Arquivo da tag: blinda

CBF blinda entrada de líderes religiosos na Granja Comary

religiãoIIDesde a Copa de 1990, pelo menos, as concentrações da seleção brasileira foram redutos de cultos e orações de jogadores e comissão técnica.

Entre os Mundiais de 2002 e 2010 até um pastor frequentou os locais de preparação do time nacional. Mas, nesta Copa, a seleção brasileira se afastou da religiosidade.

A Granja Comary está blindada de líderes religiosos e não foi sede de nenhum culto ou de oração conjunta.

O cenário de 2014 é bem diferente das Copas anteriores.

Segundo o coordenador técnico da CBF Carlos Alberto Parreira, a religiosidade está tão afastada desta seleção brasileira que a comissão técnica da CBF sequer sabe a religião de seus jogadores.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na primeira semana de preparação para a Copa, a CBF recebeu a informação que um pastor rondou a Granja Comary e tentou entrar no QG da seleção para realizar cultos com os atletas.

Trata-se de Anselmo Alves, pastor evangélico que esteve nas três últimas Copas. Ele foi ao Mundial da Ásia, da Alemanha e da África do Sul para fazer reuniões com jogadores como Lúcio, Kaká e, em 2010, até com Jorginho, auxiliar-técnico de Dunga, então treinador da seleção.

Anselmo, entretanto, não conseguiu se encontrar com os jogadores da seleção de Neymar e companhia.

Alguns atletas do time nacional são religiosos, mas optaram por não carregar para esta Copa a tradição que vem desde o Mundial da Itália, quanto, Alex Dias Ribeiro, ex-piloto de F-1 e membro dos Atletas de Cristo, se aproximou da seleção para orar. Alex foi também às três Copas seguintes.

Em 1994, houve até pedido do capitão Dunga para que a equipe ficasse afastada dos cultos religiosos. Desta vez, não há qualquer tipo de restrição de jogadores e da comissão técnica a reuniões para orações. O distanciamento dos atletas dos cultos é tratado como um fato natural.

Jogadores como Fred, Neymar e Paulinho são religiosos. Eles optam, porém, por se reunir para outros tipos de atividade como para jogar video-game e para tocar pagode.

VETO DA FIFA À RELIGIOSIDADE

A Fifa proíbe manifestações religiosas durante jogos desde a Copa do Mundo de 2010. Seja em comemorações, mas principalmente em camisas -quando os jogadores levantam o uniforme oficial e há mensagens por baixo.

Caso um jogador não respeite a regra, ele pode ser multado, com valor variável, e até suspenso.

Para o Mundial deste ano, a Fifa também proíbe qualquer manifestação publicitária. Os árbitros também estão orientados a, se notarem durante o jogo esses tipos de atitudes, puni-los já durante a partida.

A CBF está atenta a possibilidade de perder atletas e o tema foi discutido na palestra sobre arbitragem realizada na sexta-feira (30) na Granja Comary pelo ex-árbitro Arnaldo César Coelho.

folha da copa