Arquivo da tag: Cagepa

Cagepa promove ação educativa com crianças da LBV, no Dia de Combate à poluição

Dezenas de recursos educativos foram utilizados nos cuidados com a água

Nessa última quarta-feira, 14 de agosto, dezenas de crianças e adolescentes assistidas pela Legião da Boa Vontade – LBV no Bairro de Jaguaribe, foram sensibilizadas por ação educativa desenvolvida pela Gerência de Meio Ambiente e Educação Ambiental da Cagepa, o tema foi os cuidados para a não poluição das águas, em referência ao Dia de Combate à Poluição, celebrado anualmente em 14 de agosto.

A ação educativa alertou sobre o grave problema ambiental que enfrentamos, como a falta de chuvas que provoca o racionamento de água, com isso, despertar mudanças de hábitos, como o descarte corretamente do lixo, para que não polua rios, mares e o uso correto da água, para não haver o desperdício.

Os pequenos da LBV, ficaram entusiasmados com as atividades desenvolvidas, pela Gerência de Meio Ambiente e Educação Ambiental da Cagepa, que utilizou recursos educativos como filme, jogos interativos, cartilhas e panfletos sobre o tratamento de água e esgoto.

O menino Antônio Victor, 9 anos, afirmou que é importante aprender a cuidar do planeta. “Não devemos poluir os rios, precisamos economizar água, consertar os vazamentos em casa, por que precisamos da natureza”, disse. A menina Ana Betriz, 8 anos, ressaltou que a água é vida, por isso, que se precisa saber utilizá-la corretamente.

Para a gestora administrativa da LBV, Ana Paiva, parcerias como essa com a Cagepa, empodera os assistidos da instituição. “A ação é de grande relevância, as crianças e adolescentes, aprendem e levam para o seu dia a dia. São pequenas ações que tem o poder de gerar novos comportamentos e mudanças de hábitos, ampliam o aprendizado para seus familiares, a fim de sensibilizá-los do compromisso com o meio ambiente”, afirmou.

A LBV em João Pessoa, desenvolve serviços de proteção básica, através do Criança Futuro no Presente! (crianças e adolescentes), Vivência Solidária (grupo de mulheres) e Vida Plena (idosos), na qual é oferecida dezenas de oficinas como música, arte e cultura, cidadania irrestrita, dança, ballet, artesanato e atividades esportivas. São centenas de crianças, adolescentes, mulheres, idosos e adultos, assistidos diariamente, oriundos de comunidades em situação de vulnerabilidade social e de pobreza. Todo o trabalho empreendido é mantido financeiramente com a generosidade da sociedade civil paraibana.

Sua Sede está localizada à Rua das Trincheiras, 703 – Jaguaribe, visite, colabore e se apaixone pelo trabalho da Legião da Boa Vontade na capital paraibana.

Informação sobre o Dia de Combate à Poluição

O Dia do Combate à Poluição é comemorado em 14 de agosto e tem por objetivo alertar todas as esferas da população sobre o grave problema ambiental que enfrentamos e buscar medidas para conter a degradação do nosso planeta. A poluição é geralmente definida como a degradação física e química do meio ambiente.

 

Assessoria LBV

 

 

Chuvas recarregam açudes e Cagepa muda racionamento no Brejo

As chuvas que atingiram a região do Brejo paraibano nos últimos dias foram suficientes para dar recarga em alguns açudes e aliviar o racionamento de água que afetava os municípios de Solânea, Bananeiras, Belém, Caiçara, Logradouro e os distritos de Rua Nova e Cachoeirinha Braga.

Um dos mananciais que voltaram a ter água foi o de Lagoa do Matias, que fica em Bananeiras. Em 28 de junho, a barragem tinha armazenados 664,6 mil metros cúbicos (m³). Até essa quinta (1º), foram registrados 1,2 milhão de m³, quase o dobro do anterior, e com isso o açude sangrou. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

Com essa recarga, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) modificou o racionamento nas cidades de Belém, Caiçara, Logradouro e nos distritos de Rua Nova e Cachoeirinha Braga. Antes, esses locais recebiam água por 15 dias e depois ficavam outros 15 dias sem abastecimento. Agora, o período foi diminuído para 10 dias de água e cinco sem.

