Arquivo da tag: bloqueadas

Mais de 5 mil CNHs foram bloqueadas na Paraíba em 2018

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), em um ano e meio 5.152 condutores tiveram as Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) bloqueadas.

Os números são referentes ao ano de 2018 e aos seis primeiros meses deste ano. No mesmo período, apenas 1.152 foram liberadas no mesmo período, após os motoristas regularizarem a situação.

O bloqueio acontece quando o condutor ultrapassou a pontuação máxima permitida pela lei; por força judicial; medidas administrativas e também por morte do condutor.

Na Paraíba, a pontuação é o maior motivo de bloqueio da CNH, o caso ocorre quando o condutor ultrapassa os 20 pontos na CNH ou porque os condutores cometeram infrações com este tipo de punição expressa no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

T5

 

 

Prefeitos de Araruna e Areia tomam posse com contas das prefeituras bloqueadas

fpm-bloqueadoNa Paraíba, 26 seis prefeitos eleitos e reeleitos tomaram posse neste domingo (1º) e começaram a gestão nesta segunda-feira (2) sem dinheiro em caixa, já que, as contas bancárias foram bloqueadas por determinação do Tribunal de Contas da Paraíba.

O bloqueio foi realizado nesta quinta-feira (29) após análise das informações contidas nos relatórios nas quais foram constatadas irregularidades e inconsistências nos balancetes enviados no mês de outubro/2016.

Em ofício endereçado aos bancos pelo presidente em exercício, conselheiro André Carlo Torres Pontes, o TCE-PB ressaltou que deve ser assegurado o pagamento dos salários de todos os servidores dessas prefeituras.

Segundo o TCE-PB, o desbloqueio total das demais disponibilidades financeiras fica condicionado à correção das inconsistências e à apresentação da documentação com os respectivos comprovantes da despesa (devidamente digitalizados), referenciadas no balancete mensal de outubro.

A prefeituras que tiveram as contas bloqueadas são: prefeituras de Alagoa Grande, Amparo, Araruna, Areia, Belém do Brejo do Cruz, Caapora, Cachoeira dos Índios, Cajazeiras, Catingueira, Conde, Fagundes, Igaracy, Itabaiana, Lagoa, Lagoa Seca, Lastro, Mato Grosso, Patos, Pilõezinhos, Pombal, Salgadinho, Santa Rita, São Bento, São José do Espinharas, Serra Branca, e Sousa.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Priples sai na frente das empresas bloqueadas pela justiça e começa a ressarcir seus divulgadores, diz Dono

priplesMesmo com a Priples Bloqueada pela Justiça, Henrique Lima dono da Priples agora com a Offertania postou na noite dessa terça-feira 14, uma nota na Fan Page da empresa comunicando a decisão de ressarcir os seus associados/priples.
A Priples, empresa de anúncios virtuais tem cerca de 200 mil associados, está estava proibida de fazer pagamentos e cadastrar novos integrantes. Os sócios foram presos. A Justiça de Pernambuco aceitou a denúncia, feita pela polícia, de que o negócio tratava-se de uma pirâmide financeira.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Veja a Nota

oparalelocampestre

Site do Acre diz que Telexfree já desviou 120 milhões de reais das contas bloqueadas pela justiça

TELEX-FREEO caso Telexfree ainda rende e nesta terça-feira, 25, sugiram dois fatos novos: o primeiro é que o montante desviado das contas que estão bloqueadas pela justiça do Acre pode ultrapassar os 120 milhões de reais e, a segunda é a de que os promotores de justiça que acompanham o caso suspeitam que dois dos diretores do grupo Ympactus Comercial Ltda – Telexfree -, já fugiram do País.

No Ministério Público do Acre nenhum promotor ou procurador quer falar sobre o caso, alegando que “qualquer vazamento de informações poderá comprometer as investigações que estão ainda em andamento”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mas também o caso tem duas boas notícias: a primeira é a de que nenhum dos investidores (divulgadores) será denunciado ao fisco e, a segunda, é a de que o Ministério Público do Acre pedirá a justiça o ressarcimento em parte ou total  dos valores depositados em nome da Telexfree. Pelas informações não oficiais, ainda há em conta corrente em nome da Telexfree a importância de 800 milhões de reais.

Confira a notícia na íntegra; AQUI

Fonte: AC24horas

Confira os 19 municípios da PB que tiveram contas bloqueadas pelo Tesouro Nacional por débito com INSS e Pasep


Todos esses municípios fizeram parcelamento de seus débitos com o Pasep e o INSS. No momento na negociação, eles fizeram um primeiro pagamento e se comprometeram a pagar o restante do débito em parcelas iguais.

A Secretaria do Tesouro Nacional bloqueou os repasses da cota do Fundo de Participação dos Municípios de 19 municípios da Paraíba por débitos eles possuem com o Pasep e INSS. Na maioria dos municípios o bloqueio foi feito no último dia 13, em Brasília.
Os municípios de Araruna, Cacimba de Dentro, Caiçara, Condado e Damião estão com o FPM bloqueado por conta de débitos com o INSS. Já outros 14 municípios tiveram o FPM bloqueado por terem débitos com o Pasep. São eles: Alagoa Grande, Casserengue, Condado, Cruz do Espírito Santo, Ingá, Itatuba, Jericó, Mari, Mulungu, Nova Palmeiras, Pilões, Solânea, Tacima e Teixeira.
Todos esses municípios fizeram parcelamento de seus débitos com o Pasep e o INSS. No momento na negociação, eles fizeram um primeiro pagamento e se comprometeram a pagar o restante do débito em parcelas iguais.
No caso dos débitos com o INSS, a Superintendência do órgão na Paraíba não comunicou à Secretaria do Tesouro Nacional o parcelamento das dívidas. Por isso a STN, como não tinha informações sobre o parcelamento, determinou o bloqueio dos repasses da cota do FPM que seria depositada na conta do município no dia 20.
De todos os municípios da Paraíba o caso mais grave é o da Prefeitura de Condado. Desde março deste ano que o município está com as contas bloqueadas. O prefeito Eugenio Pacelli De Lima, PC do B, já recorreu até à Justiça Federal, mas não conseguiu o desbloqueio da conta do município.

Zé Euflávio/GiroPB
Focando a Notícia