Arquivo da tag: beijo

‘Rezei para saírem dessa vida’, diz idosa que ganhou beijo de assaltante

A idosa Júlia Rodrigues de Oliveira, que ganhou beijo de um assaltante durante roubo a um comércio em Amarante, a 160 km de Teresina, contou não ter sentido medo e que rezou para os autores do crime. Aos 81 anos, essa foi a primeira vez que ela testemunhou um assalto.

Dona Júlia foi até o comércio comprar um desinfetante para limpar o terraço de casa. Durante o atendimento, os dois suspeitos entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto. Ela achou que a ação se tratava de uma brincadeira até que o outro suspeito entrou no estabelecimento pedindo dinheiro.

“Meu Jesus, eu nunca tinha visto uma coisa dessas. Comecei a rezar, dizendo para Deus amparar eles, que saíssem daquela vida e é por isso que o cara mandou ele me beijar, porque eu estava colocando eles no céu. Pedi a Deus para tocar no coração deles”, contou a idosa.

Ao G1, a idosa revelou ter problema de pressão e às vezes chega a desmaiar, mas durante o roubo ficou com o corpo paralisado e, por isso, não sentiu o beijo do assaltante. Dona Júlia chegou a estender a mão para entregar dinheiro ao criminoso, mas ele recusou.

“O dinheiro e chave estavam em minhas mãos, que direcionei para frente. Ele com o rabo de olho disse: eu não vou mexer com a senhora não. Eu não senti medo, porque para mim estava ali em pé uma pessoa como eu. Também não senti o beijo que ele me deu, só percebi depois de assistir o vídeo. Se eu tivesse sentido tinha desmaiado, gritado, mas Deus paralisou o meu corpo, só não paralisou minha língua porque eu fiquei falando de Deus”, disse.

Um funcionário do comércio, que preferiu não se identificar, contou que o assaltante negou o dinheiro de dona Júlia porque não assaltava ‘velhinhos’. “Ele falou: não vó, eu não roubo dinheiro de velhinho não. Depois a beijou na testa”.

Para dona Júlia, o beijo do assaltante não foi por maldade. Ela acredita que a ação tenha sido uma resposta às palavras que ela estava dizendo para o autor do crime. “Que as minhas palavras ficassem na cabeça dele e mudasse o seu jeito”, declarou.

O proprietário do comércio, Samuel Almeida, ainda não conseguiu registrar boletim de ocorrência do assalto ocorrido na terça-feira (15) porque a delegacia ficou sem energia na tarde de quarta-feira (16) e nesta quinta estava fechada.

A Polícia Militar informou não ter identificado os suspeitos, mas que eles foram vistos em outros assaltos na região. A Polícia Civil deve investigar o caso.

 

G1

 

 

Cientistas acreditam que receber beijo de cão pode trazer benefícios à saúde do dono

cachorroSerá que receber um beijo do seu cachorro pode fazer bem à sua saúde? Cientistas da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, querem provar que sim. Eles acreditam que os microrganismos do intestino de um cão podem ter efeitos positivos sobre os corpos de seus donos. As informações são do site Daily Mail.

E para provar que suas suspeitas são verdadeiras, os cientistas estão recrutando voluntários para participar de um estudo que irá testar essa teoria. A pesquisa irá focar no efeito que os cachorros têm na saúde de pessoas acima de 50 anos. Os participantes irão receber em sua casa a companhia de um animal durante três meses.

O sistema digestivo humano habita mais de 500 tipos diferentes de bactérias, tanto boas quanto ruins. Os probióticos, por exemplo, são geralmente microrganismos que ajudam a manter o intestino sudável, como os presentes em iogurtes, e ainda ajudam na digestão dos alimentos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Por isso, os pesquisadores irão explorar se viver ao lado de um cachorro – e receber beijinhos de seus companheiros – incentiva o crescimento de microrganismos bons no intestino humano e se é o suficiente para melhorar a saúde física e mental de adultos mais velhos.

