Arquivo da tag: cama

Joana Machado abre o jogo sobre sexo e diz: ‘frescura na cama não dá’

joanamachadoSe há declarações polêmicas e situações “bafônicas”, pode ter certeza que tem Joana Machado no meio. A personal trainer de 33 anos, que ficou conhecida após namorar o jogador de futebol Adriano, posou para o Paparazzo, em ensaio vai ao ar nesta sexta-feira, 12, e soltou o verbo: “É claro que para um relacionamento dar certo precisa ter lealdade e cumplicidade. Mas ninguém vive sem sexo. Se não tiver sexo, esquece. O resto se torna até secundário. Sou tarada por sexo, gosto muito”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Joana, que há quase quatro anos namora o policial Junior Figueiredo, diz que não tem um tipo preferido de homem. Para a a loira, o importante é que ele não tenha pudor na hora “H”.

“Não tenho essa coisa de estereótipo. Acho que homem tem que ser homem, não gosto de cara metrossexual. Aquele que na cama fica de frescura então, não dá. Homem que não faz sexo oral não serve para nada. A gente não faz neles? Eles não querem? A gente também quer. Homem com nojinho não presta para nada, joga fora”, detona a personal.

A loira conta que não dispensa uma boa preliminar: “Pode ser tão boa e até melhor do que o sexo. É muito importante e é ótimo você ir entrando no clima, ir ficando com aquele tesão. Mas às vezes você está de saco cheio e quer que vá rápido, né? Ainda mais com anos de casamento (risos). Falo isso brincando, gosto muito de sexo e nunca escondi. Tudo é bom e é importante, mas para ser uma rapidinha, tem que ser bem feita”.

vei2.jpg

180 Graus

Ir para a cama mais cedo pode evitar pensamentos negativos

dormirO horário em que você vai para cama pode fazer com que tenha mais preocupações, mostra estudo realizado na Universidade de Binghamton, nos Estados Unidos. Segundo o trabalho, pessoas que vão se deitar mais tarde e dormem poucas horas são mais sobrecarregados com pensamentos negativos do que as que dormem cedo e bem.

Os resultados, publicados na revista Cognitive Therapy and Research, reforçam a ideia de que o sono está intimamente ligado à saúde mental.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Algumas pessoas têm pensamentos negativos frequentes e não conseguem controlar esse padrão. Em geral, elas também tendem a se preocupar demais com o futuro, estão sempre lembrando do passado e, muitas vezes, lutam contra pensamentos que parecem não querer sair da cabeça. Todos esses sintomas podem ter relação com transtornos como ansiedade generalizada, depressão, estresse pós-traumático, transtorno obsessivo-compulsivo e ansiedade social.

Estudos anteriores já haviam ligado esses padrões de pensamento a problemas de sono. Por isso, os pesquisadores decidiram investigar se pensamentos repetitivos teriam ligação, também, com o horário de ir para a cama.

Eles pediram a 100 adultos jovens que completassem uma bateria de questionários e duas tarefas informatizadas. O processo ajudou o nível de preocupação dos participantes, seus hábitos de sono e se tinham mania de “ruminar” certos pensamentos.

Os pesquisadores descobriram que quem dorme por períodos mais curtos de tempo e vai para a cama tarde muitas vezes experimentam pensamentos negativos com maior frequência e intensidade.

Os resultados também sugerem que a interrupção do sono pode ser associada ao surgimento de pensamentos negativos repetitivos. Por isso, eles acreditam que tentar ir para a cama mais cedo e investir na higiene do sono pode beneficiar pessoas que sofrem com o problema.

Uol

Andressa dispara:’Na cama sou sem vergonha e adoro ouvir sacanagem’

andressaAndressa Ferreira posou para o Paparazzo que foi ao ar nesta sexta-feira, 24. Com 1,66m bem distríbuídos em 55 kg, ela mostrou por que Thammy Miranda , sua namorada, causa inveja em muitos marmanjos por aí.

Durante a entrevista, Andressa contou que escuta muitas piadinhas dos homens e que, por namorar uma mulher, sofre preconceito da parte deles. “Ouço muita coisa por parte dos homens por eu ser feminina. Dizem que sou um desperdício, que eu deveria ficar com eles… Sofro mais preconceito dos homens nesse sentido. A Thammy também, mas ela já está acostumada a encarar isso. Já namorei com homens e não tive essa cobrança. Antes, até quando namorava mulheres, não tinha essa exposição da minha vida pessoal, não importava para ninguém com quem eu dormia”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Andressa disse também que foi difícil para a mãe aceitar que ela namorasse mulheres. “No começo para a minha mãe foi difícil, mas ela gosta muito da Thammy. De repente minha mãe até hoje acha que é só uma fase, mas que essa fase não passou ainda. É complicado”.

