Arquivo da tag: atacado

Ciclista é atacado por abelhas ao ir para hospital após ser atropelado na BR-230 em João Pessoa

(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um ciclista de 50 anos ficou ferido após ser atropelado por um carro e ser atacado por um enxame de abelhas, ao sair andando para um hospital. O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (5), na BR-230, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro bateu no ciclista depois de ser trancado por um caminhão-caçamba.

O acidente aconteceu no sentido Cabedelo – João Pessoa, no trecho próximo ao viaduto da Avenida Epitácio Pessoa. Segundo a PRF, a condutora do carro disse que seguia na faixa da direita quando foi trancada pelo caminhão. Ao tentar desviar, ela perdeu o controle do carro e atingiu o ciclista.

A filha do homem, que se identificou apenas como Aline, contou que o pai dela teve ferimentos leves e resolveu ir andando até o Hospital de Trauma, mas logo após sair do local do acidente, foi atacado por um enxame de abelhas.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para retirar o enxame do local. Segundo a PRF, o motorista do caminhão fugiu do local do acidente, mas se apresentou no posto do órgão em Bayeux, para prestar depoimentos.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Morre o soldado atacado ao entrar por engano no Complexo da Maré

helioA Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (SESGE) confirmou, na madrugada desta sexta-feira, a morte do soldado Hélio Vieira, baleado na cabeça ao entrar por engano junto com outros agentes da Força Nacional na Vila Do João, no Complexo da Maré, na última quarta-feira. Ele passou por cirurgias no Hospital Salgado Filho, no Méier, porém não resistiu e teve morte cerebral dada pelos médicos.

Natural de Roraima, o soldado Hélio Vieira dirigia a viatura que foi atacada por traficantes da comunidade. Ele perdeu massa encefálica e foi encaminhado para o centro cirúrgico Hospital Salgado Filho. O agente chegou a passar uma cirurgia com quatro horas de duração e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não reagiu bem ao procedimento.

Nesta sexta-feira, o Disque-Denúncia divulgou um cartaz com a foto de três traficantes envolvidos no ataque. Segundo o órgão, já foram recebidas 11 denúncias sobre a possível localização deles. De acorco com a polícia, eles são líderes do tráfico do Complexo da Maré, membros da mesma facção criminosa, conhecidos como TH, Pescador e Paulinho PL.

Em sua página do Facebook, o Ministro da Justiça do Brasil, Alexandre de Moraes, publicou uma mensagem de apoio aos familiares do soldado. Ele disse que o presidente interino Michel Temer decretará luto oficial.

“Quero expressar meus sentimentos aos familiares do soldado Hélio Vieira, que sofreu um ataque covarde e, infelizmente, morreu hoje em decorrência dos ferimentos”, diz um trecho da postagem do ministro.

Os parentes acompanharam os últimos momentos do soldado no hospital. Ainda não foi confirmado o local do enterro.

Extra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bebê atacado por pitbull em PE está na UTI, em estado grave

(Foto: Reprodução / TV Globo)
(Foto: Reprodução / TV Globo)

O bebê de 10 meses que foi atacado por um cachorro da raça pitbull no sábado (16) permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital da Restauração. Após ser submetido a uma cirurgia que durou cinco horas, o quadro de saúde da criança é grave, mas estável.

Uma equipe formada por neurocirurgião, cirurgião vascular e cirurgião geral tentou contornar os ferimentos no rosto e pescoço do bebê. De acordo com a unidade de saúde, por pouco uma das orelhas não foi arrancada.

O ataque ocorreu no bairro de Jaboatão Velho, no município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, quando a mãe, de 30 anos, teria deixado ele sob os cuidados da irmã mais velha, de 13 anos, para ir trabalhar. Ela trabalha no Mercado de São José, área central do Recife, e não teria com quem deixar as crianças.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Detida ainda no sábado, ela foi ouvida na delegacia de Piedade e encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Recife às 4h30 deste domingo (17). De acordo com a delegada Socorro Veloso, que ouviu a mulher, o incidente configura abandono de incapaz.

Feirante Gilvanete Barbosa defende a filha, que deixou bebê para ir trabalhar (Foto: Reprodução / TV Globo)Feirante Gilvanete Barbosa defende a filha, que
deixou bebê para ir trabalhar
(Foto: Reprodução / TV Globo)

“Tem que trabalhar para dar de comer para os filhos. O pai está ajudando agora, mas ele nunca deu uma fralda antes, uma camiseta, nada. Tudo foi ela”, defendeu a avó materna do bebê, a feirante Gilvanete Barbosa.

Segundo a polícia, o bebê teria acordado, descido da cama, engatinhado pelo quarto até chegar à sala. Lá, ele teria ido em direção ao cachorro – que estava preso do lado de fora da casa. O cão forçou a grade e puxou o menino.

A irmã continuou dormindo e não viu nada. Como o cachorro não soltava a criança, os vizinhos precisaram matar o animal, a pauladas e tijoladas.

