Arquivo da tag: Botafogo-PB

Botafogo-PB vai a Maceió encarar CSA para se manter no topo do Nordestão

O Botafogo-PB volta a campo neste domingo (16) pela Copa do Nordeste para encarar o CSA de Alagoas. A partida será disputada no estádio Rei Pelé, em Maceio, às 18 horas.

Vice-líder do grupo B, o Belo vem de vitória na competição sobre o Náutico jogando no Almeidão na semana passada. No meio de semana, o time paraibano se classificou na Copa do Brasil ao empatar fora de casa com o Atlético da Bahia.

O Botafogo-PB está invicto na Copa do Nordeste, com uma vitória e dois empates, enquanto no Campeonato Paraibano venceu as duas partidas em que disputou.

Para enfrentar o Azulão do Mutange, o técnico Evaristo Piza não contará com o lateral direito Léo Moura (41) que será preservado após atuar nas duas últimas partidas.

Prováveis escalações

CSA

Thiago Rodrigues, Diego Renan, Leandro Souza, Leandro Castan e Rafinha;
Jean Cléber, Richard Franco, Allano e Renatinho;
Rodrigo Pimpão e Diego Maurício. Técnico: Eduardo Baptista.

Botafogo-PB

Samuel, Neilson, Fred, Luis Gustavo e Mário;
Rogério, Juninho e Rodrigo Andrade;
Dico, Lohan e Pimentinha. Técnico: Evaristo Piza.

Arbitragem

O árbitro Luiz Claudio Sobral comanda o jogo, tendo como assistentes Karla Renata Cavalcanti de Santana e Humberto Martins Dias Silva. O trio é de Pernambuco.

MaisPB

 

 

Botafogo-PB sofre, segura Atlético-BA e avança na Copa do Brasil

O Botafogo-PB estreou na Copa do Brasil de 2020 na noite desta quarta. No interior da Bahia, o Belo enfrentou o Atlético-BA e, jogando com o regulamento embaixo do braço, segurou o empate por 0 a 0, avança no torneio e embolsa R$ 650 mil.

Com a mesma escalação que venceu o Náutico, mesmo com a liberação de Everton Heleno para jogar, Evaristo Piza apostou no entrosamento para começar a partida.

A primeira boa chance do jogo veio aos 17 minutos. Kelvin avançou pela esquerda e tocou a bola para o meio da área. Ela passou por Lohan e pela defesa, mas quando ia chegar em Pimentinha, que estava livre na segunda trave, o arqueiro baiano interceptou e evitou o gol botafoguense.

Paraíba Online • Botafogo-PB sofre, segura Atlético-BA e avança na Copa do Brasil

Foto: Reprodução / GE-PB

A resposta dos donos da casa veio aos 26, quando Paulinho tocou da direita para o meio, a bola passou por todo mundo e Dedeco, da meia esquerda, bateu de primeira, de pé canhoto, e a bola passou raspando a trave esquerda de Samuel Pires.

Aos 37, a melhor chance. Vitinho recebeu passe dentro da área e, dentro da pequena área, bateu de pé esquerdo, mas o goleiro do Belo fez uma grande defesa para manter o zero no placar.

O time baiano pressionava e, aos 39, após cruzamento de falta da esquerda, Emílio subiu livre dentro da área, mas cabeceou fraco. Porém, a arbitragem já marcava impedimento na jogada.

Antes do fim intervalo, o atacante Kelvin levou a pior em uma dividida e foi atendido pela ambulância ainda dentro do gramado, parecendo ter sofrido uma luxação no braço esquerdo. O camisa 23 deixou o campo com o braço imobilizado e foi substituído por Dico.

Segundo tempo

Logo na volta do primeiro tempo, o Atlético mostrou que seguiria buscando a vitória. Aos 50 segundos, Dedeco bateu da meia esquerda e Samuel Pires caiu para fazer a defesa.