A modelo revelou que a segunda transa com Thammy foi melhor que a primeira vez das duas. “A primeira foi estranho, estava saindo da balada. A segunda vez foi bem melhor. A Thammy fala que sou um pouco sem vergonha, e eu também me acho sem vergonha na cama. Não pode faltar pegada, tesão, desejo, vontade, um clima legal”, comentou. “O que mais me excita são as palavras que se falam durante o sexo. Gosto de ouvir sacanagem”.

and1.jpg

Andressa elogiou muito Thammy Miranda e foi categórica ao afirmar: “Ela tem pegada”. A modelo também contou que frequência no sexo é importante para ela. “Não fico muito tempo sem sexo. Eu gosto, faz bem para o humor”.

Em seu primeiro ensaio para o Paparazzo, a modelo disse que, sim, posaria nua, mas que não sabe se Thammy teria ciúmes. “Acho que se fosse uma coisa bacana ela não ligaria”, contou ela, que também toparia posar com a namorada. “Seria bacana e diferente”.

and2.jpg

‘Já conquistei a sogra’
Nora de Gretchen, Andressa Ferreira contou que se dá bem com a cantora. “Já consquistei a sogra. Ela é muito gente boa”. A namorada de Thammy disse que Gretchen liga para ela quando a filha não atende o telefone. “Ela é bem brava, viu? Uma vez a Thammy não atendeu o telefone e ela me ligou pedindo pra Tham (apelido carinhoso que chama a namorada) atendesse. Liguei pra ela e disse: ‘Atende que sua mãe está bem brava, hein!'”.

and3.jpg

and4.jpg

and5.jpg

and6.jpg

and7.jpg

and8.jpg

and9.jpg

and10.jpg

and11.jpg

and12.jpg

and13.jpg

and14.jpg

and15.jpg

and16.jpg

and17.jpg

and18.jpg

and19.jpg

and20.jpg

and21.jpg

and22.jpg

and23.jpg

and24.jpg

and25.jpg

and26.jpg

and27.jpg

and28.jpg

and29.jpg

and30.jpg

and31.jpg

and32.jpg

and33.jpg

and34.jpg

and35.jpg

and36.jpg

and37.jpg

and38.jpg

180 Graus

Ex-Prefeito afirma ter pego Deputado com sua esposa na cama e anuncia rompimento político no sertão da PB

Ex-Prefeito e ex-esposa
Ex-Prefeito e ex-esposa

Em entrevista ao portal MaisPB, o ex-prefeito da cidade de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, Lauro Sérgio Maia de Vasconcelos confirmou rompimento com o deputado estadual Gervásio Maia – candidato à reeleição. Ele disse que passa a apoiar a candidatura do deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) à reeleição. Amanhã, em horário ainda a ser definido, Lauro se reunirá com Ludgério e integrantes do Diretório Municipal do PMDB.

Deputado Gervásio Maia
Deputado Gervásio Maia

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O motivo do rompimento, conforme Lauro Maia, foi passional. Ele diz ter encontrado a esposa Sandra Mara fazendo sexo com Gervásio. Lauro disse que, agora, está separado de Sandra e já deu entrada no pedido de divórcio.

“Rompi com Gervásio pela traição ao povo de Catolé. Peguei ele com a minha mulher em minha cama, na minha casa. Gervásio desrespeitou a mim. Me traiu! Desrespeitou minha família dentro de minha casa e traiu Catolé. E eu tratava Gervásio como filho…!”, disse o ex-prefeito Lauro Maia ao Portal MaisPB.

Da Redação 
Com Maispb

Cinco atitudes das mulheres boas de cama

Uma noite inesquecível de sexo não depende de regras ou planejamento. Mas as dúvidas sobre como agradar o parceiro, seduzir ou inovar na cama ainda são frequentes entre mulheres que buscam melhorar a performance sexual. O fato é que pequenas atitudes valorizam a intimidade e fazem a transa pegar fogo. O Delas   realizou uma pesquisa com 20 homens, com idades entre 22 e 44 anos, para saber quais são as cinco principais atitudes da mulher “boa de cama”. Especialista no assunto, a escritora e ex-garota de programa Vanessa de Oliveira dá dicas espertas.

Divulgação

A ex-garota de programa Vanessa de Oliveira conta os segredos da mulher boa de cama

1. PROPOR LOUCURAS
“É muito difícil manter o interesse por algo repetitivo, não dá para o sexo virar rotina”, diz o administrador João, 36 anos, de São Paulo. Para sair da mesmice, a dica é considerar novas experiências. O designer Maurício, 44 anos, admira mulheres que propõem ideias. “É uma delícia quando elas tomam a iniciativa”, conta. Sugestões não faltam: aprender uma dança sensual, fazer um striptease, comprar brinquedos eróticos… Também para o professor Eder, 29 anos, a mulher precisa ser aberta. “O sexo anal, por exemplo, é um tabu para muitas ainda”. O educador físico Maximiliano, 35 anos, segue o mesmo raciocínio e critica: “A maioria já diz ‘não’ sem nunca ter experimentado”. Conhecedora das preferências masculinas, Vanessa incentiva a ousadia. Um bom começo, segundo ela, é arriscar novas posições sexuais. “É indispensável saber várias”, decreta a atual consultora sexual e sentimental (veja 69 posições na galeria ao final da página).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

> o lado delas:   
duas partes participam da boa transa, então, para inovar, é preciso ter um parceiro estimulante, curioso. E vale lembrar: não adianta só “cobrar” sexo anal, o homem precisa ser cuidadoso para que a experiência seja bacana para a mulher também. 


