Arquivo da tag: Aviões

Acidente envolvendo ônibus da banda Aviões deixa um homem morto, na PB

Um homem morreu, na tarde deste domingo (23), depois de um acidente envolvendo uma moto e o ônibus da banda Aviões, no km 17 da BR-412, na Paraíba. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem de 78 anos estava pilotando a moto e teria provocado o acidente. Ele bateu na lateral do coletivo e morreu.

Conforme a PRF, o acidente aconteceu no trevo que dá acesso à cidade de Boa Vista, no Agreste paraibano. A moto bateu na lateral do ônibus, não obedecendo a preferência da via, de acordo com a PRF.

O grupo Aviões, juntamente com o cantor Xand Avião, fez show na noite deste domingo (23) em Campina Grande. No entanto, não há informações se a banda estava dentro do ônibus e se seguia para a cidade no momento do acidente.

G1

 

Justiça Federal do Ceará derruba liminar que suspendia cobrança extra de bagagem em aviões

A Justiça Federal do Ceará impugnou a liminar que suspendia a cobrança extra por despacho de bagagem nas companhias aéreas. A decisão é do juiz Alcides Saldanha Lima, da 10ª Vara Federal.

Na decisão, o juiz diz as novas regras de transporte de bagagens são benéficas aos consumidores, pois, “além de ampliar o limite para bagagem de mão, permite que os passageiros que não transportem ou transportem pouca bagagem não sejam cobrados no preço da passagem por um limite do qual não se utilizam”.

Ainda em sua decisão, Lima argumenta que, ao classificar o contrato de bagagem como acessório ao de transporte, apenas reconhece sua natureza jurídica e, por isso, “não haveria venda casada, pois o contratante não está obrigado a contratar franquia adicional de bagagem, havendo vários contratos acessórios ao contrato de transporte aéreo, inclusive o de bagagem”.

“Há que se ressaltar que a obrigação de transportar a bagagem, prevista na legislação civil para os contratos de transporte de pessoas em geral (art. 734), não obriga o transportador a levar toda e qualquer bagagem ou em qualquer quantidade ou peso”, disse.

Pelas novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), as empresas aéreas podem cobrar taxas adicionais pelas bagagens despachadas em voos nacionais e internacionais. O limite de peso de bagagem de mão passa de 5 para 10 quilos. Na prática, a medida permite que as empresas criem suas próprias regras sobre o despacho de bagagens.

Hoje, esse serviço não tem taxa extra e está embutido no preço da passagem – o custo pelo transporte de bagagem é diluído nos preços dos bilhetes de todos os passageiros, independente se viajam apenas com bagagem de mão ou se despacham mais de uma mala. Os passageiros podem despachar um volume de até 23 kg nos voos nacionais e dois volumes de até 32 kg nos internacionais.

Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da Anac informou que a agência ainda não havia sido notificada oficialmente da decisão e, por isso, não se pronunciaria sobre o assunto.

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) informou em nota que a cassação da liminar “é um avanço que vai beneficiar os consumidores e alinhar o Brasil a práticas internacionais há muito tempo consolidadas”.

Segundo a entidade, as empresas nacionais poderão oferecer a possibilidade de adquirir bilhetes com preço equivalentes ao tipo de bagagem que transporta. Assim, quem viaja sem bagagem pagará menos e quem despacha bagagens pagará apenas por aquilo que transporta.

A entidade entende que as companhias poderão fazer promoções e diferenciar suas tarifas, o que acirrará a concorrência e beneficiará os passageiros.

Batalha judicial

A Agência Nacional de Aviação Civil recorreu em março ao Tribunal Regional Federal (TRF-3), com sede em São Paulo, da decisão da Justiça Federal de São Paulo que suspendeu a cobrança extra por despacho de bagagem.

A Anac entrou com dois recursos para tentar barrar a liminar da Justiça de São Paulo, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU). O primeiro foi um pedido de suspensão de segurança, que foi indeferido pela desembargadora Cecilia Maria Piedra Marcondes no dia 14 de março. O segundo é um agravo de instrumento, que ainda não foi julgado. O agravo de instrumento se sobrepõe ao pedido de suspensão de segurança, pois ele julga o mérito da questão, enquanto o outro busca uma decisão emergencial.

O pedido de anulação da regra da Anac foi feito pelo Ministério Público de São Paulo no dia 9 de março. Segundo o MPF, a nova regra contraria o Código Civil e o Código de Defesa do Consumidor, além de ferir a Constituição por promover a perda de direitos já adquiridos pelos consumidores.