O time paraibano puxou bom contra-ataque aos 9 minutos, quando Mário saiu em velocidade e encontrou Rodrigo Andrade. O camisa 10 deu um drible da vaca no zagueiro, se atrapalhou com Pimentinha, e bateu da entrada da área de pé direito, mas em cima do goleiro, que defendeu em dois tempos.

Aos 25, Rodrigo Andrade chutou de longe e a bola explodiu no travessão do goleiro Fábio Lima, a melhor oportunidade do Belo no jogo.

Com os baianos cansados, aos 45, por muito pouco não saiu o gol botafoguense. Léo Moura foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Mário Sérgio, que mandou no travessão mais uma vez.

Ainda deu tempo de Everton Heleno encontrar Mário, vindo como elemento surpresa pela esquerda, que invadiu a área e bateu firme, cruzado, de canhota, mas Fábio Lima fez a defesa.

No minuto seguinte, a última chance do Atlético-BA. Após cruzamento da direita, Samuel Pires não saiu do gol e Jackson cabeceou por cima da meta.

Com o resultado, o Botafogo-PB aguarda o vencedor de Moto Club-BA x Fluminense para saber seu adversário na segunda fase da Copa do Brasil. O que se sabe é que será mais um jogo fora de casa. O time da Maravilha do Contorno volta a campo no domingo (16), às 18h, quando vai enfrentar o CSA-AL, fora de casa, pela Copa do Nordeste.

 

paraibaonline

 

 

Com Léo Moura em campo, Botafogo-PB sofre, mas vence Náutico pela Copa do Nordeste

Botafogo-PB e Náutico se enfrentaram, em João Pessoa, pela terceira rodada da primeira fase da Copa do Nordeste de 2020 na tarde deste sábado (08). Em um jogo bastante agitado e com duas expulsões no time pernambucano, o Belo contou com um gol anulado no fim do segundo tempo para segurar a vitória por 2 a 1, na estreia de Léo Moura com a camisa botafoguense.

Evaristo Piza, muito pressionado durante a semana por parte da torcida, decidiu arriscar na escalação inicial. Apesar de manter Juninho, bastante contestado, no meio-campo, o treinador, além da estreia de Léo Moura, colocou como titular o atacante Pimentinha, na vaga de Cássio Gabriel, retornando seu esquema clássico com três atacantes.

Nos primeiros minutos, a partida foi muito brigada e disputada no meio-campo. O Náutico buscava sair em velocidade pelos lados, e chegou com perigo aos 3 minutos, quando Erick fez boa jogada pela direita e cruzou para o meio. A bola passou por toda pequena área, mas ninguém empurrou para as redes, e Léo Moura saiu jogando.

A primeira chegada de mais perigo da partida veio aos 19 minutos, quando Pimentinha fez jogada pela direita e a bola sobrou na entrada da área, do lado esquerdo, para Kelvin, que bateu de direita no canto esquerdo de Jefferson, que fez ótima defesa mandando pela linha de fundo.

Na cobrança de escanteio, aos 20, Rodrigo Andrade mandou na área e Luís Gustavo subiu no terceiro andar para mandar firme, de testa, e estufar a rede alvirrubra para fazer a festa botafoguense na arquibancada. 1 a 0.

Paraíba Online • Com Léo Moura em campo, Botafogo-PB sofre, mas vence Náutico pela Copa do Nordeste
Foto: Josemar Gonçalves/ Botafogo-PB

O Timbu tentou a reação dois minutos depois. Jean Carlos cobrou escanteio na área e Diego cabeceou firme. Samuel Pires triscou na bola, que foi por cima da meta.

A partida ficou corrida e o Belo quase chega ao segundo. Após passe de Rogério, Mário recebeu na meia esquerda, penteou a bola para passar por Diego e bateu de bico, de pé esquerdo, mas a bola foi passou sobre o travessão.