2. CAPRICHAR NO SEXO ORAL
Eles podem até divergir quando o assunto é futebol, mas na hora da transa concordam: mulher boa de cama manda bem no sexo oral. A modalidade é apontada como responsável por tornar o clima mais quente. “Não ter vergonha é essencial. Ela deve mostrar que faz por prazer e não porque o parceiro pediu”, conta Fernando, contador, 25 anos. Autor do blog Testosterona, Eduardo Mendes lembra que não pode haver receio por parte da mulher e entrega o segredo do sexo oral perfeito: “Ela deve procurar usar as mãos, a língua, e não ficar apenas fazendo movimentos repetitivos – variar é muito importante”, diz. Ainda sobre sexo oral, a maioria prefere aquelas que não se escondem atrás dos cabelos. “Tem que olhar com cara de safadinha”, brinca Eduardo.

> o lado delas:   um homem cheiroso é muito mais convidativo para o sexo oral. Para muitas mulheres, certo envolvimento também é preciso. Alguns espertinhos adoram receber sexo oral, mas são extremamente egoístas na hora de fazer na mulher.


3. SUSSURRAR DELÍCIAS
Nada de ficar quieta durante o sexo, os homens definitivamente gostam de sentir o hálito quente da parceira e ouvir bobagens ao pé do ouvido. “Os sons tornam tudo mais gostoso. Fica mais fácil sentir o tesão da mulher e, consequentemente, isso proporciona mais excitação”, conta Rodrigo, publicitário, 28 anos. Vanessa ressalta a importância das palavras picantes para animar o momento e explica que não pode haver bloqueios morais nessas ocasiões. “Não existe vulgaridade entre quatro paredes. Só fica vulgar quando é feito em público. Dizer coisas obscenas no quarto é provocante e delicioso”, afirma. Mas use essa dica com moderação: mulher tagarela é broxante, eles dizem.

> o lado delas:   Por mais excitante que a brincadeira possa parecer, muitas mulheres não gostam de dizer e ouvir xingamentos na cama. É um limite que precisa ser respeitado, forçar a barra tornará tudo artificial.

4. ATENTAR PARA OS CUIDADOS PESSOAIS
Não, eles não são tão desligados assim. Os homens valorizam a mulher cheirosa, bem tratada e com a depilação em dia – parece óbvio e requisito básico, mas quase todos os entrevistados já tiveram alguma experiência desagradável. “Uma mulher cheirosa e macia é garantia de um longo e gostoso sexo oral”, explica Carlos Henrique, consultor de negócios, 39 anos. Ir direto para cama sem antes verificar se está tudo na mais perfeita ordem? Nem pensar! “Não é agradável quando não há um nível mínimo de higiene. Isso pode resultar em uma bela de uma broxada”, desabafa o escritor Felipe, 24 anos. Eduardo concorda: “E olha que são poucas coisas que broxam os homens”, diz o blogueiro. Investir em um conjunto bacana de lingerie também é indicado. Extremamente visuais, os homens não resistem a rendas e lacinhos.

> o lado delas:   as mulheres também gostam de homens asseados e com a cueca impecável. Fica a dica…


– iG

Mais sobre homens

5. DEMONSTRAR PRAZER
Os homens não só cobram a participação mais ativa da mulher no sexo como querem saber se estão agradando. “A boa de cama não tem vergonha de falar, pedir, perguntar, gemer e gritar. É uma delícia ouvir a voz da mulher durante a transa”, diz Romulo, consultor de tecnologia, 33 anos. “Gemidos, o corpo contorcendo e os olhinhos virando são atitudes que ajudam a sincronizar”, completa Ricardo, engenheiro eletrônico, 34 anos. Vanessa conta que é realmente importante dar um “retorno” ainda durante o sexo, seja para demonstrar prazer ou direcionar o caminho certo. “Ela pode pegar na mão dele e colocá-la onde gostaria de ser tocada. Pode até mostrar a intensidade do movimento que lhe agrada”, ensina a escritora. E se é para entregar o ouro, aí vai: eles amam ouvir elogios, como são fortes, másculos e bem dotados.

> o lado delas: gemer, gritar, subir no lustre? Só vale se for de verdade.

