Arquivo da tag: bala

‘Bomba’ em corpo de candidato da OAB na Bahia era bala de gengibre

balas-de-gengibreO homem que ameaçou explodir uma bomba na Unijorge, em Salvador, onde seria realizada a prova da OAB, estava com balas de gengibre presas ao corpo. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia na noite deste domingo (24).

Por causa da ameaça, a prova do exame da ordem em Salvador foi cancelada. Frank Oliveira da Costa se entregou à polícia por volta das 16h50. Segundo testemunhas, o homem já tentou o exame da OAB 11 vezes.

De acordo com a SSP-BA, não foram encontrados artefatos explosivos ou armas de fogo com o rapaz. Após depoimento no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), Frank Oliveira foi levado para exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Ele foi liberado em seguida.

Segundo a SSP-BA, ele foi autuado com um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), quando não tem potencial ofensivo, pois não foi encontrado nenhum explosivo ou arma com o rapaz. Ele vai responder crime com base no artigo 41 da Lei das Contravenções Penais por provocar alarme anunciando perigo existente capaz de produzir pânico ou tumulto. Frank Oliveira pode pegar de 15 dias a seis meses de prisão.

A Unijorge informou por meio de nota que Frank Oliveira da Costa cursou direito há 10 anos na instituição, entre os segundos semestres de 2000 e 2006. De acordo com a universidade, o histórico escolar de Frank é de um aluno de conduta regular, sem qualquer registro de incidente durante o período de curso.

Frank Oliveira da Costa se entregou após negociação com a polícia (Foto: Alberto Maraux/Ascom SSP)Frank Oliveira da Costa se entregou após
negociação com a polícia (Foto: Alberto Maraux/
Ascom SSP)
Homem se rendeu quatro horas após ter feito ameaça de explosão (Foto: Maiana Belo/G1)Homem se rendeu quatro horas após ter feito
ameaça de explosão (Foto: Maiana Belo/G1)

Negociação
A rendição ocorreu quatro horas após início da confusão e com a chegada do advogado Marcos Melo, que foi contratado pela família do suspeito. Segundo o coronel do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), Paulo Coutinho, o motivo da ameaça seria o fato de o homem não ter passado no exame anteriormente e estar frustrado.

O coronel ainda afirmou que o rapaz aparentava ter problemas mentais e já tem um processo contra a OAB. As duas sacolas que estariam com as supostas bombas tinham apenas roupas, segundo o coronel do Bope.

O advogado do rapaz chegou ao local no momento da rendição (Foto: Maiana Belo/G1)O advogado do rapaz chegou ao local no momento
da rendição (Foto: Maiana Belo/G1)

A SSP-BA ainda informou que o homem passou por atendimento médico e depois foi encaminhado ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), onde é ouvido. Segundo a polícia, informações preliminares dão conta de que o caso se trata de um fato isolado, sem conexões com terrorismo.

Ameaça de bomba
Uma ameaça de bomba interrompeu e suspendeu a prova da OAB na Unijorge, que fica na Avenida Paralela, em Salvador, por volta das 12h40 deste domingo. De acordo com a assessoria da instituição, um homem ameaçou explodir o local. A situação causou pânico e correria. A polícia informou que não houve feridos.

Por volta das 15h50, o grupo anti-bomba chegou no local (Foto: Maiana Belo/G1)Por volta das 15h50, o grupo antibomba chegou no
local (Foto: Maiana Belo/G1)

De acordo com a SSP-BA, o suspeito ficou isolado em uma sala até a rendição. O grupo antibomba da Polícia Federal chegou a ser acionado e esteve no local.

Segundo Fabrício de Castro Oliveira, Conselheiro Federal da OAB na Bahia, o homem teria entrado em uma sala e pedido para os candidatos saírem em 11 minutos, pois estava em posse de uma bomba pronta para explodir.

Neste domingo é realizada a primeira fase do exame da Ordem dos Advogados do Brasil em todo o país. A presidente da comissão do exame da OAB na Bahia, Beta Norma, informou que 3,4 mil pessoas iriam fazer a prova na Unijorge, 6 mil na Bahia.