Com o forte calor, somado ao pouco tempo de temporada das equipes, o ritmo caiu e novas chances não foram criadas até o intervalo, mas o Náutico tomou dois cartões amarelos, com Lucas e Diego.

Segundo tempo

Logo aos 6 minutos o Belo mostrou que veio para matar o jogo. Pimentinha entortou Diego e tocou para Lohan, que foi desarmado na hora do chute. No rebote, o camisa 9 foi calçado por Ronaldo Alves e o árbitro Denis da Silva Ribeiro marcou pênalti.

Na cobrança, aos 8, Rodrigo Andrade esbanjou categoria, esperando Jefferson cair do lado esquerdo e só rolar a bola, que entrou mansamente no canto direito, e anotou o segundo tento botafoguense.

Paraíba Online • Com Léo Moura em campo, Botafogo-PB sofre, mas vence Náutico pela Copa do NordesteA resposta pernambucana foi imediata. Um minuto depois, Jean Carlos recebeu na intermediária e chutou forte no canto esquerdo, sem chances para Samuel Pires, e diminuiu o placar.

Aos 11, a coisa se complicou para o Timbu. Diego fez falta dura em Lohan no meio-campo, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Com um a mais em campo, o time paraibano ainda assim foi encurralado pelo Timbu em alguns momentos, como próximo aos 30 minutos, quando cobrou quatro laterais seguidos dentro da área em sequência, todos pela esquerda, com Willian Simões, e a zaga tinha dificuldade para afastar.

Aos 31, Simões cruzou da esquerda com a bola rolando, a bola passou por todo mundo e chegou em Jefferson Nem, que bateu de primeira. A pelota atravessou toda pequena área e assustou a torcida na arquibancada.

O Náutico ainda teve o lateral-direito Bryan expulso por falta em Kelvin que lhe rendeu o segundo amarelo.

Foto: Josemar Gonçalves/ Botafogo-PB

Foto: Josemar Gonçalves/ Botafogo-PB

Ainda assim, com dois a menos, o alvirrubro ficava inteiro no campo de ataque e o Belo se defendia de qualquer maneira, fazendo faltas bobas na entrada da área. O Náutico chegou a ter um gol anulado aos 48, quando a auxiliar Fernanda Felix marcou falta de ataque no goleiro Samuel Pires.

Com a primeira vitória na Copa do Nordeste, o Botafogo-PB chega a 5 pontos e fica na terceira posição do Grupo A. O Belo volta a campo na quarta-feira (12), pela Copa do Brasil, contra o Atlético-BA. No dia 16, em Maceió, o time paraibano enfrenta o CSA-AL, pelo torneio regional.

O Náutico segue com 4 pontos, na liderança do Grupo B. Seu próximo compromisso no Nordestão será no sábado (15), no clássico pernambucano contra o Sport.

Ficha técnica

Botafogo-PB 2 x 1 Náutico

Copa do Nordeste 2020
3ª rodada – primeira fase
Estádio Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Denis da Silva Ribeiro; Maxwell Rocha da Silva e Fernanda Felix da Silva. Todos de Alagoas.

Gols: Luís Gustavo (B)
Cartões amarelos: Mário, Fred (B); Lucas, Diego, Dumas, Bryan, Rhaldney, Salatiel, Jean Carlos (N)
Cartões vermelhos: Diego, Bryan (N)

Botafogo-PB: Samuel Pires, Léo Moura, Fred, Luís Gustavo (Marcelo Xavier), Mário; Rogério, Juninho (Marcos Vinicius), Rodrigo Andrade; Kelvin, Pimentinha e Lohan (Mário Sérgio). Técnico: Evaristo Piza.

Náutico: Jefferson, Bryan, Ronaldo Alves, Diego, Willian Simões; Luanderson, Rhaldney, Jean Carlos; Erick (Dumas), Lucas (Jefferson Nem) e Paiva (Salatiel). Técnico: Gilmar dal Pozzo.