Na decisão no dia 13 de março, o juiz José Henrique Prescendo afirmou que “as alegações do MPF são relevantes”. O magistrado afirmou que as novas regras “deixam o consumidor inteiramente ao arbítrio e ao eventual abuso econômico” por parte das companhias aéreas.” A decisão do magistrado suspendeu apenas as normas relativas às bagagens. Outras medidas, como regras a respeito de informações e cancelamento de voos, não foram atingidas.

Além do processo de São Paulo, outras entidades como o Procon de Fortaleza e a Ordem dos Advogados do Brasil entraram na Justiça para tentar barrar a decisão da Anac. Com exceção do processo de São Paulo, as demais ações foram agrupadas no processo que foi julgado na Justiça Federal do Ceará.

No Ceará, o juiz decidiu no dia 10 de março a favor da Anac e julgou que a decisão favorece o consumidor e não fere a Constituição e o Código de Defesa do Consumidor.

A decisão da Justiça Federal do Ceará vale até que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decida o conflito de competência, já que os processos estão correndo nos dois estados, e São Paulo deu liminar probindo a cobrança. No entanto, com essa decisão da Justiça Federal do Ceará, as empresas já podem começar a colocar em prática a cobrança adicional.

Argumentação do governo

Segundo a AGU, as novas medidas têm como objetivo incentivar a liberdade de escolha do consumidor e, “consequentemente, a concorrência entre as companhias aéreas”.

“A desconsideração do poder normativo da Anac causa grave prejuízo à ordem administrativa ao permitir que o Judiciário se imiscua em questões técnicas e de independência da agência, sem que haja a demonstração de qualquer ilegalidade na edição da resolução”, argumenta a AGU.

A Advocacia-Geral da União afirma que, segundo estudos da Anac, 35% dos passageiros hoje transportados viajam sem bagagem e o peso médio da bagagem despachada em voos domésticos é de 11,5kg.

Companhias já haviam decidido preços

As companhias aéreas já haviam divulgado os preços que cobrariam pelo despacho de bagagens. A primeira delas foi a Gol, que informou que valor cobrado por mala seria maior de acordo com a quantidade de itens que cada passageiro despachar. “A primeira será mais barata que a segunda, que será mais barata do que a terceira. E assim por diante”, afirmou a Gol, em comunicado.

A Latam informou que passaria a cobrar partir de R$ 50 por mala despachada em voo nacional. Para voos na América do Sul, a cobrança só seria feita pela segunda bagagem despachada. Em outros voos internacionais, o despacho seria gratuito em até duas malas com o limite de 23 quilos cada.

A Azul disse que criaria uma nova classe tarifária promocional, mais barata que a atual, para os passageiros que viajarem sem mala despachada. Se eles quiserem levar uma mala de até 23 kg, terão de pagar uma tarifa de R$ 30.

Já a Avianca Brasil havia informado que “decidiu não cobrar por despacho de bagagens no início da vigência da nova resolução, em 14 de março, pois prefere estudar essa questão mais profundamente durante os próximos meses” .

Mudanças da regra de bagagem versão liminar (Foto: Arte/G1)

Mudanças da regra de bagagem versão liminar (Foto: Arte/G1)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Avião da banda ‘Aviões do Forró’ faz pouso de emergência em Maceió

xandO avião da banda Aviões do Forró precisou fazer um pouso de emergência, na noite desta segunda-feira (27), após a turbina da aeronave apresentar problema técnico. O avião seguia de Recife para Salvador onde a  banda faria apresentação  no Camarote Harém, no circuito Barra-Ondina.

Por causa do acidente o show foi cancelado. O grupo fez o comunicado oficial nas redes sociais e lamentou o cancelamento do evento.

Veja comunicado

O Camarote do Harém também divulgou comunicado e pediu a compreensão dos fãs que aguardavam a presença da banda.

“Lamentamos o fato ocorrido, e desde já pedimos a compreensão de todos os associados presentes nesta segunda-feira de Carnaval. O fato ocorrido foi um acidente, graças a Deus sem vítimas, mas que fugiu ao nosso controle”.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Fora do Aviões, Solange já tem data para se apresentar em JP

solangeA cantora Solange Almeida, que encerra a parceria com o grupo Aviões do Forro no carnaval deste ano, já tem data para se apresentar em carreira solo em João Pessoa.

Segundo a vocalista, o show está marcado para acontecer no dia 29 de abril.

O anúncio foi feito durante a apresentação da banda no último dia da Festa da Luz, em Guarabira.