Jorge Magno tentou conversar com suposto homem bomba (Foto: Maiana Belo/G1)Jorge Magno tentou conversar com suposto
homem bomba (Foto: Maiana Belo/G1)

Pânico e confusão
O agente penitenciário Jorge Magno relatou que chegou a conversar com suspeito. “Ele estava em uma sala do lado da minha, fui lá e tentei conversar com ele, disse ‘rapaz, vamos conversar’, e ele disse: ‘você tem 12 minutos para deixar o prédio’. Não vi bomba, mas ele estava com duas sacolas e quando eu tentava me aproximar, ele colocava a mão na sacola, então preferi sair”, disse o candidato.

O jornalista Alex Soares estava no local à espera da esposa que estava dentro da universidade para fazer a prova. “Ela disse que pediram para todos [os candidatos] deitarem no chão e chegou uma informação de que um homem estava com bomba no corpo”, disse.

Trânsito no local está lento (Foto: Daniel Cardozo/Arquivo pessoal)Trânsito no local está lento (Foto: Daniel Cardozo/
Arquivo pessoal)

A candidata Suzane Senzano relatou que algumas pessoas ficaram feridas na confusão. “Eu estava no 5° andar. Estava em frente à minha sala quando ouvi um barulho alto. Todo mundo começou a correr. As pessoas foram pisoteadas. Fui correndo para o lado de fora. Me escondi em um condomínio aqui do lado [da universidade]. Perdi algumas coisas que estavam na minha bolsa, as pessoas me empurraram na escada, na hora não senti nada, só saí correndo”,  disse. Não há informações oficiais sobre feridos.

De acordo com um outro candidato que preferiu não se identificar, o homem que estaria com bombas amarradas ao corpo estava na sala ao lado da dele. “Na sala ao lado tinha um cara com um colete, com bombas amarradas e armado. Disseram que outras pessoas armadas estavam com ele também. Nessa confusão, ele abriu a camisa e deu tiro na sala. Ele ainda colocou cadeira e mesa para atrapalhar a saída das pessoas. Foi a maior correria”, contou. A polícia não confirma a ocorrência de tiros no local.

Presidente da OAB-BA, Luiz Viana, esteve no local  (Foto: Maiana Belo/G1)Presidente da OAB-BA, Luiz Viana, esteve no local
(Foto: Maiana Belo/G1)

Segundo Luiz Viana, presidente da OAB-BA, uma nova data será marcada para a realização do exame em Salvador.

“A prova está suspensa em Salvador. Vai ser marcada uma nova data garantindo a todos a fazer uma nova prova com tranquilidade. O mais importante é que estão todos do lado de fora e ninguém ficou ferido. A nova data vai ser publicada no site da OAB nacional e no regional”, disse. A OAB ainda não informou os detalhes da nova prova que será realizada para os candidatos de Salvador.

Por meio de nota, a Unijorge informou que o prédio 1 do campus Paralela é frequentemente alugado para realização de provas e concursos. Nessas ocasiões, o locatário assume na totalidade a operação do espaço, sendo responsável por limpeza, acesso, segurança, dentre todas as outras atividades necessárias para o pleno funcionamento do local. Segundo a instituição, esta é a primeira vez que é registrado um incidente do tipo.