 

paraibaonline

 

 

Morte de passageiro leva CBF a adiar jogo entre Botafogo-PB e Atlético-BA

A morte de um passageiro levou a Confederação Brasileira  de Futebol (CBF) a cancelar o jogo previsto para acontecer nesta quarta-feira (5), em Salvador,  entre o Botafogo da Paraíba e o Atlético da Bahia pela Copa do Brasil.

O passageiro morreu  antes mesmo do voo sair da cidade do Rio de Janeiro com destino a João Pessoa. Esse mesmo voo, ao chegar na Capital, levaria os jogadores do Botafogo da Paraíba para Salvador.

Foto: Rede Social

Como não dava para os jogadores do Botafogo chegaram e tempo da partida, a CBF resolveu adiar o jogo para o próximo dia 12.

paraiba.com.br

 

 

Botafogo-PB joga mal e apenas empata com Confiança

Em duelo válido pela segunda rodada da Copa do Nordeste, Botafogo-PB e Confiança-SE empataram 1 a 1, na noite deste sábado (1), no Almeidão.

O jogo foi morno com ambos os times pouco ameaçando a meta adversária. Os dois gols saíram no segundo tempo. Jeferson Lima colocou o Dragão na frente, enquanto Dico empatou dois minutos depois.

Com o resultado, o Confiança assume a liderança do Grupo B momentaneamente. O Belo é 6° no A.

Próximos jogos

Botafogo-PB e Confiança-SE voltam a campo na próxima quarta-feira (05). Pela Copa do Brasil, o Belo visita o Atlético de Alagoinhas-BA, no Carneirão, em Alagoinhas. O time proletário, por sua vez, enfrenta o América de Pedrinhas, no Batistão, em Aracaju. Os duelos ocorrem às 20h30 e 20h15, respectivamente.

 

Foto: Ascom/Botafogo

MaisPB

 

 

Aeroporto lotado, festa, e corredor humano: Botafogo-PB apresenta o lateral Léo Moura

O saguão do Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa, ficou lotado. A festa foi grande para recepcionar Léo Moura no começo da tarde desta sexta-feira. Cantos entoados, batuque e um corredor humano da torcida do Botafogo-PB para o lateral após sair da porta de desembarque. O momento teve direito a muitas selfies e vídeos.

Léo Moura recepcionado pela torcida no aeroporto de João Pessoa — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Léo Moura recepcionado pela torcida no aeroporto de João Pessoa — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

No aeroporto, cerca de 2 mil torcedores, segundo estimativa do marketing do clube (a Polícia Militar da Paraíba informou que não levanta esse dado por ser uma área da Infraero), recepcionaram Léo Moura, que não deu entrevista. Ele seguiu para o CT do Botafogo-PB, onde foi apresentado oficialmente e conversou com a imprensa.

– Nunca passei por um momento desse de ser recebido dessa forma. Fiquei muito feliz e emocionado. Agradecer a todos que foram no aeroporto. Espero que dentro de campo possa fazer o que essa torcida espera. Toda a diretoria que fez esse esforço em me trazer aqui. O primeiro contato foi com Warley (Santos, ex-Selecão, Grêmio e São Paulo, que hoje é gerente de futebol). Obrigado, Warley. Ele foi o cara que começou e depois falou com o presidente, treinador, a diretoria inteira. Fico feliz em acreditarem em mim. Pode ter certeza que vou fazer o máximo para dar alegria a todos vocês.

Lateral na entrevista coletiva no CT ao lado da diretoria do Botafogo-PB — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco

Lateral na entrevista coletiva no CT ao lado da diretoria do Botafogo-PB — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco

O lateral-direito de 41 anos, com passagens marcantes por Grêmio e Flamengo, falou sobre em qual posição vai atuar no Botafogo-PB: no setor de origem, onde construiu uma carreira vitoriosa, ou no meio?

