Arquivo da tag: atiram

Bandos invadem cidades, atiram contra delegacia e explodem agências dos Correios na Paraíba

Reprodução/ Blog do Didi
Reprodução/ Blog do Didi

Duas agências dos Correios e Telégrafos foram alvo de ações criminosas na Paraíba, durante a madrugada desta terça-feira (6) nas cidades de Alcantil (Cariri) e Salgadinho (Seridó). Nas duas ações, os criminosos estavam em grupos de aproximadamente 15 homens. Os cofres das agências foram explodidos. As polícias investigam se as explosões foram praticadas pela mesma quadrilha.

De acordo com a Polícia Militar, em Alcantil, por volta das 3h20, cerca de 10 homens em veículos chegaram à cidade e deram início a ação criminosa. O grupo usou explosivos e destruiu os dois cofres da agência.

Dezenas de tiros foram disparados para assustar a população. Casas que ficam próximas a agência tiveram a fachada perfurada pelos disparos. Cápsulas de espingarda calibre 12 foram encontradas espalhadas pela cidade. O grupo fugiu jogando grampo na estrada. O prédio dos Correios ficou danificado. Não há informações sobre quantia levada.

Na cidade de Salgadinho, na região do Seridó, a 280 km de João Pessoa, aproximadamente 15 homens chegaram em três veículos e se dividiram para executar o crime. Uma parte ficou na frente da sede da delegacia onde também funciona o destacamento da Polícia Militar e os outros integrantes do bando foram para agência.

“Foram cerca de 300 tiros na cidade. O prédio da delegacia onde a gente estava foi alvo de vários tiros. A gente ficou encurralado e não tinha como reagir devido o armamento pesado que os bandidos usavam. O cofre da agência foi destruído. Ainda não sabemos a quantia levada porque só a Polícia Federal fará a perícia”, explicou o sargento Marcos Antônio, comandante do Destacamento da PM da cidade.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bandidos atiram em ônibus, levam veículo para matagal e assaltam passageiros na PB

Reprodução/Google Street View
Reprodução/Google Street View

Um ônibus que transportava funcionários de uma empresa de cosméticos de João Pessoa foi assaltado por quatro homens armados, na noite da terça-feira (2), no km 13 da BR-101, em Mamanguape, no Litoral Norte paraibano. Os bandidos roubaram joias, dinheiro, anéis e bolsas dos passageiros e do motorista e conseguiram fugir.

Segundo relato do marido de uma das passageiras, os bandidos estavam em um carro e atiraram no ônibus, obrigando o motorista a parar no acostamento. Após entrarem no ônibus, os bandidos teriam feito o motorista levar o veículo para dentro de um matagal.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“O pessoal vinha de um congresso realizado em Natal, no Rio Grande do Norte. Minha esposa, que estava no ônibus, disse que durante toda a ação os bandidos permaneciam armados e ameaçando os passageiros. O motorista, que estava com uma arma apontada para a cabeça, teve que entrar em um matagal enquanto eles roubavam os pertences das pessoas. Após cerca de dez minutos, os bandidos fugiram”, relatou o marido de uma das passageiras.

Depois da fuga dos bandidos, o motorista levou o ônibus até um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde relatou o caso e seguiu para uma delegacia de polícia para abertura de um Boletim de Ocorrência.

Segundo a PRF, os bandidos podem ter confundido o ônibus com veículos que fazem o transporte de sacoleiros que vão para a cidade de Caruaru, em Pernambuco, realizarem compras.

“Possivelmente, os bandidos pensavam que dentro do ônibus estariam sacoleiros que costumam passar naquele trecho para ir até Caruaru e realizar compras. Recebemos as vítimas e realizamos buscas na região, mas ainda não encontramos os responsáveis pelo assalto”, disse a PRF.

 

Por Halan Azevedo

Pistoleiros atiram 18 vezes, erram alvo e matam comerciante com um tiro, no Sertão

Caso foi registrado em Catolé do Rocha
Caso foi registrado em Catolé do Rocha

Um comerciante da cidade de Catolé do Rocha, a 434 km de João Pessoa, no Sertão do estado, morreu na manhã desta quarta-feira (3), por volta das 7h40 da manhã, quando estava sentado em frente ao seu estabelecimento, no bairro do Batalhão. O homem de 54 anos era muito popular na cidade e foi vítima de bala perdida.

