Arquivo da tag: Caminhada

III Caminhada Ecológica e Cultural acontece na Serra do Caxêxa, em Casserengue no curimataú paraibano

O grupo “Amigos das Serras” com a missão de preservar a Serra da Caxexa e os recursos naturais do bioma Caatinga, estão organizando no dia 07 julho de 2019, a III Caminhada Ecológica e Cultural: Trilhas na Serra da Caxêxa, com a concentração marcada as 7h, na comunidade Salgado em Casserengue – PB, no Curimataúu Paraibano. O objetivo da atividade é promover uma maior consciência a respeito da proteção da biodiversidade, a recreação, a interpretação, educação ambiental, turismo rural de base sustentável e o fortalecimento da agricultura familiar de base agroecológica das comunidades locais. Os Amigos das Serras tem como objetivo sensibilizar a população e o poder público para transformar a Serra da Caxêxa em unidade de conservação, vislumbrando o fortalecimento da economia local, a valorização da cultura e a preservação ambiental do bioma caatinga.

Pode participar dessa caminhada qualquer pessoa jovem ou adulta com saúde que goste de praticar exercícios físicos. Jovens menores de 15 anos poderão participar desde que os “pais” também participem do mesmo evento, acompanhando seus filhos. As inscrições custam R$ 50,00 o participante terá direito a um kit contendo (camiseta, água, café, almoço), aos interessados é só entrar em contato com “Amigos da Serras”: Chiquinho (83) 98119-1772 (whatsapp), Macilene 98203-7762 (whatsapp), Wagner 98144-5467 (whatsapp) ou Regivaldo 98165-7771 e acessando o link: http://casserengue.caminhadas.info/

Com um trajeto de aproximadamente de 7 km, a etapa irá contemplar um caminho de exuberantes belezas naturais e cênicas, que podem ser explorados para prática da caminhada ecológica, todo percurso será por “varedas ou veredas” como costumam chamar os povos curimatauzeiros. Lá os participantes poderão contemplar o verde da vegetação da caatinga e o ar puro, presenças constantes que deixam qualquer um impressionado. A Serra da Caxêxa é um local apropriado para práticas de esportes radicais como: rapel, montanhismo, escalada, mas também para outras atividades de interpretação da natureza, fotografia, observação de estrelas, piquenique, recreação infantil, acampamento, caminhadas e visitas a sítios arqueológicos.

Programação

Concentração às 7h na comunidade Salgado, os participantes confirmarão as inscrições, assinam a lista de presença e recebem os kits contendo (camiseta, água, senhas para café e almoço). Será servido então um café junino. Em seguida haverá uma abertura e alongamento, e teremos o início da caminhada saindo da comunidade seguindo pela trilhas das lavadeiras de roupa, até os tanques de pedras de Deca de Jué, segue para o serrote das trempes, segue por cima da Serra ate o ponto mais alto a 630m de altitude, passamos na pedra do Oratório onde será feita uma sessão de fotos e observação das pinturas rupestres.

De lá os participantes seguirão descendo pela trilha contemplando a natureza nos deparando com espécies da fauna e flora ameaçadas de extinção, onde serão feitos registros fotográficos. A caminhada segue para residência do Sr. Marcos onde passaremos cortando o leito do rio Curimataú. De lá os caminhantes embarcaram no pau de arara, que será animado com muito forró ate a comunidade Salgado com chegada prevista para o horário do almoço. A programação será encerrada com almoço, muita animação de um trio de forró pé de serra, uma feira com produtos da agricultura familiar, apresentação de artistas da região e outras atrações culturais.

A Serra da Caxexa

A Serra da Caxexa é um conjunto de montanha que está localizada na Mesorregião do Agreste da Borborema e na Microrregião do Curimataú Oriental no município de Casserengue – PB. A Serra abrange uma área de mais 600 há, está a 630 m de altitude acima do nível do mar, contém vegetação nativa do Bioma Caatinga, fauna e flora diversificada, riachos, tanques de pedras naturais, penhascos, paredões com mais de 70m de altura e sítios arqueológicos. A Serra tem sofrido ações antrópicas sobre a vegetação, e pinturas rupestres, sobretudo pela falta de conscientização da população e a ausência do poder público.