Gilmar da Silva, tio do menino, acredita que cão sentia ciúmes (Foto: Reprodução / TV Globo)Gilmar da Silva, tio do menino, acredita que cão
sentia ciúmes (Foto: Reprodução / TV Globo)

“Eu acho que o cachorro criou ciúmes da criança e ficou esperando um momento de descuido. Ele via a gente brincando, dando carinho no menino e deixando ele [o cão] um pouco descuidado. Ele ficou com aquilo na cabeça”, acredita o tio do bebê, o feirante José Gilmar da Silva. Ele ainda garante que o animal era manso e que costumava brincar com as crianças da rua.

Ainda tremendo e com lágrimas nos olhos, o ajudante de pedreiro Sandro Alves da Silva, que foi o responsável por levar o bebê até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jaboatão, conta como agiu. “Estava passando, um rapaz me deu ele nos braços, montei na primeira moto que passou e o socorri. Eu fiz o que tinha que fazer, não sou um herói”, diz, ao completar que não teve coragem de levantar o lençol que cobria o pequeno. “Ele estava todo ensanguentado. Nunca tinha visto uma criança ensanguentada antes. Não é meu filho, mas me emocionou muito”.

Ajudante de pedreiro Sandro Alves da Silva, que socorreu criança, ainda está emocionado (Foto: Reprodução / TV Globo)Ajudante de pedreiro Sandro Alves da Silva, que socorreu criança, ainda está emocionado
(Foto: Reprodução / TV Globo)
G1

Atacado nas redes, Jô brinca: sou petista de raiz

joO apresentador da Globo Jô Soares reagiu com bom humor às críticas à sua postura durante entrevista à presidente Dilma Rousseff exibida na noite de sexta-feira 12. Jô virou alvo por ter sido gentil com Dilma e ter dado espaço para que a presidente falasse à vontade, sem interrompê-la, bastante diferente de outras entrevistas na emissora, especialmente no Jornal Nacional, durante a campanha presidencial.

“Sou petista de raiz”, brincou Jô, ao comentar a entrevista com o jornalista Maurício Stycer, do portal UOL. “Antes, se eu entrevistava alguém do PSDB, era chamado de petista. E se entrevistava alguém do PT era chamado de tucano. É sempre assim”, acrescentou o apresentador.

Para ele, esta foi “a mais importante” entrevista de sua carreira e um “momento histórico” em seus 54 anos de profissão. “Pelo momento em que a gente está vivendo”, explica. “É um momento difícil para a presidente e achei corajoso ela me receber. Me deixou emocionado”, revelou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Logo na manhã de sábado 13, horas depois da conversa com Dilma, que foi gravada no Palácio do Alvorada, em Brasília, começaram a surgir, nas redes sociais, críticas como a de que ele recebe dinheiro do PT – por meio de captação da Lei Rouanet para espetáculos – é “petralha”, “fim de carreira” e “sem caráter”.

“Já tinha escrito aqui sobre a decadência de Jô Soares, ao transformar-se num defensor mentiroso de Dilma, mas o homem realmente chegou ao fundo do poço”, escreveu Rodrigo Constantino, em seu blog na Veja. O texto foi compartilhado pelo músico Roger, da banda Ultraje a Rigor.

Reinaldo Azevedo pegou mais leve: “Logo no início do programa, Jô classifica de ‘absurda’ a que chamou de ‘onda fora Dilma’ e afirma que ‘na democracia, quando a pessoa é eleita, tem de se respeitar o voto’ (…). Quando se faz um debate pautado pela lei, Jô Soares, não há ‘absurdo’ nenhum!”, defendeu o colunista.

 

 

brasil247

Drone flagra mulher de topless em prédio e é atacado com vassoura

Um drone foi atacado por uma mulher que fazia topless no topo de um edifício em vídeo que faz sucesso nesta terça-feira (21) noYouTube.

Para se vingar da máquina que a filmava, usando apenas uma calcinha, a mulher tentou atingir o drone com uma vassoura.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Sem sucesso, ela desiste e para com seu banho de sol.

RedeTV 

Auxiliar de pedreiro é atacado por pit bulls em Guarabira

O auxiliar de pedreiro João Carlos da Silva, “Joca” como é mais conhecido,  48 anos, foi atacado por dois cachorros da raça pitbull. Tudo aconteceu quando  o trabalhador saía de casa por volta das 9h, no conjunto Antonio Mariz, Guarabira.

De acordo com um sobrinho da vítima, ele não teve como se livrar dos ataques, pois foi pego de surpresa. Ainda segundo o parente da vítima, os cães pertecem a um vizinho.

Joca não queria para o hospital, mas os familiares o convenceram a ir.

Pit Bull é um termo genérico que se refere a um conjunto de raças de cães, incluindo (mas não se limitando) ao American Pit Bull Terrier, o American Staffordshire Terrier e o Staffordshire Bull Terrier, e os cruzamentos entre essas raças. Costuma-se usar o termo Pit Bull para designar a raça American Pit Bull Terrier, não confundindo com a raça English Bull Terrier .

Na Inglaterra sua criação é autorizada apenas pela justiça. Nos Estados Unidos, baniram a criação em vários estados com muitos outros empregando pesadas restrições na posse do animal. No Brasil, não há legislação específica, porém a cada fatalidade reportada na mídia, inflama o debate na sociedade por leis mais rígidas e punição aos donos.

DSCN5334
DSCN5332
DSCN5322
DSCN5335

 

DSCN5333
DSCN5336
DSCN5337
Portalmídia