 

 

nordeste1

Após beijo gay e boicote de evangélicos, Babilônia despenca

novelaA novela Babilônia vem registrando péssimos índices de audiência para o padrão que a TV Globo se acostumou a alcançar no horário das 21h com seus folhetins, e boa parte dos jornalistas especializados atribui o fato a um boicote dos evangélicos.

A substituta de Império estreou no dia 16 de março com 33 pontos de audiência, e na terça-feira, marcou 32 e no dia seguinte, 29 pontos segundo medição do Ibope. Como comparação, o último episódio da novela do comendador e sua trupe havia marcado 44 pontos.

Segundo o site TV Foco, os números alcançados no terceiro episódio de Babilônia são inferiores até mesmo aos da novela Em Família, de Manoel Carlos, que foi considerada como a de mais baixa audiência na história da Globo. Em seu terceiro capítulo, Em Família havia alcançado 29,2 pontos, já Babiônia conquistou apenas 26,4 pontos de média, com 28,2 de pico.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Não é um número bom para a semana de estreia. Dizem (nos bastidores) que o público mais conservador está fugindo da novela, principalmente os evangélicos (que já estariam organizando um boicote à trama). A cena do beijo entre Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathália Timberg) teria sido o principal problema”, escreveu a jornalista Janaína Nunes, no portal Yahoo!.

O título e o conteúdo da novela escrita pelo trio Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes recebeu muitas críticas de alguns dos principais líderes evangélicos pentecostais, como os pastores Silas Malafaia e Marco Feliciano.

Malafaia disse que a TV Globo “é a principal patrocinadora do homossexualismo” no Brasil, criticando a cena em que duas personagens lésbicas se beijam. Já Feliciano destacou que “não assiste novela” e observou que poderia processar a emissora: “A Globo já demonstrou seu apadrinhamento ao movimento gay. Virou moda. O público é adulto, eu ficaria preocupado e agiria nos rigores da lei caso fosse passado em horários onde crianças tivessem acesso”.

Nas redes sociais, começam a circular imagens incentivando os evangélicos a boicotarem a novela justamente por causa de seu conteúdo. “Apologia ao mal. Produzida para destruir famílias. Compartilhe, não dê espaço para esta ameaça com cara de diversão. Não assista”, incentivou o senador Magno Malta (PR-ES).

Mais Gospel

Oito coisas que podem arruinar um beijo

casalAh, beijar, um dos melhores passatempos do amor. Não há nada como quando você se sente à vontade para embarcar na paixão de bom grado, e vê aquele rosto maravilhoso se aproximando de você e… deixando tudo babado! Caramba. Mas um bom beijo que deu errado é uma coisa que praticamente todo mundo já teve que lidar. E você, nunca? Então confira oito formas diferentes que a Glamour encontrou de as coisas desandarem e faça o seu melhor na próxima ficada.

1. Babar demais. P***! Caras que exageram na saliva destroem todo o romance de beijar. Temos que admitir: excesso de baba na cara da guria pode apagar facilmente a chama da luxúria, em vez de alimentá-la.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

2. Língua de lagarto. Apenas vai pra frente e pra trás sem ritmo ou razão. É viscosa. Argh! Coisas ruins à frente. Na verdade, ruim se torna pior se a língua estiver seca.


3. Ter bafo. Seja o seu ou o dele. Talvez você simplesmente sentiu cheiro do macarrão com alho que comeu no almoço bem na hora ele está se aproximando para o grande momento. Talvez ele tenha arrotado cerveja a noite toda. Quão rápido a promessa de algo tão doce se torna tão amarga.

4.Apalpar. Você mal conhece o cara e ele já está tentando por a mão na sua calcinha. Nada legal, cara. Tsc, tsc.

5. Abrir os olhos. Você abre os olhos por um segundo e flagra o mané te encarando de volta. Tipo, assistindo seu rosto. Wtf? Isso é um concurso de quem consegue encarar mais ou o quê? Uma coisa é você ter momentos em que ambos encostam as testas, narizes ou outros movimentos adoráveis. Mas beijar com os olhos abertos pode ficar um pouco, digamos, estranho.