– Tanto na lateral, como no meio, vou ajudar de qualquer forma. Vou conversar com o treinador, onde ele prefere que eu coloque meu futebol à disposição. Esperar para que ele decida. Gosto muito de jogar na lateral. Toda minha carreira pude jogar e desfrutar daquilo que eu sei fazer que é jogar futebol. Mas se precisar também de mim no meio também me sinto muito bem em jogar. Agora está nas mãos do treinador. O que ele decidir vou acatar.

Léo Moura distribui brindes para a torcida na apresentação — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Léo Moura distribui brindes para a torcida na apresentação — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Léo Moura vai vestir no Botafogo-PB a camisa 88 em alusão ao ano que o clube vai completar de história em 2020. Mas também tem outros significados para ele:

– É um número que gosto também, é o ano de nascimento da minha esposa e tive a felicidade de vestir a camisa 88 no Grêmio e conquistar títulos. Acredito que aqui não vai ser diferente, pode ter certeza.

Depois da entrevista coletiva, o jogador foi apresentado no gramado do CT com direito a muitos fogos e saudações da torcida nas arquibancadas. No começo da noite, Léo Moura participa de uma ação dentro de um shopping, no bairro de Mangabeira, com direito a fotos e autógrafos para sócios-torcedores.

Jogador vai vestir a camisa 88 no clube paraibano — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

Jogador vai vestir a camisa 88 no clube paraibano — Foto: Josemar Gonçalves/Botafogo-PB

 

GE

 

 

É do Botafogo-PB! Léo Moura assina com novo clube e revela quanto tempo ainda espera jogar

Léo Moura tem um currículo invejável. Conquistou quase todos os títulos possíveis no futebol e passou por grandes clubes do país, como Flamengo, São Paulo, Fluminense e Grêmio. De acordo com apuração do GloboEsporte.com, o lateral-direito de 41 anos vai vestir uma nova camisa e já assinou contrato com o Botafogo-PB, está motivado, e nem pensa, por enquanto, em parar de jogar.

– Está cedo ainda (para a aposentadoria). Acredito que mais uma ou duas temporadas ainda consigo – resumiu Léo Moura para o site Tip Star News.

Léo Moura não pensa na aposentadoria agora aos 41 anos; Último clube foi o Grêmio em 2019 — Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

Léo Moura não pensa na aposentadoria agora aos 41 anos; Último clube foi o Grêmio em 2019 — Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

O jogador vai ser confirmado como novo jogador do Botafogo-PB nesta segunda-feira. O presidente do clube, Sérgio Meira, convocou uma entrevista coletiva, no CT do clube, às 15h, para divulgar os resultados finais da negociação. Léo Moura, inclusive, já faz campanha para os torcedores virarem sócios do clube.

O lateral jogou até o fim de 2019 no Grêmio, onde fez 23 jogos. Léo Moura tem passagens por times de destaque do Brasil, como o Flamengo, onde virou ídolo e teve como principais feitos os títulos do Brasileirão (2009) e da Copa do Brasil (2006 e 2013). Pelo Tricolor gaúcho, ajudou nas conquistas da Libertadores (2017), da Recopa Sul-Americana (2018) e de dois Gauchões (2018 e 2019).

Léo Moura conquistou vários títulos pelo Flamengo — Foto: André Durão

Léo Moura conquistou vários títulos pelo Flamengo — Foto: André Durão

 

GE

 

 

Em meio a negociações, Léo Moura convida torcedores do Botafogo-PB a ingressar como sócio do time

O jogador Léo Moura apareceu em um vídeo nas redes sociais do Botafogo-PB convocando o torcedor a ingressar como sócio do time.

Léo Moura está em momento de negociação para atuar na temporada 2020 no time paraibano.

De acordo com a diretoria do Belo, o jogador que já atuou em times como Flamengo e Grêmio pode assinar contrato com o time paraibano e a resposta final será dada até às 15h da próxima segunda-feira (27).