Segundo informações do Soldado Pierre, do 12º Batalhão de Polícia Militar, a vítima estava sentada na porta do seu estabelecimento, em companhia de um outro homem e enquanto conversavam, os dois foram surpreendidos por dois homens em uma moto, que efetuaram cerca de 18 disparos contra os dois.

Os disparos seriam direcionados ao homem que fazia companhia ao comerciante, que segundo informações da PM, corriqueiramente agia de forma suspeita na região e possivelmente a ação desta manhã seria um acerto de contas. Dois 18 disparos, nenhum atingiu o homem, que conseguiu correr e se esconder.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O comerciante foi atingido por apenas um disparo no peito, vindo à óbito ao dar entrada no Hospital Regional.

A Polícia Militar deu início à diligências na região, mas até o momento não se sabe o paradeiro dos homens que efetuaram os disparos.

 

Portal Correio

Assaltantes atiram e matam jovem de 18 anos na zona rural de Solânea

O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (07) por volta das 20h, no Sítio Lagoa de Tanque, zona Rural de Solânea, brejo paraibano.

Josiel Rodrigues de Oliveira era agricultor e tinha 18 anos. Segundo o relato do dono da casa o senhor Antônio Rodrigues, ao escutar o cachorro latir abriu um pouco a porta para ver do que se tratava só que foi surpreendido por dois assaltantes encapuzados e armados que vieram em busca de roubar suas ovelhas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Foto: Ramon - Policial Militar

Foto: Ramon – Policial Militar

O senhor Antônio falou ainda que na sala só tinha ele e a vítima, o restante dos moradores estavam dormindo, os bandidos colocaram a arma no pescoço dele e o colocou pra dentro de casa, após várias ameaças Josiel tentou fugir e logo foi atingido com um tiro no pescoço, não aguentou ao ferimento e veio a óbito.

Os bandidos fugiram a pé e sem levar nada. De acordo com o senhor Antônio essa não é a primeira vez que isso acontece, já teve suas ovelhas roubadas outras duas vezes. Dessa vez ele teve um bem mais precioso roubado, que foi a vida de seu sobrinho.

Familiares da vítima falaram para a equipe da TV WEB CIDADE que Josiel era calmo e muito tímido, passava a maioria do tempo em casa e seu passatempo era jogar no celular e assistir.

 

Durante a noite, policiais da Segunda Cia de Solânea fizeram rondas nas proximidades em busca de prender os bandidos, mas não obtiveram êxito.

VEJA O VÍDEO

Redação/TV WEB CIDADE

Bandidos invadem casa na Capital, matam mulher e atiram em criança de cinco anos

Mulher morreu durante o socorro
Mulher morreu durante o socorro

Uma mulher de 38 anos foi baleada no tórax ao ter a casa invadida por dois homens no início da noite desta segunda-feira (5), na comunidade Jardim Ester, no bairro de Mandacaru, na Zona Norte de João Pessoa. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu dentro de uma ambulância do Samu antes de  dar entrada no Hospital de Emergência e Trauma da Capital. Uma criança de 5 anos sofreu um tiro na nuca, que transfixou a testa. Uma outra mulher também foi atingida pelos disparos.

O capitão Antônio Sousa, comandante da Unidade de Polícia Solidária do bairro, disse durante participação ao vivo no programa Cidade Alerta Paraíba, TV Correio/ Record HD, que o objetivo dos acusados era matar a dona do imóvel que, segundo eles, estariam delatando a ação do tráfico local às forças de segurança.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“A mulher que morreu teve a filha morta há meses atrás em Mandacaru. Daí, eles suspeitaram que ela estaria delatando a movimentação criminosa à polícia. Ela morreu ao dar entrada no Trauma-JP, a criança teve a bala transfixada na cabeça e a outra mulher ferimentos leves”, comentou o capitão.

O serviço social da unidade hospitalar informou que o estado da criança é gravíssimo. O policial adiantou que equipes da Polícia Militar realizam diligências para capturar os acusados, mas até o fechamento desta matéria nenhum suspeito tinha sido preso. “O nosso objetivo é identificar.

 

Por Hyldo Pereira

Bandidos explodem caixa eletrônico, atiram contra a PM e fogem levando dinheiro, na PB

bancoNa madrugada desta quarta-feira (08), a cidade de Jericó-PB, região de Catolé do Rocha-PB, passou por momentos de pânico, vindo a assustar todos os moradores que residem no município.