6. Língua demais. Quando está a meio caminho da sua garganta, a língua de alguém parece o suficiente pra bloquear a sua respiração.

7. Gemer. Se você está realmente a fim do cara, isso pode ser maravilhoso. É um sinal de que as coisas provavelmente estão prestes a alcançar outro nível, ou pelo menos que ele realmente quer você. Se vocês estiverem ainda se conhecendo o cara gemer como se estivesse num set pornô, lembre-se que ninguém vai te culpar se você sair correndo.

8. Bater os dentes. Veja, isso acontece com os melhores casais. Bater um pouco os dentes de vez em quando, tudo bem. Mas se vocês vivem batendo os dentes um no do outro, alguém vai acabar na cadeira do dentista. E esse não é o melhor cenário para um beijo.


Agora, para ter aquele beijo maravilhoso que mencionamos no começo: esfolie seus lábios antes de cada encontro. Na verdade, faça isso todo dia; porque ter lábios que parecem núvens simplesmente vai fazer sua alma se sentir mais feliz. Você pode comprar um esfoliante labial, ou simplesmente fazer por conta com óleo de coco ou açúcar mascavo. Compre uma escova de dentes nova e escove seus lábios em círculos com a mistura. A suavização instantânea.

E você, o que você acha que pode estragar um bom beijo? Tem algumas dicas pra dividir com a gente? Comente!

 

Yahoo

Bebê morre após pegar herpes através de beijo ainda no hospital

 

Foto: Reprodução/ Facebook
Foto: Reprodução/ Facebook

Um bebê de menos de 24 dias morreu após contrair o vírus da herpes ainda no hospital. A pequena Eloisa Lampton nasceu no dia 1 de novembro, em Queensland, na Austrália, e morreu na semana passada, no Hospital Brisbane’s Mater. Segundo o Daily Mail, os médicos acreditam que a recém-nascida tenha sido infectada ainda no hospital, através de um beijo dado por alguém que estava com afta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Eloisa começou a perder peso após alguns dias em casa e precisou voltar a ser internada. Para tentar descobrir o que causava a perda de peso, a equipe médica a sedou e conectou a um aparelho que ficou responsável por bombear o sangue. “Nós visitávamos ela todos os dias e era devastador vê-la daquele jeito. Ela estava completamente sedada, mas nós a tocávamos e ela tentava segurar a nossa mão”, disse Sarah Pugh, mãe do bebê, ao Daily Mail.

 

Após dois dias de investigação, a família foi informada que a doença era causada pelo vírus da herpes. “Eu fiquei chocada. Foi horrível saber que ela nasceu saudável e aí isso tudo aconteceu. Os médicos acreditavam que eu poderia ter transmitido a doença, mas os exames deram negativo. O vírus foi transmitido através de uma afta. É preciso ter contato – através de beijo ou toque. Nós não recebemos visitas no hospital. Qualquer um pode ter transmitido”, contou Sarah, que tem mais três filhos com o marido.

 

 

 

Sarah e o marido visitaram a filha caçula todos os dias durante o tempo em que ela ficou internada
Sarah e o marido visitaram a filha caçula todos os dias durante o tempo em que ela ficou internada Foto: Reprodução/ Facebook

 

 

 

Apesar da torcida para que Eloisa se recuperasse, a pequena pegou uma infecção hospitalar e os médicos informaram que não poderiam fazer mais nada. “Ela teve uma grande lesão no cérebro, os órgãos estavam parados e eles não tinham certeza se ela conseguiria se recuperar. Ela lutou muito até o fim. Em uma semana, nos disseram cinco vezes que ela ia morrer. E ela sobreviveu todas as vezes. Ela desafiou as estatísticas. Ela lutou muito”, afirmou a mãe, que conseguiu amamentar a caçula pela última vez.