Outro aspecto importante é que, nas últimas décadas, uma das atividades que mais tem se expandido sobretudo no estado da Paraíba é extração de minérios. Em Casserengue essa atividade vem sendo explorada desde a década 1990 em varias comunidades, e já existe muita especulação para iniciar a extração de minérios também na Serra da Caxexa. Mantida a tendência, corre-se o risco de artificializar demasiadamente a paisagem, liquidando cenários de extrema beleza, e toda atratividade turística já que a Serra da Caxexa desponta como um dos locais mais visitados e citados do município. Para os cidadãos de Casserengue a Serra da Caxexa representa o cartão postal do município, e se a extração de minérios vi ser realizada naquele local será fatal para a economia, meio ambiente e toda sociedade de Casserengue e região.

 

 

 

Caminhada Ecológica pelo Roteiro Mata do Seró acontece no dia 11 de junho em Dona Inês-PB

Em meio ao clima Junino, praticantes de caminhadas estarão reunidos em Dona Inês, Município que está a cerca de 170 km da Capital João Pessoa, para uma caminhada ecológica.

O evento é realizado pela Secretaria Municipal de Educação e marca o encerramento da Programação da SAM (Semana de Ação Mundial).

A programação da caminhada ecológica terá início ás 07h00 no Espaço da Memória, no Centro da Cidade, com a recepção dos participantes com forró pé de serra, em seguida será servido um café e ás 08h00 terá início a caminhada.

A Caminhada pela mata do seró terá um percurso de aproximadamente 6km. É considerada de nível fácil, somente descida, com pequena subida e caminhada em local plano.

Terá ônibus para levar o participante do Espaço da Memória até o ponto de partida da Caminhada, no Sítio Canafístula, e para trazê-lo de volta para a Cidade.

A inscrição custa R$ 5,00 (cinco reais) e pode ser feita até a sexta (09), solicitando pelo e-mail: comunicacao@pmdonaines.pb.gov.br, ou na Biblioteca Municipal, em frente à Praça do Trabalhador. O Valor simbólico dará direto aos participantes; café da manhã, água e forró pé de serra, no Espaço da Memória e dentro do ônibus, durante o percurso da Cidade até o local de partida.

A Mata do Seró que fica a 03 km da Cidade de Dona Inês, é uma reserva de Mata Atlântica com 170 hectares preservada, pertencente ao INCRA, com uma flora rica em: ipês, jucá, pitiá, murici, jatobá, barrigudas, pau açu, e uma grande variedade de bromelhas. Lugar propício para fazer trilhas, visitar e respirar o ar puro, pois funciona como o pulmão de Dona Inês.

As trilhas mapeadas na mata podem ser conduzidas por guias treinados no curso de TRILHAS E CAMINHADAS ECOLÓGICAS promovido pelo SENAR, estando as mesmas cadastradas no Anda Brasil.

 Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Secretaria Municipal de Saúde de Remígio realiza caminhada e palestra no encerramento da Campanha do Outubro Rosa

caminhadaProfissionais da saúde e a população caminharam até o centro da cidade de Remígio e levaram uma mensagem de prevenção ao câncer da mama. Esse evento vem sendo realizado desde o início da gestão Cultivando Amor por Esta Terra e contou com o apoio do NASF (Núcleo de apoio a Saúde da Família), e demais secretarias do governo municipal.

14753438_814044785365847_5241916424403624189_oDurante toda a manhã dessa Quarta-feira (26) foram oferecidos testes de glicemia, aferição de pressão arterial, verificação do peso e medidas e o calculo do Índice de massa corporal (IMC).

O evento ainda contou com a participação da equipe da saúde bucal com o odonto móvel. Durante todo o ano de 2016 já foram realizadas mais de 350 mamografias em parceria com “Os amigos do peito” e em todos os PSFs vem sendo feito um trabalho de prevenção ao câncer.

A Prefeitura vem investindo cada vez mais na saúde da mulher e em especial na prevenção de doenças.

Secome-PMR

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

População participa de Caminhada contra o uso do capacete em perímetro urbano em cidade paraibana

PazMilhares de pessoas de várias idades se organizaram em caminhada na tarde deste domingo (02) em prol da paz; a concentração teve início por volta das 16hs em frente a Paróquia Nossa Senhora da Soledade que fica localizada em plena Avenida Brasil no centro da cidade.

Antes de sair em caminhada foi improvisado um palanque na calçada da Paróquia onde fizeram uso do microfone diversos cidadãos que se pronunciaram em solidariedade as pessoas que foram vítimas de ação de bandidos na semana passada em pleno centro da cidade.