 

clickpb

 

 

Botafogo-PB inicia conversas para selar contratação de Léo Moura, ex-Fla e Grêmio

O lateral direito Leonardo Moura pode ser o próximo reforço do Botafogo da Paraíba para a temporada deste ano. A diretoria do clube já iniciou os contatos com o atleta e a contratação está encaminhada.

Aos 41 anos de idade, Léo Moura já teve passagens pelos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro (Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco), e na última temporada vestiu a camisa do Grêmio, de Porto Alegre. O jogador também já defendeu a Seleção Brasileira.

As informações foram repercutidas pelo comentarista esportivo da TV Arapuan, Professor União, durante o programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM desta quinta-feira(23).

paraiba.com.br

 

 

Botafogo-PB lidera desvio de recursos públicos

Alvo principal da Operação Cartola, que investigou manipulação de resultados no futebol paraibano, o Botafogo-PB foi o clube que mais desviou recursos públicos do Gol de Placa. 

Um relatório obtido pela reportagem do Portal MaisPB, realizado pelos órgãos controladores do Estado, aponta que entre 2015 a 2018, a quantidade de trocas de notas fiscais por ingressos do programa governamental chegou a mais de um milhão. Entre este período, a injeção financeira do Governo da Paraíba no futebol local foi de R$ 14 milhões.

Maior vencedor do futebol paraibano desde 2013 (com cinco títulos estaduais e um nacional), ano em que o então governador Ricardo Coutinho (PSB) alterou as regras do programa, o prejuízo causado pelo Botafogo ao erário foi de R$ 3.233.560,00. Mais de um milhão de reais por meio de documentos fiscais com numeração inválida ou inexistente.

Os desvios se estendem, em menor escala, a outros quatorze clubes:

Campinense (R$ 2.015.980,00)
CSP (R$ 829.180,00)
Atlético de Cajazeiras (R$ 780.620,00)
Sousa (R$ 766,610,00)
Treze (R$ 618.370,00)
Auto Esporte (R$ 599.950,00)
Serrano (R$ 564.770,00)

Paraíba (R$ 397.850,00)
Nacional de Patos (R$ 223.800,00)
Desportiva Guarabira (R$ 223.800,00)
Santa Cruz (R$ 211.300,00)
Internacional (R$ 208.760,00)
Esporte de Patos (R$ 139.200,00)
Lucena (R$ 165.300,00)

Desta forma, o desvio de dinheiro público no futebol paraibano não chega a quase R$ 10 milhões, conforme noticiamos no último dia 6, mas sim a quase R$ 11 milhões.

O Gol de Placa está suspenso pelo Governo do Estado desde janeiro, após uma série de fraudes no cadastramento do sistema do programa ser revelada pelo jornal Folha de S. Paulo.

Pessoas que nunca vieram à Paraíba, elevado número de trocas por cidadão octogenário e falecidos, eram cadastradas como torcedores na troca de notas fiscais por ingressos.

Neste dois últimos casos, o Treze é o campeão em apresentar trocas de notas fiscais por ingressos provenientes de CPFs de pessoas já falecidas e de pessoas de idade superior a 85 anos, totalizando um desvio de R$ 66.730,00 a R$ 50.081,00 do Botafogo-PB.

Ao burlar as regras, os clubes conseguiam aumentar o número de torcedores em seus jogos, por meio do borderô, e justificar um montante superior de repasse da empresa patrocinadora do programa.

No último dia 6, o Governo da Paraíba abriu um Procedimento de Investigação Preliminar (PIP) para apurar ilicitudes cometidas pelos clubes. O ato é realizado em conjunto pela Controladoria Geral do Estado e pela Secretaria da Fazenda.

Após o PIP, passa-se ao PAR (Processo Administrativo de Responsabilização) e posteriormente ao acordo de leniência – saída encontrada para os clubes que alegam estar em colapso financeiro.

Os envolvidos poderão ser denunciados pelo Ministério Público da Paraíba pelos crimes de Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro.

Maurílio Júnior – MaisPB