Arquivo da tag: Bancos

Idosos terão acesso irrestrito aos caixas presenciais em bancos e Casas Lotéricas durante pandemia

As agências bancárias e as lotéricas do estado da Paraíba estão obrigadas a garantir o acesso irrestrito de idosos em suas dependências e permitir que eles tenham prioridade em todos os caixas presenciais. Este é o teor da Lei nº 11.725/2020 aprovada pela Assembleia Legislativa da Paraíba, sancionada pelo governador João Azevêdo e publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (10).

De autoria do deputado Ricardo Barbosa, a lei dispõe sobre procedimentos complementares a serem atendidos pelas agências bancárias e lotéricas, para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do coronavírus (covid-19).

Ao determinar que esses estabelecimentos disponibilizem todos os caixas presenciais para atendimento aos idosos, a Lei observa que essa categoria representa o grupo de risco com maior possibilidade de contágio da Covid-19.

Ainda de acordo com o texto da lei, o chamamento das senhas para atendimento nos caixas bancários não poderá ser superior a 15 minutos. Os estabelecimentos bancários privados, que realizarem pagamento salarial dos idosos, deverão adotar medidas para evitar aglomerações, segundo determina a Organização Mundial da Saúde.

agenciaalpb

 

 

Seis suspeitos morrem e outros são presos em tentativa de assalto a bancos, em Areia, PB

Seis suspeitos morreram em uma tentativa de assalto a duas agências bancárias na madrugada desta quarta-feira (17), na cidade de Areia, no Brejo paraibano. De acordo com a Polícia Militar (PM), armas de grosso calibre, munições e os veículos usados pelo grupo também foram apreendidos na ação. Dois dos suspeitos morreram em um hospital da cidade. Um outro suspeito foi socorrido sob custódia para o Hospital de Trauma de Campina Grande e outro foi encaminhado para a sede da Polícia Federal.

Ainda segundo a PM, os suspeitos estavam em uma caminhonete e uma moto. Eles haviam espalhado grampos ao redor da cidade e teriam derrubado árvores por onde passaram, para impedir o acesso da polícia. O município foi cercado e, por volta das 3h, foi iniciada uma intensa troca de tiros com o grupo.

Na troca de tiros, quatro suspeitos morreram, dois ficaram gravemente feridos, já outros dois foram baleados e não correm risco de vida. A ação contou com aproximadamente 40 policiais. Os suspeitos que foram detidos permanecem na cidade de Areia até o encerramento dos protocolos de segurança.

G1

 

Tião Gomes sugere que bancos suspendam juros aos empréstimos feitos por clientes durante pandemia

Para tentar amenizar as dificuldades que os paraibanos estão passando durante essa pandemia, o deputado estadual Tião Gomes (Avante) encaminhou Projeto de Lei que suspende os bancos de cobrarem juros e multas aos clientes que realizarem empréstimos nesse período de calamidade. A proposta foi encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), se aprovada será conduzida para votação em sessão extraordinária, que vem acontecendo de forma virtual.

“Com o isolamento social, ocasionado pelo novo Coronavírus, muitas pessoas estão passando por situações financeiras bem difíceis e as instituições bancárias permanecem cobrando juros e multas dos seus clientes. Portanto, esse meu projeto visa poupar também os microempreendedores e autônomos que estão sem receitas em seus estabelecimentos”, pontua Tião Gomes.

O deputado explica que o projeto irá beneficiar os paraibanos que realizarem operações de crédito como empréstimos automáticos e com garantia de bens, cheque especial, financiamentos de imóveis, automóveis e para construção.

O Projeto destaca ainda que se as instituições financeiras continuarem cobrando os juros das operações de empréstimos e financiamentos, estarão sujeitas a pagarem multas por descumprimento da Lei.

 

portaldolitoralpb

 

 

Bancos poderão conceder empréstimo com garantia do FGTS

Os trabalhadores que optaram pela modalidade saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão acesso a uma nova linha de crédito. O Conselho Curador do FGTS referendou hoje (5) resolução, publicada no dia 27 de abril no Diário Oficial, que regulamenta o crédito.