Dentre as vítimas que presentes na mobilização pacífica, estava o Sr. Flávio José, que teve a sua esposa estuprada por um bandido que a obrigaram a subir numa moto de cor amarela e a conduziram até uma zona rural localizada entre os municípios de Juripiranga e Itabaiana.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ao se pronunciar sobre o assunto, o senhor Flávio José disse ter esperança e confiança de que a Polícia Militar mais cedo ou mais tarde vai capturar o estuprador de sua esposa e quando isso acontecer o mesmo espera que a justiça possa fazê-lo pagar pelo crime que cometeu contra a honra de sua esposa e contra toda sociedade que – desde o acontecimento – se encontra intimidada e assombrada com a presença de um meliante considerado de alta periculosidade que está rondando nossa região.

Após a concentração de centenas e centenas de jovens, adultos e idosos de ambos os sexos os organizadores da caminhada deram saída e percorreram duas das principais ruas da cidade – Avenida Brasil e Rua Pernambuco que faz fronteira com o Distrito de Ibiranga.

O evento também contou com a presença maciça de pelo menos uma centena de motoqueiros que com suas motocicletas faziam um apitaço durante todo percurso da caminhada chamando a atenção das pessoas que estavam no interior de suas residências para que viessem até a sua porta para testemunhar e apoiar a iniciativa; a mobilização também teve como objetivo dar o pontapé inicial de uma campanha para sensibilizar a Justiça a proibir o uso de capacete no perímetro urbano do município de Juripiranga.

Dentre as autoridades Políticas presentes na caminhada estiveram no meio do povo o Prefeito Dr. Paulo Dália e a vereadora Elianice Soares e o vereador Caio. Também esteve presente durante todo tempo em que durou a mobilização a Polícia Militar no número de pelo menos duas viaturas policiais e oito policiais incluindo um guarda de trânsito.

 

 

inolucasnoticias

Sintab em parceria com o mandado de Napoleão Maracajá convida para caminhada contra a violência

 

violenciaO Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Agreste e da Borborema da Paraíba (SINTAB), em parceria com o mandato do vereador Napoleão Maracajá, diante do quadro de violência, que hoje atinge todas as escalas e esferas sociais, com extensão até mesmo ao ambiente escolar, convida toda sociedade campinense para uma grande caminhada contra a violência, nesta sexta-feira, 22 de Maio, com concentração a partir das 9:00H da Manhã na AABB.

Esta é a oportunidade para repudiarmos todo e qualquer tipo de violência e cobrarmos das autoridades competentes não apenas ações punitivas e repressivas, mas sobretudo, preventivas, através de um olhar mais comprometido com uma educação de qualidade, escolas em tempo integral, salários descentes para os professores e inclusão social. Pois, corroboramos com Pitágoras quando diz: “Educai as crianças para que não seja necessário punir os adultos”.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O vereador e diretor de comunicação e divulgação do Sintab, Napoleão Maracajá, destacou que “Nós estamos vivendo uma violência que ultrapassou todos os limites toleráveis, nós temos defendido que é passada a hora de todos nós brasileiros fazermos um grande levante pela paz, os últimos acontecimentos, o assassinato do professor, aliás, agressão ao professor virou uma coisa corriqueira nesse país, ser professor é uma atividade de risco. Mas o assassinato do professor Eraldo César, na Escola Estadual Major Veneziano, chama a todos nós para um momento de união, a paz deve ser uma pauta de todos os partidos, de todas as bandeiras ideológicas, vamos sair em caminhada pela paz, cobrando das autoridades aquilo que é constitucional, que é um direito nosso, que é a segurança, vamos todos juntos construir uma sociedade de paz”.

Ascomsintab

Com caminhada e plantio, municípios de Caiçara e Dona Inês celebram dia do meio ambiente

dona ines3O município de Caiçara realizou, na última quinta-feira (05), a 2ª Caminhada Ecológica da Educação. O evento fez parte da programação da Semana do Meio Ambiente promovida pelo município dos dias 02 a 06 de junho e esteve incluído dentro da mobilização proposta pela ONG Afink de Araruna, por meio do Projeto Muda – Mude de Vida! Plante uma árvore.

 

Mais de 800 alunos da rede municipal participaram da caminhada. A semana foi coordenada pelo professor Francisco Reinaldo com o apoio da prefeitura municipal através Secretaria de Educação do município.

