Arquivo da tag: bebê

Gestante morre vítima de Coronavírus na Paraíba; bebê não resiste à cesariana de emergência e também acaba falecendo

Uma gestante de 24 anos morreu na noite deste sábado (23), vítima de Coronavírus, na Paraíba. Joyce Rodrigues era assistente social e morava no bairro de Tibiri, em Santa Rita.

A vítima apresentou os primeiros sintomas no início do mês de maio e precisou ser internada às pressas. Logo em seguida ela apresentou piora no quadro de saúde e ficou intubada por 10 dias.

De acordo com informações, na noite deste sábado (23), ela sofreu uma parada cardíaca e precisou passar por uma cesariana de emergência. Nem ela nem o bebê resistiram e foram a óbito.

 

clickpb

 

 

Família de bebê de quatro meses morta por Covid-19 é internada com sinais da doença

Os tios da bebê de quatro meses, a vítima mais jovem do coronavírus no Brasil, foram internados com sintomas de Covid-19 em Campina Grande. Além dos dois adultos, os dois filhos do casal também foram transferidos da cidade de Taperoá para Campina Grande, com sintomas da doença.

A mulher foi a primeira a apresentar os sintomas suspeitos, mas o primeiro exame realizado ainda em Taperoá deu negativo, porém como ela continuou apresentando sintomas, todos foram transferidos.

A tia da bebê, e seus dois filhos foram internados no Hospital da Criança e do Adolescente na enfermaria e, de acordo com a Secretaria de Saúde do Município, têm quadro clínico estável. Já o tio da bebê está internado no hospital Pedro I com batimentos cardíacos acelerados e pressão alta. Ele está no isolamento.

Com a transferência da família, a população de Taperoá fica em alerta. Até o momento são 11 casos suspeitos na cidade e um óbito, que foi a bebê de quatro meses no dia 11 de abril.

Marília Domingues/Márcio Rangel

 

 

Bebê de quatro meses morre por coronavírus em Taperoá, PB, diz SES

Uma bebê com quatro meses de vida morreu no último sábado (11) por Covid-19 em Taperoá, município do Cariri paraibano. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta terça-feira (14), data em que o resultado de um exame laboratorial confirmou o diagnóstico de infecção pelo novo coronavírus.

Segundo os boletins diários divulgados pela SES, a criança é a paciente mais jovem a morrer por coronavírus na Paraíba.

A garota deu entrada no Hospital Geral de Taperoá ainda no sábado com sintomas de Covid-19, segundo a direção da unidade hospitalar. Como o quadro de saúde dela piorou, a menina precisou ser entubada, mas resistiu e faleceu no mesmo dia.

Ainda conforme a direção do hospital, a Vigilância Epidemiológica da cidade foi acionada assim que a bebê faleceu. O órgão notificou a SES e foi feita a coleta de material para realização do teste que diagnostica a doença no Lacen-PB.

Após a morte da menina, a unidade de saúde passou por um processo de desinfecção para evitar possíveis novos casos de contaminação.

Ao G1, o secretário municipal de saúde, Jurandi Gouveia Farias Junior, informou que a família da criança foi orientada a não realizar velório e entrar em isolamento social. Ele disse também que a SMS está investigando se o corpo da paciente foi velado.

A irmã, de 2 anos, da bebê que faleceu foi submetida a um teste rápido para diagnóstico de Covid-19, que teve resultado negativo.

Em entrevista à equipe de vigilância epidemiológica do município, o pai da garota relatou que teve contato com uma pessoa que viajou para o estado de São Paulo, que pode ter transmitido a doença. A secretaria de saúde entrou em contato com ela para investigar a possibilidade de que outras pessoas tenham sido contaminadas.

Bebê recém-nascido morre com coronavírus em Natal e é o mais jovem a morrer pela doença no Brasil

Uma bebê de três meses diagnosticada com o novo coronavírus (SARS-Cov-2) morreu no dia 3 de abril, na cidade de Iguatu, no interior do Ceará. A criança foi encaminhada a um hospital no município em 30 de março com dificuldades respiratórias e faleceu em decorrência de complicações como bronquiolite e pneumonia.