O empréstimo terá como garantia a parcela anual do saque-aniversário. Pela resolução do Conselho Curador do FGTS, a Caixa tem 30 dias, a partir da data da publicação da resolução, para definir os procedimentos operacionais para viabilizar a operação e os bancos têm mais 30 dias para oferecer o empréstimo.

O saque-aniversário é uma modalidade que permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa. O pagamento é feito conforme cronograma por mês de nascimento.

Segundo o Ministério da Economia, o saque-aniversário deve criar um mercado de até R$ 100 bilhões em recebíveis de crédito nos próximos quatro anos. Os recebíveis representam os recursos de que os bancos podem se apropriar em caso de inadimplência.

A garantia de receber parte do saldo do FGTS em caso de inadimplência reduz os riscos para os bancos, que podem cobrar taxas mais baixas.

A lei que criou o saque-aniversário no ano passado já previa o uso dinheiro a ser sacado a cada ano como garantia em operações de crédito. Mas ainda precisava de regulamentação.

Extrato do FGTS

O Conselho Curador também aprovou hoje resolução que dispensa a Caixa de enviar o extrato do FGTS em papel, devido ao documento está disponível em site, aplicativo e mensagens pelo celular. Caso o trabalhador queira manter o recebimento do extrato pelos Correios terá que fazer uma solicitação à Caixa.

Saneamento

O conselho também aprovou resolução que autoriza a Caixa a suspender o recebimento de parcelas de financiamento de projetos de saneamento básico com recursos do FGTS, por seis meses, até outubro de 2020. A suspensão será feita a pedido das empresas de saneamento que tomaram o empréstimo. As parcelas com pagamento suspenso serão diluídas ao longo do tempo restante do financiamento. A medida tem o objetivo de reduzir os efeitos econômicos da pandemia de covid-19 nesse setor.

Agência Brasil

 

 

MPT recomenda a bancos medidas para proteger funcionários e clientes

O Ministério Público do Trabalho na Paraíba enviou uma série de recomendações a bancos localizados no Estado para que adotem medidas para proteger funcionários e clientes diante da pandemia do novo coronavírus. Considerando que os serviços bancários são considerados essenciais (Decreto Federal nº 10.282/2020), o MPT recomendou que bancos desenvolvam um Plano de Contenção e/ou Prevenção e listou aproximadamente 40 pontos que devem ser observados.

Entre as medidas recomendadas pelo MPT para evitar a disseminação do vírus, estão o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs) para todos os trabalhadores das agências bancárias (do atendimento e aqueles responsáveis pela limpeza dos ambientes); realizar limpeza dos terminais de autoatendimento, a disponibilização de álcool em gel 70% e kit completo de higiene das mãos em sanitários para clientes e funcionários, além de organizar filas, mantendo distância de, no mínimo, 2 metros entre uma pessoa e outra, como também implantar ações para evitar aglomerações nesses estabelecimentos.

O MPT recomendou, ainda, medidas de acesso e controle da população ao interior das agências, a exemplo da distribuição de fichas descartáveis e de horário exclusivo para pessoas do grupo de alto risco. O documento também recomenda a disponibilização de máscara (protetor salivar) eficiente aos trabalhadores e pausas no trabalho para que possam fazer a lavagem correta das mãos com água e sabão, além de recomendar a higienização constante de superfícies como maçanetas, portas, elevadores, corrimão, etc.

Inicialmente as recomendações foram expedidas para os bancos da região de Campina Grande e, em seguida, uma recomendação foi estendida às agências de todo estado da Paraíba. As recomendações foram expedidas, neste mês, pelos procuradores do Trabalho Andressa Ribeiro Coutinho e Ramon Bezerra dos Santos.

Auxílio emergencial: campanha orienta população a usar aplicativo

Para discutir o problema das aglomerações em agências bancárias da Paraíba, a procuradora do Trabalho Andressa Coutinho se reuniu, na tarde da última sexta-feira (17/04), com procuradores do Ministério Público Federal e gerentes da Caixa Econômica Federal de João Pessoa e Campina Grande. A reunião ocorreu por videoconferência e discutiu estratégias para incentivar a população a usar o aplicativo oferecido pela Caixa Econômica para solicitar o auxílio emergencial do Governo Federal. Para orientar a população a solicitar o auxílio emergencial, uma campanha será lançada nas redes sociais do MPT e de instituições parceiras, reforçando as informações da Caixa.