Na próxima semana Solange vai gravar um DVD em São Paulo, que contará com a presença de vários convidados, dentre eles Ivete Sangalo, Xand, Claudia Leitte e Anitta.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Ônibus da banda Aviões do Forró colide com carro na BR 423

Foto: Marcio Martins/Alagoas na Net
Foto: Marcio Martins/Alagoas na Net

Um ônibus da banda Aviões do Forró colidiu, na manhã deste sábado (18), na traseira de um Honda Civic, quando seguia para Pernambuco, para realizar um show no Tamandaré Fest à noite.

O acidente de pequenas proporções aconteceu no km 101 da BR 423, no município de Delmiro Gouveia, a 283 km de Maceió. Em entrevista ao portal Alagoas na Net, o motorista do Civic, que seguia para Maceió e pediu para não ser identificado, contou que a possível causa do acidente teria sido uma carreta que, ao sair do Posto Fiscal, teria levantado muita poeira, atrapalhando sua visão e provocando a colisão com o ônibus da banda.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os integrantes da Aviões do Forró lamentaram o ocorrido e se disseram aliviados, já que os danos foram apenas materiais.

Uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e registrou o ocorrido através de um Boletim de Acidente de Trânsito. Segundo o portal Alagoas na net, um acordo foi tentado no local, porém não foi aceito pelo motorista do Honda Civic, ficando a decisão para a Justiça.

 

 

ne10

Festa da Luz 2014: Aviões, Magníficos e Parangolé estão confirmadas; confira as demais

zenobioO prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano, anunciou pelo menos oito, das atrações que estarão se apresentando na Festa da Luz deste ano, na Praça do Novo Milênio, no Centro de Guarabira, no Brejo paraibano.

O anúncio aconteceu no final da manhã desta quinta-feira (02), durante o seu programa de rádio, apresentado pelo radialista Levi Ramos, na Rádio Constelação FM.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o prefeito Zenóbio, já estão confirmadas as Bandas AVIÕES DO FORRÓ, PARANGOLÉ, BANDA MAGNÍFICOS, BANDA ENCANTU`S, BONDE DO BRASIL, GABRIEL DINIZ, FORRÓ DE GRIFE e ESPORA DE OURO.

Em breve a prefeitura deverá anunciar as demais atrações que estarão se apresentando na maior festa de padroeira do interior paraibano, mas a prefeito já adiantou que mais três atrações estarão completando a lista, inclusive a Banda Grafith está sendo contactada.

A festa será iniciada no dia 28 janeiro e vai até o dia 1º de fevereiro, sendo que no Palco Luz, as apresentações terão início no dia 29 de janeiro.

 

 

por Juka Martins

Pastores vendiam carros, barcos e até aviões ‘fantasmas’ para fiéis em cinco estados e no DF

Sete pastores evangélicos foram indiciados pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul acusados de vender carros, barcos e até aviões “fantasmas” para fiéis. A ação para desarticular a quadrilha foi batizada de “Deus tá vendo”. A mulher apontada como chefe do bando foi presa esta semana. O golpe acontecia desde 2010 em templos de pelo menos cinco estados – além do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul – e no Distrito Federal. Segundo a polícia, o lucro da quadrilha nesse período foi de R$ 20 milhões.

O bando aproximava-se do “rebanho” geralmente depois dos cultos e mostrava a eles uma lista com carros de luxo e outros veículos com valores 60% abaixo dos de mercado.

– Eles se aproveitavam do laço de confiança entre pastor e fiel. Aproximavam-se das vítimas com uma lista de veículos que diziam terem sido apreendidos pela Receita Federal e que esta queria esvaziar seu pátio. Por isso os preços tão em conta – disse o delegado do 2º DP (Bento Gonçalves), Álvaro Becker, responsável pelas investigações.

O interessado tinha que fazer o depósito imediatamente e a entrega do veículo era prometida para 30 dias depois. Isso não acontecia e, ao serem pressionados, os pastores pediam mais tempo.

– A situação ficava se arrastando. Eles usavam todo o tipo de desculpa, desde o carnaval até a invasão do Morro do Alemão, para tentar explicar a demora na entrega. Até que, em novembro do ano passado, um pessoal de Veranópolis (município no nordeste do Rio Grande do Sul) procurou a polícia – contou Becker.