O exame que detectou o coronavírus foi feito no dia em que a criança faleceu, a partir de amostras de secreções. A secretaria de Saúde do município confirmou o resultado positivo do teste.

G1

 

Polícia investiga morte de bebê com menos de um mês de idade em Araruna, na PB

A Polícia Civil da Paraíba instaurou um inquérito policial para investigar a morte de um bebê com apenas 16 dias de vida, que aconteceu na madrugada desta sexta-feira (10) em Araruna, no Agreste da Paraíba. Segundo informações do delegado Diógenes Fernandes, a menina teria falecido durante uma discussão entre os pais.

Conforme a Polícia Militar, o pai do bebê teria chegado em casa alcoolizado e agredido a mãe da criança. Durante a discussão, a garota teria passado mal. Ela foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas chegou morta ao local.

Ainda segundo o delegado, o bebê não apresentava sinais de agressão. Exames feitos no corpo dele indicaram uma cardiopatia, que foi confirmada pelo médico que atendeu a criança. Para a profissional, o estresse provocado pela discussão pode ter agravado a doença cardíaca da vítima.

Segundo Diógenes, o profissional de saúde informou que o bebê já devia ter passado por uma cirurgia cardíaca, mas a unidade de saúde em que o procedimento aconteceria concentrou atendimentos em casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Os pais foram ouvidos e liberados pela polícia. O inquérito policial vai apurar a possibilidade de um homicídio culposo, negligência dos pais e exposição da criança durante a discussão.

G1

 

Bebê nasce dentro de carro a caminho da maternidade; motorista perdeu controle e saiu da pista

Na madrugada desta quinta-feira (5), na rodovia que liga os municípios de Sertãozinho e Pirpirituba, um bebê nasceu dentro de um carro a caminho da maternidade do Hospital Regional de Guarabira.

Segundo informações obtidas pelo repórter Pedro Júnior, durante o percurso a mulher começou a sentir contrações e a todo momento falava para o motorista que o
bebê iria nascer. O fato inusitado é que quando a mulher entrava em trabalho de parto, o motorista ficou preocupado e acabou sobrando em uma curva e perdeu o controle do automóvel e foi parar fora da rodovia.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e outra do Corpo de Bombeiros foram acionadas para prestarem atendimento.

Apesar do susto, o motorista, a mãe e a criança estão bem e foram levados para a maternidade. Os envolvidos no acidente são moradores da cidade de Serra da Raiz.

Fonte: Blog do Pedro Júnior

 

 

Bebê de 1 ano morre com suspeita de infecção pelo vírus H1N1 no Sertão da Paraíba

Um bebê morreu com suspeita de gripe causada pelo vírus H1N1, em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. Ele foi internado no Hospital Universitário Júlio Bandeira na noite dessa terça-feira (3) e veio a óbito na madrugada desta quarta-feira (4).

As primeiras informações são de que a criança de um ano de idade teve paradas cardiorrespitarórias.

A causa da morte do bebê está em investigação e amostras foram enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (LACEN/PB) para que seja verificado se, de fato, ele foi infectado pelo vírus H1N1.

 

clickpb

 

 

Bebê de 1 ano dá entrada no Trauma após ingerir veneno para matar ratos

Uma bebê de apenas um ano deu entrada, nesta sexta-feira (7), no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, após ingerir veneno utilizado para matar ratos, conhecido como ‘Ratenol’.

A criança estava brincando em casa, no bairro dos Novais, quando colocou o veneno na boca e passou mal. Ela teve que ser socorrida às pressas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Apesar do susto, a garota passa bem e está em observação na unidade hospitalar.

paraiba.com.br

 

 

Bebê morre após supostamente cair de maca do Samu

A bebê Emilly Vitória Genésio Matias, com pouco mais de um mês de idade, morreu após, supostamente, cair de uma maca do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em 11 de janeiro deste ano. O pai da criança, Diego Genésio Bezerra, registrou boletim de ocorrência nesta terça (4), na Central de Polícia em Campina Grande (PB), e suspeita que o caso tenha ocorrido durante uma transferência entre hospitais.