Grupo antibomba participou de operação (Foto: Alberto Maraux/Ascom SSP)Grupo antibomba participou de operação (Foto: Alberto Maraux/Ascom SSP)
Não foram encontrados explosivos com suspeito (Foto: Maiana Belo/G1)Não foram encontrados explosivos com suspeito (Foto: Maiana Belo/G1)
Equipe do Corpo de Bombeiros deixou universidade por volta das 17h (Foto: Maiana Belo/G1)Equipe do Corpo de Bombeiros deixou universidade por volta das 17h (Foto: Maiana Belo/G1)
Três mil e 400 candidatos fariam a prova da OAB na Unijorge neste domingo (Foto: Maiana Belo/G1)Três mil e 400 candidatos fariam a prova da OAB na Unijorge neste domingo (Foto: Maiana Belo/G1)
Frente da Unijorge, em Salvador (Foto: Alex Soares/Arquivo Pessoal)Polícia, Bombeiros e Samu estiveram no local (Foto: Alex Soares/Arquivo Pessoal)
Confusão causou correria na Unijorge (Foto: Maiana Belo/G1)Confusão causou correria na Unijorge (Foto: Maiana Belo/G1)
Após ameaça de bomba, candidatos saíram correndo (Foto: Maiana Belo/G1)Após ameaça de bomba, candidatos saíram correndo (Foto: Maiana Belo/G1)
Grupo antibomba da PF chegou ao local por volta das 15h50 (Foto: Maiana Belo/G1)Grupo antibomba da PF chegou ao local por volta das 15h50 (Foto: Maiana Belo/G1)
Prédio da Unijorge foi isolado pela polícia (Foto: Maiana Belo/G1)Prédio da Unijorge foi isolado pela polícia (Foto: Maiana Belo/G1)
Equipes dos Bombeiros e Samu estão no local (Foto: Daniel Cardozo/Arquivo pessoal)Equipes dos Bombeiros e Samu estiveram no local (Foto: Daniel Cardozo/Arquivo pessoal)
Candidatos na frente da Unijorge, após confusão na prova da OAB, em Salvador (Foto: Alex Soares/Arquivo Pessoal)Candidatos na frente da Unijorge, após confusão na prova da OAB, em Salvador (Foto: Alex Soares/Arquivo Pessoal)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Grávida é atingida por bala perdida quando voltava para casa em Santa Rita

sireneUma adolescente de 15 anos grávida foi baleada na Rua Rodrigues Alves, no bairro Alto das Populares em Santa Rita na madrugada deste domingo (28).

De acordo com a Polícia Militar, a grávida teria sido vítima de bala perdida. Ela estava voltando para casa quando foi surpreendida por um disparo.

A jovem deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa por volta de 01h15 da madrugada e não corre risco de morte, seu estado de saúde é considerado regular.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Não há informações sobre quem teria atirado.

Marília Domingues / Walter Júnior

Carro metralhado: Secretário de Saúde de Santa Rita é vítima de atentado a bala

mocaO Secretário de Saúde do município de Santa Rita, conhecido por “ Moca  Medeiros” foi vítima de um atentado a bala na tarde desta quinta-feira (30).

De acordo com a polícia, ele tinha acabado de fazer visitas aos postos de saúde no Distrito de Odilândia e quando trafegava por uma estrada que ligaa BR foi surpreendido por dois homens que estavam em uma moto alta e de cor preta.

Os desconhecidos passaram a atirar no carro do secretário. O veículo foi atingido com seis disparos, mas Moca Medeiros conseguiu sair ileso.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Passado o susto, ele foi até 14ª Delegacia onde prestou queixa. O secretário disse que não sabe a quem atribuir o atentado, uma vez que não tem inimigos.

Paulo Cosme\Washington Luiz

Cunha impõe agenda da bancada BBB: “bala, boi e bíblia”

cunhaO presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), tem conseguido unir três grupos de forte poder de pressão num só bloco, que passou a atuar conjuntamente em defesa de seus próprios interesses e na maioria das vezes contrários aos do governo da presidente  Dilma Rousseff. É a bancada “BBB”, uma alusão às iniciais de “bala, boi e Bíblia”.

Nas principais comissões e no plenário, as demandas dos três setores têm obtido vitórias graças ao apoio mútuo e à liderança do presidente da Câmara. Segundo reportagem do Estado de S. Paulo, a bancada da bala tem 275 parlamentares. A ruralista, 198, e a evangélica, 74. Vinte parlamentares atuam nas três, entre eles Cunha, que é evangélico. Nas frentes da “bala” e do “boi” há 105 deputados simultaneamente. E 22 congressistas estão nas frentes da “Bíblia” e da “bala” ao mesmo tempo. O presidente da bancada evangélica, João Campos (PSDB-GO), por exemplo, é delegado de polícia e vice-presidente da bancada da bala. Ao todo, 373 (73%) dos 513 deputados estão inscritos em pelo menos um dos três grupos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Entre os resultados já obtidos pela ação conjunta, o mais robusto foi o da aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça da Proposta de Emenda à Constituição da redução da maioridade penal, que estava parada na Câmara havia 22 anos. A comissão formada para redigir a PEC foi dominada pelos integrantes da Frente Parlamentar de Segurança Pública: 15 dos 27 membros decidirão qual será o conteúdo a ser levado ao plenário.