 

Em Dona Inês o auge da semana aconteceu na sexta-feira (06) quando uma caminhada percorreu as principais ruas da cidade. Também foi realizado o plantio de mudas nas praças e canteiros do município. O evento que contou também com o apoio da Afink e foi realizado pela Secretaria de Educação e reuniu mais de 800 alunos e professores na caminhada que contou com a presença do secretário de educação, Josinaldo, que não mediu esforços para realização do evento, com total apoio da prefeitura municipal.

 

Cidades como Mari, Riachão e Cacimba de Dentro também contaram com o apoio e doação das mudas para realização de mobilizações em prol do meio ambiente. As atividades também foram desenvolvidas no Colégio Santa Rita de Areia e nas escolas Amecc e o Polivalente de Guarabira.

Caiçara

caiçara2

caiçara3

caiçara1

 

Dona Inês

dona ines1

dona ines2

dona ines4

dona ines3

dona ines

Redação/Focando a Notícia

Secretaria de Assistência Social de Mari realiza caminhada pelo enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Secretaria de Assistência Social de Mari, através do CREAS (Centro de Referência de Assistência Social) realizou, no último dia 29 de maio, uma caminhada em homenagem ao dia 18, dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento aconteceu com a participação em massa de todas as escolas da rede municipal, estadual e várias da rede particular. “O objetivo principal desta caminhada foi mostrar que não aceitamos maltrato, violência e exploração de nossas crianças e adolescentes, já que casos e mais casos de exploração sexual e violência temos visto acontecer em nossa cidade e nesse Brasil. Estaremos sempre em defesa de nossas crianças e adolescentes”, disse Andressa Martins, secretária de assistência social de Mari. A caminhada saiu das rodoviária da cidade e se dirigiu ao centro da cidade, onde aconteceram várias apresentações realizadas por crianças e adolescentes das várias escolas que participaram. O conselho tutelar do município também participou do evento, já que tem acompanhado de perto os casos de abuso, violência e exploração sexual de crianças e adolescentes na cidade. O prefeito Marcos Martins esteve presente. “Não poderíamos de aqui está para ficar ao lado de nossas crianças e adolescentes, dando total apoio ao trabalho da assistência social, através do CREAS e Conselho Tutelar de Mari. Nossa crianças e adolescentes serão o futuro de nossa terra e não podemos abandoná-las. Como gestor estarei sempre dando apoio a essa luta digna em favor de nosso povo”, disse o prefeito de Mari.

 

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

 

 

 

 

 

  Codecom – prefeitura de Mari

Caminhada diária pode reduzir risco de câncer de mama, diz estudo

correrDiversas pesquisas já comprovaram que a prática de atividade física pode prevenir diversos tipos de câncer. Agora, o trabalho liderado pelo cientista da American Cancer Society afirma que até mesmo um exercício simples, como a caminhada, pode ajudar a diminuir o risco de câncer de mama. O estudo foi publicado online dia 04 de outubro no Cancer Epidemiology, Biomarkers e Prevention.

Entre 1992 e 2009, foram acompanhadas 4.760 de 73.615 mulheres na pós-menopausa que participaram do American Cancer Society Cancer Prevention Study II Nutrition Cohort e foram diagnosticadas com câncer de mama. No início do estudo, 9,2% das mulheres relataram fazer nenhuma atividade física de lazer. Entre as mulheres restantes, o gasto médio de energia foi equivalente a três horas e meia por semana de caminhada em ritmo moderado. A maioria das mulheres praticava atividades de intensidade moderada, como caminhada, ciclismo, aeróbica e dança, enquanto uma parcela menor relatou se engajar em atividades de intensidade vigorosa, como corrida, natação e tênis. Quase metade (47%) das mulheres disse adotar a caminhada como única atividade recreativa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Andar a pé durante uma hora ou mais por dia foi associado a um risco 14% menor de câncer de mama, e atividade física de alta intensidade foi associada a um risco 25% menor em comparação com o risco para a maioria das mulheres sedentárias. Comparado com o grupo menos ativo de mulheres, que relataram entre zero e sete horas de atividade física por semana, as mulheres mais ativas (que praticaram 42 horas ou mais de exercício) tinham um risco 25% menor de ter câncer de mama. Segundo os autores, os resultados apoiam claramente a associação entre atividade física e câncer de mama na pós-menopausa, com o exercício vigoroso tendo um efeito mais forte.

