplados em sorteios públicos de prêmios destinados a incentivar a exigência de documentos fiscais, com apoio da Lotep e da Codata. A Gerência Operacional do Programa de Educação Fiscal da Sefaz-PB será a responsável pelo planejamento da Campanha.

SECOM-PB

 

 

Flamengo bate recorde de melhor campanha do Brasileirão em pontos corridos com 20 clubes

Mesmo com o título brasileiro já assegurado desde domingo, o Flamengo venceu o Ceará por 4 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã, e quebrou o recorde de melhor campanha do Brasileirão de pontos corridos com 20 clubes. A marca pertencia ao Corinthians em 2015.

O Flamengo chegou a 84 pontos, três a mais do que a equipe paulista fez há quatro anos. Faltando três rodadas para acabar a competição, o Rubro-Negro venceu 26 jogos, empatou seis e perdeu três.

Além disso, o Flamengo igualou a marca de melhor ataque do Brasileirão em pontos corridos, com 77 gols. O recorde era do Cruzeiro de 2013, que também tinha Everton Ribeiro como um dos destaques.

Na atual edição, o campeão brasileiro tem os dois artilheiros do torneio: Gabigol, com 22 gols, e Bruno Henrique, com 21.

O Flamengo já é dono do maior número de vitórias em uma mesma edição.

O Brasileirão passou a ser disputado em pontos corridos em 2003, mas com 24 clubes. O torneio tem o formato atual, com 20 equipes, desde 2006.

G1

 

Sarampo: Segunda etapa da campanha de vacinação começa segunda-feira

Na próxima segunda-feira (18), terá início a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, que segue até o dia 30, quando acontecerá o Dia D. Serão vacinadas as pessoas com idade entre 20 e 29 anos. Este tema esteve em pauta na reunião do Grupo Técnico de Vigilância das Coberturas vacinais, nesta quinta-feira (14) pela manhã, na sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O Grupo é formado por representações da Comissão Intergestores Regionais – CIR; coordenadores regionais de imunização; técnicos da Vigilância em Saúde; Atenção Básica e representantes do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde – Cosems.

Além de debater a Campanha de Vacinação, o Grupo avaliou, comparativamente, a cobertura vacinal dos anos 2017/2018/2019, em todo estado, por regiões, bem como fez uma avaliação da condução do processo de trabalho do grupo por dentro das CIR e houve um momento para discutir a Portaria de nº 2722, de 15 de outubro de 2019, que estabelece incentivo financeiro para implementação e fortalecimento das ações de ampliação da cobertura vacinal da Tríplice Viral e de prevenção, controle do surto e interrupção da cadeia de transmissão do sarampo e outros agravos imunopreveníveis (aqueles que podem ser evitadas de forma eficaz através de vacinas), no âmbito da Vigilância em Saúde e Atenção Primária à Saúde.

De acordo com a Portaria, o Ministério da Saúde está enviando recursos, diretamente, para os municípios. O valor é definido pela quantidade de habitantes do local (IBGE 2016). Para cada habitante o valor definido é de um real.

O Grupo foi formado em 2017 e se reúne a cada três meses. O objetivo é discutir temas ligados à vacinação. “Em pouco tempo de formação, temos feito grandes debates e, a partir disso, têm surgido bons resultados, a exemplo da cobertura vacinal em todo estado, com destaque para o ano de 2018”, disse a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga.

“É importante frisar que, para que os frutos do grupo aconteçam, precisamos que as discussões em CIR fortaleçam o processo de trabalho da vigilância das coberturas vacinais em cada território”, concluiu.

 

Secom-PB