Uma grande vitória dos ruralistas com apoio de evangélicos e integrantes da bancada da bala foi a criação de uma comissão especial para elaborar um texto final sobre a PEC que transfere do Executivo para o Congresso a demarcação das terras indígenas. “Eles atuaram de forma unificada. Essas três bancadas têm uma lógica fundamentalistas”, crítica a deputada Erika Kokay (PT-DF).

Já a bancada da bala teve apoio para aprovar o projeto que torna crime hediondo assassinato e agressão a policiais com aumento da pena para quem usar menor em crimes.

Evangélicos tentam também garantir o apoio dos outros dois bês para que seja aprovado pela CCJ e, posteriormente, em plenário, o Estatuto do Nascituro, que dispõem sobre a proteção integral ao recém-nascido e prevê benefício para feto fruto de estupro. Também trabalham para barrar qualquer tentativa de avanço na Casa de pautas como a descriminalização do aborto. Têm ainda por objetivo a aprovação do Estatuto da Família, que define família como núcleo formado por homem e mulher.

A afinidade “BBB” aparece na lista de doadores de campanha. O presidente da frente ruralista recebeu a tradicional ajuda do agronegócio – dos grupos Cosan e Cutrale – e também contribuições de duas grandes empresas de armas, a Companhia Brasileira de Cartuchos, que doou R$ 15 mil, e a Taurus, que entregou o mesmo valor.

Já o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), presidente da bancada da bala, recebeu R$ 80 mil da Taurus, mas também foi agraciado pelo agronegócio com R$ 50 mil da Avícola Catarinense.

Campos, líder da bancada evangélica, recebeu R$ 350 mil da Gentleman, empresa especializada em escolta armada.

 

brasil247

Criança é atingida por bala perdida e socorrida para Hospital de Trauma, em João pessoa

traumaUma criança, com aproximadamente 10 anos, foi atingida por uma bala perdida na tarde deste sábado no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. A vítima foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma.

De acordo com o sargento Cardoso da Unidade de Polícia Solidária do bairro, os próprios moradores socorreram a criança para a unidade hospitalar. Segundo ele, a Polícia Militar não foi comunicada, vindo a saber do crime através do Hospital de Trauma. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência também não foi acionado.

O sargento informou que uma guarnição esteve no local cerca de meia hora após o crime e testemunhas, que não quiseram ser identificadas, disseram que a criança foi vítima de bala perdida.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A polícia fez diligência no local e um adolescente chegou a ser apreendido com uma arma, mas segundo o sargento, o menor não tem ligação com o crime.

O Portal Correio tentou, sem sucesso, conseguir informações com o Trauma sobre o estado de saúde da criança.

 

portalcorreio

Idosa é atingida por bala perdida em JP, recebe alta do Trauma e morre no dia seguinte

idosa-mortaUma idosa de 61 anos, foi encaminhada ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, após ser vítima de uma bala perdida no bairro de Mandacaru nesta quinta (1°), após passar por procedimentos, a mulher identificada como Maria José Alves foi liberada, mas voltou a ser internada nesta sexta (2), vindo à óbito pouco tempo depois.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A idosa foi atingida com um tiro no abdomen por volta das 14h30 da tarde desta quinta, em frente ao pé de ouro em Mandacaru. Duas pessoas de identidade não divulgada trocavam tiros, quando a mulher foi atingida por um tiro. A bala transfixou o corpo da mulher que foi atendida pelo Trauma e recebeu alta.

Nesta sexta (2), por volta das 14h ela retornou para o Hospital de Trauma, mas acabou falecendo. De acordo com a coordenadora geral da emergência, Lady Carvallho, a idosa não morreu em decorrência do tiro, mas de outros motivos, uma vez que já era idosa.

Marília Domingues / Jota Ferreira

Criança e adolescente são vítimas de bala perdida durante tiroteio no interior da Paraíba

Reprodução/ Emerson Machado/ Instagram
Reprodução/ Emerson Machado/ Instagram

Um tiroteio em uma das comunidades da cidade de Sapé, na Zona da Mata paraibana, deixou três pessoas baleadas, sendo duas delas por bala perdida. Entre as vítimas está uma menina de 4 anos, que está em estado grave. Ela corre o risco de ficar com problemas de locomoção devido os tiros. O caso ocorreu na manhã deste sábado (20).