A presa é escoltada por uma policial civil
A presa é escoltada por uma policial civil Foto: Davi Trintinaglia / Jornal Gazeta Veranense

Os pastores foram sendo presos ao longo da investigação. A última prisão ocorreu nesta quarta-feira. Apontada como chefe do bando, Andréia Rosângela Marques Pinto, de 49 anos, apresentou-se no 2º DP. Moradora do Rio de Janeiro, ela negou todas as acusações, segundo o delegado:

– Ela diz que, na verdade, é mais uma vítima disso tudo. Eu diria que ela é uma artista. Mas não nos convenceu. Temos provas de seu envolvimento com o golpe.

Brasília tem maior número de vítimas

De acordo com as investigações, o maior número de vítimas da quadrilha foi em Brasília. Lá, teriam sido vendidos 255 veículos – além dos carros, a lista de ofertas oferecia aviões e barcos. No Rio Grande do Sul, teriam sido 40 veículos vendidos.

De acordo com Becker, o golpe foi arquitetado num templo no bairro da Amendoeira, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. De lá, eles foram montando a rede de pastores. O dinheiro dos fiéis para pagar os veículos “fantasmas” era sacado das contas por um homem no Rio. A polícia já sabe quem ele é, mas ainda não reuniu provas suficientes para indiciá-lo.

– Acho que será muito difícil reaver esse dinheiro – disse o delegado Álvaro Becker.

De acordo com ele, responsáveis pela igreja evangélica a qual os pastores eram ligados serão chamados para prestar depoimento:

– Mas desde já posso dizer que acredito que eles não sabiam do golpe.

Extra

Couto diz que mulheres são assassinadas por serem usadas como ‘aviões do narcotráfico’

O deputado Luiz Couto (PT-PB) defendeu, na Câmara Federal, um enfrentamento mais efetivo ao crime organizado, a exemplo do narcotráfico, como forma de combate à violência contra a mulher.

“Várias mulheres são executadas porque não querem ser usadas como aviões do narcotráfico nem mesmo pelos maridos e, como sentença, são assassinadas”, destacou, lembrando que a Lei Maria da Penha e as diversas políticas públicas implementadas não estão evitando o aumento da violência.

Daí, prosseguiu Couto, o enfrentamento do crime organizado é fundamental para que se diminua essa atrocidade praticada contra as mulheres. “Não é possível continuar desse jeito”.

O deputado também citou ex-namorados, maridos e companheiros como responsáveis pelas agressões contra as mulheres, “muitas vezes cometidas no próprio ambiente doméstico”.

A julgar pelos números Luiz Couto tem razão. O que verificamos no mapa da violência, em 2012, é que de 1980 a 2010 foram assassinadas 91 mil mulheres no país, 43,5 mil só na última década. Isso significa um aumento de 260,6% nesse tipo de crime.

Assessoria

São Pedro de Belém/PB terá show de Aviões do Forró, Magnifícos, Sirano e Sirino dentre outras atrações

O Prefeito de Belém/PB, anunciou no início da tarde desta sexta-feira (08) em coletiva a imprensa as atrações do tradicional São Pedro da cidade.

Dentre as atrações estão Aviões do Forró , banda Magníficos, Sirano e Sirino, Forró do Bom dentre outras.

A Prefeitura está preparando uma mega estrutura para receber os forrozeiros durante  os dois dias de festa. A novidade esse ano é que a Prefeitura  vai disponibilizar internet gratuíta através de Wi-Fi em toda a extensão do local do evento.

Confira a Programação completa:

Dia 6: Aviões do Forro, Forró do Bom, Forró da Galega e Eziélio Show

Dia 7: Furacão do Forró, Banda magníficos, Sirano e Sirino

Sábado à tarde e domingo de manhã: trio elétrico percorrendo as ruas da cidade.

Da Redação 
Do Expresso PB

Integrante da banda Aviões do Forró sofre descarga elétrica durante show em Santa Rita

Um integrante da Banda Aviões do Forró identificado como sendo Tibério Santos sofreu uma descarga elétrica durante o show ocorrido no município de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. A fatalidade ocorreu na madrugada desta terça-feira (22) durante as comemorações da Padroeira Santa Rita de Cássia.

Segundo informações de Márcio Clif, integrante da banda, Tibério dos Santos estava no palco quando teria ocorrido o choque ao tocar no gride ( equipamento que sustenta a iluminação ).

Devido a descarga, o ‘Tiba Som’ – como é conhecido- desmaiou e passou alguns minutos desacordado no palco. Ele foi socorrido de imediato para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de Tibiri II.

A vítima está se medicando e deverá receber alta ainda na manhã desta terça.

Tibério dos Santos é o responsável pelo som frontal da Banda Aviões do Forró.

Hyldo Pereira

Portalcorreio