 

 

iG

Livro indica ponto G masculino e formas para enlouquecer homem na cama

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Beijos apaixonados, carícias nas partes íntimas, posições sexuais inusitadas e tantrismo, tudo feito com vontade e naturalidade. Os quatro ingredientes prometem deixar um homem enlouquecido de desejo, segundo a autora do livro 201 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama, Tina Robbins. Os beijos devem começar nos lábios e seguir por todo o corpo, as carícias não precisam ser feitas apenas com as mãos e devem passar pelo  “ponto G masculino” – localizado entre o escroto e o ânus – , indicou.  “Os homens são muito livres em relação ao sexo e podem se surpreender se a parceira liberar a criatividade”, afirmou.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na obra, Tina reúne conselhos para antes, durante e depois da transa que vão desde mensagens picantes no horário de trabalho, pompoarismo e encenação de personagens na cama até giro de 180° no momento da relação. Algumas dicas são ainda mais ousadas, como excitar o homem com lambidas nas axilas e fazer sexo na casa de outra pessoa. “A monotonia é o grande empecilho para um relacionamento saudável. Fazer surpresas de vez em quando estabelece uma dinâmica divertida”, contou ela que estuda há anos o assunto. Os momentos após o orgasmo não devem ser desmerecidos e são destinados à continuidade romântica do ato, disse a autora.

 

Pesquisadora da sexualidade, Tina afirmou a importância de conhecer o parceiro e traçar as atrações favoritas dele na cama. “É importante, para ter uma relação sexual plena, ser natural e se deixar levar pelo parceiro”, disse. Da mesma forma deve agir o homem, segundo ela. “Para evocar o desejo feminino é importante se esforçar nas preliminares. Jogos amorosos antes do encontro, uma carta de amor ou flores estimulam um encontro mais ardente”, afirmou.

 

Além da rotina, Tina levantou como potencial “esfriador de relacionamento” a chegada dos filhos. A dica para casais que já são pais é reservar tempo na rotina para a vida sexual. “Podem ser os amantes secretos que alimentam o amor no dia-a-dia. O importante é encontrarem momentos íntimos e não adiá-los, viver com mensagens picantes e de paixão e reinventarem a forma de se relacionar de tempo em tempo”, concluiu.

 

Confira abaixo o que os casais Luana D. e Danilo A., Karina K. e Cléber M., e Jacqueline A. e Thiago C., entrevistados pelo Terra, acharam de 21 dicas dadas pelo livro 201 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama. 

 

Olho por olho, carícia por carícia: sempre que fizerem sexo, mentalizem os locais de seu corpo que ele acaricia e a forma como ele faz isso. Depois, imite-o.
Danilo:
 legal, mas às vezes a gente espera ser surpreendido com algumas coisas, não é porque o homem faz que ele gostaria de receber da mesma forma.
Luana: hum, pode ser verdade.

 

Fale sobre sexo e também durante o sexo: você não sabe o quanto um homem se excita quando você o informa sobre o que pensa a respeito do sexo.
Danilo:
funciona muito bem para mim, eu adoro quando ela fala.
Luana: acho que depende muito (risos), mas eu uso bastante interjeições durante o ato, eu gosto e me parece que ele adora.

 

Fazer sexo na casa de outra pessoa pode apimentar a relação Foto: Getty Images
Fazer sexo na casa de outra pessoa pode apimentar a relação
Foto: Getty Images

 

Exercite o músculo do amor: a vagina é mais do que um receptáculo, é como uma caixinha mágica. Como treinar? Contraia os músculos pélvicos para interromper a micção, após entender o movimento, faça a contração 25 vezes ao dia em momentos em que estiver relaxada. Introduza um vibrador, fique em pé e não o deixe cair. Depois deite e tente expulsá-lo apenas com a força na vagina.
Karina:
credo, que nojo!
Cléber: acho um pouco nojento.
Jacqueline: fala sério! Não tenho tempo para isso, pelo amor!
Thiago: é coisa de filme, (risos), mas parece interessante.

 

O look do seu púbis: poderíamos considerar quase como um consenso masculino o fato de um púbis minuciosamente depilado ser mais sensual do que um descuidado.  Converta a aparência do púbis em um instrumento erótico. São seus pelos, é a sua natureza. Faça cosquinhas por todo o corpo dele, acariciando-o com seus tufos encrespados ou convide-o para deslizar os dedos entre seus pelos pubianos. Para as que preferem depilar a região, recortes criativos são sensuais.
Jacqueline:
cruzes! Acho desnecessária a história dos pelos!
Thiago: depilados são melhores.
Danilo: os cortes depilados diferentes chamam muito a atenção, inclusive a gente vê como um presente, feito pensado em mim.
Luana: aff, eu acho nojento ficar com pelos, se fico três dias sem depilar já fico incomodada. Me depilo com gilete mesmo e geralmente deixo a pele lisinha (risos).