Segundo informações, por volta das 02h00 da madrugada de hoje, cerca de 10 bandidos fortemente armados, invadiram as ruas da cidade vindo a explodir o caixa eletrônico do Banco Bradesco, em seguida trocando tiros contra o destacamento policial de plantão.

Informações da Polícia Militar são de que os elementos que encontravam-se com forte poder de fogo vieram a se dividir em dois grupos, enquanto um grupo investia contra a Polícia, outro usava explosivos detonando o caixa eletrônico, que fica localizado na Rua Bernardino de Freitas, no Centro de Jericó-PB.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Após praticar o ato criminoso, o bando fugiu em direção à estrada vicinal que dá acesso ao Açude do Carneiro.

Desde as primeiras horas da madrugada de hoje, policiais do 12º BPM da cidade Catolé do Rocha, estão em diligências para localizar e capturar os bandidos, porém, até o momento não há informações sobre o paradeiro dos mesmos.

Não foi revelada a quantia em dinheiro que os elementos conseguiram levar do caixa.

Bananeiras Online com Folha do Sertão

Bandidos explodem banco, cercam destacamento da PM e atiram na delegacia

Patrício Silva
Patrício Silva

Um posto de atendimento do Banco Bradesco, na cidade de Assunção, no Cariri paraibano, foi explodido na madrugada desta quarta-feira (17). Segundo o tenente Jonathan Yassaqui, comandante da 4ª CPMI, os acusados atiraram contra a delegacia da cidade.

O policial informou que cerca de 6 homens utilizando motos e carros chegaram na cidade por volta das 3h, montaram um bloqueio em frente ao destacamento da Polícia Militar e foram em direção do posto bancário.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“A quadrilha explodiu o local. Os policiais me informaram que o prédio ficou completamente destruído. Mas, não sei informaram que eles levaram dinheiro, porque as empresas não abastecem nesse perídio. Só a perícia poderá saber com precisão”, disse o tenente Yassaqui.

Ainda segundo o tenente, a quadrilha efetuou disparos na sede da delegacia. “Os assaltantes estão tão ousados que bloquearam a saída do destacamento e ainda efetuaram tiros contra a delegacia. Mas ninguém ficou ferido. A barricada no destacamento foi para evitar perseguição”.

O morador Patrício Silva disse que durante a ação, os bandidos renderam um vigilante de rua. “Os criminosos perceberam que estavam sendo perseguidos pelo vigia e o renderam. Tomaram a moto dele e mandaram o  homem deitar no chão”.

Câmeras de uma casa lotérica podem ter filmado o crime. Viaturas do Batalhão de Policiamento Especial ( Bope) e guarnições de cidades vizinhas estiveram no local, mas não conseguiram identificar os acusados.

 

Hyldo Pereira, Portalcorreio

Os canhões midiáticos atiram contra Lula

Últimas notícias, extra, extra! “Lula viaja para a Europa, fugindo das denúncias de corrupção que o têm preocupado”; “Revelações do empresário Marcos Valério confirmam a vinculação de Lula com o mensalão”; “Golpeado pelas denúncias, o ex-presidente ameaça voltar a ser candidato”; “Lula ataca a imprensa”.

As manchetes acima são dos canais de televisão, sites da internet e alguns jornais brasileiros, nos últimos quinze dias.

Como se sabe, noticiar não é informar: a narração dos dias que correm, especialmente aquela divulgada em tempo real, busca, por definição, impactar o telespectador, mesmo que o preço a pagar seja mutilar os fatos e escamotear dados indispensáveis para que o público saiba o que está ocorrendo.

Contar de maneira anômala os acontecimentos é característico do espetáculo midiático global, nem sempre responde a motivações ideológicas. O que o distingue, no caso brasileiro, é a deformação seletiva sobre praticamente tudo o que diz respeito a Lula. O ex governante e líder do Partido dos Trabalhadores (PT) é um personagem crucial no panorama político do país e o dirigente brasileiro de maior estatura mundial – sua influência externa só se equipara à de Dilma Rousseff – e aquilo que se conta/inventa sobre ele, aqui em Brasília, às vezes sofre uma segunda distorção, ao chegar aos jornais de Washington, Buenos Aires ou Madri.[bb]

Tomemos alguns exemplos: “Revelações do empresário Marcos Valério confirmam a vinculação de Lula com o Mensalão”, foi uma das notícias na imprensa brasileira na semana que passou. Não é adequado chamar Marcos Valério de “empresário”; ele é na verdade um lobista que operou com o Partido dos Trabalhadores e que acaba de receber uma condenação no valor de 40 anos de prisão, por sua participação no mensalão, aquele escândalo de desvio de dinheiro público e outras irregularidades, ocorrido durante os primeiros anos da gestão de Lula (2003-2010).