Passe longe do câncer de mama com 11 hábitos saudáveis
O câncer de mama é o câncer que mais mata mulheres no Brasil – mais 10 mil óbitos por ano, segundo o Ministério da Saúde. A maneira mais popular para a detecção precoce desse câncer é o autoexame de toque. “Ele ajuda a fazer um diagnóstico precoce da doença, aumentando as chances de cura”, diz o mastologista Domingos Auricchio Petti, coordenador do CIAMA – Instituto da Mama do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Já a mamografia e o ultrassom de mama são os exames mais precisos, que podem diagnosticar o tumor na mama. “O rastreamento mais viável para reverter esse quadro é a mamografia. Ela consegue encontrar tumores menores do que um centímetro. Nesse estágio, 95% dos casos são tratáveis”, explica o oncologista Ricardo Caponero, do Hospital Albert Einstein. Além do diagnóstico precoce, existem hábitos que ajudam a evitar o desenvolvimento dessa doença. Saiba quais são eles e aumente a sua proteção.

Exercícios 

Um estudo realizado por pesquisadores norte-americanos, publicado no Journal of the National Cancer Institute, apontou que adolescentes praticantes de exercícios físicos intensos diminuem as chances de sofrer de câncer de mama na fase adulta em até 23%. Nessa análise, a prática de atividade física deveria começar por volta dos 12 anos e durar por pelo menos dez anos para que a proteção contra a doença seja notada. Os pesquisadores relatam que isso acontece porque os exercícios são capazes de reduzir os níveis de estrogênio, hormônio relacionado ao risco de câncer.

“A prática de exercícios físicos deve ser adotada para a vida toda. Ela diminui o estresse e ajuda no controle do peso, fatores que também influenciam no desenvolvimento de câncer de mama”, explica o mastologista Domingos Petti.

Amamentação- Foto Getty ImagesAmamentação 

Além de trazer inúmeros benefícios para o bebê, a amamentação mantém a saúde das mamães em dia. Segundo um estudo feito pela World Cancer Research Fund, na Inglaterra, mulheres que amamentam os seus filhos por, pelo menos, seis meses têm 5% menos chances de desenvolver câncer de mama. “Quando a mulher amamenta, ela estimula as glândulas mamárias e diminui a quantidade de hormônios, como o estrógeno, em sua corrente sanguínea”, explica Domingos Petti.

Omega 3 - Foto Getty ImagesÔmega 3 

Pesquisadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, mostraram que óleo de peixe pode diminuir em até 32% as chances de câncer de mama. Isso acontece pela ação antioxidante do ômega 3, ácido graxo encontrado em abundância nos óleos de peixe.

 estresse - Foto Getty ImagesEstresse 

O estresse está entre os fatores de risco para câncer de mama. “Alguns estudos mostraram que as mulheres que vivem uma rotina muito agitada e estressante têm quase o dobro de chances de desenvolver a doença”, explica Domingos Petti.

Ainda não se sabe muito bem porque o estresse aumenta as chances de câncer de mama, mas a relação entre os dois é bastante evidente. Técnicas de respiração, meditação e relaxamento, praticadas em Tai Chi e ioga, ajudam a controlar o estresse e a ansiedade.

Soja - Foto Getty ImagesSoja

“Estudos observaram que a incidência de câncer de mama é menor em países asiáticos e descobriram que o consumo de soja e seus derivados, comum nesses países, ajuda na prevenção da doença”, diz o médico do Hospital Oswaldo Cruz Domingos Petti.

Segundo o especialista, isso se deve ao fato de a soja ser rica em estrógenos vegetais, um tipo de isoflavona que tem características bastante parecidas com o estrógeno, mas que não aumenta a proliferação de células mamárias, fator que aumenta as chances de câncer de mama.

Álcool - Foto Getty ImagesLonge do Álcool

De acordo com o médico Arthur Guerra, coordenador do Curso Médico da Faculdade de Medicina do ABC, o consumo de apenas 14 gramas de álcool por dia pode aumentar as chances de câncer de mama em 30%.

“O mecanismo de ação pelo qual o consumo de álcool aumenta o risco de câncer de mama ainda permanece desconhecido, mas sabemos que o álcool influencia as vias de sinalização do estrógeno, hormônio fortemente associado ao câncer de mama”, explica.