Fotonovela erótica: peça a uma amiga para fazer uma sessão de fotos sensuais, escolha as melhores e envie-as ao parceiro por correio, em um envelope sem remetente. Você também pode enviar por e-mail, use um assunto inocente para que ele não desconfie. A imagem do seu corpo nu na tela do computador o fará alucinar.
Danilo:
isso é muito bacana, inclusive já fizemos. Orra, se funciona!
Luana: eu faço isso com ele, mas as fotos sou eu mesma que tiro e mando no máximo duas por e-mail ou mensagem do celular. Ele sempre me chama de louca e safada, e diz que só se preocupa se não tem alguém por perto, evitando que vejam. Geralmente, mando no horário de trabalho, então, imagina a surpresa para ele. Eu acho um barato!
Jacqueline: aí ele abre e todos os colegas de trabalho ficarão alucinados também, (risos).
Thiago: o ensaio da minha parceira iria ser uma surpresa, bem surpresa!

 

Sessões de cinema voyeur: ler livros e poesias eróticas ou ver filme pornô com o amante são atividades divertidas, que colocam um pouco de entusiasmo e dão variedade ao sexo. Você terá a oportunidade de se excitar vendo como fazem os atores na tela ou até imitando algumas coisas.
Karina:
já fizemos isso.
Cléber: funciona, sim, já testamos.
Jacqueline: eu não gosto de ver, não, é tudo muito exagerado.
Thiago: não curto.

 

Gravações íntimas: peça ao parceiro que se torne sua estrela de amor favorita. Diga-lhe que quer ver em vídeo todas as coisas deliciosas que ocorrem enquanto fazem amor. Ele se sentirá encantado em entrar na brincadeira.
Danilo:
isso é legal, a gente já fez. Tudo que gera perigo dá uma sensação a mais no sexo. Ver depois como você fica em ação é bem bacana, a gente gosta muito, acho sensacional.
Luana: também fizemos e foi bem legal, uma pena que apagamos depois com medo de alguém encontrar o vídeo.
Jacqueline: nada de fotos ou vídeos, acho muito particular e, se não sou atriz pornô, não tem que gravar nada e nem ser gravado!
Thiago: nunca fiz e também nunca pensei nisso, acho que não faria.

 

Bombardeio de mensagens eróticas: nada é mais eficaz para uma intensa e longa sessão de sexo do que passar todo o dia esperando e pensando no momento em que fará amor. Organize um verdadeiro livro com frases apimentadas e escreva em diferentes papeizinhos. Reparta estrategicamente todas as anotações em lugares como os bolsos da jaqueta, estojo dos óculos, maleta, etc. Vale também as via celular.
Danilo:
é legal porque você já começa a pensar no que vai fazer à noite, começa a acender o negócio.
Luana: uau! Adorei isso, não havia pensado na ideia dos papeizinhos, com certeza vou fazer em breve.

 

Ligações com conversas sensuais também promete excitar o parceiro, segundo a autora do livro Foto: Getty Images
Ligações com conversas sensuais também promete excitar o parceiro, segundo a autora do livro
Foto: Getty Images

 

Ligações de arrepiar: quando ele menos esperar, ligue para o serviço dele ou para o celular e, quando ele atender, comece a dizer, sem rodeios, que passará a noite saboreando os mamilos dele, beijando o umbigo e degustado seu pênis.
Cléber:
seria muito bom!
Karina: acho que ele sentiria prazer.
Luana: já fiz isso, geralmente quando ele está viajando a trabalho. Adoro imaginar ele excitado no meio de uma reunião, por exemplo, ou com o coração batendo forte, (risos).
Jacqueline: fala sério, aí alguém escuta, que mico! O termo “degustar” é péssimo.
Thiago: me pegaria bem de surpresa, ficaria vermelho de vergonha e não saberia onde enfiar a cara (risos) acho melhor por sms mesmo.

 

Excite-o em público: aja diretamente na mente dele, com um importuno e suscetível sussurro, diga a seu amante algo obsceno em algum momento em que estiverem em público, ao redor de muitas pessoas. Utilize um tom completamente normal, como se estivesse mencionando qualquer trivialidade, de modo que as pessoas em volta não percebam e ele fique em estado de choque.
Jacqueline:
isso é bem legal, posso testar para ver se funciona.
Thiago: ficaria vermelho.
Luana: eu adoro fazer isso, ele sempre fala que por mais que eu tente disfarçar, minha cara sempre me entrega.