Outro manancial que vem ganhando mais água é o de Canafístula II, que fica em Borborema. Além da chuva, o açude vem recebendo mais água desde que uma ação da Aesa e do Ministério Público da Paraíba (MPPB) destruiu barreiros clandestinos que impediam a água de chegar à barragem.

O resultado é que a água vem recarregando o açude cada vez mais rápido. No dia 20 de julho ele contava com 261,7 mil m³, do total de 4,1 milhões de m³ que pode armazenar. Nesta quinta, a Aesa contabiliza 765.339 mil m³, um aumento de 192% em 12 dias.

Com a melhora da situação, a Cagepa diminuiu o racionamento em Solânea e Bananeiras e as cidades estão recebendo água entre as 7h das segundas até as 7h das sextas. Segundo a assessoria de comunicação da Cagepa no Brejo, caso Canafístula continue a receber mais água nos próximos dias, o racionamento poderá ser suspenso.

Outros açudes

Ainda conforme a Aesa, dos 132 açudes monitorados pelo órgão sete estão sangrando, 67 estão com capacidade considerada normal (acima de 20%), 35 estão em observação (entre 19% e 6% capacidade) e 23 estão em situação crítica (abaixo dos 5%). A lista completa da situação dos açudes pode ser conferida aqui.

 

portalcorreio

 

 

Com recarga de barragem, Cagepa reduz racionamento para Bananeiras e Solânea

A partir desta terça-feira (30) a Cagepa altera o racionamento de água das cidades de Bananeiras e Solânea, passando a abastecer das 7h da manhã da segunda-feira até às 7h da manhã da sexta-feira, ficando o sábado e o domingo sem água.

Com a ocorrência de chuvas no Brejo, semana passada, a barragem de Canafístula 2, que atende os municípios, recebeu considerável recarga em seu nível, saindo de 6,4% antes das chuvas e atingindo 18,5% nesta terça (30).

De acordo com o gerente regional da Cagepa no Brejo, engenheiro Edson Almeida, a redução do racionamento só está sendo possível em razão das últimas chuvas registradas.

“Embora ainda não tenhamos a recarga desejável na barragem de Canafístula 2, o volume acumulado já nos permite melhorar a distribuição de água para Bananeiras e Solânea. As chuvas registradas nos permitiu adotar essa providência e esperamos que continue chovendo na bacia hidrográfica”, avaliou Edson.

A barragem de Canafístula 2 tem capacidade para armazenar pouco mais de 4,1 milhões de metros cúbicos de água.

 

 

portal25horas

 

 

Cagepa altera racionamento de água dos municípios de Araruna, Cacimba de Dentro, Bananeiras e Solânea

A região do Brejo, é a região mais fria da Paraíba, mas isso não significa que tenha fartura de água.

A região vem sofrendo há vários anos com a estiagem prolongada que tem atingido o Nordeste brasileiro e tem provocado falta d’água e um severo racionamento nos municípios da região.

A barragem Canafístula II que abastece os municípios de Cacimba de Dentro, Araruna, Bananeiras e Solânea tem atualmente apenas 6% de sua capacidade de armazenamento e está operando no chamado volume morto.

Tentando evitar o colapso total no abastecimento desses municípios a Cagepa tem feito um racionamento nos dias de abastecimento das cidades, nesta quinta-feira (4), o órgão anunciou como será o racionamento durante o mês de julho.

O município de Bananeiras será abastecido durante 16 dias com pausas entre eles, Solânea terá água nas torneiras durante 13 dias intercalados já os municípios de Araruna e Cacimba de Dentro terão água por apenas 8 dias durante todo o mês de Julho.

Bananeiras

Dias: 1, 2, 3 e 4

8, 9, 10 e 11

22, 23, 24 e 25

29, 30 e 31

Solânea

Dias5, 6 e 7

12, 13 e 14

19, 20 e 21

26, 27 e 28

Cacimba de Dentro

Dias: 1, 2, 3 e 4

22, 23, 24 e 25

Araruna

Dias: 8, 9, 10 e 11

28, 29, 30 e 31

Segundo a Cagepa se houver ocorrência de chuvas no mês de julho o racionamento pode ser alterado.