Trabalhadores que estão em busca do auxílio emergencial devem acessar o serviço pela internet, no endereço: auxilio.caixa.gov.br ou instalar o aplicativo no seu celular. Dessa forma, a população evita se aglomerar, colocando em risco a saúde. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone da Caixa, discando o número 111.

 

Assessoria MPT

 

 

Medidas visão evitar aglomeração em áreas de bancos e lotéricas na PB

O governador João Azevêdo participou, nesta terça-feira (14), de reunião, por meio de videoconferência, com representantes de instituições bancárias, ocasião em que foram discutidas medidas para evitar aglomerações nas áreas externas de bancos e Casas Lotéricas. A iniciativa tem o objetivo de assegurar o atendimento essencial à população, respeitando as orientações sanitárias para combater a disseminação do coronavírus no Estado.

Dentre as ações sugeridas pelo Governo do Estado para respeitar as recomendações da Saúde, estão o encaminhamento da relação das agências bancárias e lotéricas com o maior número de atendimentos, a solicitação de ajuda do Exército para orientar a população que está nas filas sobre a necessidade do cumprimento do distanciamento para evitar a contaminação, o reforço policial nas imediações das localidades elencadas pelas instituições bancárias e o fornecimento de máscaras para os clientes.

Na reunião, João Azevêdo destacou as principais ações promovidas pelo Governo do Estado para conter a disseminação do coronavírus, como a suspensão das aulas e de eventos de massa, a ampliação de leitos de enfermaria e de UTIs e a aquisição de respiradores e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Os representantes dos bancos também apontaram medidas adotadas na área interna das agências para garantir a segurança dos colaboradores e dos clientes, como a disponibilidade do álcool gel, o atendimento em horários específicos para idosos e a demarcação para o distanciamento entre as pessoas.

Participaram da reunião, representantes da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Santander, Bradesco e Itaú.

Por meio do decreto 40.141, o Governo do Estado autorizou, no último dia 26, o atendimento presencial nas agências bancárias apenas para o pagamento de salários, aposentadorias e benefícios do Bolsa Família e para os serviços que não podem ser realizados nos caixas eletrônicos e canais de atendimento remoto.

 

pbagora

 

 

Decreto de Marcus Diogo fecha comércio, bancos e suspende feira livre em Guarabira

O prefeito em exercício de Guarabira, Marcus Diogo (PSDB), voltou a editar decreto endurecendo as medidas restritivas para evitar aglomeração de pessoas e o consequente risco de contaminação com o novo coronavírus.

O Decreto nº 72/2020 foi publicado no diário oficial do município, nesta segunda-feira (23), e estabelece o fechamento de bares, restaurantes e lanchonetes e outros estabelecimentos comerciais considerados não essenciais. Hotéis só deverão hospedar pessoas de fora do município se o hóspede comprovar que está na cidade para trabalho em serviços essenciais.

O Decreto também proíbe celebrações de missas e cultos religiosos por um prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado. Também foi suspensa a feira livre no sábado, sendo permitida a comercialização nos dias de semana, mas observando as medidas de higiene e segurança, com espaçamento entre bancas, para evitar aglomeração.

A medida do gestor municipal também determina o fechamento das agências bancárias, devendo apenas os caixas eletrônicos continuarem em funcionamento para garantir acesso a recursos financeiros por parte dos correntistas.

portal25horas

 

 

Covid-19: João anuncia fechamento de bancos e realização de exames na PB

Até o início do mês de abril a Paraíba estará apta a realizar os exames para detectar a presença do coronavírus em seus pacientes. O anúncio foi feito pelo governador João Azevêdo (Cidadania), em uma live no Instagram, na noite desta sexta-feira (20).

“Um é do Estado e o outro da universidade e deve estar chegando em poucos dias. Estamos esperando os insumos, que estão difíceis de conseguir agora, para começar a fazer os exames aqui”, declarou. De acordo com Azevêdo, os testes devem começar no começo de abril.