 

Esqueça a lingerie em casa: convide-o para ir algum dia ao teatro ou cinema, coloque uma roupa formal e não use lingerie. Quando iniciar o espetáculo, aproxime-se do ouvido dele e, com tom bastante inocente, conte que esqueceu a calcinha em casa.
Danilo:
acho que é meio um convite, sugestivo. Mas não se compara a estar em um carro dirigindo, ao invés de falar, ela pegar o carro e entrar em um motel. Seria algo mais convidativo do que falar sobre a calcinha.
Luana: hum, gostei.
Jacqueline: não acho que com tom inocente vá fazer alguma diferença. É capaz de o cara responder “beleza, depois do filme ou peça a gente vai e compra” (risos).
Thiago: simplesmente sairia do espetáculo e iria para casa, não aguentaria ficar lá sabendo disso.

 

Fazer amor na casa alheia: aproveite que sua amiga está viajando e peça – ou consiga – a chave da casa dela. Convide o parceiro e diga que conseguiu um lugar para devorá-lo sem interrupções. A ideia de fazer sexo na cama, sofá ou tapete de outra pessoa o enlouquecerá.
Jacqueline:
sem ninguém em casa? Isso excita alguém? Sério? Acho que não, hein?
Thiago: muito legal!
Luana: já fizemos isso, mas com os amigos na casa mesmo, em uma festa, parece mais excitante.

 

Sexo mudo: um encontro mudo e exclusivamente sexual, mais do que uma técnica é um pacto erótico especial. O acordo é o seguinte: você e seu companheiro não fazem qualquer tipo de contato durante todo o dia,  os telefonemas estão proibidos. A única aproximação que poderão ter dentro de 24 horas será à noite para fazer amor selvagem, em silêncio.
Cléber:
não gostei, não.
Karina: não achei legal.

 

O sexo oral combinado á penetração também está entre as dicas Foto: Getty Images
O sexo oral combinado á penetração também está entre as dicas
Foto: Getty Images

 

Desafio orgástico: quem tiver um orgasmo primeiro perde e terá que convidar o outro para um jantar com tudo pago ou transar em uma posição inusitada.
Cléber:
gostei, vou sugerir isso.
Karina: curti, vamos fazer isso.
Jacqueline: não é justo! É muito óbvio que o cara vai primeiro!
Thiago: o homem perderia todas, (risos).

 

Pintura corporal: compre suas cores favortias e aproveite algum dia em que vocês tenham planejado ficar tranquilamente em casa para pintar o corpo dele. O efeito do pincel úmido sobre a pele produzirá uma sensação erótica. Depois, convide-o a fazer o mesmo com você. Termine a brincadeira em um banho erótico.
Jacqueline:
cara, como assim?! Não acho isso sexy!
Thiago: ideia bem diferente e legal.

 

Faça-se de voyeur: olhar um homem se masturbar é extremamente excitante e tem duas grandes vantagens: a primeira é que depois você pode imitá-lo e saberá exatamente como masturbá-lo e a segunda é que ele desfrutará da obscenidade de seu olhar. Peça para ele se masturbar para você.
Jacqueline: não, mesmo!
Thiago: gostei da ideia.
Luana: eu adoro e realmente fico excitada, nossa!

 

O poder das axilas: todas as partes do corpo que geralmente não são expostas ao ar livre e são protegidas por pelos são sensíveis. As axilas estão na lista, então, não perca a maravilhosa oportunidade de mordê-las, lambê-las e beijá-las. Estará pedindo a ele um bom sexo.
Danilo:
esse aí eu nunca fiz e acredito, pelo menos para mim, não sentiria nada. Acho que seria engraçado, bacana não seria. Um negócio que não tem nada a ver com o momento.
Luana: não achei isso legal, não.
Jacqueline: ai, meu, credo! Acho que eu teria um ataque de risos!
Thiago: morreria de cócegas facilmente, ficaria ruim da bronquite e não rolaria nada depois. Axilas não são muito legais, não.

 

Descobrir o ponto G masculino está entre as dicas do livro Foto: Getty Images
Descobrir o ponto G masculino está entre as dicas do livro
Foto: Getty Images

 

O ponto G masculino: o períneo é um ponto mágico que todos os homens possuem e é comparável ao nosso famoso ponto G. Ele encontra-se exatamente entre o escroto e o ânus, qualquer tipo de pressão ou movimento sobre essa zona o excitará, coloque um dedo sobre o períneo e faça movimentos circulares.
Danilo:
não sei se seria nesse local. Acho bacana o saco escrotal, mas nessa área especificamente, não que não acho que é valido, só não tive a experiência ainda.
Luana: sim! E com a língua percebo que é mais gostoso ainda, ele adora (risos)!

 

Mão sobre mão: masturbe-o com as duas mãos, sem parar e sem perder o ritmo, que deve ser rápido. O objetivo é que a cabeça do pênis fique o menor tempo possível descoberta, vá alternando as mãos: deslize a mão passando pela cabeça do pênis e descendo por ele, antes de chegar à base, leve a outra mão à cabeça e volte a baixar.
Jacqueline:
será que funciona?
Thiago: bom também, recomendado.
Luana: já fiz isso, mas não durou muito tempo (risos).