Ainda segundo a Cagepa, há o interesse de voltar a fazer o abastecimento pela barragem de Jandaia que está com o sistema parado a mais de um ano, é possível que ainda no mês de julho a barragem de Jandaia volte a operar para atender municípios como Araruna, Cacimba de Dentro, Dona Inês e Tacima, retirando assim a sobrecarga de Canafístula II

 

Do ExpressoPB / Por Tiago Costa 

 

 

Cagepa divulga calendário de racionamento de água para cidades do Brejo

A Gerência Regional da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) divulgou, nesta segunda-feira (27), o calendário de racionamento para as cidades abastecidas pela Barragem de Canafístula II no mês de junho.

De acordo com a gerência, o rodízio de datas para que os municípios tenham água nas torneiras é necessário por conta do baixo volume do reservatório, que atualmente está com apenas 6,4% de sua capacidade total.

A Barragem de Canafístula II abastece Solânea, Bananeiras, Araruna e Cacimba de Dentro e está operando com o volume morto.

Escala de racionamento

Solânea será abastecida nos seguintes dias: 1, 2, 3, 7, 8, 9, 15, 16, 17, 18, 19, 21, 22, 28, 29 e 30.

Bananeiras será abastecida nos seguintes dias: 10, 11, 12, 13, 21, 22, 23, 24 e 25.

Cacimba de Dentro receberá água nos seguintes dias: 21, 22, 23, 24 e 25.

Araruna será abastecida nos seguintes dias: 10, 11, 12, 13 e 14.

 

 

Redação FN

 

 

Vereadores tratam sobre os serviços da CAGEPA em Bananeiras

Durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Bananeiras, realizada na última terça-feira (26), o vereador Kilson Dantas (PSB), tratou sobre o serviço de abastecimento de água prestado pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA).

A falta d’água em nosso município é um problema que a tempo lutamos para tentar amenizar as dificuldades que sofrem nossa população. Durante anos nossa casa vem discutindo o tema e algumas medidas foram tomadas em parceria com o executivo local para ajudar a amenizar a falta de distribuição de água em algumas localidades do nosso município. O reservatórios não oferecem condições suficientes para atender a toda população e que há anos, vem sendo pauta de discussão e solicitações aos representantes da CAGEPA, para que os mesmos apresentem soluções ou possíveis estratégias que evitem um problema mais sério com relação ao abastecimento de água em nossa cidade, relata o presidente da Câmara Kilson Dantas.

Em apartes os vereadores Ramom Moreira (DEM), Marcelo Bezerra (PSB) e Pedro Batista(DEM), contribuíram com o tema em discussão, relatando os apelos da população, que solicitaram o auxílio de abastecimento por meio de carros pipas para as comunidades, justificando o não recebimento do abastecimento de água pela CAGEPA, citaram a falta de chuvas no decorrer dos últimos anos, que dificultam ainda mais o sistema de acumulo de água nos reservatórios da região.

Ascom-CMB

 

TCE-PB julga regulares contas da Cagepa e de mais três prefeituras municipais

O Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária, nesta quarta-feira (20), aprovou as prestações de contas anuais das prefeituras municipais de Cuité de Mamanguape, Barra de São Miguel e Barra de Santa Rosa. Regulares com ressalvas foram julgadas as contas da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba – Cagepa, relativas a 2016, sob a responsabilidade do gestor Marcus Vinícius Fernandes Neves.

A pedido do advogado, em virtude da impossibilidade justificada de presença na sessão, as contas da prefeitura de Campina Grande no exercício de 2016, gestão do prefeito Romero Rodrigues, foram adiadas para a próxima quarta-feira, assim como o processo que trata das contas do município de Sobrado (2015), com vistas ao conselheiro André Carlo Torres Pontes, e também de Santa Helena (2017), após a análise do relatório e a requerimento da defesa em plenário.

Os membros do colegiado deram provimento a um recurso interposto pelo ex-prefeito de Cachoeira dos Índios, Francisco Dantas Ricarte. As informações apresentadas em relação à regularidade das contribuições previdenciárias foram suficientes para modificar a posição da Corte e decidir pela emissão de parecer favorável. Rejeitado foi o recurso de reconsideração manuseado pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Aroeiras, que buscava reverter o acórdão pela irregularidade, no entanto, a Corte acatou as justificativas apenas para elidir o débito imputado.

O TCE realizou sua 2211ª sessão ordinária do Tribunal Pleno, sob a presidência do conselheiro Arnóbio Alves Viana. Contou com as presenças dos conselheiros Antônio Nominando Diniz Filho, Fernando Rodrigues Catão e André Carlo Torres Pontes. Também dos conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antonio Gomes Vieira Filho e Renato Sergio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo procurador Luciano Andrade de Farias.