De acordo com o sargento José Clóvis, da 3ª Companhia da PM de Sapé, a criança estava na frente de uma residência situada na comunidade Bela Vista na companhia de um adolescente de 14 anos, quando quatro homens em duas motocicletas passaram atirando em outros dois adolescentes que seriam alvos dos suspeitos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“As primeiras informações são de que os tiros seriam para um adolescente de 16 anos e o amigo dele. Quando os rapazes passaram atirando na dupla, os tiros também pegaram nas costas da criança e no adolescente de 12 anos que estava com a garotinha. Os policiais informaram que o adolescente de 16 anos – alvo dos homens – foi baleado, mas passa bem”, falou o sargento.

Ainda segundo o policial, a garota teria perdido parte dos movimentos do membro superior e inferior. “O Samu disse que a menina não sentia um dos braços e uma das pernas, o que pode ter sequelas graves como a paraplegia e tetraplegia. Mas ainda é cedo pra saber o certo”, disse o PM.

 

A menina e os dois adolescentes baleados foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Segundo a assessoria de imprensa da unidade, a criança passou por cirurgia de emergência e está internada em estado grave na UTI. Os outros feridos passam bem.

 

portalcorreio

Troca de tiros no Sertão da PB termina com suspeito e vítima de bala perdida mortos

Reprodução/Catolé News
Reprodução/Catolé News

Uma perseguição policial na cidade de Bom Sucesso, no Sertão da Paraíba, a 463 km de João Pessoa, terminou com a morte de duas pessoas. Por volta das 15h desta quinta-feira (16), a Polícia Civil estava no município para averiguar uma denúncia de desmanche de motos. Ao avistarem a viatura, dois rapazes em uma motocicleta teriam efetuados tiros contra os policiais e tentado fugir.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
A polícia reagiu e atirou contra a dupla. Os disparos atingiram o garupa, que morreu após ser conduzido para o Hospital Regional Dr. Américo Maia de Catolé do Rocha. Um técnico de enfermagem do hospital da cidade, que estava em uma oficina próxima à ocorrência, foi atingido com uma bala perdida e morreu na hora. O piloto da moto é um adolescente de 14 anos, que foi apreendido e condizido para a delegacia.

A Polícia Civil informou que está investigando o caso para saber quem teria efetuado o tiro que matou o funcionário do hospital.

 

portalcorreio

Criança de 1 ano é atingida por bala durante tentativa de assalto em Araruna

Policial .Uma criança de 1 ano e quatro meses foi atingida por disparo de arma de fogo na noite desta quinta-feira (8). O fato aconteceu depois que dois homens tentaram roubar uma motocicleta na zona rural município de Araruna, na Região do Brejo paraibano.

De acordo com o pai da criança, ele, a esposa e o menor estavam trafegando em uma moto numa estrada vicinal na zona rural de Araruna, quando foram surpreendidos por um homem armado de revolver ao passar por uma lombada. Ao ouvir o anuncio do assalto, o agricultou resolveu acelerar. Nesse instante, o bandido fez o disparo que atingiu o menor em uma das mãos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Desde que foi informada a polícia realiza diligências para prender os bandidos, mas até o momento não obteve êxito. A vitima foi socorrida por uma ambulância e levada para o Hospital de Trauma de João Pessoa. De acordo com a assessoria da unidade hospitalar a criança passou por procedimentos médicos de emergência e segue internada. Seu quadro clínico é regular.

 

Blogdogordinho

Jovem coloca a cabeça na porta para olhar tiroteio e acaba atingida por bala perdida

Policial .Uma jovem foi vítima de uma “bala perdida”, na madrugada deste sábado (24) em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa.

De acordo com a polícia, estava acontecendo uma festa no centro da cidade , quando, por volta de 01h30, começou um tiroteio.

Nesse momento, Fernanda Ribeiro, 19 anos, estava dentro de casa e resolveu abrir a porta para ver o que estava acontecendo.

No momento em que colocou a cabeça na porta ela acabou sendo atingida por tiro na cabeça.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A jovem foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e de acordo com as informações o estado de saúde dela é  considerado grave.

Paulo Cosme / David Martins