 

Traslado oral-genital: qualquer homem arderá em chamas se você acariciar o pênis dele e o passar da boca para vagina e da vagina para a boca. Tente fazer um sexy traslado oral-genital.
Danilo:
é muito bacana.
Luana: gostei e com certeza ele também vai adorar.
Jacqueline: mega nojento!
Thiago: nunca imaginei isso, parece ser muito bom.

 

Giro de 180° em cima dele: mantenha-se em cima dele e sem tirar o pênis da sua vagina, gire 180° de modo que fique olhando para os pés dele. Segure com força nas pernas dele e movimente todo o corpo.
Danilo:
isso aí é fantástico, é muito bacana, se ela conseguir pressionar é melhor ainda.
Luana: hum… Ele adora quando faço isso. Eu também amo (risos).
Cléber: vou às nuvens.
Karina: É a melhor coisa do mundo.

 

Terra

Divirta-se na cama; confira cinco dicas para viver mais

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Quer aumentar seu tempo de vida? Pois saiba que os conselhos mais comuns, como trabalhar menos, evitar o estresse e se exercitar muito, não estão corretos, segundo um estudo de 80 anos. A pesquisa foi iniciada em 1921 pelo psicólogo Lewis Terman, da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, com 1.500 jovens, mas parou em 1956 com a morte do profissional.

 

Em 1990, os psicólogos Howard Friedman e Leslie Martin retomaram o trabalho. Confira abaixo cinco maneiras de aumentar a expectativa de vida, constatadas pelo levantamento e listadas pelo jornal The Huffington Post.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dê mais para viver mais
Não é nenhum segredo que as pessoas com um sistema de apoio social forte tendem a viver mais tempo. Mas, constatou-se que a questão não é o que seus amigos e familiares fazem por você, mas o que você faz por eles. Entre os pesquisados, aqueles que gostavam de ajudar viveram mais.

 

Fuja do emprego dos sonhos
As pessoas costumam fantasiar sobre um emprego nada estressante, que não leve problemas para a casa e que complemente sua personalidade e interesses. Mas a vida perfeita não é o que necessariamente prolonga sua vida. Os participantes do estudo que buscavam realizar tarefas, apesar dos altos níveis de estresse e responsabilidade, viveram mais tempo do que os que tinham o “trabalho dos sonhos”.

 

Treine sem dor
Obrigar-se a seguir dietas rigorosas e praticar atividade física intensa pode não acrescentar anos de vida. Aposte em natação moderada, passeio de bicicleta, caminhadas com o cachorro. Mais fácil de manter essa rotina, não?

 

Aborreça-se um pouco
Muito otimismo pode ser tão prejudicial para a longevidade como colesterol alto e hipertensão. Assumir sempre o melhor, segundo o levantamento, pode deixar a pessoa despreparada para lidar com o pior, como um trauma ou doença.

 

Divirta-se mais na cama
Os pesquisadores conversaram com as mulheres sobre satisfação sexual e frequência de orgasmos. Os dados mostraram que, quanto mais elas chegavam ao clímax, mais viviam.

 

 

 

Ponto a Ponto Ideias

Homem bebe mais de 1 litro de cachaça em 8 minutos e morre na cama em Remígio

sirenePor volta das 11:00hs desta sexta-feira, 05 de abril, populares de Remígio comunicaram a Delegacia local que o senhor JOSÉ LEANDRO DO NASCIMENTO, com 30 anos de idade, natural de Esperança/PB e morador da comunidade Padre Cícero, em Remígio/PB havia morrido.

Após policiais Civis se deslocarem até o local ficaram sabendo que nesta manhã o senhor José Leandro seria encaminhado para o CAPS para tomar alguns remédios para controlar sua ansiedade pela Cachaça já que o mesmo é viciado. Segundo Terezinha do Nascimento Silva, mãe da vítima, informou que ele seria internado em João Pessoa ainda esta semana, mas a viagem teve que ser remarcada para a próxima terça-feira, 09/04.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Terezinha informou que se dirigiu até a cidade afim de procurar um carro da prefeitura para levar seu filho para o CAPS de Esperança já que Remígio não possui, para o mesmo receber algum tratamento paliativo, quando retornou para casa viu o seu filho deitado na cama todo mole e com cheiro de cachaça e recebeu orientações de populares de levá-lo no médico outro dia, pois naquela situação não seria tendido.

No decorrer das horas Terezinha ficou sabendo que seu filho havia tinha ido para um bar próximo onde populares lhe ofereceram cachaça, algumas pessoas no bar se surpreenderam o que Leandro fez, o mesmo tomou 8 copos de cachaça um atrás do outro em menos de 8 minutos, sendo a quantia maior que um litro de cachaça só vindo parar quando alguns populares mandaram ele parar e ir embora.

Ao chegar em casa Leandro se deitou na cama altamente alcoolizado e não acordou mais.