De acordo com ele, dois equipamentos foram adquiridos no estado. Durante o vídeo, O governador respondeu a perguntas de internautas, que foram respondidas por ele e pelo secretário de saúde, Geraldo Medeiros

Ainda durante a live, o governador confirmou que os bancos e casas lotéricas deverão permanecer fechados em João Pessoa a partir do dia 22 por 15 dias. A medida integra uma série de medidas que integram um decreto a ser publicado neste sábado, 21, no Diário Oficial do Estado.

O chefe do executivo estadual pediu que os paraibanos permaneçam em casa durante o período da pandemia: “Fique em casa. O que queremos é evitar o contato com as pessoas. Não tenho dúvidas de que passaremos esse momento, talvez sejam meses difíceis para o nosso Estado, mas vamos vencer”.

CONFIRA A LIVE

pbagora

 

Bancos vão restringir número de clientes para evitar coronavírus

As agências bancárias começaram a escalonar a quantidade de clientes dentro das agências físicas. A decisão faz parte de uma série de medidas acordadas entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e as 236 entidades sindicais que representam os cerca de 450 mil bancários de todo o Brasil. O objetivo é amenizar os efeitos da pandemia causada pela Covid-19.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) ressaltou que o setor não terá seu funcionamento interrompido, uma vez que os bancos são considerados atividades essenciais. No entanto, a entidade não descartou a possibilidade de reorganizar os atendimentos internos ou mesmo escaloná-los. Para isto, cada banco irá analisar caso a caso, com base no fluxo de pessoas, a necessidade de escalonamento de clientes aguardando atendimento dentro da dependência.

Escalonamento de clientes

Uma agência bancária, localizada no Centro de João Pessoa, já começou a escalonar a quantidade de clientes dentro da unidade. A entrada no estabelecimento ficou sendo limitada por um segurança. Com a liberação do pagamento de mais um lote do abono salarial do PIS/Pasep, em determinados horários, os clientes tiveram que enfrentar uma longa fila para conseguir atendimento interno na agência.

A Febraban tem orientado o público a usar os meios remotos de atendimento, como mobile e internet banking, que oferecem quase totalmente as transações financeiras do sistema bancário e dispensam a necessidade de comparecimento às agências.

Sindicatos vão pedir suspensão de metas neste período

O Comando Nacional dos Bancários afirmou que vai pedir o contingenciamento de acesso às agências e a suspensão de metas e demissões pelos bancos. As medidas visam resguardar a saúde dos bancários e evitar a propagação do coronavírus.
A presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, enviou um ofício para o Banco Central solicitando a edição de uma regulamentação para o controle de acesso às agências bancárias e a redução do horário de atendimento das 10h às 14h, com a liberação dos funcionários após esse horário.

Posicionamento dos bancos

  • Bradesco

O Bradesco afirmou que tem intensificado a comunicação com os seus clientes para que priorizem a utilização dos canais digitais para realizar suas operações com o Banco. Na rede física, os gerentes estão sendo orientados a organizarem o atendimento nas agências nos momentos de maior concentração.

  • Banco do Brasil

As agências do Banco do Brasil continuam realizando atendimento ao público, sem alteração no horário de funcionamento. O BB monitora constantemente os acontecimentos e quaisquer mudanças no atendimento de suas unidades serão informadas imediatamente aos seus clientes/usuários e ao mercado. Contingenciar, nas praças com transmissão comunitária do vírus, a quantidade de clientes aguardando atendimento dentro da dependência.

Os demais bancos não responderam até o fechamento desta matéria.

Reportagem de Ellyka Gomes, do Jornal CORREIO.

 

 

Trio é preso suspeito de assaltar bancos em João Pessoa

Três homens foram presos na noite desta segunda-feira (27), suspeitos de assaltos a bancos, em João Pessoa. Segundo informações da Polícia Militar, o trio foi detido no local em que se reunia, no bairro do Cristo.

Ainda conforme a PM, o grupo vinha sendo investigado há meses e é suspeito de cometer um assalto em uma agência bancária na madrugada desta segunda-feira.

Com os suspeitos, foram apreendidos coletes balísticos e armas que teriam sido roubados dos seguranças em que os assaltos eram cometidos. No local, também foi encontrado um carro.

Celulares e equipamentos usados para arrombar os estabelecimentos também foram apreendidos e encaminhados, junto com os suspeitos, para a Central de Flagrantes, no bairro do Geisel.

G1