Assessoria 

 

 

Aprovado reajuste de 2,9% na tarifa de água da Cagepa

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

A edição do Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (21), publicou resolução da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB) aprovando reajuste de 2,9% na tarifa de água da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa). A resolução foi publicada na página 11, do DOE.

De acordo com a resolução, o reajuste não afetará os consumidores cadastrados na tarifa social, e só passará a valer 30 dias após a publicação no Diário Oficial.

Os valores de serviços e multas praticados pela Cagepa também sofreram reajuste de 2,9%.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cagepa faz mudança na distribuição de águas para as cidades de Belém, Caiçara e Logradouro

A partir desta semana a CAGEPA regional do brejo informa aos consumidores do sistema de distribuição de águas do sistema lagoa do Mathias, terá modificações em sua distribuição de água.

O manancial Lagoa do Mathias que abastece as cidades de Belém, Caiçara, Logradouro e outras localidades e que também recebe água de Canafstula I. Que estava com sua distribuição apenas em semanas alternadas, por conta da estiagem dos últimos meses.

Na última segunda-feira (26/02) a CAGEPA divulgou, que com a melhora do nível de água no manancial, e essa alteração fez que os técnicos da empresa, modificassem o abastecimento ficando assim:

Belém, Caiçara e Logradouro: Segunda a Sexta-feira com a distribuição normal e nos fins de semana com o racionamento.

Com as chuvas dos últimos dias a oferta de distribuição melhora para a população destas cidades. A distribuição continua sendo da barragem Lagoa do Mathias e beneficiada também pela barragem de Canafístula I. A CAGEPA continua monitorando esses mananciais e esperando novas chuvas para os últimos dias.

Redação N1 com Rodrigo Sousa

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cagepa diz que vazamento não vai contaminar o Rio Gramame

Barragem de Gramame/ Foto: Rafael Passos

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira (9), a Diretoria de Operação e Manutenção da Cagepa disse que não há possibilidade de contaminação do Rio Gramame, referindo-se a um vazamento ocorrido nesta tarde, que lançou cerca de 40 mil litros de soda cáustica nas águas do rio.

“É importante destacar que a água distribuída pela Cagepa a partir da Estação de Tratamento de Gramame não foi afetada com o vazamento do equipamento, descartando assim, qualquer possibilidade de contaminação”, diz parte da nota.

Apesar do produto despejado não ter sido suficiente para causar danos ao meio ambiente, segundo a Cagepa, técnicos da Gerência de Controle de Qualidade da empresa estão monitorando o manancial e realizando testes para analisar a qualidade da água.

Confira a nota na íntegra

“A Diretoria de Operação e Manutenção da Cagepa informa que, por volta das 12h desta sexta-feira (9), um tanque cilíndrico que armazenava soda cáustica, utilizada no tratamento da água produzida na Estação de Tratamento de Gramame, apresentou um vazamento, que acabou carreando parte do produto químico às margens do Rio Gramame.

Tão logo tomou conhecimento do fato, a Cagepa encaminhou técnicos ao local, que, em pouco tempo, conseguiram conter o vazamento.

A Cagepa explica que a quantidade do produto despejado no rio não foi suficiente para causar danos ao meio ambiente. Apesar disso, técnicos da Gerência de Controle de Qualidade da empresa estão monitorando o manancial e realizando testes para analisar a qualidade da água.

É importante destacar que a água distribuída pela Cagepa, a partir da Estação de Tratamento de Gramame, não foi afetada com o vazamento do equipamento, descartando assim, qualquer possibilidade de contaminação.

Por fim, a Cagepa que já adotou todos procedimentos administrativos necessários para responsabilizar a empresa responsável pelo fornecimento do tanque cilíndrico, visto que o equipamento foi adquirido há pouco menos de cinco anos”.

Entenda o caso

Um vazamento lançou cerca de 40 mil litros de soda cáustica nas águas do Rio Gramame. A informação foi passada pela Defesa Civil, que fez um alerta aos moradores sobre o uso do rio, localizado na Grande João Pessoa.

A vazão, segundo da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), surgiu na estação de tratamento da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), localizada na cidade do Conde.

A Defesa Civil informou que até ser divulgado o aviso de normalização do rio, os moradores devem evitar o uso da água para banho e consumo.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br