Após a confirmação do óbito a família foi aconselhada a providenciar o Atestado de óbito junto ao cartório da cidade, pois neste caso não era necessário o encaminhamento para o NUMOL já que a causa mortis era conhecida.

Redação com informações da Delegacia de Remígio/PB
com www.clemilsonemrevista.com

GO: mãe é presa por espancar filha de 3 anos após menina vomitar em cama

mulher-algemadaA Polícia Civil de Goiás prendeu preventivamente uma mulher de 27 anos que confessou ter espancado a filha de apenas 3 anos em Goiânia. Segundo a delegada Renata Vieira da Silva Freitas, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a criança foi agredida com um cinto, mordidas e golpes de madeira. Devido às agressões, a vítima teve o intestino perfurado e precisou ser submetida a cirurgia no Hospital Materno Infantil (HMI), onde está internada na unidade de terapia intensiva (UTI).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O crime teria acontecido no dia 3 de março na casa onde a família mora, no Setor Central. Na última quarta-feira, médicos do hospital entraram em contato com a delegacia informando a existência de uma paciente de 3 anos que havia dado entrada no hospital acompanhada da avó materna, que não conseguira explicar os motivos das lesões na menina. Diante da denúncia, policiais da DPCA foram até o hospital e convocaram a avó para depor. Na delegacia, a avó afirmou que as lesões haviam sido provocadas pela mãe da criança.

 

“Foi feito então um pedido de prisão preventiva da mulher. Ela foi presa no sábado, em Inhumas (região metropolitana de Goiânia), e acabou confessando que teria agredido a própria filha”, afirmou a delegada. Em depoimento, a mãe contou que teria “perdido a cabeça” após a menina vomitar.

 

“Ela estava lavando a cozinha e mandou a menina tomar um banho, dando início a uma discussão. Como a vítima teria comido muito na refeição, ao sair do banho, vomitou em cima da cama. A mãe contou que ficou muito nervosa ao perceber que a filha tinha usado uma roupa limpa para limpar o vômito”, disse a delegada.

 

A mãe, então, teria usado um cinto para agredir a filha. Em seguida, foi até o lado de fora da casa pegar um pedaço de madeira. “A menina foi atrás dela pedindo perdão. A mãe, então, empurrou com força a menina, que bateu em uma cadeira da cozinha. Depois, a mãe agrediu ela com uma ripa de madeira”, disse a titular da DPCA.

 

A criança está internada na UTI do Hospital Materno Infantil desde o dia 3 de março. Devido à perfuração do intestino, a menina teve que cortar cerca de 10 cm do órgão. Seu estado de saúde é considerado estável.

 

Terra

Timidez na cama atrapalha o sexo, mas tem solução; é o seu caso?

Mesmo as pessoas mais extrovertidas podem travar diante de uma situação considerada ameaçadora. E não é incomum que a timidez surja durante o sexo. “A timidez em si não é um problema. A situação merece atenção apenas quando essa característica impede a pessoa de ser feliz ou de desfrutar a sexualidade”, explica a psicóloga Luciana Amadi, educadora sexual do Instituto Kaplan.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Nesse caso, é preciso entender o que está causando a insegurança. Muitas vezes, a timidez é fruto de uma educação repressora. Mas há outros fatores que influenciam, como a autoestima. “Uma pessoa que não se sente à vontade com o próprio corpo ou que não se acha capaz de satisfazer alguém pode ter mais dificuldade de se entregar na hora da relação”, afirma Luciana.
A inexperiência ou a falta de intimidade com o parceiro ou parceira também conta. “Pode acontecer de a pessoa ter vergonha de quem está dividindo a cama com ela e não do ato sexual em si”, diz Carolina Ambrogini, ginecologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

O problema é que tanto constrangimento acaba interferindo na qualidade da relação. “Se você não se sente bem, não relaxa. Esquece o prazer e se concentra na performance. Assim, pode perder completamente o desejo e a excitação”, explica a psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Também é comum que a timidez se associe à dificuldade de falar suas preferências sexuais (e até de exigir o uso de preservativos, por exemplo).

“Pessoas que não expressam adequadamente as emoções estão mais sujeitas a sofrer de disfunções sexuais”, de acordo com o psicólogo Oswaldo Rodrigues Jr., do Instituto Paulista de Sexualidade.

Tem solução
Felizmente, é possível passar longe desses problemas na cama e, para vencê-los, o autoconhecimento é o primeiro passo. Segundo os especialistas, é importante explorar o próprio corpo, perceber as suas reações físicas, para poder se sentir mais à vontade consigo mesmo e, num segundo momento, dizer ao parceiro ou parceira o que gosta e como gosta. “Além disso, o toque e a masturbação são formas de dar carinho a si mesmo, o que é ótimo para a autoestima”, de acordo com Luciana.

 

 

Uol