 

“Eles retiraram os aparelhos dela e consegui amamentá-la até que ela morresse. Foi lindo amamentá-la nesse momento”, recordou Sarah, que espera que outros pais fiquem mais atentos sobre o vírus da herpes e como ele pode infectar bebês recém-nascidos. “Às vezes você nem sabe que está com uma afta. Você nunca sabe o que pode acontecer. E não são só as aftas. Qualquer vírus pode fazer isso com um bebê”, alertou.

Extra

Vereadora de João Pessoa detona beijo gay e dispara: “o PSOL só vê vagina e pênis”

Eliza VirgíniaA vereadora de João Pessoa, Eliza Virgínia (PSDB), criticou a exibição do beijo gay no guia eleitoral do PSOL na última semana. Segundo a vereadora, que também disputa as eleições como candidata a deputada estadual, “esse pessoal [do PSOL] só vê vagina e pênis andando por aí”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Para Eliza, não havia necessidade alguma em se mostrar um beijo gay na TV, principalmente em horário nobre, quando as famílias e, principalmente, as crianças estão em frente à televisão.

A parlamentar também criticou as ONGs ligadas ao movimento gay e as acusou de serem “heterofóbicas”.

Alexandre Freire – MaisPB

‘O amor une a homofobia, não’: MEL lança primeiro comercial com beijo gay da TV brasileira

homofobia-naoO Movimento do Espírito Lilás (MEL) em parceria com o Ministério Público do Trabalho inovou ao veicular o primeiro comercial com beijo gay da TV brasileira.

Intitulado de ‘o Amor Une, a Homofobia Não’, a nova campanha da ONG Mel foi lançada nesta sexta-feira, dia 16 de maio, em alusão ao Dia Internacional de Combate à Homofobia, que é comemorado no dia 17 de maio.

Reafirmando que o respeito à diversidade é dever de todos, independente de orientação sexual e da identidade de gênero, o movimento também apresenta a homofobia como um problema que acaba famílias, separa pessoas e destrói vidas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As inserções do vídeo ocorrerá em todos os canais da mídia televisiva paraibana.

Assista:

 

Paraiba.com com Assessoria

 

Atendendo ao apelo do público, Globo encerra “Amor à Vida” com beijo gay entre Félix e Niko

(Foto: Amor à Vida/TV Globo)
(Foto: Amor à Vida/TV Globo)

Quase dez anos após ter gravado e suprimido na edição o beijo gay da novela “América” (2005), a Globo optou por exibir o desfecho romântico entre dois homossexuais em “Amor à Vida”, nesta sexta-feira (31).

O beijo entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso), que virou tema de campanha na internet, encerrou a trama do autor Walcyr Carrasco.

 

 

 

CURTA O FOCANDO O ESPORTE NO FACEBOOK

 

 

 

Foi o primeiro beijo de amor entre dois homens exibido por uma novela da Globo.

Sua exibição coroou a guinada para o bem de Félix, que era o vilão do folhetim.

“De fato, o público perdoou Félix e isso para mim foi uma surpresa, o vilão ser tão amado”, disse o autor, em entrevista ao “F5”.

Na trama, Félix e Niko terminaram juntos, cuidando do pai do primeiro, o homofóbico César (Antonio Fagundes), que sofreu um AVC (acidente vascular cerebral).

“Eu não vivo sem você, Carneirinho”, disse Félix, antes de beijar o parceiro.

Sobre o beijo, a Globo afirma que “toda cena de novela é consequência da história, responde a uma necessidade dramatúrgica e reflete o momento da sociedade. O beijo entre Félix e Niko selou uma relação que foi construída com muito carinho pelos dois personagens. Foi, portanto, o desdobramento dramatúrgico natural dessa trama”.

De acordo com a emissora, “a pertinência desse desfecho foi construída com muita sensibilidade pelo autor, diretor e atores e assim foi percebida pelo público”.

A Globo lembrou ainda que “o relacionamento homossexual sempre esteve presente nas nossas novelas e séries de maneira constante, responsável e natural. A cena esteve de acordo com essa premissa e com a relevância para a história”.