Balança - Foto Getty ImagesPeso sob controle 

Ao atingir a menopausa, mulheres com sobrepeso ou obesidade correm mais risco de desenvolver câncer de mama. E mais: o excesso de peso ainda aumenta as chances do câncer ser mais agressivo. Segundo o mastologista Domingos Petti, um dos principais hormônios produzidos pelo tecido adiposo (formado por gorduras) é o estrógeno. Esse hormônio provoca a reprodução celular que, se for descontrolada, pode causar câncer de mama.

Insira a Legenda - Foto Getty ImagesDe olho no histórico familiar 

A maioria das mulheres devem começar a fazer mamografias anualmente após os 50 anos, mas, para quem tem histórico familiar de câncer de mama, o exame deve começar mais cedo. “Se um parente próximo teve câncer de mama aos 40, é preciso começar a fazer mamografias anualmente a partir dos 30 anos, por exemplo”, explica Domingos Petti.

Exame de toque - Foto Getty ImagesAtenção a outros sintomas 

Muitas mulheres não sabem, mas a aparição de caroço ou nódulo no seio não é o único sintoma da doença. “Além do caroço, outros sintomas como alterações na auréola e a presença de secreções podem ser um sinal de câncer de mama”, diz o mastologista Domingos Petti. Ao notar um ou mais desses sintomas, a mulher deve procurar rapidamente um profissional e perguntar se é preciso fazer mamografia.

Vegetais - Foto Getty ImagesDieta rica em vegetais

Mulheres que consomem vegetais com frequência têm até 45% menos chances de desenvolver câncer de mama, de acordo com um estudo realizado pela Boston University. Alimentos como brócolis, mostarda, couve e hortaliças verdes são ricos em glucosinolatos, que são aminoácidos com um papel importante na prevenção e tratamento de câncer de mama.

Hormônios - Foto Getty ImagesCuidado com a reposição hormonal 

Muitas mulheres procuram a reposição hormonal para diminuir os sintomas da menopausa. Segundo o Domingos Petti essa reposição – principalmente de esteroides, como estrógeno e progesterona – pode aumentar as chances de câncer de mama. “Está comprovado que o uso de reposição hormonal aumenta claramente o risco das mulheres desenvolverem esse tipo de câncer. Por isso, o uso de estrogênios em mulheres deve ser evitado”, explica o especialista.

Na menopausa, os tecidos ficam ainda mais sensíveis à ação do estrógeno, já que os níveis desse hormônio estão baixos devido à ausência de sua produção pelo ovário.

Como alternativa à reposição hormonal, o especialista indica que a prática de exercícios físicos e uma dieta balanceada ajudam a controlar o aumento de peso e evitar doenças vasculares e osteoporose, principais preocupações das pessoas que entram nesse período feminino. “Com essas medidas, normalmente não é preciso fazer reposição hormonal de estrógeno ou progesterona”, explica Domingos Petti.

café - Foto Getty ImagesCafé 

Tomar até cinco xícaras de café por dia tem um fator de proteção contra uma forma agressiva de câncer de mama, segundo um estudo feito pelo Breast Cancer Research. Os cientistas afirmam que as mulheres que tem esse hábito podem ficar até 57% mais protegidas. Mas é preciso tomar cuidado com o consumo excessivo de café, ainda mais se você tiver hipertensão ou sofrer de insônia. Por isso, consulte a opinião do seu médico antes de aumentar o consumo dessa bebida.

 

