Arquivo da tag: autista

Homem teria agredido vendedor para proteger filho autista

(Foto: Portal Correio)

Uma moradora entrou no ar no programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, desta quarta-feira (2), em defesa do vizinho suspeito de agredir o vendedor ambulante Severino Ferreira, na tarde dessa terça-feira (1º), em João Pessoa.

Ela informou que o suspeito tem um filho autista, com sensibilidade para ouvir barulho, e há quase dois anos ele descia o prédio, constantemente, para pedir ao vendedor que não gritasse por causa do problema do menino.

Ela também afirma que a criança tinha crises de pânico quando ouvia os gritos do vendedor. A confusão ocorreu porque o pai teria pedido várias vezes a ele que evitasse gritar naquelas imediações, mas o vendedor não teria acatado. O suspeito não foi localizado para comentar a polêmica.

De acordo com a vítima, ele foi agredido quando estava vendendo seus produtos como faz há mais de 10 anos, seguindo o mesmo trajeto, pelos bairros de Altiplano até Jardim Oceania, passando por Miramar, Tambaú e Manaíra, onde aconteceu a agressão. Segundo a vítima, um morador de um dos prédios desceu e começou a reclamar com Severino pelo fato dele estar gritando para anunciar seus produtos. Foi nesse momento que as agressões começaram.

Tanto o morador quanto o comerciante foram até a 12ª Delegacia Distrital de João Pessoa para prestar esclarecimentos. Severino registrou um boletim de ocorrência por crime de agressão. Já o homem que o agrediu foi ouvido e em seguida liberado, e até o momento não quis se pronunciar sobre o assunto.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

AMA – Amigos do Autista de Campina Grande recebe doação do Rotary e inaugura Loja AMA nesta quinta  

amaO Instituto Brenda Pinheiro – IBP, através do Projeto AMA – Amigos do Autista, terá uma programação especial nesta quinta-feira (06), ainda marcando a passagem do Dia Internacional de Conscientização do Autismo, transcorrido no último domingo, dia 02 de abril. A programação será desenvolvida na sede da entidade, na Rua José do Ó, 169, no bairro do Alto Branco, em Campina Grande.

Às 12hs, haverá um almoço promovido pelo Rotary Clube Campina Grande – Distrito 4500, oportunidade em que os membros do Rotary estarão entregando à AMA, como doação, instrumentos musicais que farão parte da Sala de Música da entidade. Esta doação marcará o início de uma relação entre o Rotary e a AMA, que será fortalecida com outras ações a serem efetivadas posteriormente.

À noite, a partir das 19h, acontecerá a inauguração da Loja AMA, que passará a funcionar, a partir desta quinta, nas dependências do próprio IBP – AMA, na rua José do Ó, 169, no bairro do alto Branco, em horário comercial. Na loja estarão disponíveis para a venda diversos artigos, a exemplo de camisetas, camisas de proteção, tapa-olho, travesseiros, bolsas femininas, squeezes, canecas, dentre outros itens.

Segundo Vânia Pinheiro, presidente da AMA, são itens que podem ser adquiridos para uso próprio ou para presentear. “São itens de excelente qualidade e muito bom gosto, além de terem um significado social muito forte, pois fazem parte de uma causa nobre”, disse Vânia, confirmando que o dinheiro arrecadado com a venda dos itens da Loja AMA será revertido para a confecção de material didático usado no tratamento das crianças.

Vânia disse que as pessoas que não puderem comparecer à inauguração da Loja AMA poderão visitar a loja posteriormente, no horário de funcionamento, ou adquirir os itens na Loja AMA Virtual, que começará a funcionar em breve, através das redes sociais da AMA e do site da instituição.

Ela também confirmou que no próximo dia 04 de maio a AMA fará um outro evento, para apresentar a proposta de participação mensal de doadores, visando ampliar o projeto social da AMA, que garante tratamento a crianças autistas de famílias carentes de Campina Grande.

Maiores informações:

Instituto Brenda Pinheiro – IBP / Projeto AMA – Amigos do Autista

Rua José do Ó, 169

Bairro: Alto Branco

Campina Grande – PB

Telefone da AMA: (83) 3066-3001

Telefone de Vânia Pinheiro: (83) 99971-6577 / (83) 98717-3239

Ass.Com Comunicação & Marketing

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mãe suspeita de esquartejar filho autista será submetida a exames de sanidade mental

policiaA suspeita de esquartejar o próprio filho, Sônia Paula Soares Marinho, de 39 anos, deve ser transferida  para o Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, em João Pessoa. O crime foi praticado na última sexta-feira no bairro de São José, em Campina Grande.

O filho de Sônia Caio Márcio Soares Nóbrega Marinho, de seis anos, era autista (distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social, comunicação verbal e não verbal e comportamento restrito e repetitivo), e foi cortada a faca.

A autorização foi do juiz Falcandre de Sousa Queiroz, do 2º Tribunal do Júri , para que Sônia seja submetida a exames que possam diagnosticar sua sanidade mental.

De acordo com informações, não há prazo definido para a realização dos exames.

Sônia Paulo Marinho foi presa em flagrante após a vizinhança chamar a polícia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado, mas já encontrou a criança sem vida e com 50 perfurações de faca peixeira.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Câmera em elevador flagra mulher agredindo criança autista

autistaUma mulher foi indiciada pela Polícia Civil de São Paulo por agredir um menino dentro do elevador do prédio onde moram, na região da Vila Maria, como informou o SPTV. O menino tem autismo, um transtorno que afeta a capacidade de comunicação e socialização.

Sem motivo aparente, a vizinha se desentendeu com a criança de 9 anos, e passou a agredi-la. Primeiro com tapas e depois com chutes. A agressão foi gravada pela câmera de segurança do elevador na quinta-feira (6), por volta das 14h30.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A mãe da criança denunciou o caso à polícia, que abriu inquérito no 90º Distrito Policial e indiciou a agressora por lesão corporal. Em depoimento, a agressora disse que o menino arremessou uma mochila em direção à filha dela.

O menino ficou com hematomas. O resultado do exame de corpo de delito, divulgado na noite desta quinta-feira (13), aponta lesão leve no peito e no rosto.

G1

Padre é acusado de discriminar adolescente autista

A primeira comunhão de 34 crianças em Bom Princípio (RS) provocou uma polêmica de dimensões estaduais durante a semana. Tudo porque o padre Pedro José Ritter pediu que Cássio Maldaner, de 13 anos e autista, fosse retirado da fila, o que revoltou seus parentes.

O pároco afirmou que quis evitar constrangimento, porque o adolescente poderia se aproximar do altar e se negar a receber a hóstia por não abrir a boca, como fez no ensaio. O padre alegou que nenhum fiel deve ser forçado a comungar, sugerindo que a família prepare o garoto por mais algum tempo.

O sacerdote disse que, há alguns meses, explicou aos parentes de Cássio que em casos como o do adolescente a Igreja não vê necessidade de recepção dos sacramentos para a salvação. Muito devota, a família aceitou a sugestão de catequizar o rapaz em casa e prepará-lo para a missa solene. A mãe, Maria Maldaner, de 41 anos, treinou o garoto por um mês, mas, no ensaio, ele recusou a hóstia.

O Estado de S. Paulo