Ex-vilão Felix (Mateus Solano) e mocinho Niko (Thiago Fragoso) protagonizam primeiro beijo gay masculino em novela da Globo em horário nobre no último capitulo da novela “Amor à Vida”

HISTÓRICO

O tabu do beijo gay na TV brasileira já dura vários anos.

Programas de auditório e telejornais já o exibiram, como no “Fica Comigo”, da extinta MTV Brasil, em 2001.

A teledramaturgia, no entanto, tem poucos casos, geralmente entre mulheres.

Em 2005, a Globo cortou a cena em que os atores Bruno Gagliasso e Erom Cordeiro gravaram o beijo entre seus personagens, um estilista e um peão de fazenda, respectivamente. A sequência chegou a ser rodada várias vezes.

Em 2010, a emissora também suprimiu um beijo gay entre dois homens da série “Clandestinos”. A cena, no entanto, foi parar na internet.

A Globo também cortou um beijo gay entre Homer e Moe, no episódio “Todo o Mundo Morre um Dia” de “Os Simpsons”.

O SBT mostrou o beijo entre duas mulheres —Marcela (Luciana Vendramini) e Marina (Giselle Tigre)— no folhetim “Amor e Revolução” (2011), de Tiago Santiago.

A emissora de Silvio Santos, no entanto, vetou um beijo entre os personagens Jeová (Lui Mendes) e Chico (Carlos Artur Thiré) na mesma trama.

Em “Mulheres Apaixonadas” (2003), da Globo, as personagens Clara (Alinne Moraes) e Rafaela (Paula Picarelli) só deram um beijo quando a última se vestiu de homem para encenar a peça “Romeu e Julieta”.

A extinta TV Manchete também mostrou beijo entre dois homens na série “Mãe de Santo” (1990). Na ocasião, porém, a sequência entre os atores Raí Bastos e Daniel Barcelos foi mostrada contra a luz, mostrando apenas as sombras dos intérpretes.

Gshow

Um beijo bom e sua força! A diversidade de sensações que podemos criar com a boca pode estimular pensamentos eróticos

beijoO beijo erótico talvez seja a mais poderosa ferramenta de prazer, não só pela diversidade que sensações que podemos criar com a boca, mas também por sua capacidade de estimular pensamentos eróticos. Muitas pessoas afirmam que o beijos podem ser mais excitantes que o próprio coito, ou são uma condição necessária para apreciar melhor o sexo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A boca oferece uma grande variedade de recursos a serviço do prazer. Podemos morder, chupar, acariciar, lamber, assoprar… estes estímulos podem ser combinados de diferentes formas, aplicados em zonas mais amplas ou reduzidas da boca ou de qualquer outra parte do corpo. Além disso, a intensidade do beijo é variável. Veja o que o Kama Sutra diz a este respeito:

“Em geral, os beijos podem ser divididos em quatro categorias: moderados, contraídos, rápidos e suaves. Todos são classificados segundo a parte do corpo sobre a qual são aplicados, já que há diferentes tipos de beijos  adequados a diferentes partes do corpo”.

O beijo provoca estímulos relacionados aos cinco sentidos: nossa conexão com o parceiro ocorre, principalmente, por meio do paladar, olfato e tato. Também escutamos os sons produzidos pelo beijo e olhamos bem de perto os olhos do parceiro, a menos que estejam fechados, o que estimula a criação de imagens em nossa mente.

Quando estamos conhecendo uma pessoa, o primeiro beijo é fundamental e determinante para o relacionamento futuro. Um primeiro beijo excitante indica, na maioria dos casos, uma sexualidade também excitante, e vice-versa. De fato, alguns depoimentos indicam que, depois de um primeiro beijo pouco sensual, aborrecido ou até desagradável, dá-se por encerrado o relacionamento, já que se extinguem as fantasias eróticas com esta pessoa.

