Arquivo da tag: autoria

Projeto de Lei de autoria do vereador Júnior Melo autoriza prefeitura de Solânea a contratar estudantes para estágio

O vereador Júnior Melo comemorou nesta terça-feira (03) a aprovação do Projeto de Lei que dispõe de vagas para estágios de jovens estudantes na Prefeitura Municipal de Solânea. Apresentado pelo parlamentar, a proposta foi aprovada por unanimidade e será encaminhada para o Poder Executivo.

Para Júnior Melo, a falta de experiência de trabalho tem sido um grande entrave na vida profissional de muitos jovens. “Acredito que essa será uma grande oportunidade para que os jovens estudantes solanenses adquiram experiência profissional, algo que é exigido sempre nas empresas privadas, o que dificulta o ingresso dos jovens no mercado de trabalho”, comentou o parlamentar.

O projeto será encaminhado para sanção do prefeito. O parlamentar esperar que o Projeto de Lei seja implementado o mais rápido possível para dar oportunidade aos jovens e os qualificar para o mercado de trabalho.

 

Projeto de Lei

 

Redação FN

 

 

Polícia investiga autoria de homicídio ocorrido em roubo à joalheria em João Pessoa

policia-civilA Delegacia de Crimes contra a Pessoa da Capital será responsável por investigar a autoria do homicídio ocorrido na tarde desta quinta-feira (19) durante roubo a uma joalheria no bairro de Manaíra. Todos os envolvidos no crime – João Vinnycius da Silva Oliveira, de 24 anos, e um casal de adolescentes, de 15 anos – foram detidos na praia de Jacarapé por um sargento da Polícia Militar e autuados em flagrante pela Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) e Delegacia de Infância e Juventude (DIJ) da cidade. Com eles foram apreendidas duas armas de fogo, várias joias roubadas, dinheiro do assalto e um uniforme da Polícia Militar da Paraíba, sem identificação. No decorrer do roubo, Bruno Costa da Silva Martins, de 17 anos, foi morto com um tiro, na frente do empresarial onde a joalheria está localizada.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Durante depoimento, os três que foram detidos confirmaram que o rapaz que foi morto fazia parte do bando e que tinha participado do roubo. Como ele estava sem arma, após a confusão, tentou se infiltrar no meio dos curiosos e acabou sendo morto por outra pessoa que estava armada no local. È importante deixar claro que não houve troca de tiros, não houve confronto entre PM e criminosos. Agora, a investigação desse homicídio ficará a cargo da especializada de Crimes Contra a Pessoa da Capital”, disse o titular da Roubos e Furtos, Walter Brandão.

O delegado de Homicídios de João Pessoa, Reinaldo Nóbrega, disse que as investigações já começaram para tentar elucidar a morte de Bruno Costa. “Inicialmente sabemos que o rapaz que foi morto não estava armado e não houve troca tiros com a Polícia Militar. O que vamos identificar é quem foi o autor do disparo e entender como o assassinato aconteceu. Já estamos em campo para resolver esse caso o mais rápido possível”, afirmou a autoridade policial.

Ocorrência e prisão – Os presos assaltaram uma joalheria localizada em um empresarial, no bairro de Manaíra. A Polícia Militar ainda tentou frustrar a fuga dos suspeitos no local, mas os acusados abordaram um homem que estava entrando no carro, no estacionamento de uma farmácia, e o levaram como refém. Um deles foi visto utilizando a farda da PM no momento do crime.

O sargento Fábio Valério, responsável pela prisão, estava passando pela praia de Jacarapé quando desconfiou de um carro parado, com o motorista tentando ligar o veículo apressadamente. “A princípio fui oferecer ajuda. O veículo tinha o vidro fumê e não consegui ver quem estava dentro. Pelo para-brisa percebi que o passageiro estava armado, foi quando saquei a minha arma e mandei os três descerem com as mãos na cabaça e que não ousassem reagir”, detalhou. O dono do veículo em que o trio estava foi encontrado próximo ao local, algemado.

Secom-PB

Maranhão nega autoria de lista e só indicará nomes após ouvir PMDB

maranhãoO senador eleito e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, entrou em contato com o Portal MaisPB, na noite desta sexta-feira (14), direto de São Paulo, onde está em viagem particular, e disse desconhecer a lista, que foi divulgada ontem com exclusividade pelo Portal MaisPB, com suas indicações para cargos no Governo do Estado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Maranhão afirmou que a lista não existe, mas ponderou que se algo foi produzido deve “ser fruto de pessoas que estão se insinuando para ocupar cargos no governo”. Ele também desautorizou qualquer aliado a elaborar lista com indicações para o Estado.

O senador eleito ainda confirmou o encontro com o governador Ricardo Coutinho (PSB), como antecipado pelo PortalMaisPB, mas ressaltou que na conversa que manteve com o governador não fez indicações, nem entregou lista. “Foi uma conversa de assuntos gerais”, afirmou.

Apesar de negar a autoria da lista, Maranhão admitiu que fará sim indicações, mas no momento oportuno e após ouvir o PMDB, aliados e amigos.

MaisPB