minhavida

Caminhada encerra II semana da água de Lagoa Seca

caminhadaCentenas de estudantes e professores de escolas municipais de Lagoa Seca participaram hoje de manhã (15/05), de uma caminhada de encerramento da II Semana da água, realizada pelo Projeto Rio Mamanguape, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental, em parceria com a Prefeitura Municipal. Os participantes percorreram várias das ruas centrais da cidade, levando cartazes de alerta  para a necessidade de preservação e de conservação do meio ambiente.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A concentração dos estudantes e professores antes da caminhada começou por volta das 8h30, em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Ação Social. Participaram alunos das Escolas Dr. Tarcísio Alves Tito, José Gomes, Machado de Assis, Maria da Guia, José Marques, Frei Manfredo, Novo Horizonte e João Laurentino.
Acompanhados de uma fanfarra e um carro de som, os estudantes e professores chamaram a atenção da população para a mensagem de necessidade de preservação e conservação, do meio ambiente. Ao final da caminhada os participantes se reuniram no Centro Paroquial, na Praça da Igreja Matriz da cidade, onde foram entregues os prêmios aos melhores trabalhos produzidos pelas escolas municipais com a temática do meio ambiente.
Na categoria poema, venceu o estudante do 7º da Escola Machado de Assis, Renan de Oliveira Souza. Na categoria Paródia, a vencedora foi a aluna do 8º ano da Escola José Gomes, Vitória Maria Oliveira do Nascimento. Já o estudante do 5º ano da Escola Rosa Amélia, Dayvson de Massena Ferreira Nascimento, venceu na categoria carta e Sterpheson Victor Silva, do 5º ano da Escola Tarcísio Tito Alves, na categoria Desenho. Todos eles receberam máquinas fotográficas digitais.
Todos os professores que orientaram a produção dos trabalhos vencedores também foram premiados com máquinas fotográficas digitais. As Escolas vencedoras receberam kits com tambores para o início da coleta seletiva.
Em seguida, na Praça da Matriz, aconteceram as apresentações culturais com a temática do meio ambiente e logo depois foi servido um lanche a todos os participantes da caminhada.
Oficina
Na terça-feira de manhã (14/05), na Câmara de Vereadores, foi realizada uma oficina sobre as expectativas pertinentes à reedição do Projeto Rio Mamanguape em suas várias áreas de atuação. Dela participaram integrantes de associações de moradores, professores e representantes de diversos órgãos públicos municipais.
A expositora foi a coordenadora Geral do Projeto Rio Mamanguape, Maria José dos Santos. Ela explicou que no início do Projeto foram realizadas em Lagoa Seca reuniões com agricultores, representantes de associações e outros segmentos sociais, assim como nos demais municípios da área de abrangência, em busca das demandas da comunidade e depois partiu-se para realização. “O projeto surgiu de baixo para cima”, ressaltou.
Maria José falou dos objetivos principais do projeto e detalhou a forma de funcionamento, deste a apresentação das demandas das comunidades até a realização dos benefícios.
Os participantes da oficina apresentaram várias preocupações e questionaram como o Projeto poderia ajudá-los, principalmente em demandas ligadas a recursos hídricos. A coordenadora do Rio Mamanguape também falou das experiências exitosas com avicultura alternativa e com grupos de beneficiamento e artesanato no município e da possibilidade de novos serem criados.
Antes da oficina, o professor e especialista em avicultura Vicente de Assis Ferreira, realizou uma palestra sobre a avicultura alternativa que é praticada em Lagoa Seca e na Paraíba, apresentando de conceitos básicos da atividade a noções básicas do trabalho e cuidados necessários para a implantação de aviários.
Assessoria para o Focando a Notícia

Algodão de Jandaíra: caminhada e café da manhã marcam abertura da campanha contra a gripe

 

caminhadaBuscando engajar a população na campanha de vacinação contra a gripe, a secretaria de saúde de Algodão de Jandaíra, no curimataú paraibano, a 153 km de João Pessoa, realizou na manhã dessa quarta feira (17), uma caminhada com os idosos, seguida de um café da manhã, marcando o inicio da campanha que tem por objetivo imunizar pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 06 meses a 02 anos, gestantes e mães no período de até 45 dias após o parto, profissionais de saúde, índios, população carcerária e doentes crônicos. A caminhada foi coordenada e orientada pela Fisioterapeuta Maria Suely. Segundo ela, a caminhada foi uma demonstração de união e realçou a importância social do fisioterapeuta. “Andar aumenta o tempo de vida. Cerca de uma hora a mais por hora de caminhada. Outras pesquisas também garantem que caminhar diariamente, por trinta minutos, controla a pressão alta, reduz a gordura do sangue e o colesterol ruim, assim diminuindo em 30% o risco de infarto”, disse.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A secretária Adriana Karla Medeiros lembrou que estão sendo oferecidas as doses que protegem contra a influenza tipo A (H1N1), ou gripe suína, A (H3N2) e B e que é importante à participação de todos. A vacinação continuará até o próximo dia 26.

Dia D – No sábado (20), a Prefeitura promove o dia D de vacinação contra a gripe. O centro de Saúde ficará aberto das 8h às 17h, para atender a população. A campanha de vacinação é realizada anualmente, e diferentes de outras vacinas, ao término da campanha, a vacina contra a gripe não fica disponível nas unidades básicas. A vacina protege contra três subtipos do vírus influenza o A (H1N1) – conhecido popularmente como gripe suína –, A (H3N2) e o subtipo B.

vacina

cafe

 

JÚNIOR CEZAR
Assessor de Imprensa