Além disso, em que pese a imprensa local não ter dado por certo, as declarações de Valério ao Ministério Público estão longe de ser críveis, sendo a versão apresentada por um “corrupto” condenado na justiça, que busca atenuar sua pena por meio da “delação premiada”.

Também é inexato mencionar “revelações” aquilo que Valério disse, porque até o momento não se tem conhecimento de nenhum documento que apoie a sua versão, sem esquecer que nos corredores do Congresso, Valério se tornou conhecido como um personagem habituado a lançar bravatas vazias.

Nos últimos dias ficou demonstrado que as aberrações publicadas no Brasil agravam-se mais uma vez quando chegam ao noticiário internacional. Alguns veículos, além de terem dado por verdadeiro o que Valério afirmou, chegaram a citá-lo como o “sócio” de Lula, algo majestosamente falso.

Outro exemplo do oceano que separa os fatos de sua versão televisiva foi a notícia de que o ex mandatário viajou repentinamente para a Europa “escapando das denúncias de corrupção que o têm preocupado”.

Segundo informações obtidas por este correspondente em novembro, a viagem para a França e a Espanha não se montou com o objetivo de salvar a pele de Lula, já que tinha sido planejada com antecipação o suficiente para incluir um evento em Paris, realizado na quinta-feira passada, onde estiveram Dilma Rousseff e seu colega francês François Hollande. E até o cidadão menos informado sabe que a agenda dos chefes de estado não é um “arranjo” de última hora.

Numa bem documentada reportagem publicada pela revista Carta Capital, uma das poucas que denuncia os atropelos da Rede Globo, reportou-se que grandes veículos e grupos empresariais financiam uma fundação destinada a recompor o ideário conservador, a ensinar que só há democracia quando impera o livre mercado, enquanto estimula o ressentimento anti-PT e anti-Lula, como expoentes do populismo, do estatismo e da corrupção.

Mesas redondas e seminários organizados por essa entidade sustentada por empresas jornalísticas têm como tema recorrente o atual processo que se encerra no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a antiga cúpula do PT, do Mensalão, o suposto pagamento de subornos e desvio de dinheiro público que comoveu o país em 2005 e pôs em risco a gestão de Lula.

Essas vozes predominantes da imprensa elogiam a intransigência do STF no julgamento dos petistas responsáveis pelo Mensalão, sem mencionar que o mesmo tribunal inocentou o folclórico ex presidente Fernando Collor de Mello, por falta de provas (ele havia renunciado ao cargo para escapar de um impeachment) e que há dois anos ratificou a Lei de Anistia herdada da ditadura, desafiando a Corte Interamericana de Direitos Humanos que reclamou a sua derrogação.

A campanha eleitoral para a presidência, em 2014, está em curso e o bloco conservador sabe que a Justiça ou, para ser mais preciso, o STF, é um aliado indispensável para dissimular o déficit político resultado da fratura do Partido da Socialdemocracia brasileira (PSDB), a maior força de centro-direita, onde ainda não surgiu nenhum dirigente capaz de herdar a liderança do octogenário Fernando Henrique Cardoso, o ex-presidente que encarna o antilulismo puro sangue.

Lula é um bicho político tão popular como astuto e, ao falar em Paris durante o seminário aberto por Dilma Rousseff e Hollande, insinuou que pode voltar a ser candidato a presidente dentro de dois anos. Fez a afirmação de forma meio sinuosa, mas suficientemente clara, como que para que os executivos e donos de poder entendam a mensagem. E tremam.

Ele também falou da forma assimétrica com que as empresas de informação divulgam as notícias sobre casos de corrupção. “Quando um político é denunciado, sua cara sai na imprensa pela manhã, à tarde e à noite. Mas vocês já viram algum banqueiro corrupto no jornal? Sabem porque não o viram? Porque ele paga as propagandas dos jornais”, comentou Lula.

No dia seguinte a Rede Globo reportou que Lula tinha renovado os seus “ataques” à imprensa livre.

cartamaior