De acordo com o atestado de óbito liberado pelo Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande, onde a criança estava internada, a morte ocorreu por um choque pós-cirurgia e uma hemorragia generalizada. A família mora em Soledade, na região de Campina.

Detalhes do caso

Prematura, a recém-nascida havia passado por uma intervenção cirúrgica nos primeiros dias de vida. Com um mês, a criança foi hospitalizada novamente no Isea com um vaso sanguíneo rompido e precisou fazer nova cirurgia, desta vez em decorrência de um aneurisma.

Para realizar esse procedimento, a criança foi transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande. De acordo com o hospital, a cirurgia foi concluída com sucesso e a transferência dela de volta para o Isea ocorreu “tranquilamente”.

Bebê
Diego Genésio Bezerra, pai de Emilly (Foto: Reprodução/TV Correio)

Porém, de acordo com o pai da criança, em boletim de ocorrência registrado, “na hora de retirar a maca no Isea, um dos integrantes do Samu teria deixado a criança cair. A equipe médica teria ficado em choque, erguido a maca e seguido para a emergência”. Ainda de acordo com o pai, algumas horas depois ele foi informado que a criança estava morta.

Em nota, a Secretaria de Saúde de Campina Grande disse que foram realizados todos os protocolos de segurança na transferência da criança entre o Hospital de Trauma e o Isea e confirmou um “destravamento da maca”, mas que não teria sido responsável pela morte da criança.

“Ainda houve um destravamento da maca, mas a incubadora onde a criança estava sendo transportada não sofreu impacto significativo para o agravamento da saúde da criança, sem relação alguma com o óbito da menina”. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil em Campina Grande.

*Com informações da TV Correio

 

 

Bebê de 11 meses morre engasgada em Campina Grande

Um bebê de 11 meses morreu engasgada, nesta terça-feira (7), na cidade de Campina Grande, na Paraíba. De acordo com familiares, a mãe teria amamentado a menina, colocado-a para arrotar e logo em seguida para dormir.

A mãe então foi até a frente da casa para fechar o portão, quando ouviu um barulho feito pela filha. Ao chegar no quarto a bebê já estava sem ar.

Ainda de acordo com o avô da bebê, os vizinhos ajudaram a socorrer a criança para o Hospital Dom Pedro I, porém a menina não resistiu e foi a óbito.

A mãe da bebê foi internada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e continua em observação. O corpo da criança foi enterrado na manhã desta quarta-feira (8).

 

clickpb

 

 

Bebê de 9 meses morre após levar choque elétrico dentro de casa em Caiçara, na Paraíba

Um bebê de apenas nove meses morreu eletrocutado na manhã desta sexta-feira (6), no município de Caiçara, na Paraíba. O fato aconteceu por volta das 06h10, na rua Epitácio Pessoa, mais conhecida como Rua da Lagoa.

Adryel Diniz Alves sofreu uma descarga elétrica quando puxou uma extensão ligada a uma tomada da residência. A mãe da criança, Viviane Diniz Alves, disse o que aconteceu.

“Eu estava deitada no quarto quando ele saiu se arrastando da cama e a tomada estava em cima da cadeira quando ele pegou e agarrou a tomada. Foi na hora que ele caiu de choque. Quando tirou ele da tomada já estava mole nos meus braços. Eu tentei respiração boca a boca pra ver se ele retornava mas, não retornou”, relatos da mãe.

Viviane disse ainda que acionou o Samu, mas pela demorara resolveu levar o filho para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. A enfermeira Sofia, relatou que a criança deu entrada na unidade em situação de parada cardiorrespiratória.

“Quando a criança chegou o pessoal do atendimento percebeu que ela não tinha pulso. Ela já chegou com respiração anormal. O Samu foi acionado e iniciamos o atendimento com o suporte avançado de vida. A criança foi intubada, foram feitas todas as medicações. Fizemos um atendimento que durou uma hora e meia, mas sem sucesso”, relatos da enfermeira.

Segundo informações, a criança seria encaminhada para o Núcleo de Medicina e Odonto-Legal (Numol) de Guarabira para a realização do exame cadavérico.

A cidade está enlutada diante da fatalidade.

Fonte: blogdopedrojunior