Outros depoimentos afirmam que um beijo apaixonado, prazeroso e com muitas sensações estimula as fantasias que conduzirão a uma relação sexual. É evidente, então, que este primeiro beijo é um indicador de compatibilidade sexual. As sensações percebidas neste momento, a comunicação, a coordenação e o ajuste dos movimentos e dos “estilos sexuais” que estão em jogo fornecem informações que dificilmente estão equivocadas.

O beijo também pode ser um caminho para reacender a paixão em casais que já entrarem na fase da monotonia erótica. Dedicar mais tempo ao beijo, sem a obrigação do coito, estimula a criatividade para inventar tipos diferentes de beijo, que podem ser aplicados em todo o corpo. Isso fará com que outros recursos eróticos também se tornem mais atraentes e criativos.

Meu conselho: vamos aproveitar ao máximo o beijo, esta grande potência erótica.

 

discoverymulher

Fred critica repercussão de beijo: Hebe passou a vida dando selinho

Foto: Daniel Ramalho / Terra
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Na véspera do jogo contra o Grêmio, o primeiro do Fluminense em casa pela Copa Libertadores 2013, o assunto não poderia ter sido outro: o vídeo postado na internet por um amigo de Fred, em que o atacante estaciona o carro no meio da rua, em Belo Horizonte, e dá um beijo em uma fã. Antes de responder a qualquer pergunta sobre a partida, o jogador quis esclarecer os fatos.

 

“Eu já conhecia ela, é uma fã. Não concordei com quem publicou, e acho que isso desgasta a minha imagem e a dela”, esclareceu, dizendo que parou naquele lugar de forma irregular porque o carro deu problema. “Meu carro parou e ela se aproximou de mim. Depois disso não voltei a vê-la. Infelizmente” disse, com bom humor, e sem se mostrar incomodado com o fato.

 

“Eu tenho família, ela também tem. Fica chato isso tudo” afirmou. O que Fred esqueceu é que, no vídeo, vê-se bem que a moça está parada e é ele quem detém o carro no acostamento.

 

Com fama de galanteador, Fred evitou responder diretamente quando foi perguntado se seria o “Renato Gaúcho da nova geração”. “Sou apenas o Fred, mineiro, tranquilo, não tem essa de comparação” disse o jogador, segurando a gargalhada. Fred comentou também sobre a repercussão dentro do grupo sobre o vídeo.

 

“Se vocês (a imprensa) estão me zoando, imagina a galera. Depois que saiu, a gente tenta evitar ao máximo a repercussão. Ela tem família, o vídeo tem muito tempo e a galera na internet cai matando. Tem que tem paciência com as brincadeiras”, disse.

 

Fred para no meio da avenida e beija fã na boca; vejaClique no link para iniciar o vídeo
Fred para no meio da avenida e beija fã na boca; veja

​Fred ainda comparou sua situação à da apresentadora Hebe Camargo, morta no ano passado. “A Hebe ficou famosa por dar selinho em um monte de gente. Tem cantor sertanejo que beijou fã no palco, e vocês vêm pra cima de mim” reclamou, mas com bom humor.

 

O atacante disse que lida bem com o assédio das mulheres. “Ainda mais a torcida do Fluminense, que só tem muié gata (sic)”, disse, afirmando que tem amigo seu indo ao jogo do time no Engenhão apenas para ver as mulheres bonitas.

 

O jogador pediu para que se deixe de falar do vídeo e que se volte a falar apenas de futebol. Disse que foi uma semana diferente, porque muita gente “segurou o pé”, principalmente os que foram poupados do jogo do fim de semana. “Teve desfile das campeãs, e quem foi, voltou para casa às 2h. Se não tivesse jogo, teriam voltado às 6h”, brincou.

 

Fred pediu no fim que a mesma torcida tricolor compareça ao Engenhão nesta quarta-feira, 22h, para a partida contra o Grêmio. Mas a expectativa, até agora não é das melhores. Com ingressos de R$ 40 a R$ 80, apenas 20 mil dos 46 mil ingressos colocados à venda estão nas mãos dos torcedores.

 

Terra