Arquivo da tag: avenidas

Paralisação deixa João Pessoa sem ônibus, trens e com principais avenidas fechadas

(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Os ônibus de transporte público de João Pessoa e os trens que fazem o transporte na Região Metropolitana na capital paraibana estão parados no início da manhã desta sexta-feira (28) devido a paralisação dos motoristas e funcionários da Companhia Brasileira de Trens Urbanos de João Pessoa (CBTU).

Além dos serviços de transportes parados, manifestantes fecharam pelo menos seis avenidas de João Pessoa: Avenida Pedro II, na altura do Jardim Botânico, na Torre; a Avenida Via Expressa Padre Zé, próximo ao Campus da UFPB de João Pessoa; a Avenida Cruz das Armas, nas imediações da feira de Oitizeiro; A Avenida Tancredo Neves, no bairro do Ipês; Acesso Oeste; e Parque da Lagoa, no trecho antes do hipermercado.

Garagem da principal empresa de transporte público de João Pessoa amanheceu fechada nesta sexta-feira (Foto: André Resende/G1)

Garagem da principal empresa de transporte público de João Pessoa amanheceu fechada nesta sexta-feira (Foto: André Resende/G1)

Na saída para o Rio Grande do Norte e para o interior da Paraíba, no entrocamento das BRs 101 e 230, manifestantes também fecharam uma das faixas. As interdições tiveram início por volta das 5h e até as 7h, todas as avenidas estavam fechadas com pneus em chamas.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) informou que a Avenida Epitácio Pessoa, o Viaduto do Cristo, Avenida Hilton Souto Maior, em Mangabeira e Avenida Beira-rio, não estão interditados e podem ser alternativas para os motoristas.

Avenida Cruz das Armas foi bloqueada na setxa-feira (28)  (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Avenida Cruz das Armas foi bloqueada na setxa-feira (28) (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Serviços paralisados

As agências bancárias em toda Paraíba estão fechadas nesta sexta-feira (28) porque os bancários aderiram à paralisação. Os Sindicato do Professores das escolas privadas de João Pessoa também aunciaram adesão à paralisação desta sexta. As escolas públicas também não vão ter aulas.

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) determinou ponto facultativo, para que os servidores que escolherem participar da paralisação não tenham o ponto cortado.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Radares nas avenidas da praia reduzem acidentes em quase 50%

radarO superintendente da Semob, Roberto Pinto, revelou que a implantação do novo sistema de radares nas avenidas Cabo Branco, Ruy Carneiro, Edson Ramalho, João Câncio da Silva, Argemiro de Figueiredo e Fernando Luiz Henrique dos Santos já começam a apresentar resultados positivos com a redução de acidentes nas vias.

“Conseguimos registrar uma diminuição de 48,9% no índice de acidentes nestas vias, o que é um avanço bastante consistente em se considerando que eram algumas das mais violentas de João Pessoa”, comemorou o gestor.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os radares foram impantados em abril do ano passado e causaram polêmica quando da sua instalação por diminuirem a velocidade máxima em algumas das avenidas mais movimentadas da orla da praia da cidade.

Além de marcarem a velocidade no local, o sistema, mais moderno, consegue efetuar o controle da velocidade a certa distância, o que permitiu a implantação de sensores ao longo das vias, mesmo sem as torres de marcação.

Em outras avenidas da cidade, segundo Roberto Pinto, fica difícil fazer o controle dos acidentes, pois a Semob modificou o modelo para a estatística de acidentes.

“A partir de junho do ano passado passamos a considerar acidentes apenas os que têm vítimas. Então se tentarmos fazer uma estatística vai ser irreal. Os números vão parecer de redução, mas não representarão a realidade”, explicou.

Quanto à estatística referente aos radares, Roberto Pinto explica que um levantamento detalhado está sendo concluído. “Estamos trabalhando nestes dados”, concluiu.

João Thiago